"PROJETO TIRA VÉUS”

id="BLOGGER_PHOTO_ID_5277736120951254146" />Você sabia que a RELIGIÃO atual crê que Jesus de Nazaré foi critão, ignorando que foi JUDEU? Cristo é quem tira VÉUS, e o faz através de seus colaboradores. Este “PROJETO TIRA VÉUS” é importante porque o que impede que uma pessoa possa ver a verdade do evangelho é um VÉU. Segunda aos Corintios 3: 14 diz que o VÉU de Moisés embota, já que impedia de ver a Cristo (Jesus de Nazaré) naqueles dias; e falava do povo JUDEU. Paulo sabia que a congregação de Corinto havia saído da escravidão da lei de Moisés, entretanto tinham uma MESCLA de judaísmo com os ensinamentos de Jesus de Nazaré. Na segunda aos Corintios 3: 7- 13 diz que a lei é um ministério de condenação. No novo pacto, estamos na GLÓRIA mais excelente. A RELIGIÃO segue algo que já foi abolido (verso 13). Estão com danças e canções em hebraico, para BUSCAR a “glória judaica”. Fazem viagens à “terra santa”, quando o Apóstolo Paulo diz que a Jerusalém ATUAL está em MALDIÇÃO. Estão em um pacto que Deus já SUBSTITUIU por um novo pacto, dando por ultrapassado ao “PRIMEIRO” (a lei). Há um segundo VÉU: Jesus de Nazaré. Romanos 7: 4 diz que já MORREMOS à lei mediante o corpo de Cristo. E a LEI era o velho pacto, dado a Moisés. Esse corpo de Cristo se chamou Jesus de Nazaré, que era judeu, não era cristão. O corpo de Cristo nos LIVROU do primeiro VÉU: A lei (Moisés), mas para que sejamos de OUTRO, não de Jesus de Nazaré, senão de OUTRO, do ressuscitado. Hoje se formou um “CRISTIANISMO judaico”, que é uma mescla judaico-cristã, que contém judaísmo, por isso todo o MUNDO olha para Israel. Uma vez que Cristo morre e ressuscita, já NÃO é Jesus de Nazaré, é o Ressuscitado, que disse que iria VOLTAR a viver. Viria em outra manifestação, que é a do Filho do Homem (a SEGUNDA chegada do Senhor), no Apóstolo José Luis; quando ele se manifesta, nos livra de um TERCEIRO VÉU, que é o próprio Ressuscitado. Viria sem relação com o pecado (Hebreus 9: 28). Há que ter um só esposo, o Ressuscitado (segunda aos Corintios 11: 1). Nos versos 4 e 5 diz que há dois Jesus (o de Nazaré e o Ressuscitado); outro espírito (judeu); e outro evangelho (a circuncisão), que os apóstolos pregavam. É por graça, não pela lei (Romanos 11: 6). Se esperamos no Cristo carne, damos pena (Primeira aos Corintios 15: 19- 23). É com o Ressuscitado. Apreciado irmão: O declaramos iluminado para entender que já vivemos a vinda do Senhor, que são os dias do Filho do Homem. Abençoados!
publicado por brasileiro às 10:34