"A APOSTASIA"

“Sabia que se você crê que há pecado está em apostasia?” Jesus Cristo homem nos explica que o Vaticano se formou quando o Apóstolo Pedro conheceu Cornélio, um piedoso que tinha muito dinheiro (Atos 10:1 e 2). Cornélio era o centurião da companhia chamada a Italiana que dava “muitas esmolas” ao povo. Foi quando Pedro se fez amigo dele ainda que fosse italiano (gentio). Aqui vemos o ventre do Apóstolo, já que Jesus havia dito aos discípulos que não fossem por caminho de GENTIOS. Por isso Pedro perseguiu Cornélio até Roma formando assim o Vaticano. Por outro lado, Paulo chegou a Roma, mas preso. (Atos 28:16). Mas existe outro código, Paulo não pôde chegar à Espanha (Romanos 1:13 e 15). A história narra que quando ele chegou a Roma, também chegaram seus inimigos que estavam na Judéia (os judeus), e fizeram sua vida impossível e os “anciãos” confabularam contra ele um complô para matá-lo (Atos 23:12). Se Paulo tivesse se manifestado ao mundo, Roma não teria se levantado já que Pedro era judeu e Cornélio era gentio. Pergunte-se: O que faz Pedro como judeu metido em Roma levantando uma igreja cristã? O que fazia Pedro junto a Cornélio em Roma? Foi por isso que quando conseguiram matar Paulo em Roma, obviamente, ele não pôde chegar à Espanha. Então, quem chegou à Espanha foram os discípulos de Pedro e o falso evangelho da lei, foi quando a rainha Isabel, junto com Cristóvão Colombo usaram esse evangelho para trazer a nossas terras. A partir dali o mundo foi estragado pelos apóstolos, e até hoje o mundo pensa que eles foram “cristãos”, quando foram judeus. Eles não aceitaram o novo pacto de Paulo por isso o mataram. Era uma ameaça para eles, já que Pedro pregava Jesus de Nazaré, e Paulo o ressuscitado. Por isso para se chamar cristão hoje em dia, você tem que escutar e receber a pregação de Jesus Cristo homem. Não há outra verdade fora de Creciendo en Gracia, os demais estão em apostasia. Apostasia significa se apartar “de”. É uma palavra composta que significa apartar-se. Por exemplo, você pode apostatar dos vícios, (se apartar dos vícios). Agora, neste caso é apartar-se da fé. Aqui há um mistério grande, falando da vinda do Senhor (2ª a Tessalonicenses 2:3). Todos desejam que o Senhor venha, mas primeiro chegaria a APOSTASIA. Agora, se você está apartado da fé, como saberá quem é o senhor? O mundo entrou em apostasia quando chegou “o homem de pecado” (o papado romano) isso significa que todas as religiões crêem que há pecado quando Cristo tirou na cruz, por isso estão apartados da fé. Cristo já tirou o pecado das ovelhas, já apareceu (como Jesus Cristo homem, o Filho do Homem) sem relação com o pecado (Hebreus 9:28). Por isso em sua vinda não achou fé na terra (Lucas 18:8). Recebemos que a partir de hoje você identifica que antes estivemos mortos em pecado; mas agora estamos mortos ao pecado. Somos impecáveis por isso vivemos em repouso. Apreciado Leitor: Dizendo que há pecado viola-se o princípio da mesma maneira, já que assim como Adão passou o pecado a todos os homens; também Cristo tirou o pecado e passou sua santidade a todos os homens. Abençoados. Sobre o tema "Apostasia" veja qual é o estado atual das sinagogas evangélicas. Não colocaremos nenhum comentário, até porque não é necessário. Vejamos o que diz um lider evangélico falando sobre um caso que ocorreu nos EUA: Uma igreja Metodista em Ellensburg, Washington. A pastora lésbica, nutrindo uma aberta relação com outra mulher, continuava triplamente desqualifica a usar o púlpito da sua igreja. Triplamente pelo seguinte: Primeiro por que uma pessoa depravada assim nunca nasceu de novo. Segundo porque Deus não chama nenhuma mulher para pregar. Terceiro porque o pecado de sodomia (masculina ou feminina) é uma abominação a Deus. Ver Romanos 1:26-27. Essa maldição não é de se estranhar, pois quando uma pessoa cai em apostasia, um abismo chama outro abismo. A queda da mulher que usurpa o púlpito pode ser explicada em fases: 1. A mulher que cobiça o púlpito, em primeiro lugar, se torna rebelde contra Deus. 2. Ela se torna então rebelde contra a Palavra de Deus. Uma certa rebelde, não tendo escapatória ao ser confrontada com a Espada do Espírito que é a Palavra de Deus, se tornou tão insana, réproba e rebelde que declarou acintosamente: "Eu não concordo com o apóstolo Paulo!!!" Sem comentários... 3. Ela direciona suas energias rebeldes contra toda a liderança da figura masculina. Certa mulher, cheia de recalques e inflamada pelo espírito rebelde de Jezabel, declarou com relação ao púlpito: "Eu não aguento quando só tem homem lá na frente..." Nem precisa dizer que o marido dela, que é a favor de "pastoras", é um pobre coitado, omisso, e desmoralizado, mera caricatura de um marido e líder, totalmente dominado por ela... 4. Ela se rebela contra a autoridade do seu marido, assumindo inevitavelmente uma atitude masculinizada. Esse tipo de mulher começa a se transformar paulatinamente num monstro andrógino. Ela começa a se vestir como homem (usa calça comprida, paletó, gravata), andar como homem, falar como homem, se parecer como homem (cabelo curto) e a fazer tudo como um homem. Para o Senhor isso é uma acintosa abominação (ver Deut. 22:5, 1 Tm. 2:9 - claramente saia - , 1Pe. 3:7). 5. Se ela é casada, duas opções se apresentam: 5.1 Esse marido que concorda com a insanidade de sua esposa, irá ser conivente. Ela, que não se submete ao seu marido, se rebela contra a autoridade dele (quer ele concorde ou não) que se torna um palerma manso; ou 5.2 Esse marido, que não concorda com a insanidade de sua esposa, irá viver em contínuo conflito com a ela desaguando em: 1. Separação, tragédia muito comum nesses casos, pois ela violou o mais básico princípio do matrimônio ou: 2. Desarmonia continuada. Tanto neste caso (5.2) como no anterior (5.1), a "pastora", que já não tinha e jamais terá qualquer qualificação Bíblica, adiciona mais uma desqualificação à sua lista: um lar fracassado. Sem escapatória, ela é totalmente reprovada nas Escrituras e na prática. Isso porém, não seria nada, para quem está compulsiva e cegamente obcecada em ser pastora, contra toda a multidão de argumentos Bíblicos. Deixando de lados essas insanidades dos últimos tempos e voltando ao texto de 1 Tim. 3:1-7, a expressão usada no grego é : "...einai mias gunaikos andro." Note a palavra andro (= homem, macho). Deus, claramente, está usando a pena dos escritores sacros a nos comunicar claramente os seus desígnios que infelizmente tem sido rejeitado por aqueles que insistem no erro, o que atrairá sobre os mesmos todas as conseqüências dessa rebeldia. Aqueles que rejeitam tão contundentes argumentos é por que já estão rebeldes mesmo.
publicado por brasileiro às 19:57