LONDRINA/PR - 16/11/2008 - MANIFESTAÇÃO EM CATEDRAL ACABA EM CONFUSÃO

Uma manifestação do Ministério Internacional Creciendo en Gracia em frente à Catedral de Londrina acabou em tumulto no final da manhã de ontem. Pelo menos 20 integrantes do grupo estavam no local participando do movimento que, segundo o responsável, bispo Pedro Kele, tem o intuito de ‘‘divulgar as mentiras dos sistemas das religiões’’. Por meio de panfletos e faixas, o grupo dizia que o celibato é ‘‘doutrina de demônios’’ e trazia estatísticas com os números de crianças abusadas sexualmente por sacerdotes da Igreja Católica. Jovens vestidas com shorts e camisetas estampadas com o número 666 (considerado o número da besta) ajudavam na distribuição de materiais. De acordo com o bispo, um homem que não foi identificado pela reportagem saiu da Igreja ameaçando o grupo. ‘‘Estamos aqui para mostrar toda a verdade à população’’, argumentou, afirmando não se tratar de um movimento contra a Igreja Católica, mas contra todas as religiões. Enquanto os manifestantes estavam na calçada em frente à igreja, lá dentro dezenas de fiéis participavam de um encontro. O aposentado Felício César Marconi, que estava no local, reclamou da presença do grupo. ‘‘Se eles querem fazer manifestação, que fiquem em frente à igreja deles’’, desabafou. A professora Nilda Bandeira, que esperava o filho sair da aula de catequese, também reclamou da manifestação. ‘‘A igreja católica abraça pessoas de todas as religiões. É uma falta de respeito virem até aqui, no momento em que está tendo uma celebração’’, destacou. (publicado hoje no portal http://www.bonde.com.br da cidade de Londrina no Paraná)
publicado por brasileiro às 10:59