mais sobre mim

subscrever feeds

links

tags

todas as tags

Quinta-feira, 03 DE Julho DE 2008

Growing in Grace National Convention United States 2008

publicado por brasileiro às 22:40
Quinta-feira, 03 DE Julho DE 2008

"INSTRUMENTOS DESQUALIFICADOS"

Podem sentar-se, obrigado. Olha, hoje estou com o bracelete colombiano, bogotense (de Bogotá), 666. Tem muitas formas de ensinar isso. Veja, olhe que linda é essa cor ouro. Um dia desses fui comer em um lugar por aí e viram isso de longe, e ficaram nervosíssimos no restaurante, tremendo! Olhe, isto é para “A Comay”, a Comay está em dívida conosco. Este homem (mostra uma carta), pastor, 56 anos, tem estado em todas as igrejas, denominações, tem diploma de pastor e tudo; e vai pelas ruas de El Salvador e estão vendendo Cds, vendendo ali na rua, sim, bem, lá agora são dólares, El Salvador mudou para dólares; ali não desvaloriza porque mudaram para dólares, e comprou 12 deles. Então, estava a Comay falando de mim, por isso estou em dívida com a Comay, porque a Comay já está pastoreando comigo, imagine. (Aplausos). E então, ele ouviu a Comay falando de mim, (e se perguntou): - Por que fala dele? E se pôs a estudar, e aqui está o testemunho. Ele se chama René, não, José Núñez de El Salvador. Diz que já tem 2 meses visitando a sede. Levanta às 5 da manhã para poder chegar a tempo ao calqueo, o dos domingos. Está lá na congregação e tem todos os pastores fazendo perguntas. Está cortadinho. O que lhe impactou foi que viajaram centenas de quilômetros para levar-lhe o material que ele pediu aqui. Falamos dele ao Bispo de lá e imediatamente tiveram diligência, viajaram mais ou menos 4 horas por terra para levar-lhe e dizer-lhe: - Papi nos enviou aqui. Isso lhe chamou a atenção. E também hoje está René Daniel Amaya, que chegou pela primeira vez ao calqueo em El Salvador também. Assim que o 666 com todo o dano que tem tratado de fazer o presidente (Saca) não tem podido. Seguem chegando, seguimos crescendo, as pessoas continuam entendendo. (Aplausos). Estamos por fazer um panfletinho do 666 que explique a sabedoria desse número. Esse número é maravilhoso, não tenha medo, porque depois não vai poder nem comprar. (Aplausos). Escreveu-me uma americana hoje um e-mail e me disse: - O que eu devo fazer como cristã estando Jesus Cristo homem já na terra? Então eu não lhe respondi isso, lhe disse: - Bem, se você me diz que é cristã – eu imagino – que não é de Jesus de Nazaré, senão de acordo com Romanos 7: 4, do outro do que ressuscitou. Quer dizer que já não é judeu; agora ao ressuscitar o corpo mudou – igual a quando você for transformado, você já não é colombiano, porto-riquenho, cubano; você já não é isso, você é corpo glorificado. Assim que Jesus de Nazaré deixou de ser DE NAZARÉ veio a ser o próprio Deus. Então eu lhe explicava isso e lhe dizia: - Eu também espero que você não tenha dois maridos conforme a segunda aos Coríntios 11: 1 e 2, que diz “os quis casar com um só esposo, com o ressuscitado”, entendendo também que você não está caminhando pelo caminho velho, senão pelo caminho (novo) e vivo que ele nos abriu através do véu, isto é sua carne, Hebreus 10:20. (Aplausos). - E, naturalmente, ninguém tem pena porque você já não tem os olhos postos em Jesus porque é digna de quê? De comiseração. Eu recebo, - já que me diz que é cristã – que não tem o evangelho que caducou há dois mil anos atrás, senão conforme a Gálatas 2: 7 há dois evangelhos: O judeu e o dos gentios. (Aplausos). Não me entendeu, ja, ja, ja, ja. Saiu com outra coisa por lá, dizendo que quando faz doutor e lhe cai uma … De quê está falando esta mulher? Ah e também lhe falei do véu, espero que lhe tire o véu para entender-me porque, ja, ja, ja, imagine, se as pus todas ali. Olha... é incrível. Ministração da PALAVRA: Bem, então, penso que podemos ir ao calqueo, que as nações estão esperando por ele. Antes de falar de “Instrumentos Desqualificados”, que é o tema de hoje; ou seja, tem instrumento que não pode se tocar mais porque se estragou. Agora, tem instrumento que talvez não esteja estragado, mas se desqualificou porque ‘fulano de tal’ o tocou e não queremos nem saber dele. Então Paulo fala de Instrumentos Desqualificados. Mas logo entraremos nisso. Reflexão apostólica: Mas antes há uma “reflexão apostólica” e é: O sistema (religioso) pensa que a segunda vinda do Senhor é o rapto, correto? Verdade? O rapto. É que eles pensam que ele vem nas nuvens e os arrebata e se vão para o céu. Não é assim? (Assim é). E então se vai um avião cheio de passageiros e ele é cristão (o capitão), então ele se vai e o avião fica sem piloto e suuuuchh! E se vai dirigindo um trem, pois se é cristão então há um desastre. E apresentam um quadro que o pintam bem grande – se vendeu muito – anos atrás sobre este tema, santos voando... Você parece que viu, verdade? Ja, ja, você ministrava muito sobre isso, ah, esse quadro ‘prepara-te para o rapto’. Agora, essa teoria cai se cremos no evangelho de Paulo. Por que? Porque diz que o céu e a terra foram o quê? (Reconciliados) Quantas coisas? Todas as coisas, as que estão nos céus (e na terra), foram o quê? Reconciliados. Então, se foram reconciliados, estão juntos e onde está a terra? Debaixo de seus pés? (Assim é). Então onde está o céu? Reconciliado com a terra… E então o que você faz voando? ‘Perdidos no espaço’, ja, ja, ja. Você vai ficar perdido no espaço porque não vai para lado nenhum. Como diz Rafa (Rafael Encarnación), vinda não é saída. Olha, quando você vai ao aeroporto, imagine que você vá ‘arriving is departure’. Ja, ja, ja, ja, ja. Chegada é a saída. NÃO! Assim está o sistema. Olha, esses são códigos que Paulo teve que pôr assim, como eles não vão saber isto, eu lhes digo que somos arrebatados nas nuvens, no ar, e então eles vão pensar que vão voando. Mas o ar no grego é ‘ambiente’. No ambiente, somos arrebatados no ambiente, porque você já foi arrebatado. Arrebataram-lhe, ao iluminar-lhe os olhos te arrebataram do sistema aos céus. DE VERDADE QUE TE LEVARAM A LUGARES CELESTIAIS. – Não é assim? – (Assim é). (Aplausos). Naturalmente, os abençoados que estão me estudando pela Internet, se têm o véu, entrou por aqui e saiu, bem, nem entrou, ja, ja, ja, ja. Sim, porque para eles entrada é saída, assim que não entenderam. Assim está o sistema protestante. Bem, e como vão entender, diz que naquele tempo ele pastoreará as nações na terra. Um só Pastor, mas isso não pode ser no sistema porque ali tem pastor pentecostal, batista, independente. Quantas denominações não há? Então lá tem um montão de pastores, então porque o pastor não é um, são milhares de pastores pastoreando. SÓ NO EVANGELHO DA INCIRCUNCISÃO SE CONSEGUIU ISSO. (Brincando Jesus Cristo homem diz): - Perdoe-me que tenha vindo assim, é que estou sem roupa, vocês podem me dar de presente uma gravata? As gravatas já estão danificadas, já não tenho camisas. Façam uma coleta e me dêem um terno de presente. Não, é que este é um presente do (dia dos) Pais eu quis (honrar ao abençoado que me ofertou). Não. Não, se eu digo o tamanho rapaz! O escritório fica cheio de ternos, ja, ja. Ministração da Palavra: Primeira carta aos Coríntios, capítulo 9, verso 24 ao 27, diz assim o Apóstolo Paulo aos Coríntios. Não é primeira “de” Coríntios porque os corintianos não escreveram nada; é primeira carta de Paulo “aos” Coríntios. Estamos? Assim que, não torne a dizer “primeira disto” e “primeira daquilo”; não diga primeira de Timóteo. Não, é primeira carta de Paulo “a” Timóteo correto? Primeira carta de Paulo aos Tessalonicenses, não primeira “de” Tessalonicenses porque os (de) Tessalônica não escreveram nada. Se eu sei que você sabe isso, por que repito? Porque muitos de vocês não sabem nada, se esqueceram. Esses são detalhes que quando você está no meio dos abençoados você fala... E aqui tem uns inspetores que quando lhe escuta falar dizem: - Este está… (longe) está aqui mas… tem distância…milhas de distância. São detalhezinhos, são códigos, este é um reino de um vocabulário que se você... Imagine, Deus te abençoe! (Digo): - Ahhhhh…sei que está a milhas de distância, distância luz. Assim é!, Gone! ‘Perdidos no espaço. “Não sabeis que os que correm no estádio, todos na verdade correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o obtenhais”. Ainda que aqui ninguém vai ganhar o prêmio, mas você corre como se fosse ganhar; mas aqui ninguém vai ganhar o prêmio porque o prêmio eu ganhei. UM SÓ GANHA, mas corre como quem vai ganhar. (Verso 25): “Todo aquele que luta, de tudo se abstém; eles, na verdade, para receber uma coroa corruptível, mas nós, uma incorruptível”. A transformação do corpo, alô! Eles lutam por uma medalhinha, mas nós estamos aqui aprendendo para que nossos corpos sejam transformados em um abrir e fechar de olhos, quando isso acontecer, que glória! Já não tem que se maquiar, já não tem que tomar banho. Digo, imagine, já não tem que fazer dieta, se preocupar se engorda ou está magro. Um corpo glorificado, imagine, um corpo celestial, uma glória de corpo tremenda, as medidas excelentes. Isso vai ser glorioso! E se há corpos transformados há de tudo; boa roupa, boa...de tudo. Bom, diz, coisa que olho não viu nem ouvido (ouviu)… (Verso 26): “Assim que, eu desta maneira corro, não como aventura; desta maneira pelejo, não como quem golpeia o ar…” (Dizer): - Te repreendo diabo!, demônio do sul, do norte, onde estiver, te repreendo! Não, isso é socar o ar. O sistema está assim: - Eu sinto que há um espírito mau nessa casa, leva óleo e vamos ungir a casa com óleo. Um óleo, isso é dar golpes no ar. Assim está o sistema protestante completo, os que crêem em demônios, os que crêem em exorcismos estão dando golpes no ar: Os espíritas, os pais de santos e todos, matando galinhas e regando sangue. Isso é dar golpes no ar. Amuletos de boa sorte, a pulseira do equilíbrio. Como é? (Verso 27): “…senão que golpeio…” Quê? (Diz: Meu corpo). Dali foi que os padres tiraram isso de golpear o corpo com látego (tipo de chicote). Não é esse corpo é como você vai golpear, não é assim. (Diz): “…senão que golpeio meu corpo, e o ponho em servidão…” Ou seja, lhe digo não, naquilo que tenho que lhe dizer. E levo cativo os pensamentos o melhor que puder, você os leva cativos até onde puder. Digo, Deus sabe até onde você pode, até onde você conseguir, e SEGUE MELHORANDO. (1ª aos Coríntios 9: 27): “…não seja que havendo sido arauto para outros, eu mesmo venha a ser eliminado.” Olha, isso é bem sério, ser eliminado; você já não se atreva a falar do 666 porque te pegaram pulando a cerca do vizinho e tudo, e deixa as pegadas e se esconde no supermercado, não, isto… (Alguém diz de você): - Que imprudente é este senhor. (E interiormente você diz): - Esconde o 666 que faço ficar Mau o Apóstolo. Você mesmo se elimina, porque aqui ninguém elimina a ninguém. Eu nunca eliminei ninguém, é a sua consciência que lhe diz: - Não se atreva a falar que se meteu a … (O beep) Ja, ja, ja, se isso já não se usa, o que você disse? O bip? ja, ja, ja, eI beeper, ja, ja, ja, ja… Dá de presente a ela um celular … ja, ja, ja, ja. O verso (27 diz): “… eu mesmo venha a ser eliminado.” Diga: “Instrumentos Desqualificados”. Esse é o tema de hoje. “Eu mesmo”. Observe, você mesmo é que se elimina. Você mesmo diz: - Não me atrevo a falar mais. Não vou mais, não mencionou mais, vou tirar os três seis do automóvel. Tem gente que se elimina, eles mesmos; eram animados, ou seja, falavam aos demais e, de repente, eles mesmos se eliminam, porque aqui ninguém elimina ninguém. (Diz): “…eu mesmo venha a ser eliminado.” Por isso, aqui você não pode culpar a ninguém, porque é você mesmo quem faz tudo. Você se mantém ou você se elimina. Você tira e você põe. É como a disciplina de Deus: Deus não disciplina a ninguém, mas a Bíblia diz que Deus nos disciplina. Em si quem lhe disciplina é você mesmo ao ler a palavra, a palavra diz: - Está mal aqui e ali mesmo lhe corrige. Então a disciplina é automática. Ou seja, Deus não vai se mover do trono (e dizer): - Ouça, disciplinem a fulano de tal que vive lá… Não, é que existe um decreto escrito. Então, nesse mesmo decreto que ele enviou sua palavra diz: - Não tem que ir a minha casa, envia sua palavra. Então essa palavra, ao você lê-la, ela mesma lhe disciplina, lhe corrige, lhe açoita e até lhe elimina. Diga: EU NÃO VOU SER ELIMINADO. Diga: NÃO RECEBO. Então, se não recebe, tem que golpear seu corpo, a menos que queira seguir orando e repreendendo. Havia uma corrente de oração ali na igreja, ali na Hialeah Avenue, não. Ou seja, Cristo não quebrou as correntes, ainda tem que rompê-las. Ou seja, Cristo sai do trono para romper as correntes. As correntes foram quebradas faz dois mil anos, mas não é tempo de estar dando golpes no ar e repreendendo: Satanás, te repreendo!, Repreendo-te demônio disto, demônio daquilo! Porque não é assim que isso sai. Isso sai golpeando o corpo, levando cativo todo pensamento à obediência de Deus. Não é orando, aqui não se ora, aqui se confessa. Porque oração conforme o sistema é uma falta de responsabilidade à confissão. (Alguém dirá): - Não, eu vou orar. (Jesus Cristo homem lhe pergunta): - Você vai o quê? (E lhe responde): - Eu vou orar. (Jesus Cristo homem lhe pergunta de novo): - E o que significa isso? (O religioso diz): - Pois, se Deus não me responder, pois não conte comigo. (Jesus Cristo homem diz): - Você vai orar. A esta hora orando? Isso já se acabou, isso de estar orando. É conhecendo, confessando e golpeando. Não é assim? (Aplausos). Por isso nos criticam, dizem: - Veja, nessa igreja não oram. Mas eu no sistema orava todas as quartas-feiras, eu orava, e orava três vezes ao dia como Daniel: Pela manhã, ao meio-dia e pela tarde e não conseguia nada. Pelo contrário, seguia de mal a pior. E mais, eu punha na geladeira uma notinha (que dizia): ORA! Para me lembrar, imagine. Você fazia isso também? Olha, todo mundo perdia tempo no sistema, verdade? Você já viu um boxeador quando dá um golpe e acha que vai pegar, e erra o alvo, o braço quase lhe sai, o mal que é dar e não acertar; isso é golpear o ar; o braço até lhe sai. Assim estão os chamados cristãos hoje: dando golpes no ar. Ponha-me o verso de novo para ver se me ficou alguma lasquinha, (verso 27. diz): “…senão que golpeio meu corpo, e o ponho em servidão, não seja que havendo sido arauto para outros, eu mesmo venha a ser eliminado.” Olha, haverá entre nós alguém que está quase … (eliminado). Não, tem gente que está na beirinha, vão pela beirinha, quase. E eles mesmos se sentem eliminados, eles mesmos na consciência, não se atrevem a dizer a ninguém, mas o anjo está atento, então, o anjo fala comigo e diz: - Fala disto esta noite, para que lhe escute com sua boca. Eu não quero que ninguém seja eliminado, você não sabe a tristeza que isso dá. Vamos à segunda carta de Paulo a Timóteo. Diga: SEGUNDA A TIMOTEO. 2: 20. (Diz): “Mas em uma casa grande, (ou seja no reino) não somente há utensílios de ouro e de prata, senão também de madeira e de barro;…” Madeira e barro não suportam fogo, não se podem meter em fornos porque saem fumaça. Acontece a eles como à grande rameira e a Roma que vão sair fumaça, porque ali tudo é madeira. Ali, o fundamento é de madeira, de feno e palha. O Papa madeira; o sacerdote palha e o monsenhor feno. Ali em Roma tudo se queima. (Como diz a canção): ♫ Se queima, se queima, se queima essa rameira. Não lancem água que se queima essa rameira. ♫ Eu já me esqueci, como era?: Se queima, o Vaticano, o Vaticano se queima… Há diversidade, há diversidade…! (Diz): “…senão também de madeira e de barro; e uns são para usos honrosos, e outros para usos vis”. Assim que, se alguém se limpa destas coisas…” Quais são estas coisas? Leia o capítulo anterior e você vai ver quais são estas coisas. (Diz): “…será instrumento para honra, santificado, (apartado), útil ao Senhor, e dispostos para toda boa obra”. Você sabe que nos aquários às vezes tem uns peixes que sempre colados aos vidros. Quantos entendem de peixes aqui? E quais são esses peixes que estão sempre chupando o vidro? Ah, cuchas. E que papel fazem? ‘Bathtub cleaning’. Ou seja, esses são como aspiradores, e os demais peixes navegando por ali assim, e eles limpando toda a sujeira que pega nos vidros. Pois em casa grande vem truchas é? Cuchas, cuchas. Pois às vezes especialmente no reino dos céus às vezes chegam: ‘Cuchas e cuchos’, e então quando alguém está por ser eliminado, se aproxima uma cucha, ou eliminada se aproxima um cucho, digo, diz, há instrumentos vis, se alguém se limpa será instrumento útil. E se não se limpa? Pois é uma cucha, é uma limpa piscina. EU RECEBO QUE NINGUÉM AQUI É UMA CUCHA OU CUCHO. EU RECEBO QUE VOCE É DOS PEIXES QUE NAVEGAM ASSIM, QUE DESFRUTAM NA PISCINA. (Aplausos). Mas cada qual sabe quando é cucho ou cucha. Se você não está pelejando a boa batalha da fé, se debilita e se afunda, se mete em problemas a qualquer momento; porque está propenso, está correndo a carreira mal. E qualquer um passa e lhe mete o pé e você cai de boca. E se lhe dão o, como chama? O bastão que é o pau, esse que você passa ao outro (nos relevos da pista). Ah? Batón em espanhol? Baton. Vai correndo e o dá ao que passa correndo ao contrário. Pois essa é a mensagem em uma casa grande, em um ministério grande tem de tudo. Eu tenho visto pessoas chegarem aqui e são trampolins para que outros fiquem. - Quantos desfrutam dos cânticos de Iván? (Aba Pai). Pois ele foi trazido por um trampolim que o enganou e tudo, lhe disse: - Vem cá … (Iván lhe dizia): - Não, é que tenho que levar algo ali … (O trampolim lhe disse): - Mas é que tenho que levar algo ali … E ele não queria, porque ele não queria saber de igreja. Contudo, ele o (enganou e lhe disse): - Não, não, mas venha aqui, sente-se ali que agora mesmo nos vamos. Enganando-o, achava que o estava enganando. E então Ivan ficou e ele (marchou, pôs os) pés em polvorosa, se foi. Eu não o vi mais. Você sabe que tem pessoas que às vezes são instrumentos vis ou úteis, ou têm uns papéis que não se sabe o que está acontecendo. Por isso, você não pode conhecer a ninguém segundo a carne, porque a carne pode vir vestida de falsa humildade e você diz: - Ai, este sim que é um ‘cristino’ bom. E talvez seja mau. Por isso é que se diz: - Pelos…Ou pelo fruto se conhece a árvore. Já não se pode falar mais disso. O que se disse é suficiente, verdade? Falar mais será demais. Que horas são? Olha, que calqueo mais curtinho, 9 e 15 (da noite). Diga a quem está de seu lado: INSTRUMENTO ÚTIL. EU RECEBO QUE O AQUÁRIO HOJE NÃO TEM ‘CUCHAS nem CUCHOS’ (Aplausos).
publicado por brasileiro às 22:39

pesquisar

 

Julho 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
20
22
26

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro