mais sobre mim

subscrever feeds

links

tags

todas as tags

Terça-feira, 12 DE Maio DE 2009

"Uma forma de crer" - tema ministrado por Jesus Cristo homem

Bem, estamos prontos, certo, todos com seu caderno. Quantos trouxeram seu caderno na Universidade? Não venham sem seu caderno à universidade, um dia vamos anotar prá ver quem trouxe o caderno, depois não diga que não avisamos. Traga seu caderno, que este é um Centro Educativo, tome nota. Se você estiver pela Internet, ou se sintonizou predestinadamente este canal, fique em sintonia, o que você vai ouvir hoje você nunca havia escutado e, seguramente, sua vida entrará em uma etapa maravilhosa. Bem, há um verso que nosso Pai nos dava em Romanos capítulo 5 verso 17. Diz: “Pois, se pela transgressão de um só, diga: UM SÓ, reinou a morte, há uma vírgula, e diz: muito mais reinarão em vida, por quantos, diga: UM SÓ por um só, quem é esse? Jesus Cristo, os que recebem a abundância da graça e o dom da justiça.” Os que recebem o quê, diga: A ABUNDÂNCIA DA GRAÇA. Uma pergunta, quando se falou da Abundância da Graça? Em 2 mil anos, depois da morte e ressurreição de Jesus Cristo, depois que Paulo escreveu essas 14 epístolas, quando se falou da Abundância da Graça? Acaso a igreja católica falou da Abundância da Graça? Acaso os evangélicos falaram ‘Da Abundância da Graça’? Acaso você a ouviu no Seminário Batista ou lá no Concílio, na missa de domingo? NÃO. Aí diz que a Abundância da Graça viria através de UM. Diga: UM SÓ, e esse é JESUS CRISTO. A pergunta é: Qual Jesus Cristo iria manifestar a Abundância da Graça? Qual manifestação de Jesus Cristo, porque ele é UM SÓ? Acaso foi a manifestação de Jesus de Nazaré que falou da Abundância da Graça? NÃO, ele falou em parábolas. E, às vezes, dizia: “Eu lhes falo assim para que não me entendam. Tenho muitas coisas que lhes dizer, mas agora não posso dizê-las”. Ele estava debaixo de um Pacto de ‘maldição’, estava na sombra, a circuncisão, ele foi servo da circuncisão, ele não foi cristão, foi judeu. Então, Jesus de Nazaré falou da Abundância da Graça? NÃO. Acaso, foi a manifestação do Ressuscitado que esteve pregando A Abundância da Graça? NÃO. Esteve no meio deles, revelou o Evangelho a Paulo, mas ele não comunicou como tal, em pessoa, o Evangelho. Então, de que manifestação está falando neste verso? Daquele que voltou a quê, a viver. Está falando desta manifestação da qual Ele é portador da Abundância da Graça. O que Jesus Cristo Homem comunica, prospera tua mente, prospera tua vida, te cura as feridas, te dá limpa consciência, traz propósito à tua vida, prospera as nações. Por isso, sabemos, amada, que as nações que abrem suas portas a Jesus Cristo Homem, estão recebendo A Abundância da Graça. Mas, os que quiseram fechar suas portas, fecharam as portas à ABUNDÂNCIA e estão em pobreza, alô. Amada, que lindo saber que nós somos esse povo, que podemos reinar em vida. Diga: REINAR EM VIDA. Você reina em vida sobre toda circunstância, mais que vencedor? Graças a quem? Diga: A UM, SOMENTE. Diga a quem está a seu lado: A UM, SOMENTE. E esse se chama: JESUS CRISTO HOMEM. E, nesta noite, ele vai falar à tua vida, ele vai nos levar a outra glória, amada. Nesta noite, recebamos, em todas as nações, àquele que nos leva a reinar em vida, Jesus Cristo Homem, nosso Deus, nosso Pai, JOSÉ LUIS DE JESÚS. Dê com gozo a nosso Deus, Abba Pai. (Ovação em pé) Saudações de Jesus Cristo Homem: Obrigado, obrigado, é uma honra poder falar com vocês. Podem sentar-se e vamos entrar em cheio nesta formosa prática que temos para a amada, para seguir edificando ao que Deus mais ama. Os quero muito, tenho muitas saudades de vocês, logo terei o privilégio de poder vê-los pessoalmente, a milhares de vocês. Nesta ocasião, antes de começar com o Calqueo, quero enviar uma saudação a Clodovaldo. Ele é uma pessoa que esteve presa, esteve na prisão e esta palavra o alcançou ali, como também a milhares de prisioneiros. Igualmente a Quico, nosso Agente de Bienes Raíces, é um homem que esteve na prisão por anos em um federal e, hoje, serve ao Senhor aqui em Miami. E, bem, muitas pessoas, mas que, possivelmente, não me disseram que eram confinados, que estiveram na prisão. Mas, quero saudá-los a todos, porque, uma vez, Cristo disse: “porquanto estive preso e não fostes me visitar”. Mas, nesta ocasião, quero saudar aos dois, a Clodovaldo e a Quico, que merecem um aplauso lá na congregação. (Aplausos). Bem, tenho uma notícia, quero felicitar a Edward e a Heily, que tiveram um filho. Veja que nome mais bonito, o menino se chama: Edward Seis García. Seis, um segundo nome maravilhoso: Edward Seis García, maravilhoso. Agora, não só isso é o belo deste testemunho, senão que, também, o menino tem seis dedos nas mãos e seis dedos nos pés, tremendo. Bem, uma saudação a todos eles e a milhares de vocês, a todas as empresas de Cabo que podem ver esta programação, a todos os Centros Educativos mundialmente, que já são quase 400 Centros Educativos, Empresas de Cabo, nem as posso contar, Programas de rádio, nem posso contar agora mesmo, de tantos que são. Ministração da Palavra: Tomem nota, por favor, os que já tem seu caderno, sua lapiseira, para tomar nota e apontar estes versos bíblicos, porque hoje temos um Calqueo muito belo, muito convincente do que é Creciendo en Gracia. O tema é “UMA FORMA DE CRER” Em Washington, D.C. estão registradas mais de mil formas de crer; em outras palavras, o que se chama de Credos Protestantes, Credos Católicos e, então, são mais de mil registrados. Mas, nos fazemos uma pergunta: Se há uma só verdade, há um só evangelho, há uma só Bíblia, por quê tem que existir tanta diversidade de crenças doutrinais? Bem, os versos que temos para hoje irão nos ajudar a entender por quê isto acontece. Veja o que diz Romanos capítulo 6 verso 17. Diz: “Mas, graças a Deus, que, ainda que fosseis escravos do pecado, obedecestes de coração àquela forma…” Diga comigo: FORMA. “…àquela forma de doutrina à qual fostes entregues;” Então, há uma forma de doutrina a que fomos entregues. A pergunta é: Quando fomos entregues a essa forma de doutrina? Bem, você pode dizer: -Bom, eu cheguei ao Ministério há 5 anos, outros há 10, outros há 15, outro há 20. MAS NÃO FOI ALI QUE TE ENTREGARAM À FORMA DE DOUTRINA. Essa forma chega pelos lábios de JH e isso tens que entender, porque essa forma esteve escondida. Então, tem que levar em conta: Quando fomos entregues a essa Forma? Se lemos a Segunda carta de Paulo a Timóteo, no capítulo 1 verso 9, teremos uma ideia bem clara de quando fomos entregues. Diz: “…que nos salvou e chamou com chamamento santo,…” Ou seja, um chamamento santificado para o tempo assinalado pelo Pai. Há um tempo para esse chamamento, mas é pelo Pai, não é por livre arbítrio. Diz: “…não conforme as nossas obras…” Ou seja, não conforme a nosso livre arbítrio, nosso esforço, porque isso é assinalado pelo Pai. Diz: “…senão segundo o seu propósito, e a graça, ou seja, a forma, que nos foi dada em Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos,…” Então, essa forma de doutrina foi dada antes dos tempos dos séculos. É uma forma à qual você foi entregue antes de nascer, porque você foi escolhido antes que tivesse chegado ao ventre de sua mãe. Então, há uma forma, que é a única forma, não há duas formas de crer. Por isso é que há tanta diversidade mundial e tantas doutrinas e tantas religiões, e testemunhas disto e testemunhas daquilo, e evangélicos de primeira e de segunda; Batistas de primeira, de segunda; Pentecostais 1, 2, 3 e 4, Católicos Carismáticos, Católicos Ortodoxos e, bom, tem tanta doutrina, quando há uma só forma. Se houver uma só forma, então essa forma vai revelar quem tem a verdade, mundialmente. HÁ UMA FORMA. E veja se é assim, que na Segunda carta a Timóteo capítulo 1 verso 13, veja como diz. Depois que te diz: “com a graça que nos foi dada antes dos tempos dos séculos”, depois diz: “Retém a forma das sãs palavras…” E quais foram as sãs palavras? Pois, as que ele nos deu antes da fundação do mundo, antes dos tempos dos séculos, como diz em Segunda a Timóteo 1: 9. Olha, eu tenho um pequeno exemplo, aqui. Você está vendo este cadeadinho, aqui? Você deve ter visto muitos destes cadeadinhos para maletas, quando viaja. Está fechado. Sabe por quê? Porque só há uma combinação, só há uma forma. E há milhares de combinações aí, mas há que encontrar a correta. Agora, eu vou dar uma volta neste, vou dar uma voltinha. Agora, vou colocar o número na forma correta, no número correto, olha o que vai acontecer, agora. Coloquei na combinação perfeita, olha, veja, abriu. Por quê? Porque lhe dei o código, o número correto. Então, há uma forma de crer e tem que ser a correta, não pode ser qualquer forma. Você deve ter ouvido um ditado, que diz:’ Todos os caminhos conduzem a Deus’. NÃO. Há uma só forma que conduz a Deus. Certa vez, Jesus Cristo disse: “Eu sou a porta, aquele que entrar por mim…, os demais são malfeitores, ladrões, que entram por outras portas”. E, hoje, você vai descobrir quem são os ladrões e os malfeitores, porque aquele que for encontrado na forma correta, esse é quem tem a verdade. Agora, veja, quando você tem a forma correta, vai poder entender a Efésios capítulo 2 verso 10. Porque é bem importante reter essa forma. Diz: “Porque somos feitura sua…” CRIAÇÃO, não criação carne, somente, senão criação espírito, porque primeiro é o espírito, depois a carne. “Os filhos participam de carne”, mas primeiro são filhos, antes mesmo de nascer, Deus já os chama filhos. Como diz Hebreus 2: 14, “porquanto os filhos participaram de carne e sangue”; eram filhos e participaram de carne e sangue. Agora, são filhos com carne e com sangue, me explico. Então, diz: “Porque somos feitura sua, criação, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que andássemos nelas.” Se você retém a forma correta de doutrina, há garantia de que você também vai estar caminhando nas boas obras preparadas de antemão, que Deus preparou para você e, quando isso acontece, aí há paz, aí há tranquilidade, , porque você não está se adiantando para fazer o que não tem que fazer. Lembre-se que o entusiasmo desta carne pode te levar a ter participações e enfrentar situações no Ministério que você não está suposto a fazer e pode te ficar mal, porque é que você não está suposto a fazer e não fica em paz, porque você não está suposto a fazê-las. Ou seja, você foi predestinado e escolhido para pensar tudo o que você faz. Primeiro: Organiza teus pensamentos, se vais escrever um correio eletrônico, se vais escrever uma carta, se vais falar com um irmão, se vais repreender um irmão, se vais chamar à atenção a um irmão. TUDO O QUE SAI POR TUA BOCA, por isso o Salmista disse: “Põe guarda à minha boca”. Naturalmente, os pensamentos são muitos, mas a boca é que vai expressar alguns. Então, é bem importante, você tem uma mordomia em sua mente, em seu templo –pois, você serve a Deus com a mente-. Portanto, você tem que procurar andar nas obras preparadas de antemão, mas para caminhar em ‘obras preparadas de antemão’, primeiro você tem que entender se você está na Forma, se está retendo a Forma de Doutrina. Isto é bem importante. Se você não retém a Forma, possivelmente você deve estar andando em situações que não tem que estar andando. E, por isso, vem as perguntas: Por quê isto e por quê aquilo? É bem importante saber onde vais, se vais mudar, pergunte a teu Papai. Olha, uma das coisas que eu aprecio muito, às vezes eu estou acordado às 3 da manhã e ali há uma classe de silêncio… Não se escutam os automóveis, nem crianças, nem telefones, nem rádio, nem televisão, NADA; é um silêncio e faz tanto silêncio que há um ruído da noite, ‘O ruído do Silêncio’. Esse é o máximo: ‘O ruído do silêncio’, e ali, eu aproveito esses momentinhos, porque ali, a Mente de Cristo se ativa. Quando você estiver em uma situação em que você se encontre e que não sabe o que fazer, se você dissesse: -Senhor, olha, hoje vou colocar o despertador às 3 da manhã e vou dedicar uma horinha para estar em silêncio, e escutar teu conselho e ordenar meus pensamentos, antes de ligar para este irmão e ofendê-lo, antes de me precipitar e falar coisas que não devo falar, antes de me precipitar e sair deste emprego e procurar outro, antes de tomar uma decisão. E seja qual for a decisão, você tem que organizar seus pensamentos, para que, quando você falar, não tenha que estar, depois, dizendo: -Ai, perdoa-me, olha que isto, que aquilo, me adiantei, não devia ter dito isto. Não devia ter dito isto. Mas já está dito, o dano já foi feito… Naturalmente, sempre há formas de nos corrigirmos, pedir perdão e apagar e conta nova. Mas, buscando excelência, temos que entender que fomos entregues a uma Forma de Doutrina que, se a seguirmos, estaremos caminhando em obras preparadas de antemão. Então, veja o que Paulo disse a Timóteo , em linha com o pensamento que vimos falando, Primeira carta aos Coríntios capítulo 4 verso 17. Diz: “Por isto mesmo vos enviei a Timóteo, que é meu filho amado e fiel no Senhor, o qual vos recordará…” Veja que Timóteo não pregaria o dele, nem ensinaria o dele. Ele iria ali, olha, lembre-se o que o Apóstolo Paulo disse. “…vos recordará meu proceder em Cristo, da maneira, da forma, acrescente-se aí: FORMA, da maneira que ensino em todas as partes e em todas as igrejas.” Paulo tinha uma Forma, por isso é que ele diz a Timóteo: “Retém a forma”. Porque, se reténs a Forma, há garantia de que estás caminhando em obras preparadas de antemão. Há outro conselho mais na Primeira carta a Timóteo capítulo 4 verso 16, diz: Timóteo, “Tem cuidado de ti mesmo…” Esqueça do diabo, de demônios, que isso já foi destruído. Esqueça de influências, que essas estão destruídas, esqueça que, se foi aquele, ou foi aquela, para lançar a culpa. Não, não… “Tem cuidado de ti…” Porque em tua carne é onde está o laboratório, onde tu pesas teu espírito e dali ordenas os pensamentos e tua MORDOMIA. Esse pátio, essa habitação, essa propriedade é dada a ti e tu és o mordomo, e a ti é que se vão pedir contas do que acontece em tua vida. Então, diz: “Tem cuidado de ti mesmo…” Timóteo, é de ti, o problema está em ti, não está fora de ti, está em tua carne. Se não levas cativos os pensamentos, se não te conformas à sã doutrina, se não reténs o que é correto, o timão começa a dar voltas para aqui, para lá, e as coisas se descompõem, porque essa é a ordem. Para chegar à estatura de um Varão Perfeito, há uma ordem que o Espírito utiliza, é uma chave que vai te levando, e levando, e apertando por aqui, e te levando em uma forma. Porque ele quer sacar o melhor de teu deusado. Você tem um deusado, e esse deusado está em sua mente, esse deusado se manifesta pela boca, pelo que você fala, por sua confissão, é conforme o grau e o peso que você tenha nesta formosa palavra de graça; assim como você confessa, assim os anjos atuam em linha com a ordem que você leva em seu homem interior, em sua mulher interior. Me explico, abençoado. Então, “Tem cuidado de ti mesmo… Agora, veja o que diz: “…e da doutrina; A Forma e da doutrina A Forma de ensino, a Forma à qual fostes entregues. “Tem cuidado de ti mesmo e da forma”. Não saias dela. “…persiste nele,…” Veja o que diz: PERSISTE. Então, é algo importante: CUIDAR DE TI E PERSISTIR NA DOUTRINA. Estar atento à doutrina, o que estás ouvindo. Porque, olhe o que diz: “…pois, fazendo isto, te salvarás a ti mesmo…” E você sabe que não está falando de salvar teu espírito, porque isso o sangue de Jesus fez, Deus é aquele que te salva, mas TE SALVARÁS A TI MESMO do desafio e da mordomia de teu viver neste veículo, que tens aqui nestes tempos. Então, diz: “…fazendo isto, te salvarás a ti mesmo e aos que te ouvirem.” Os que estão ao teu redor são beneficiados por essa mordomia que tens, que levas em tua boca, e em tua boca está a prosperidade e está a saúde. Porque um espírito ordenado, um espírito que anda na forma entregue e nas obras de antemão, anda em saúde. Porque a saúde se manifesta quando há esta ordem. E vem uma enfermidade, e você fala e a enfermidade como que te foge: -Não gosto da confissão desta mulher. Que classe de confissão mais nítida. E as enfermidades te respeitam, se vão de ti. Vamos terminando, tenho várias exortações. A primeira exortação está em Filipenses capítulo 3 verso 17. Diz: “Irmãos, sede meus imitadores, e observai aos que assim se conduzem, segundo o exemplo que tendes em nós.” Sede meus imitadores, dessa Forma, disso que Paulo nos fala, e observai, para ver se os demais colaboradores e Bispos estão submetidos a isso. Porque, se você se submete a um colaborador ou Bispo e ele está caminhando mal, isso te persegue, porque ele te representa nesse país onde estás. Então, tens que observar bem, para ver se o Bispo está bem, se o Colaborador que está te atendendo vai bem, porque, senão, isso é o que contamina. Sim, observar que ninguém se contamine, porque as contaminações vem daquele que está à frente. Se eu estou contaminado, e não te falo em linha com a palavra, te contamino e, por conseguinte, tu contaminas aos demais, e aí começa uma palavra que não queres: DIVERSIDADE, várias Formas de Ensino. Por isso, aos Colaboradores, aos Bispos, quando eu termino este Calqueo e você vai falar no púlpito sobre um anúncio, se quer fazer um comentário sobre o que eu estou ensinando, você pode fazer, certamente que sim, pode falar disso, mas se assegure de que o que você fala está em linha, e que o faz com o proceder correto, para que não fira a amada, para que não fira aos irmãos na congregação. Porque, do púlpito se pode fazer muito bem e se pode fazer muito dano. Quando o Colaborador não tem um bom peso espiritual, quando o Colaborador não tem em ordem seus pensamentos, pode fazer um dano tremendo do púlpito. Então: “…observai aos que assim se conduzem, segundo o exemplo que tendes em nós.” Você sabe por quê, porque se você não está se conduzindo assim, as pessoas começam a faltar aos serviços, e não é que não querem estar, é que você está fazendo dano a elas com o seu proceder, e eles preferem se ausentar. Então, você nota que, em vez de você ver a congregação crescer, o que ela faz é minguar. Alguma coisa está acontecendo, e não culpe a família tal, nem ao outro, porque isto é “cuida-te”. O problema está em você. O problema não está na nação norte-americana, sempre se lança a culpa no Presidente. Há presidentes que tiveram que renunciar, porque você leva a batuta. Eu não posso lançar a culpa aqui a ninguém, que foi que fulano ou fulana me fez isto. Aqui está José Luis de Jesús, JH, e eu sou responsável por este Ministério, para que siga adiante. Naturalmente, eu tenho um a quem me submeto, que é perfeito, que é A Mente de Cristo em mim e, com isso, não vou falar, com A Mente de Cristo. Segunda Exortação, Romanos 12: 2. “Não vos conformeis a este século,…” Não te desformes, mantenha a forma doutrinal, para que esta sociedade e os costumes familiares e deste século, maus costumes e tradições, não te deem forma, porque vais te chocar comigo. Se estás formado por tradições, por conceitos que trouxestes de outra religião: -Porque me parece… -Que eu penso… -Que eu opino; vais ter choques bem fortes comigo. Porque é que estás deformado. Diz: “Não vos conformeis não conforma com este mundo, com este século, senão transformai-vos por meio da renovação de vosso entendimento, e o que transforma teu entendimento é A Forma, para que comproveis qual seja a boa vontade de Deus, diz que é agradável e perfeita.” É agradável e perfeita em Cuba, é agradável e perfeita em Honduras, é agradável e perfeita em Porto Rico, é agradável e perfeita em Santo Domingo, nos Estados Unidos, na Colômbia, no Brasil, na Argentina e por aí, em TODOS os países onde estamos, aí é agradável. Não importa a situação econômica, não importa o governo, não importa a política, não importa a perseguição, SE VOCÊ ESTÁ NA FORMA E RETÉM A FORMA, aí o anjo vai te livrar. Terceira e última Exortação, Efésios capítulo 4 verso 3. “…solícitos em guardar a unidade do Espírito…” Alguém disse: o que é a unidade do Espírito? Falar em línguas. O que é a unidade do Espírito? Orar de joelhos. O que é a unidade do Espírito? NÃO, a unidade do Espírito é A FORMA DE DOUTRINA. “…solícitos em guardar a unidade, A FORMA DE DOUTRINA, à qual fostes entregues, no vínculo da paz;…” Isto se faz em paz, porque, tampouco vais pegar um pau e sair batendo e dizendo: -Não, que você tem que fazer assim; e cair de çpau. É no vínculo da paz. Eu estou te falando sério, mas em paz, porque eu quero você em paz. Eu quero a amada em paz. Somos quase 400 Centros Educativos a nível mundial, que estão se educando com esta palavra, que recebem este sinal por vídeo, pela gravação, por CD, e temos um corpo, não deformado. É um só corpo, com uma cabeça, não com três cabeças, é UMA CABEÇA e uma Forma de Doutrina, um evangelho, uma Bíblia, um mesmo sentir, uma mesma regra de interpretação. E, com isso, olha, estamos fazendo assim a transformação, VEM TRANSFORMAÇÃO. Você já não pode dizer: “Vem, Senhor Jesus”, porque esse já chegou. É ‘vem, transformação’, ja, ja que é o que estamos esperando. Abençoados, amados meus, como os amo em Cristo Jesus e como me gozo levando-lhes esta Reflexão, este Calqueo, esta Mensagem, este Calcado para os sofisticados na gramática, como quiser entender, mas lembre-se que há UMA FORMA, UMA SÓ FORMA, não há duas. Isso de que muitos caminhos conduzem ao mesmo lugar, NÃO. “Há caminhos que ao homem parecem vida, mas seu fim é de morte”. Isso de que todas as religiões são boas e que todos os caminhos conduzem a Deus, isso é mentira. Onde todos os caminhos conduziam era a Roma, e Roma, olha, por ali, debaixo do Vaticano, que se se mete na escala 10 na escala Richter, número 10. Olhe! Com toda a maldade que há nesse lugar, que lindo seria ver um terremoto debaixo desse Vaticano. Se iria a cidade inteira, que não tenha conserto. Imagine, isso seria um presente para Jesus Cristo Homem, tremendo. Os amo muito, abençoados com toda bênção.
publicado por brasileiro às 13:36
Terça-feira, 12 DE Maio DE 2009

Padre Alberto video musical del Escandalo del Padre Alberto Cutie de Miami

Padre Alberto video musical del Escandalo del Padre Alberto Cutie de Miami - Causante el Primer Papa Pedro - Celibato es la doctrina de demonios. Italiano: http://www.crescendoinGrazia.com - Artista Martita Roca - http://www.martitaroca.com

publicado por brasileiro às 13:35

pesquisar

 

Maio 2009

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
17
19
22
24
29
31

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro