mais sobre mim

subscrever feeds

links

tags

todas as tags

Quinta-feira, 21 DE Agosto DE 2008

o poder de Deus que se aperfeiçoa em nossa debilidade

Segunda carta aos Corintios capítulo 12 verso 9. (Diz): “E me disse: Minha graça te basta; porque meu poder (que é o evangelho) se aperfeiçoa na debilidade. Portanto, de boa vontade me gloriarei em minhas debilidades, para que repouse sobre mim o poder de Cristo.” Jesus Cristo homem dizia: -Então, me convém ser débil? (Ele responde): -NÃO! Não. Não me convém ser débil. Eu sou débil, mas não me convém ser débil. Você é débil, mas a você não convém ser débil. Ser débil não convém a ninguém. Jesus cristo homem dizia: O que me convém é que o poder de Deus se aperfeiçoe em mim, isso é o que me convém; para que eu não caminhe então em debilidade. Ou você acha que a debilidade pode mais do que o poder de Deus? -(Não!). Jesus Cristo homem dizia: -O poder de Deus se aperfeiçoa quando você aplica o evangelho da incircuncisão à sua debilidade. Quero dizer que você não pode se gloriar na debilidade, você não pode se gloriar: -Ah, eu sou débil! (Jesus Cristo homem te dirá): -Não, porque o postulado apostólico é: Diga o débil, sou débil? -Diga o débil, sou débil? Não, é: Diga o débil forte sou. Pois, estás te gloriando na debilidade (se dizes sou débil). Não, o postulado é: Diga o débil...o quê? (Forte sou). Não é que tu digas que és débil, não. O que ele está mostrando é a tua condição, para que nessa condição, tu digas que és forte. Mas, ponha o verso novamente um segundo, porque note que se poderia dar a interpretação: “Portanto, de boa vontade me gloriarei muito mais em minhas debilidades,…” Mas como é que você pode se gloriar em algo que não é nada? Uma debilidade não é NADA. Uma debilidade não é uma glória para ti. Então, Paulo não está dizendo: -Ao contrário, eu vou me gloriar no que não serve. Ele não está dizendo isso. Porque glória significa o que Deus diz de ti. O que Paulo está dizendo: -“Ao contrário, eu vou me gloriar naquilo que Deus diz de mim, para que o poder de Cristo repouse sobre mim.” Ou não é suficiente... a graça? Diz): “Basta-te (minha graça);…” Pois, então, a graça é suficiente. Se a graça não está sendo efetiva em tua vida não é porque a graça não é boa, não; é porque tu estás descuidando de outro aspecto de tua vida como crente. Mas não porque o evangelho não seja eficaz. O EVANGELHO É PODER E A GRAÇA É SUFICIENTE. Nós temos um chamado a representar bem a Jesus Cristo homem. Digo, você não vai com gloria por aí: 666. Isso não representa você. 666 é Jesus Cristo homem. Você é um representante onde quer que vá daquele que te escolheu e te chamou para que fosses um digno representante dele. E,obviamente, a libertinagem tem um “aguilhão”, sabe como se chama? O evangelho que é poder de Deus. O Evangelho que é poder de Deus.
publicado por brasileiro às 15:00
Quinta-feira, 21 DE Agosto DE 2008

Ouça em Mp3 o calqueo "Adornando La Doctrina" de 20-08-08

publicado por brasileiro às 14:58

pesquisar

 

Agosto 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
15
17
24
31

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro