JESUS CRISTO HOMEM

"A IMPOSIÇÃO DE MÃOS"


Você sabia que para ir à PERFEIÇÃO há que deixar a imposição
de mãos, a santa ceia e o batismo em água?

Hoje em dia, todos os ministérios impõem as mãos, porque Jesus fazia isso para curar, utilizando sempre o “contato físico”.

Mas, há uma proibição de IMPÔR MÃOS. Hebreus 6: 1 e 2 diz que há que deixar os “rudimentos da doutrina de Cristo” para ir à PERFEIÇÃO. Essa prática é um rudimento. A pessoa que é obediente à palavra, NÃO espera entender para CRER. Se está escrito, há que deixá-lo.

Nosso Apóstolo José Luis diz que para deixar de fazer isso, ele deixou de chamar às pessoas à frente, pois, se o fazia, acabava por tocá-los. Agora, entendemos que estamos COMPLETOS (Colossenses 2: 10) para quê impôr as mãos? Por quê Jesus impunha mãos? –Porque até que o Senhor não fosse à cruz, o crente NÃO tinha o ESPÍRITO ativado. O crente estava ÓRFÃO. Depois da ressurreição, o crente é um mesmo espírito com o Senhor, e já NÃO tem que ser tocado, porque o espírito que está dentro dele, ativa sua MENTE (Primeira aos Corintios 6: 17).

Em segunda aos Corintios 4: 10 diz que tem que levar por todas as partes a morte de Jesus, em outras palavras: Há que honrar sempre, por todas as partes, o que ele fez por nós. Não confessamos ENFERMIDADE. Confessamos saúde antes mesmo de estar enfermo, como medida preventiva.

Segunda aos Corintios 4: 13, diz que somos um espírito com ele, o que falta é ser obediente a esse ESPÍRITO, tem que FALAR, não tem que obrar, nós ORAMOS (confessamos) 24 horas por dia. Então, há que deixar a IMPOSIÇÃO de MÃOS, porque aquele que se une ao Senhor, um espírito é com ele. Agora que estamos unidos ao Senhor e somos um espírito, há que ativar a VIDA de Jesus em nosso corpo MORTAL, confessando.

Segundo rudimento: A santa ceia. Primeira carta aos Corintios 5: 7 e 8, quando fala de velha levedura é antes da cruz, e eles celebravam a páscoa, não a santa ceia. E se ela já foi  “sacrificada”, por quê você segue com o pãozinho e o joguinho todos os domingos? A religião a utiliza como um TERMÔMETRO de conduta.

Terceiro rudimento: O BATISMO em água : Romanos 6: 3, diz que fomos batizados em sua morte, a água já NÃO faz falta. A água era para perdão de pecados, mas já estamos mortos ao pecado (Romanos 6: 11), e além do mais, Paulo não veio para batizar (Primeira aos Corintios 1: 17). Já estamos batizados e revestidos (Gálatas 3: 27 e 28). Aos desobedientes, Deus lhes envia um poder enganoso (Segunda aos Tessalonicenses 2: 11).    

Apreciado irmão: O declaramos iluminado, entendendo que, juntamente com Jesus Cristo homem, pensamos consertar o mundo, pregando o evangelho da incircuncisão.


publicado por brasileiro às 13:45
sinto-me: