mais sobre mim

subscrever feeds

links

tags

todas as tags

Quinta-feira, 24 DE Abril DE 2008

SEMINARIO ARGENTINA-ROSARIO-20-04-2008/DOMINGO.

publicado por brasileiro às 13:39
Quinta-feira, 24 DE Abril DE 2008

UM GOVERNO DE JUSTIÇA

Bem, então, vamos de cheio ao tema (Um Governo de Justiça). Vamos buscar Isaías 11, verso 1 ao 3. Álvaro leu o verso 4 para a SEMEADURA, vamos desde o verso 1 ao 3. “Sairá uma vara do tronco de Jessé, e um REBENTO (Descendente) retornará de suas raízes”. Biblicamente esse DESCENDENTE sou eu. Uma o quê? Volte ao verso… “… uma vara do tronco de Jessé, esse é Jesus de Nazaré, e um DESCENDENTE retornará de suas raízes, Jesus Cristo homem. E repousará sobre ele o Espírito do Senhor, espírito de sabedoria e de inteligência, espírito de conselho e de poder, espírito de conhecimento e temor do Senhor. E lhe fará entender diligente no temor do Senhor. “Não julgará segundo a vista de seus olhos, nem arguirá pelo que ouçam seus ouvidos; senão que julgará com JUSTIÇA aos pobres…” Enquanto Álvaro falava deste verso, eu dizia: - veja que faz dois mil anos que se disse que éramos RICOS, mas Paulo não pôde ensinar que éramos RICOS porque os apóstolos impediram. Mas diz que esse DESCENDENTE era que ia ensinar isso; se esperou DOIS MIL ANOS para eu aparecer e ensinar que nós NÃO somos POBRES. Mas diz aí que seria um GOVERNO de JUSTIÇA e de EQUIDADE, um Governo de JUSTIÇA e de EQUIDADE. Nosso Governo é JUSTO; quando me cabe tomar alguma decisão, às vezes é tão difícil quando se trata de um abençoado da igreja, seja quem for. O mais débil; veja Robertito “Pedra Viva”, se lembram? Ele fazia loucuras e eu para repreendê-lo demorava meses. Uma vez me disse: - Apóstolo, olha eu tenho que ser honesto, é que quando eu fumo uma erva entendo a Bíblia melhor... E eu lhe disse: - Robertito, por favor, como é que você me diz isso. Isso é contra a LEI. Nós não podemos respaldar isso. E então se sentiu mal, e na outra semana veio e me disse: - Eu me vou da igreja. E eu disse: - Ah, ou seja, a fumadeira agora vai lhe tirar da igreja? Disse: - É me vou… Ainda que a ele os médicos tenham aceitado pela questão do que aconteceu no Vietnam, ou seja, ele tinha permissão para isso. Mas então me disse que ia embora, e eu disse: - Pois, e por que se vai? (Disse-me): - Não, é que eu já não quero prejudicar mais a igreja, eu sou um mau testemunho… E eu disse: - Olha Robertito, mas se você vai, então eu vou ter que ir também, porque aqui todo mundo que não tem uma coisa tem outra. Então havia que balancear qual pesa mais, e então ficarmos sem pastor aqui… (E disse Robertito): - Ah, você sempre com suas coisas rapaz. Agora já não posso ir, porque agora me colocou culpabilidade… Mas nesses dias, estive dois dias muito triste por uma decisão que tivemos que tomar que é um pouco dolosa, mas... Pois se teve que tomar, e eu com o maior JUÍZO, com o maior cuidado; e não foi rápido, demorei como que uns dois anos e pouco nisso, em tomar essa decisão. E tem doído MUITO porque é um irmão muito querido no ministério, mas se teve que fazer. Trata-se de Carlos Cestero, uma decisão um pouco forte, e trouxe uma tristeza mundialmente porque se lhe amou, mas o ERRO que cometeu é muito, muito, muito doloroso… muito doloroso. E então, pois talvez você já não o veja, eu não sei por quanto tempo. Mas voltemos ao termo, este é um Governo de JUSTIÇA, e aqui quando se faz algo, se faz por AMOR à amada, por amor ao que Deus mais AMA. É que se tomam as decisões. E, pois, o que pensa estar FIRME veja que não caia. Se tem que ter muito cuidado com as coisas que se diz, com as que faz, mas o FATOR tempo é o melhor amigo nosso. O tempo passa, passa o tempo; então se vai reconciliando uma coisa com a outra, e se comete um ERRO, aqui um erro não cabe. O dia em que eu cometer um erro, e eu souber, e tiver evidência, eu serei o primeiro que… ah, e eu não faço às escondidas por lá, eu de púlpito (digo): - Eu troquei as mãos pelos pés. E digo: - Falhei nisto assim, assim, assim… Agora, quando… mas tem que mostrar. Assim que me dê esse voto de CONFIANÇA, tranqüilos, não façam comentários, sejam prudentes, esperem o tempo e as coisas… Todo filho que o Pai o deixa sem disciplina... Agora, se o pai aplica disciplina, todos os irmãos se doem, verdade que sim? Todos se doem. Quando o pai castiga a um, os demais tremem porque sentem (diz): - Vai me castigar… Mas é como são membros do mesmo CORPO, quando se castiga a um, os demais, você os vê como tristes. - Que lhe aconteceu? Papai bateu em você? (Responde): - Não em mim, no… (Alguém lhe diz): - Mas parece que foi em você que bateram. Mas, quis falar isto, porque este ministério não JULGA pelo que vê e nem pelo que ouve, porque esse é o MINISTÉRIO do ESPÍRITO. Eu quisera buscar a segunda carta aos Coríntios, capítulo 5, verso 16 agora. Ficaram tristes. Viu? Você sabe que em Guayaquil (Equador) se estabeleceu numa convenção um decreto, diz: “De maneira que nós daqui em diante a ninguém conhecemos segundo, quê? A CARNE, e até mesmo se a Cristo conhecemos segundo a carne, já não o conhecemos assim.” Pois veja, esse decreto se mantém de pé, não podemos conhecer a ninguém segundo a carne. Mas, às vezes, se ABUSA disto, porque também Paulo dá outros conselhos. Ou seja, porque tem abençoados que como não os podem conhecer em CARNE, às vezes, “passam” do limite (e dizem): - Não, não, não me conheça em carne… Mas abençoado, o que está acontecendo? O PODER de Deus tem que se aperfeiçoar em tua debilidade. E como se aperfeiçoa o PODER de Deus em tua debilidade? Pois o PODER de Deus é o evangelho. Então, como se aperfeiçoa o evangelho em tua debilidade? Aplicando-o. Digo, se volta a falhar, volta e o aplica, porque a idéia é ir melhorando até que ponhamos debaixo do governo a DEBILIDADE que seja. A que seja. Eu nestes últimos anos, venho reconciliando tantas coisas pelas quais às vezes acontecem problemas entre nós. Eu me lembro que quando comecei este ministério, eu às 11 da noite começava a trabalhar, é o que você conhece como o terceiro turno. Se lembra? E então, eu começava a trabalhar às 11, e às 7 da manhã chegava a minha casa para dormir um par de horas. Lavar o rosto e avançar com o ministério; ou seja, não foi fácil. Eu me lembro o “budgetcito” (orçamento) que eu tinha (dizia): - Não podemos passar de 10 de telefone, não podemos passar o cartão de crédito mais de 15 dólares… Porque antes era assim, isso já melhorou, mas foi sacrificado. Ou seja, toda a família teve que cooperar, não podíamos. Isso de sair para comer assim. Cuidado! Ir ao Mc Donald´s de vez em quando, porque a coisas... E tínhamos um cartãozinho da Sears que esse era o único que se usava. Olha, devem me enviar alguma coisa, a Sears, verdade? Deve me dar uma promoção... E Mc Donald´s também, que me envie ainda que seja 666 hambúrgueres para cá… Olha, e se passaram os anos e a última coisa que fiz foi que, com a idade de 40 anos, vendi a casa e então, os 50 mil dólares que tirei dali, semeei 10 mil a Guaynabo para que aquilo seguisse funcionando e trouxe comigo 40 para cá (Miami); e foi quando começou o ministério aqui em oitenta e... Sim, bem, eu cheguei em 86, mas o ministério começou em 88 porque tive dois anos de espera. E nesses anos de espera, os 40 mil fizeram assim, voaram. Pois, eu peguei um programa de rádio e comecei a ministrar ali e por aí começou a coisa; mas eu me lembro que em um natal o cartão da Sears já havia… e mais, me tiraram ele; e então, pelo equívoco do computador, me devolveram ele com DOBRO de crédito, e eu disse: - Ai anjos, obrigado nisso aí… E aí respiramos, toda a família respirou no natal para poder comprar ainda que fosse uns brinquedinhos, umas coisinhas porque a coisa era… Ah, e isso era dormindo em um quarto os 7; um quarto que o cunhado me emprestou na parte de trás, onde dormem os “in-law”, os sogros… E ali, com um arzinho condicionado, que havia que semear para o ar condicionado. E ali, assim começou este ministério aqui... Então eu dormia debaixo de uma cama para que as meninas dormissem em cima, e Cheo dormia em uma caminha ao lado; e Nydia também em outro colchãozinho de ar... “chaise longue”, esses de piscina aí, para poder… Porque o CHAMADO, a pérola de grande preço merecia isto… Eu tinha um Rolex (relógio) que vendi, aquele Rolex… vendi tudo. Tinha três televisores, e ficou só um e bem, foi FORTE… Então, às vezes me ponho a refletir e começo a ver as coisas que diz o Apóstolo Paulo, porque alguns têm chegado aqui, veja, e têm chegado em tapete vermelho... Não tiveram que sofrer. Eu veja, se eu tive casa foi porque, eu diria, porque Álvaro comprou para mim, se tive um BMW foi também porque Álvaro comprou. Porque a minha prosperidade não é que eu tenha usado dinheiro daqui... Ah, e a minha prosperidade às vezes é questão da imprensa que começa a dizer: - Ele tem MILHÕES, que se isto… E eu deixo que façam, porque isso que têm feito é que faz as pessoas pensarem e escutarem, e além disso… Mas foi sacrificado, muito sacrifício. E, então, veja, isso de eu viajar em primeira classe, comprar uma viagem de primeira classe? Eu fui há pouco tempo à Argentina, e fui de primeira classe, mas tive que usar todas as milhas que venho economizando faz tempo, porque, se não fosse isso, custaria 5 mil. Você acha que eu me atrevo a gastar 5 mil dólares? (Alguém poderia dizer): - Ah, mas Apóstolo, outros de outras companhias fazem isso… Eles fazem porque aplicam e descontam dos impostos do Governo e eles podem fazer. Mas aqui eu não posso me dar a esse luxo de gastar 5 mil dólares em uma passagem de primeira classe. Não posso. Agora, há gente que tem empresas que lhes é mais fácil fazer porque deduzem, em vez de dar ao governo usam para estes gastos. Mas aqui NÃO, porque este é um “non profit organization”, sem fins lucrativos, e então se vai gastar mal o dinheiro. E isso de que eu fico na suíte presidencial, quando acontece, me chateio com os Bispos que o fazem quando eu pergunto: - Quanto você gastou nisto? (Se o Bispo diz): - Bem, veja, é que um irmão semeou… Porque se é MUITO, a mim dói. Às vezes, conseguem bons preços porque vocês viajam à convenção, pois então, às vezes presenteiam essa suíte porque vocês pegaram 50 apartamentos. Mas eu pegar e gastar mais de mil dólares em um apartamento para três dias... TRES MIL DÓLARES. Depois de tudo isso, às vezes é a semeadura que vem para cá, então o Bispo pega e gasta lá para me IMPRESSIONAR, e então não semeia aqui. Então, qual é a idéia? A mim, ninguém pode IMPRESSIONAR, porque eu quando vou a um lugar… (Aplausos). Quando eu vou a um lugar, toda a MAQUINAÇÃO que usar o Bispo, qualquer uma, é que eu; não vê que eu tenho uma mente de… O que acontece é que eu me faço de “bobo”, eu me faço... Eu me faço como o que… Ah, tranqüilo. Mas eu conheço toda MAQUINAÇÃO desta carne, porque eu tenho uma carne bem “BOA”, e quando você ia eu estava voltando… (Aplausos). Mas meu entretenimento é que esta palavra corra, esse é meu maior (desejo). De fato, ai de mim se eu não funcionar assim! Porque isto não é uma questão de que José Luis é FIEL, e que José Luis… é que eu tenho um ANJO que é muito demandante. E esse anjo, tão logo eu saio assim de lado... Ou seja, não tem misericórdia. O anjo que enviaram, não a Jesus Cristo, o que enviaram a José Luis. E então, pois essa é minha experiência. Ah, se portam muito bem comigo, me dizem: - Veja, não lhe vão dar “cabelinhos brancos”. Vamos lhe manter são… O que você quer? Emagrecer dois ou três quilinhos? Vamos lhe conceder também. Aqui tem o par de quilinhos. Que mais você quer? Mas NÃO me saia da linha porque vou lhe dar com a varinha da correção. Ou seja, não é... Veja, esta situação de Jesus Cristo homem não pretenda entendê-la, porque eu ainda não a entendo. Os que se põem a julgar-me não sabem o que estão fazendo, porque isto é tão sério que eu mesmo não acabo de ENTENDER. E eu sei quem eu sou, e eu sei que é verdade, mas é que para a mente humana é bem difícil entender. Então, é uma experiência, por isso, você vê que o mundo critica e dizem e acham, mas não é fácil, ou seja, a CARGA que me puseram é MARAVILHOSA, mas ao mesmo tempo não é fácil, demanda, demanda muito pensamento. Demanda que esteja pensando, bem, é a mente, a mente é que se usa para isto, porque não se pode. Mas eu estava olhando o Apóstolo Paulo, e há um verso bíblico, deixa ver se o encontro ja, ja… Segunda carta à Tessalônica, capítulo 3, verso 6 ao 14. (Diz): “Mas vos ordenamos, irmãos, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que vos aparteis de todo irmão que ande desordenadamente, e não segundo o ensino que recebestes de nós”. Observe que diz “que vos aparteis” de um irmão. A única forma que você se aparta de um irmão é quando ensina falsa doutrina; mas aqui agora aplica que vos aparteis por este quê? Que anda DESORDENADAMENTE. O tema é não conhecermos ninguém segundo a CARNE, mas então também diz: - Sim, mas se anda desordenadamente não o conheça em carne, mas não ande com ele. Agora, vamos seguir lendo, veja do que se trata. Diz, verso 7 (da segunda aos Tessalonicenses 3): “Porque vós mesmos sabeis de que maneira deveis imitar-nos; pois nós não andávamos DESORDENADAMENTE entre vós, nem comemos debalde o pão de ninguém, senão que trabalhamos com afinco e fadiga dia e noite para não ser pesados a nenhum de vós;…” (Diz verso 9): “… não porque não tivéssemos direito, senão por darmos nós mesmos um exemplo para que nos imitásseis. Porque também quando estávamos convosco vos ordenamos isto: Se alguém não quer trabalhar, tampouco coma”. Alô! Como é? (Diz): “Se alguém não quer trabalhar tampouco coma. Porque ouvimos que alguns de entre vós andam desordenadamente, não trabalhando em NADA, senão intrometendo-se no alheio”. Ou seja, o Apóstolo Paulo diz aqui: - Veja, nós temos direito, mas às vezes para dar exemplo TRABALHAMOS. Chega o momento que você não pode trabalhar. Eu pessoalmente, eu trabalhei, lutei, fiz tudo que pude. E mais, veja, a mim Deus tirou de um trabalho. Eu cheguei até a trabalhar... Estão andando desordenadamente as crianças, apartem-se das crianças. (Isso é uma brincadeira já que perto as crianças estavam jogando). Eu me lembro que trabalhei para a Gillette Company uma vez neste terceiro turno, porque era a única coisa que poderia fazer, e escondidinho, sem que ninguém me visse eu trabalhava de noite. E me lembro que uma vez o chefe me disse: - Olha, tem que ir lá fora, tem que tirar a neve… Porque nevou demasiadamente e eu tive que pegar uma pá para tirar a neve. Então os meus pés frisaram (congelaram). E então eu me sentei um pouquinho e pus os pés para cima (os dois pés pus assim para cima) porque já estavam congelando. Ali foi que Deus me disse. – O que você faz aqui? E deixei esse trabalho porque Papai me disse: - Sai. Já tenho visto teu coração e vou te fazer provisão. Mas… (Aplausos). Mas eu hoje vou ficar um pouquinho forte com a VAGABUNDAGEM, porque tem gente que diz: - Não, não, eu trabalho por fé… Por fé! Sim, e então de segunda a sábado não fazem nada, porque depois de tudo quem dá a mensagem sou eu. Quem dá a mensagem sou eu, agora, se você tem um ministério onde tem envios na segunda-feira, onde você tem que estar, que tem que ir para a rádio, ou porque tem um programa de televisão, ou tem que buscar os irmãos, porque tem que preparar uma equipe, aí sim é diferente... Mas você se sentar em sua casa, assim por fé, e que no domingo cheguem os dízimos e você os come… EU VOU ME PÔR BRAVO COM ESSA GENTE QUE ESTÁ ASSIM. Por que não se pode trabalhar? Qual é o problema de TRABALHAR? Paulo diz aqui que TRABALHANDO com nossas mãos demos exemplo… (Aplausos). E diz aí que se “alguém” não trabalha, que NÃO coma. Veja, você quer IMITAR a alguém? Imite a Martín Guío. Imite a Martín Guío, que esse, na segunda-feira está por nem sei onde, na terça está em Pereira; na quarta está em Medellín; na quinta está em reunião com líderes; na sexta-feira está fazendo programa: “Confrontando la Historia”. Dirige todo esse programa… Você quer IMITAR alguém? Imite a Martín Guío. Imita a Álvaro que não cobra salário de pastor e trabalha aqui, e ele sempre está inventando, e quando aparece um negócio por aí (diz): - Apóstolo, aqui tem 20 mil papéis... Em vez de pagar a ele, ele é quem paga a igreja por pastorear. Tem gente boa aqui para IMITAR… (Aplausos). Olha, imite a Tomás Flores em Cuba, que não está pedindo nem um centavo, pelo contrário, envia até 1.500 dólares para cá. Em Cuba, com as necessidades que tem ali, ele diz: - A mim não, aqui tem que SEMEAR ao Apóstolo... Aqui tem gente, veja, aqui tem gente LINDA que se pode imitar. Veja um Héctor… Héctor (o da Venezuela), um Héctor Aguilar que se foi, foi na Venezuela ordenou tudo aquilo ali, trabalhou em Houston deixou essa obra levantada; e faz pouco tempo eu o chamei: - Olha, Héctor, como está a coisa… (Ele disse): - Apóstolo, o que estou é ansioso de lhe voltar a semear onde seja… Olha gente, com um estado de ÂNIMO. Aqui tem boa gente para imitar. Ah, e o Bispo Samuel Valle que trabalha como professor e ao mesmo tempo é também o bispo de El Salvador. Você sabe, EU VOU FAZER MUDANÇAS. Veja, isso de “Pastor”, ISSO ACABOU, porque ele é o grande Pastor das OVELHAS, veja… ja, ja, ja, ja… (Forte e Entusiasmado Aplauso). Olhe, podem sentar que não terminei... Não terminei. Veja, Damaris (a esposa de Rafael Encarnación) estava me dizendo: - Apóstolo, mas aqui o que são é COLABORADORES, porque o que pastoreia é você, quem dá a mensagem é você. Isso era antes de chegar Jesus Cristo homem, antes havia pastores, mas ao chegar JESUS CRISTO, - o grande Pastor das ovelhas – Para que pastorear? (Forte e Entusiasmado Aplauso). Pois o termo PASTOR desde hoje se apagou. Você não é pastor de nenhum lugar, você é COLABORADOR de Jesus Cristo homem… (Forte e Entusiasmado Aplauso). Bispo não, porque tem que ter um LÍDER em cada nação, esse não se pode tirar. O termo Bispo de bispos ACABOU; isso de Bispo de bispos já terminou esta semana. Não convém. Isso dava lugar a coisas que não ficaram muito bem depois de tudo, e longo tempo, assim que isso acabou. Agora BISPO fica… Veja, eu estava olhando, já que me deram amém, agora se preparem... Bem, vamos começar por Atos 20: 35. Rapidinho, esses versos escrevam-nos. “Em tudo vos tenho ensinado que, trabalhando assim, se deve ajudar aos necessitados, e recordar as palavras do Senhor Jesus que disse: Mais bem aventurado é dar que receber”. Olhe, Alex Poessy, no Canadá, como semeia a este ministério, e ele trabalha. Alex o que é? Qual o oficio que tem Axel? CONTADOR. Ele é contador e a mamãe dela trabalha e mantém o ministério e não tiram nada do ministério, digo, os que podem. Há outros que têm que viver para o ministério, porque Paulo diz que é honroso. Sim, se trabalha para o ministério é normal... Mas há outros que têm a habilidade de TRABALHAR e ao mesmo tempo ter seu bispado, e ao mesmo tempo cooperam com isso, não há nada mal em TRABALHAR. – Qual é o problema de trabalhar? Sim, procure um trabalho e trabalhe e se entrar porque alguém lhe semeou, pois veja, tem mais. Efésios 4: 28. “O que furtava, não furte mais…” Olhe, tem gente que gosta de FURTAR, aqui tem tido uns quantos... Aqui tem gente que vem, com graça (dizem): - E daqui pro céu... E têm, tem dado tombo no dinheiro de um montão daqui. Tenha cuidado com essa gente que chega com “invenções” por aí. (Diz): “O que FURTAVA, não furte mais, senão trabalhe, fazendo com suas mãos o que é bom, para que tenha com que compartilhar com o que padece necessidade”. Outro verso mais de trabalho. Primeira de Tessalonicenses 4: 11. Este é para os empresários. (Diz): “… e que procureis ter tranqüilidade, e ocupar-se em vossos negócios, e trabalhar com vossas mãos da maneira que vos temos mandado…” Negócios… Veja, Lázaro e Mirtica trabalham incansavelmente, às vezes não podem nem viajar comigo. Incansavelmente. E então, não só quando chega tem que estar (Lázaro) correndo às 6 da manhã procurando lugar, por onde se sai, por onde é a segurança e ao mesmo tempo semeia ao ministério. São EXEMPLOS. Você quer imitar a alguém? Imite isso. Agora, quando você vê alguém que o que faz é sirva-me, sirva-me e sirva-me... Pega leve... (Aplausos). Esses que sempre estão “são dá-me”, e nunca “são toma”… Este verso sempre chamou minha ATENÇÃO. Segunda carta a Timóteo capítulo 2, verso 6. (Diz): “O lavrador para participar dos FRUTOS, deve trabalhar primeiro”. Você quer viver do ministério, TRABALHE primeiro, veja-o desenvolver-se. Quando tiver uma congregação que você já não pode, porque os irmãos lhe demandam. Então, pois, está bem aí. Mas se você o que tem são 20 pessoas que quase não podem chegar na quarta-feira e no domingo, e você fica com sua esposa, com seus filhos metidos em sua casa sem FAZER NADA. Isso é uma vergonha. E vocês que estão me escutando por Telegracia, se tem um “Pastor” assim chame sua atenção ou escreva-me para eu dizer-lhe que vá TRABALHAR, e que se não trabalhar, que NÃO COMA. Alô!... Deixe o show, ah… (Aplausos). Olha, eu nesta semana estava chateado, Lisbeth (sua esposa) estava assim, tremendo (lhe disse): - Lisbeth, não é contigo… (Ela lhe disse): - Sim, mas é que eles são meus irmãos e se você os repreende é como se repreendesse a mim também… É como quando o pai repreende a um filho, e os demais como que se põem (nervosos)… É que me chateio. Veja, eu tenho deixado, eu tenho moído vidro neste ministério, eu tenho deixado o couro agarrado aqui. Eu tenho trabalhado, e agora, ver a outros que querem estar por cima sem fazer nada, demandando: - Eu mereço, eu mereço… Isso me… Eu estava fervendo esta manhã, eu disse: - Venho bravo esta noite, vou pegar o… Olha, eu estava bravo. Assim que o calqueo de hoje não veio como você gosta: cheio de ciência... (Aplausos). Hoje o Apóstolo veio dando bronca. Não, mas é que temos que dar exemplo mundialmente, e agora vem uma glória, uma glória para este ministério tremenda... Veja, ontem pela manhã eu me levantei assim e olhei para o quintal de casa e começou a chover e me apareceu um arco-íris assim bem precioso. Mas então em cima outro (e disse): - Dois arcos-íris? E você se lembra do arco-íris que o Senhor me mostrou (e me disse): - Tenho pacto contigo… Em Porto Rico, faz muitos anos, começando isto, o arco-íris vinha atrás de mim, e então eu tive que parar o automóvel e disse: - Olha, este não é um arco-íris qualquer… Porque os arcos-íris saem grandes, pelas montanhas, mas este vinha atrás de mim, assim agarrado a meu automóvel. E nesta semana me apareceram dois como quem diz: - Veja, agora venho com o “upgrade” (melhora), agora vem o ministério dobrado… (Aplausos). Mas NÃO QUEREMOS VAGABUNDOS AQUI… Busque a forma de trabalhar e que com suas mãos você sinta que está fazendo algo por ele, e que você se sinta bem com você mesmo. Estamos TRABALHANDO para que a palavra corra, que é mais BEM AVENTURADO dar do quer receber… Semeie com gozo que isso NUNCA lhe vai fazer dano, nunca vai ser dano para você … (Aplausos). E nesta noite, vou pedir aos irmãos que sempre vão lá atrás, que hoje não vão. Meu escritório, o quero só, ok... Com muito respeito, NÃO QUERO NINGUÉM ALI. Onde fica teu escritório? Lá no canto? Se quiserem falar algo do ministério, lá está o “Pastor”… Podem ir vê-lo lá, o Bispo também pode estar por lá… (A amada lhe diz: colaboradores). Corrijo-me. Mas sim, observe, eu tenho notado que faço dano às pessoas. Aproximar-se de mim é bem PERIGOSO; e às vezes eu, por me comportar bem e por fazer amizade com os irmãos, me aproximo e lhes prejudico. Eu penso que a Carlos Cestero lhe afetou muito isso, dei a ele demasiada confiança, me aproximei demasiadamente, me viu tanto que passou DOS LIMITES, e então tenho que evitar isso. E vou... Perdoem que me ponha um pouquinho duro nisto, mas no que for baixando a... no que for me baixando a IRA. E veja como me dá IRA, rindo…
publicado por brasileiro às 13:38

pesquisar

 

Abril 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
17
20
27
28

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro