mais sobre mim

subscrever feeds

links

tags

todas as tags

Quarta-feira, 02 DE Dezembro DE 2009

EL DIABLO ANDA COMO LEON RUGIENTE

Para los que creen en el diablo
publicado por brasileiro às 11:19
Quarta-feira, 02 DE Dezembro DE 2009

A FORMAÇÃO DE UM VÉU - leia o texto completo

Como se forma um véu? Naturalmente, teríamos que perguntar: - Apóstolo o que é um véu? E, quem sabe explicar o que é um véu? Não vamos ao dicionário da Academia Espanhola ou ao dicionário tal. NÃO. O melhor é ir à própria Bíblia que nos diz o que é um véu. Vamos ver a Segunda carta aos Coríntios, capítulo 3, verso 13, e aí vamos ter uma ideia do que é um véu. Diz o verso 13: “…e não como Moisés que punha um véu sobre seu rosto, para que os filhos de Israel não fixassem a vista no fim daquilo que havia de ser abolido.” Quer dizer que um véu é para cobrir, para que não vejam, para separar. Vocês lembram lá de Lucas 23: 44 ao 46, podemos ver também aí o que é um véu. Diz que, quando Jesus Cristo estava na hora de sua morte, havia um véu que separava a presença de Deus do crente. Diz Lucas 23: 44 ao 46: “Quando era como a hora sexta, houve trevas sobre toda a terra até a hora nona. E o sol se escureceu, e o véu do templo, aqui não é o véu do rosto de Moisés, agora é, o véu do templo se rasgou pela metade. Então Jesus clamando com grande voz, disse: Pai, em tuas mãos encomendo meu espírito. E havendo dito isto, expirou.” Quer dizer que Moisés tinha um véu sobre seu rosto, mas esse véu era para que não se fixassem naquilo que era perecível – aquele Pacto, o Velho Testamento da lei que ia ser tirado. Então, Jesus de Nazaré era outro véu para aproximar Deus ao homem, para que o homem não tivesse que ir por intermediários, senão que fosse já direto a presença do Senhor. Ainda que NUNCA teve efeito por causa do véu de Moisés, as pessoas ficaram com o véu Moisés. Jesus chegou, mas o véu Jesus de Nazaré se formou e como os judeus não creram que ele foi o Messias, então ali se formou outro véu. Veja como diz o verso 14, da segunda carta aos Coríntios, capítulo 3, veja como diz: “Mas o entendimento deles se embotou; porque até o dia de hoje, quando leem o antigo pacto, lhes fica o mesmo véu não descoberto, ficaram com o véu de Moisés, o qual por Cristo é tirado.” Mas como os judeus não creram que Ele era o Messias, então, ficaram com o véu, simplesmente ficaram crendo em Moisés. O grupinho dos apóstolos que sim, creram em Jesus de Nazaré, então Jesus, esse véu que tinham os apóstolos os manteve fora de seu segundo marido, o Ressuscitado. Porque Jesus era um véu, vamos ver isso lá em Hebreus 10: 20 quando diz que “sua carne abriu o véu, isto é sua carne um véu.” Agora, observe como diz Romanos 7:4, que já temos lido tanto este verso, mas é que aqui é onde se estancou ainda esse véu, diz: “O qual por Cristo é tirado.” Mas é que eles não creram que Ele era o Cristo. Não, e menos ainda crer que ele ressuscitou. Não o reconheceram nos dias de sua carne, e mesmo morto e ressuscitado, não creram nele, então não puderam se casar com seu segundo marido, o marido da igreja, o correto. Jesus de Nazaré não é o marido da igreja. Ele não é a chave. A chave é depois que Ressuscitou. Mas os apóstolos fizeram um negócio com isso e aí entrou o misticismo de Jesus de Nazaré, e até agora é o que segue caminhando pelas nações. Veja como diz Romanos 7: 4, para aqueles novos que nunca leram a Romanos 7: 4, para que entendam a razão. Diz: “Assim também vós, irmãos meus, estais mortos à lei mediante o véu, o corpo de Cristo, o corpo, que é um véu para que sejais de outro, do que ressuscitou dos mortos, a fim de que levemos fruto para Deus.” Quer dizer que o véu Jesus de Nazaré até o dia de hoje é o véu de todas as nações, porque eles não entendem isso de pertencer a outro, de pertencer ao Ressuscitado, porque eles ficaram atrás da cruz junto com os apóstolos. O tema de hoje é “A formação de um véu” Um véu se forma por conceitos e por atrasos. Veja, está aí o véu do rosto; está aí o véu do templo, no físico, no rosto; e está aí o véu do entendimento. Por isso, diz aqui: “O entendimento deles se embotou”, e é com um entendimento embotado que eu estou tratando agora. Você sabe das pessoas que eu trato – com o gozo que eu trato de lhes tirar o véu e o difícil que é porque estão velados. Dizem: - Não, é Jesus de Nazaré. Não, você é um Anti-Jesus de Nazaré, Anticristo. Não, se estou tratando de lhe levar ao Ressuscitado. Paulo não pôde levar NENHUM; no seu tempo ele foi mal entendido, e vocês sabem como lhes disse antes que dali foi que saiu esse termo Anticristo. Porque Paulo quis mostrar o Ressuscitado, mas eles não puderam entender. Então esse véu se formou em todas as religiões do mundo. E de fato, enquanto tiverem esse véu eles não são cristãos, eles são judeus-cristãos, vivem um judaísmo, porque Jesus foi judeu, Jesus não foi cristão. Deixa-me ler isto, diz: - Os apóstolos sim creram; porém, ignoraram que o Nazareno foi outro véu e, ao não transpassar seu véu, ficaram antes da cruz, e por conseguinte não puderam se casar com Ele: o verdadeiro marido da igreja. Bem, antes de ler o verso de novo, melhor, vamos ler, Hebreus 10: 20, para ver como o Apóstolo diz, falando de Jesus de Nazaré. Diz: “… pelo caminho novo e vivo que ele nos abriu através do véu, isto é, de sua carne…” Observe que está o véu do templo, e está o véu de sua carne. Diz: “Pelo caminho novo e vivo”, quer dizer que aquele que não atravessa Jesus de Nazaré NÃO ENTRA NO CAMINHO NOVO E VIVO, fica no caminho velho de Moisés. Por isso é que Paulo diz que “…ainda quando leem o antigo pacto, lhes fica o mesmo véu o qual por Cristo é tirado.” Mas como eles não creram em Cristo, nesse termo Cristo, não lhes pôde tirar o véu. Agora, há uma promessa que Isaías menciona no capítulo 25, versos de 7 ao 9, aí se cumpre a segunda carta aos Coríntios 3: 14, que lhes disse que ia ler, mas vamos primeiro ler Isaias e depois cobrimos o verso, por que hoje o tema é: “A Formação de um véu”. Como se forma como tirá-lo, porque há uma promessa que o Senhor disse lá em Isaías 25 que Ele faria. Diz no verso 7, de Isaías 25, diz: “E destruirá neste monte a coberta com que estão cobertos todos os povos, e o véu que envolve a todas as nações.” Qual é o véu que envolve todas as nações? Pois, o véu Jesus de Nazaré é quem tem envolvido as nações para que não vejam o Ressuscitado que é Deus mesmo. Deus sempre tratou de manifestar-se para que lhe vejam; porém, primeiro ele põe um véu, e se você passa por cima, então fica como estão os chamados cristãos de hoje, com 2 mil anos de atraso. A igreja atual tem 2 mil anos de atraso, é um jornal de ontem, um jornal que se extinguiu, uma medicina que caducou, e ainda tem os olhos postos nesse véu; por isso falam do diabo, falam de pecado, falam de condenação, falam do lago de fogo, falam de tantas coisas, por causa desse atraso emocional. Por isso, você acha que eu me atrevo a ir a um desses cultos religiosos por aí, batistas, pentecostais? Todos são a mesma coisa, a mesma vaina como dizem em Santo Domingo. “Essa é a mesma vaina”. Católicos, pentecostais, tudo isso é o mesmo com diferentes manifestações, mas é a mesma vaina. Ja, ja. Diz o verso 8: “Destruirá a morte para sempre; faz 2 mil anos que a destruiu, mas não se sabia, e enxugará o Senhor toda lágrima de todos os rostos; e tirará a afronta de seu povo de toda a terra; porque o Senhor o disse. E se dirá naquele dia: Eis aqui, este é nosso Deus, lhe temos esperado, e nos salvará; este é o Senhor a quem temos esperado, nos gozaremos e nos alegraremos em sua salvação.” Fisicamente o viram: ESTE. Nele é que havíamos esperado. O REGENTE, AQUELE QUE IA REGER OS GENTIOS, vinha com o corpo gentio, porque não podia vir com um corpo judeu. Imagine, como iria vir um judeu para reger aos gentios. Não, DEUS SE VESTIU DE CORPO GENTIO, DEUS SE VESTIU DE CORPO PORTO-RIQUENHO PARA VIR REGER OS GENTIOS. E então, aí Sim, se cumpre: “Um véu, o qual por Cristo é tirado”. EU SOU AQUELE QUE TIRA OS VÉUS HOJE. E, naturalmente, eu os tiro, e você os tira comigo, porque quando você fala o mesmo que eu, como você e eu somos um mesmo espírito, quando você fala o que lhe ensino fielmente, você tira o véu de outro. É o mesmo projeto “Tira Véu”, que é nosso projeto nacionalmente, mundialmente: TIRAR O VÉU. Então, diz Isaías 29: 10, existe algo bem interessante aí também. Alguém se pergunta: - Bem, e por que a Deus lhe escapam as coisas, e por que esse véu que há aí, por que esse véu não resolveu isto antes? Porque é Ele mesmo quem põe o véu, abençoado. Veja como diz o verso 10, de Isaías 29: “Porque o Senhor derramou sobre vós espírito de sono…” Lembra-se de quando Paulo diz: “Desperta tu que dormes”. Diz: “…o Senhor derramou sobre vós espírito de sono, e fechou os olhos de vossos profetas, ele é aquele que faz isso, e pôs véu sobre as cabeças de vossos videntes.” Imagine, todos esses pregadores por aí têm uma classe de “toldo”, com o véu que tem, você lhe explica e não compreendem. Eu me lembro que em um avião, já faz um tempinho, eu já lhes contei isto, vinha um homem elegante, um pastor destes daqui do Texas do “Bible Belt”, e então começamos a falar, e ia tudo muito bem até que eu lhe disse, porque ele me perguntou: - E qual é teu Ministério? - Bem o meu Ministério, eu me dedico a passar a igreja do marido Jesus de Nazaré ao marido Ressuscitado, que é o verdadeiro marido da igreja, para que a igreja não esteja em adultério. Ui! O homem ficou irado, aquele homem dali em diante não pôde me olhar mais. Eu me teria levantado do assento para lhe fazer favor, porque ficou tão incômodo, porque parece que Plash! Dei em seu ventre muito forte. Disse: - Como? Jesus de Nazaré é a fonte de água viva! E então eu lhe disse: - Esse é o caminho velho, senhor. - Não, Jesus de Nazaré é o nosso salvador, o bendito, aquele que esperamos! - A Ele, você não vai ver mais, senhor, - para não dizer-lhe que Ele estava ao lado falando com ele, imagine. Je! “Espírito de sono”. Mas também se cumprirá isto. Versos 18 e 20, de Isaías 29, veja como diz: “Naquele tempo os surdos ouvirão…” Ja, ja! Você já ouviu um surdo ouvindo? Bem, você era surdo, porque você diz que não entendia antes. Você é um surdo que ouve. Por isso é que este Ministério é um Ministério de loucura, “A loucura da pregação”. Porque aqui os surdos ouvem, sem curar sua surdez diz que “Os surdos ouvirão”. Se está surdo, como vai ouvir? A menos que deixe de ser surdo. “… ouvirão as palavras do livro, alô! E os olhos dos cegos verão em meio a escuridão …” Como você vai ver no meio da escuridão, abençoado? Isto tem um cumprimento na palavra profética que Jesus Cristo Homem prega. Diz: “…e os olhos dos cegos verão em meio a escuridão e das trevas.” Porque você sabe de que trevas e de que escuridão estamos falando aqui, do entendimento. O véu que cobre o entendimento. Verso 19: “Então os humildes…” Alô! Paulo disse: “Associa-vos com os humildes”. Se não é humilde, não vai. “Então os humildes crescerão em alegria, crescerão em graça, crescerão no Senhor, e até mesmo os mais pobres dos homens se gozarão, até mesmo os mais pobres dos homens se gozarão no Santo de Israel.” E veja o verso 24, para terminar: “E os extraviados de espírito…” Jeh!, você que estava mais perturbado que ‘um juey bizco’ (caranguejo assombrado) – dizem em Porto Rico. “… extraviados de espírito, Ai Pai!, je, je, aprenderão inteligência, e os murmuradores aprenderão doutrina.” Eu era um murmurador antes de se manifestar a minha verdadeira identidade, e todos os que estavam ao meu lado, os pastores evangelistas esses eram murmuradores, não entendiam nada. E você antes, você também era um murmurador. Você que era, e o pastor do sistema, ja, ja, Ai Pai! Você era um murmurador, porque o que você fazia era: Bla, bla bla, bla! Mas nada de revelação, você não entendia nada e estava fora da unidade do Espírito falando sermonetes. Hoje, falei com uma pessoa que veio aqui em casa e me disse: - Veja, eu não creio - eu sou do sistema protestante - mas eu não creio mais nos pastores. Me cansei, eu necessito ver algo que faça, obras. Ir ajudar ao necessitado, ao que está na prisão, isso me enche. Mas já sermonetes e sermões, estamos cansados. E então, eu lhe disse: - Pois, saiba que EU FAÇO SERMÕES, mas os meus FAZEM. Você está cansado de sermões que “não fazem”, porque são palavras vazias de inteligência humana. Mas as palavras que eu falo do 666 – porque ele viu, a pessoa viu os três dígitos e me disse: E isso? Pois, aí é onde está A SABEDORIA, porque nesse número Apocalipse diz:: “Neste número, há diabo? NÃO. HÁ SABEDORIA”. E então, nós sim que podemos falar, porque as nossas palavras são ESPÍRITO e são PODER, porque FAZEM; dão testemunho; levantam o caído; os fazem conhecer-se por dentro; veem sua verdadeira identidade em Jesus Cristo. Bem, abençoado, nesta ocasião eu me retiro. Estivemos falando da formação de um véu e como você já não tem véu, porque Cristo lhe tirou, sua segunda vinda te tirou. Abençoados com todas as bênçãos, os quero muito, até logo.
publicado por brasileiro às 11:17

pesquisar

 

Dezembro 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
20
23
24
25
26
27

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro