mais sobre mim

subscrever feeds

links

tags

todas as tags

Segunda-feira, 31 DE Março DE 2008

Lembrando Jesus Cristo homem no Brasil

publicado por brasileiro às 13:34
Sábado, 29 DE Março DE 2008

DIOS YA ESTA EN LA TIERRA




www.Tu.tv
publicado por brasileiro às 19:39
Sábado, 29 DE Março DE 2008

JH ES LA RESPUESTA A LAS FARC Y LAS PANDILLAS


www.Tu.tv
publicado por brasileiro às 00:05
Quinta-feira, 27 DE Março DE 2008

A EDIFICAÇÃO DE DUAS IGREJAS (UMA FALSA E UMA VERDADEIRA).

E aqui está a carta de nosso Pai e o tema por suas instruções é: A EDIFICAÇÃO DE DUAS IGREJAS (UMA FALSA E UMA VERDADEIRA). Vamos começar no livro histórico de Mateus capítulo 16, começando no verso 16. (Diz): “Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente. Então lhe respondeu Jesus: Bem-aventurado és, Simão filho de Jonas, porque isso não te revelou nem carne nem sangue, senão meu Pai que está nos céus. E eu também te digo, que tu também és Pedro, e sobre esta pedra edificarei minha igreja…” e há uma mudança do sentido da expressão pelo ponto e a vírgula. (Diz): “…e as portas do hades não prevalecerão contra ela”. O verso 19 (diz): “E te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que ligares na Terra será ligado nos céus; e tudo o que desatares na Terra, será desatado nos céus. Então, ordenou a seus discípulos que a ninguém dissessem que ele era Jesus o Cristo.” Jesus Cristo homem dizia: -Os católicos dizem que Pedro era o que havia de edificar a igreja. Por outro lado, os protestantes dizem que quando o Senhor usou essa expressão, fez em apoio à confissão que fez Jesus, não que iria fazer Pedro aquele que iria edificar, MAS SIM ERA COM BASE À CONFISSÃO de que sobre essa pedra iria edificar a igreja, pois então os protestantes pentecostais dizem: -NÃO ERA PEDRO, ERA COM BASE NESSA CONFISSÃO que ele iria edificar a igreja. Os católicos dizem: -Não, É Pedro QUEM IRIA EDIFICAR A IGREJA. Então, nosso Pai dizia: -Se isso é assim, há que analisar que Pedro não teve a capacidade de discernir quem era aquele que andava com ele. Porque nota a observação quando o Senhor lhe diz: -Bem-aventurado és, porque isto não te revelou carne nem sangue. Dando a entender que Pedro não sabia quem estava a seu lado. Portanto, teve o mesmo Senhor que pôr em seu espírito essa expressão. Então, Pedro não sabia quem era o Senhor. Jesus Cristo homem dizia, olha o que dizia: -Em meu decreto e predestinação, eu permiti que Pedro iria edificar uma igreja, mas que igreja? -UMA IGREJA FALSA. SOBRE PEDRO TER LEVANTADO UMA IGREJA ENTENDEMOS QUE FOI UMA REALIDADE. Isso não se pode negar. PEDRO LEVANTOU UMA IGREJA, MAS NÃO A VERDADEIRA IGREJA. Edificar a igreja, estava composto -dizia Jesus Cristo homem: -POR AR. A.- Pois, uma igreja falsa, Pedro. E… B.- Uma igreja verdadeira que iria se manifestar dois mil anos depois. Então que tipo - analise isto- que tipo de igreja Deus edificaria sobre o ‘usurpador’ da informação do grande Apóstolo Paulo? Se é certo que Pedro iria levantar uma igreja e é Pedro o usurpador da informação do grande Apóstolo Paulo. Que tipo de igreja seria a que se levantaria sobre o usurpador? Pois estamos falando de uma verdade, estamos falando de uma expressão de que ele iria edificar a igreja através de Pedro, mas se Pedro é o USURPADOR, que tipo de igreja se levantaria? Então, quem era Pedro? Grande pergunta de Jesus Cristo homem: QUEM ERA PEDRO? Vamos então a Mateus novamente, mas antes de ir a esta expressão eu queria que lêssemos, agora com esse pensamento, novamente Mateus 16. Vamos a Mateus 16, novamente, verso 16 e vamos lê-lo desde esse ponto de vista com esse fundamento. (Diz Mateus 16.16): “Respondendo Simão Pedro, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivente”. Tremendo, tem um pontinho. (Verso 17): “Então lhe respondeu Jesus: Bem-aventurado és, Simão, filho de Jonas…” Por quê? (Diz): “…porque isso não te revelou carne nem sangue…” Então, em outras palavras, essa tremenda expressão que tu usaste não te dês muito crédito, porque isso não saiu de ti. Tu não sabes quem é o que está a teu lado. (Diz o verso 17): “Bem-aventurado és, Simão, filho de Jonas, porque isso não lhe revelou carne nem sangue, senão meu PAI que está nos céus. E eu também te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei minha igreja; e as portas do hades não prevalecerão contra ela. E te darei as chaves do reino dos céus; e tudo o que atares na Terra será atado nos céus; e tudo o que desatares naTerra será desatado nos céus.” Agora vamos a Mateus, capítulo 10, verso 5 em diante. Deu-lhe a delegação de levantar uma igreja, SEGUNDO PONTO: Ele não sabia quem era o Senhor e o que expressou, é porque o Pai lhe deu para expressar. Agora olha esta instrução, o Senhor falando: (Diz): “A estes doze enviou Jesus: e lhes deu…” Quê? Diga: INSTRUÇÕES. (Diz): “…dizendo: Por caminho de gentios não vades, e em cidade de samaritanos não entreis, antes ide antes às ovelhas perdidas da casa do Israel. E indo, pregai dizendo: O reino dos céus está próximo." Então, qual foi a advertência?: Por caminho de gentíos, quê? -NÃO VADES. Essa é uma instrução específica que lhes foi dada, delegada aos 12 apóstolos cuja cabeça era quem? Pedro. A instrução específica a Pedro: -OK, vais levantar uma igreja, vais edificar uma igreja. Tremendo! Agora, não vá por caminho de gentios, senão ide para as ovelhas perdidas de Israel. Então, tens que chegar à conclusão. OK, iria edificar uma igreja, mas não era com os gentios. Porque a instrução era que não fossem, por onde? Por caminho de gentios, mas sim que fossem, aonde? Às ovelhas perdidas de Israel. Hello! Então, que igreja -dizia Jesus Cristo homem- levantou Pedro? Que igreja levantou Pedro? Bom, A FALSA QUE VIMOS ATÉ AGORA. Porque, dizia Jesus Cristo homem: -Não se edificou a igreja, senão que se levantou um SISTEMA, um MONSTRO RELIGIOSO. Que tipo de SISTEMA? Vejamos isto. Vamos agora ao evangelho, carta do Apóstolo Paulo aos Gálatas, capítulo 2, verso 7. (Diz): “Antes, pelo contrário, como viram que me havia sido encomendado o evangelho da incircuncisão, como a Pedro o da circuncisão…” Então, que igreja iria levantar Pedro, a igreja da incircuncisão ou a igreja da circuncisão? O evangelho que se delegou a Pedro foi o evangelho da circuncisão, que era a lei de Moisés. Portanto, a igreja que ele iria edificar, que ele iria levantar, era a igreja que iria ter como fundamento, o evangelho da CIRCUNCISÃO, que é a lei de Moisés. Olhe, está claro isso? Então, dizia Jesus Cristo homem: -Era uma igreja sob a falsidade da circuncisão. Olhe, isto é para pensar um pouquinho. Isto é para pensadores, a temática, a carta de nosso Pai hoje em dia é para te fazer pensar. Há uma realidade, foi dito a Pedro: -Tu vais edificar a igreja. Também há outra realidade, foi dito a ele: -Não vá por caminho de gentios. E houve outra realidade: -Deu-lhe o evangelho da circuncisão, que é a lei de Moisés. Disse-lhe outra realidade: -Vá às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então, tu tens que pensar, porque depois de tudo há dois evangelhos, um para a circuncisão, os judeus, e outro para a incircuncisão, os gentios. Então, como -dizia Jesus Cristo homem- como iria se desenvolver essa FALSIDADE? Bom, isto há que identificá-lo olha aí mesmo em Gálatas, capítulo 2 começando no verso 11… Como se iria delegar a Pedro a edificação da igreja para os gentios se Paulo declara uma condição de Pedro, observemos isto. (Diz): “Mas quando Pedro veio a Antioquía (que era gentílica), lhe resisti cara a cara, porque era de… elogiar? Porque era de quê? DE CONDENAR...” Pedro, estamos falando, olha abençoado, estamos falando do mesmo indivíduo ao qual o Senhor nos dias de sua carne disse: -Tu és Pedro e sobre ti edificarei a igreja. E sobre esse personagem que agora o grande Apóstolo Pablo, o único apóstolo que foi escolhido depois da ressurreição, o único apóstolo que foi levado ao paraíso, onde ouviu palavras que não é lícito ao homem expressar; que lhe revelou o evangelho, o único apóstolo que entendeu o mistério que estava escondido, agora declara: -Quando Pedro veio à Antioquia -que é território gentílico- confrontei-lhe, resisti-lhe cara a cara porque esse Pedro ao qual o Senhor disse, levantarei sobre ele a igreja, estava de condenar. Tu tens que pensar, olha como continua dizendo verso 12 de Gálatas 2. Diz: “…porque antes que viessem alguns da parte de Tiago, comia com os gentios; mas depois que vieram, retraía-se e se apartava, porque tinha medo dos da circuncisão.” E ele não era o presidente da corporação da circuncisão? A ele se delegou, se deu o evangelho da circuncisão; e ele tinha medo dos seus próprios pares. Olha como segue dizendo o verso (13): “E em sua, hipocrisia, em sua dissimulação participavam também os outros judeus, de tal maneira que até Barnabé foi também arrastado pela hipocrisia deles.” ENTENDA-SE: HIPOCRISIA DE PEDRO, A HIPOCRISIA DE TIAGO E DE TODOS os comparsas que vieram de Jerusalém. Olha o verso 14 (diz): “Mas quando vi que não andavam retamente conforme à verdade do evangelho, disse a Pedro diante de todos: Se tu, sendo judeu, vives como os gentios e não como judeu; por que (píiiiiii) obrigas aos gentios a judaizar?” (Aplausos). Então, Pedro estava de condenar. Pedro não andava retamente conforme a verdade do evangelho. Se não andava retamente conforme a verdade do evangelho, então abençoado, a cabeça não serve somente para levar o cabelo, é para pensar, um exercício. “Está de condenar, não anda retamente conforme a verdade do evangelho”. . Então, quem era Pedro? -Pois olha: Sem educação, ah, Jesus Cristo homem dizia: -Não era um escolhido. Não possuía o dom da fé. Foi escolhido assim para fazer a baixeza de promover a FALSIDADE. E não somente isso, olhe, escuta isto, sobre o mesmo, o qual o Senhor disse: “Sobre ti edificarei a igreja”, também lhe disse: -Aparta-te de mim, Satanás… Digo, o que tenha ouvidos…ouça. E também lhe negou. Que classe de resumo tem o homem! Vamos a Colossenses, capítulo 1, verso 27. Carta do Apóstolo Paulo aos Colossenses capítulo 1, verso 27. (Diz): “…a quem Deus quis dar a conhecer as riquezas da glória deste mistério entre os, judeus? ENTRE OS GENTIOS…” Entre quem? -(Entre os gentios). Então, o MISTÉRIO, para quem era? (Para os GENTIOS). As RIQUEZAS que Deus quis dar a conhecer, para quem era? -Para os GENTIOS, não era para os judeus. Sim, era para os judeus o evangelho que era para os judeus, o evangelho da circuncisão. O que Pedro tinha que levar era para os judeus não para os GENTIOS. Hello! Então este mistério era entre os gentios. Então, o que trouxe Pedro? Olha, Pedro trouxe uma tergiversação de Mateus capítulo 16, ou é que hoje se está revelando uma VERDADE que somente Creciendo en Gracia conhece. (Aplausos). Houve uma “maquinação”, houve uma tergiversação ali, uma mentira envolvida; e esta noite Jesus Cristo homem está revelando, descobrindo, revelando um MISTÉRIO que esteve oculto. E de fato olha esta outra expressão bíblica, porque aqui é onde estava centrado, onde ia se manifestar esta verdade: Primeira carta aos Coríntios capítulo 2, versos 6 e 7. Diz: “Entretanto, falamos sabedoria entre os que alcançaram maturidade; e sabedoria, não deste século, nem dos príncipes deste século, que perecem. Mas falamos sabedoria de Deus em MISTÉRIO, a sabedoria oculta, a qual Deus predestinou antes dos séculos para nossa glória”. Então, quem falou a SABEDORIA OCULTA? –Paulo. Não foi Pedro. Paulo foi quem falou a SABEDORIA oculta. Então se era para os GENTIOS, o que faz a “Igreja Católica” ou os protestantes falando de evangelho, se o único que comunicou a SABEDORIA PREDESTINADA foi o grande Apóstolo Paulo? O único que comunicou a SABEDORIA para a igreja, para nossa glória, foi o grande Apóstolo Paulo… Então, o que faz o “sistema católico romano”, o que fazem os protestantes falando de evangelho? De fato, verdade que isto soa um pouco confuso? Pedro levanta a “igreja” e agora é Paulo, com que ficamos? De repente há milhares de pessoas através de Telegracia que possam fazer a mesma confusão: -Mas, me ensinaram toda a vida que Pedro era o que iria EDIFICAR. Agora os pentecostais dizem: -Não, que era sobre a “confissão” que disse Jesus… E agora há outra posição: NÃO HÁ IGREJA SEM “JESUS CRISTO HOMEM”. E sabe que têm razão, é válido que haja certo tipo de confusão, e de fato tanto era assim que mesmo Paulo, até mesmo Paulo se confundiu. Até mesmo Paulo em certo momento, tu sabes por quê? E tu sabes qual foi a conclusão que ele teve que chegar? Vamos fazer uma coisa, olhem como isto aqui está meio delicado, vamos fazer algo… Vamos à Primeira aos Coríntios capítulo 4, verso 5. Olha o que diz: Primeira carta aos Coríntios capítulo 4, verso 5. (Diz): “Assim que,…” -Que tu dizes, que foi Pedro? Que tu dizes, que foi “fulano” de tal? Que tu dizes, que foi o “outro”? Tremendo, olha: (Diz): “Assim que, (vamos fazer algo) não julgueis NADA antes de tempo, até que venha (até que chegue) o Senhor, o qual ACLARARÁ também o oculto das trevas, e manifestará as intenções dos corações; e então cada um receberá seu louvor de Deus”. (Aplausos). Então, o que teve que dizer Paulo? -Olhem, isto está tão “CONFUSO” (que ele mesmo profetizou): Não julgueis nada antes de (tempo), deixemos isto para o Senhor; quando ele venha, ele vai se encarregar de consertar este assunto. E pergunto eu: -E não é isso o que está acontecendo? Alguém está consertando este assunto. (Aplausos). Olha, segunda carta a Timóteo capítulo 1, verso 11. (Diz): “…do qual eu fui constituído (está falando o grande Apóstolo Paulo) pregador, apóstolo e mestre dos gentios”. Então, quem tinha a AUTORIDADE para pregar, para apostolar e para ensinar? -Paulo, não Pedro. Entre os GENTIOS, Paulo. Então -dizia Jesus Cristo homem- o que estava edificando então Pedro? O que estava edificando Pedro se o pregador, apóstolo e mestre aos gentios era Paulo? O que estava edificando Pedro? Veja Gálatas, (carta do Apóstolo Paulo aos Gálatas) capítulo 1, verso 15 ao 17. (Diz): “Mas quando agradou a Deus, que me separou desde o ventre de minha mãe, e me chamou por sua graça, revelar a seu Filho em mim, para que eu lhe pregasse entre os (judeus)…” (Diz: Entre os GENTIOS). Entre quem? (Diz): “…entre os GENTIOS, não consultei em seguida carne e sangue, nem subi a Jerusalém, aos que eram apóstolos, antes que eu; senão que fui à Arábia, e voltei de novo para Damasco". Em outras palavras: Quando ele recebeu esta REVELAÇÃO, diz que ele não foi a Pedro: -Olhe Pedro, o que tu pensas disto? Hello! Ele não se consultou com os apóstolos; e de fato, logo ele veio a entender o que significou aquela revelação, aquela manifestação. De que ele era o que tinha sido escolhido exclusivamente para os GENTIOS… Vamos regressar novamente à “história”, Mateus capítulo 24, verso 14. Jesus expressou: “E será (futuro) pregado este evangelho do reino em todo o mundo, para testemunho a todas as nações; e então virá o fim”. Então a pergunta é: Qual evangelho? Porque se é óbvio que há DOIS EVANGELHOS: o da circuncisão (a lei) e a incircuncisão (a graça) e agora o Senhor profetiza: “E será pregado este evangelho para testemunho, e então virá o fim”. A que evangelho o Senhor estava se referindo?. Estava se referindo a um EVANGELHO. A pergunta é: A qual evangelho? Se Pedro pregava o evangelho da circuncisão (a lei) e o fim da lei é Cristo, entenda-se abençoado… suave, toma um pouquinho d'água, relaxa-te, tranqüilo… olha, um pouquinho de exercício. Quando você faz exercício, de momento, no primeiro dia lhe pode doer os músculos, certo? -Sim… porque não está acostumado, suave. Olhe, se Jesus fala de que iria se PREGAR um evangelho para testemunho a todas as nações, e então viria o FIM. Tens que chegar a conclusões: Paulo fala por REVELAÇÃO, há dois evangelhos: o da circuncisão (a lei) e o da incircuncisão (a graça). Paulo diz: O fim da lei é Cristo, entenda-se então que o evangelho que pregou Pedro concluiu…culminou, terminou, expirou, chegou até a cruz do calvário. Uma vez que Cristo morre e ressuscita ficou desempregado. Ali é onde entra a FRAUDE, porque embora tendo terminado o evangelho da circuncisão, eles continuaram depois da cruz pregando um EVANGELHO que já havia expirado. E isso se constitui em FRAUDE, a fraude, a mentira do Pedro é que continuaram pregando um evangelho que não estava suposto a seguir-se pregando. E não somente que continuaram pregando, senão que o levaram aos gentios; quando o Senhor lhes disse: -Por caminho de GENTIOS não me levem esse LIXO… (Aplausos). Então, qual evangelho? Abençoado, o único evangelho que se estabeleceu depois da cruz do calvário, o EVANGELHO da INCIRCUNCISÃO. Olhe, está claro isso? (Abba Pai). Estamos falando com gente pensadora. Então, qual evangelho? Romanos capítulo 2, verso 16. (Diz): “…no dia em que Deus JULGARÁ por (meio de) Jesus Cristo os segredos dos homens, conforme o meu evangelho”. E qual era o evangelho do grande Apóstolo Paulo? O EVANGELHO da INCIRCUNCISÃO para os gentios. Então, Paulo diz claramente: -Vai vir um dia na história em que Deus mesmo… E o meio que Deus iria utilizar, um véu chamado JESUS CRISTO HOMEM. Deus mesmo em um véu de Jesus Cristo homem, ele se encarregaria pessoalmente de trazer o evangelho que haveria que levar à raça humana à culminação dos tempos. O mesmo que ele disse: -E será pregado este evangelho para testemunho a todas as nações e então virá o fim. -O fim de quê? Do mundo? -NÃO, o fim desse SISTEMA; o fim dessa mentira; o fim do PAPADO falso… (Aplausos). Hello!... Abba Pai… (Aplausos). Então, tinha que chegar o verdadeiro EVANGELHO, e tinha que estar presente o único que poderia IDENTIFICAR a “falsidade”. O único. Então, Pedro pregou um falso evangelho; e esse falso evangelho estava suposto a ser levado ao povo de Israel, não aos GENTIOS. Jesus Cristo homem dizia: -Pedro USURPOU, roubou os postulados de Paulo. E de fato esta é a mensagem de CONFRONTAÇÃO de DOIS MIL ANOS de engano que Jesus Cristo homem lhe fará ao “tonto” este Maledicto (Benedicto XVI). Esta é a mensagem que Jesus Cristo homem vai levar, que levará ao “cego, tonto”; ou ao cego “Maledicto aliás tonto”. E aos mais de 260 “tontos” de “Papas” que passaram na história seguindo ao outro “tonto” Pedro. Cego guiando a outro cego; se o primeira Papa foi um falso e estava de CONDENAR e Jesus lhe disse: Aparta-te de mim Satanás, os duzentos e sessenta e pico de Papas que lhe seguiram foram também duzentos e sessenta de “tontos” mentirosos, usurpadores e enganadores. (Aplausos). Porque eles se jactam em dizer que são os “sucessores” de Pedro essa é a patada que dá o Papa, que vem da “linha direta” de Pedro, pois tu vens como “sucessor de Pedro”, guess what, adivinha que, tenho boas notícias: O primeiro Papa Pedro, mentiroso, enganador, negou a Jesus, está de condenar, aparta-te de mim Satanás, igual aos demais (Aplausos). Mas iria chegar um tempo profético em que declarou o mesmo Senhor que haveria um dia na história, que com o Espírito de sua boca e o RESPLENDOR de sua VINDA, ele mataria o iníquo, ao homem de pecado e o exporia publicamente… Igreja, já CHEGOU!, já está em meio de nós e já CAIU BABILÔNIA… Diga: Já caiu BABILÔNIA PORQUE O SENHOR JÁ CHEGOU E DESTAPOU A MENTIRA. Veremos cair BABILÔNIA, e veremos a Jesus Cristo homem ser o que já é: Rei de reis, Senhor de senhores governando as nações com prosperidade e abundância. Abençoados. Estas são as instruções de Jesus Cristo homem (Doutor José Luis de Jesús Miranda) para sua amada. (Aplausos).
publicado por brasileiro às 12:08
Quarta-feira, 26 DE Março DE 2008

QUE SIGNIFICA CAER DE LA GRACIA

publicado por brasileiro às 12:35
Terça-feira, 25 DE Março DE 2008

TESTIMONIO BENDECIDO HENRY VERGARA

publicado por brasileiro às 23:23
Terça-feira, 25 DE Março DE 2008

HUMANISMO vs. CRISTIANISMO

Bem, pois vamos para nosso assunto. Vamos para a carta. Hebreus, capítulo 13, versos 20 e 21. Recebo as palavras do Espírito para explicar. Para explicar o que meu Pai me deu. (Diz): “E o Deus de paz que ressuscitou dos mortos a nosso Senhor Jesus Cristo, o grande pastor das ovelhas, pelo sangue do pacto…” Observe, o Deus de paz que ressuscita o véu, Jesus de Nazaré. Ou seja, ele, o Deus de paz estava dentro desse véu. E morreu com ele e então, o mesmo Deus nesse véu o ressuscita. Por isso é que os evangélicos pensam que são dois. Dizem: - O Pai e o filho. E em parte, têm certa lógica, porém é UM. Porque Deus sempre é UM. De fato Jesus de Nazaré disse: - Eu rogo que vocês sejam um, como eu e meu Pai somos UM. Porque é UM. Mas Deus, quando se mete em um véu, o véu se vê de uma forma; porém, o que está ali é Deus. Veja, e diz que Cristo foi crucificado em debilidade, não em poder, quer dizer que era um homem débil. E ainda que cumprisse a lei, às vezes, freqüentava lugares um pouquinho... Foi crucificado em debilidade, tentado em tudo. Agora, o que estava ali dentro tinha TODO O PODER. Mas esse poder, veja, diz que com o poder que pode sujeitar em si todas as coisas, porque Deus meter-se em um véu é reduzir-se quase a nada. Imagine… DEUS! Por isso é que as pessoas dizem: - Que? José Luís Deus? De qual assunto? Pois, certamente estão olhando o véu, e com uns limites tremendos. Mas diz aqui que: “… ele é o grande pastor das ovelhas, pelo sangue do pacto eterno;…” Agora veja o que diz o verso 21: “… vos faça aptos em toda boa obra para que façais sua vontade…” E veja que beleza. Este é um negócio redondo. Diz: “… fazendo ele em vós, ou seja, que não é você, fazendo ele em vós o que é agradável diante dele por Jesus Cristo; ao qual seja a glória pelos séculos dos séculos. Amém”. Verso 22: “Vos rogo irmãos, que suporteis a palavra de exortação, pois vos escrevi brevemente.” Olha, eu dizia, mas por que depois que nos dá a notícia, olha, é um negócio redondo, fazendo ele em vós; e depois diz: - Veja, suportem esta palavra de exortação quer dizer:: Repreensão, uma alerta. Então alguém diz: - Mas, por que você tem que dizer isso, Paulo? Se isso é o melhor que tenho ouvido “que não sou eu, que é fazendo ele em vós”. E isso me deixou pensando, pensando por causa de que como eu vivo neste véu, eu tenho que aprender, eu tenho que aprender para vocês. Ou seja: EU APRENDO, PADEÇO E COM ESSA CONSOLAÇÃO QUE SOU CONSOLADO, CONSOLO. Mas então, há momentos onde o Espírito me dá versos assim, mas então eu não havia lido o outro. Eu sempre lia: “fazendo ele em vós”. E aí, olhe que fácil, se isto nem sou eu, é “fazendo ele em vós”, mas então Paulo diz: “Suportem esta exortação”. E então, eu fiquei, imagine... Estava assim, fui lá, tomei um cafezinho e de manhã eu olhava o verso e... Olha, isso está... Então, logo li o mesmo na segunda carta aos Coríntios 3: 5, veja o que diz: “… Não que sejamos competentes por nós mesmos para pensar algo como de nós mesmos, senão que nossa competência provém de Deus, o qual também nos fez ministros competentes de um novo pacto, não da letra, senão do espírito, porque a letra (a informação) mata, mas o espírito vivifica.” Bem, então, eu me pus a pensar, eu estive ouvindo e vendo um programa do sistema (religioso) onde o pastor dizia: - Se você não faz um plano, Deus não pode executá-lo. Então eu (pensei): - Olha, mas em que se parece isto com isto? Ele disse, ou seja, os pastores de hoje que não conhecem o evangelho da incircuncisão, como não o conhecem, porque todos os pastores, todos os chamados cristãos têm que fazer uma parte, eles têm que fazer um plano para que Deus trabalhe. Por exemplo, o que chama força de vontade (Dizem eles): - Tem que ter força de vontade, tem que fazer tua parte. - Mas é que minha parte não serve. (O pastor dizia): - Pois tem que fazer algo para que sirva. Ela estava dizendo: - Por exemplo, se você precisa de um lar, pois tem que se propor a fazer um plano. E então você fala com sua esposa e lhe diz: - Pois vamos guardar, com tanto por mês quanto tempo leva? Talvez em 7 anos possamos ter o depósito. Então você lhe apresenta esse plano. Deus baseado nesse plano trabalha. Estou lhe falando de um pastor bem conhecido, ele não é pastor, ele é psicólogo. Ele não é psicólogo, ele está psicologando. Sim, então, mas ele fala muito bonito, de fato era tão bonito que se eu não conhecesse o que eu conheço, eu diria: - Veja, vou para essa igreja. Ele dizia: - Por exemplo, se você tem um casamento, proponha todos os dias dar-lhe um ‘complement’, uma palavra de estímulo a sua esposa. Busca algo que ela fez bem e lhe diga: - Olha que bom ficou isto. E se não fez nada bem, invente, dizia. E eu lembro, porque esses são processos pelos quais se vai passando. Eu lembro que quando trabalhava para a Associação Evangelística de Nova Inglaterra, eu era evangelista, e então eu ia às conferencias, e o líder dizia: - Quantas horas tem uma semana? (Respondia): -168 (horas). (Dzia): - Ok, quantas dessas 168 você dorme? Sim, 8 horas. (Eu dizia): - Bem, 7 dias; 7 x 8 = 56 (Ele perguntava): - Quantas lhe restam? (Pois eu dizia): - Cento e poucas. E então lhe diz: - Ok, quanto tempo você está em casa? (Eu dizia): -Tanto… E você seguia baixando até fazer um ‘game plan’ (plano de jogo), um plano. (Dizia): - Ok, eu tenho 168 horas. (O psicólogo diz): - Ok quantas você dedica ao Senhor na semana? - Aaahhh! E ALI, VOCÊ CAI EM CULPABILIDADE, (O líder dizia): - Aaahh!, Ou seja, dessas 168 horas você não pode dar 8 horinhas ao Senhor? (Eu dizia): Aiiii…! (O líder dizia): - E então se você estiver 2 na quarta e 2 no domingo, são 4; sobram-te 4; nas outras 4, você entra em um quarto e (começa): Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia; abençoa meu papai, abençoa minha mamãe, abençoa meu tio, abençoa meu primo, abençoa o carro, abençoa o cachorro, (e olhando o relógio) abençoa o gato, bem... porque você tem que dar 8 horas ao Senhor. Ja, ja, ja, ja... Então, eu, pois, caí um pouco nisso, ainda que tenha sido meio …rebelde. Mas como estava ali, estava debaixo daquela cobertura cheia de… ja, ja, ja, de bobagens, mas essa era a cobertura que eu tinha, uma cobertura batistona, pentecostalona, mais ou menos assim. Você se submete ao que o pastor lhe diz ou o seu líder. Quando você vai a um lugar, pois recebe desse líder e se conforma se não sabe mais que ele tem que se submeter a ele, a isso. E isso se chama: HUMANISMO, ou seja, a tua parte. Agora, Paulo disse, veja isto é “fazendo ele”. Ah, e “tua competência não é tua”. Então quer dizer que eu estou em bancarrota. COM CERTEZA! A carne para nada aproveita. E mais, diz que “os desígnios de tua carne não se sujeitam a lei de Deus” Então você tem que chegar à conclusão: - Ok, por que ele diz “fazendo ele em vós” e que te faça apto para toda boa obra conforme a sua vontade? Então quer dizer: EU SOU APTO QUANTO A SALVAÇÃO, mas então, TENHO QUE SER APTO QUANTO A TODA BOA OBRA PARA FAZER SUA VONTADE. Então eu disse: - Bem, por que… bem muitos de nós chegamos, conhecemos o pacto, reinando em vida, tudo está bem, verdade? Anjos comigo, assim, assim, assa... Eu confesso que tudo está bem, e tranqüilo. Porém a idéia é que há um processo de “fazendo ele em vós”. Agora COMO SE FAZ? Bem, então, pois me chegou, eu estava em plena designação, em ‘homework’ (tarefa), como fazem os meninos ao chegar da escola quando dizem: - Mami: ajuda-me! Que eu não sei isto… Pois então, eu estava exercitando meus sentidos, dando-lhes exercício, e então até que o Senhor me disse: - Mas esquadrinha-te, esquadrinha-te para ver como você funciona… Então comecei a aplicar a mim: - Onde Deus me coloca para fazer ele em mim o que é agradável? Pois eu digo: - Bem, Senhor o que eu conheço é o evangelho da incircuncisão. - Aja, e o que é o evangelho da incircuncisão? - Pois, é o poder de Deus. O evangelho é PODER de Deus. - Ok, e como é que trabalha esse poder? - Pois esse poder trabalha quando eu confesso. -E quando você confessa o que isso faz? Coloca-lhe em quê? - Pois, diante de minha cobertura angelical. - Vai chegando. Quer dizer que tua vida não te pertence, há um anjo que está designado para tua vida, então é ele que te leva. Então o que acontece? Que quando eu faço minhas maquinações pessoais, esse anjo não respeita que eu seja JESUS CRISTO HOMEM. Então, por exemplo, você já sabe que não pode estar nisso de que se o pastor me vir: ou que se aquele me viu. Você pode se esconder onde não tenha o ministério e fazer. O problema é que teu anjo vê. Então esse anjo tem zelo por você, e como tem zelo, quando você sai dos parâmetros de onde ele está buscando te levar, AÍ SE FORMA A GRANDE. Eu não sei você... (Como diz a canção): - No se tú pero, pero… Pero a mí, a mí no me ha ido bien. Quando eu faço algo que não está em linha com as obras preparadas de antemão para minha vida, NÃO ME VAI BEM! (Alguém poderia comentar): - Mas isto parece lagalismo, pastor. Vai nos assustar. NÃO, não, não. Não é legalismo, nem é para assustar, É PARA QUE VOCÊ VIVA NO TEMOR DO SENHOR, PARA QUE NÃO MAQUINE, NEM FAÇA O QUE TE DÁ VONTADE. É uma ajudinha. Mas a idéia está, veja o belo disto, eu me regozijava, veja. O BELO DISTO É QUE VOCE NÃO ESTÁ SÓ, NÃO ESTÁ SÓ, que está bem observado. E aí não tem problemas, porque quem te observa é um anjo, e ele não vão lhe envergonhar. Agora se ele vai tratar o teu caso, porque você tem audiência com ele. Sabe por que você tem audiência? Audiência quando está em necessidade. Audiência quando necessita de prosperidade. Audiência quando é... TUDO, UMA OBRA DE ANTEMÃO. VOCE TEM AUDIÊNCIA COM ELE. Mas tem audiência quando você sai das obras de antemão que ele tem para você. E atende teu caso e sabe atender muito bem. Sabe atender muito bem. Ou seja, TUAS MAQUINAÇÕES NÃO PODEM SE ESCONDER DE TEU ANJO. Podem se esconder de mim e de teu irmão e de teu esposo, e de tua esposa, e de tua noiva, pode esconder, mas desse anjo VOCÊ NÃO ESCAPA, porque você não é propriedade sua, VOCÊ É PROPRIEDADE DE PAPAI. (Aplausos). Então, aí entra o próximo verso que vamos ler, é Hebreus, capítulo 2, do verso 1 ao 4. Bem, vamos começar pelo um para ver se suportamos até o 4. Diz: “Portanto, é necessário que com mais diligência atendamos as coisas que temos ouvido, não seja que nos deslizemos”. Ou seja, você pode estar aqui 10, 15, 20 anos em graça, mas se não atentar bem para os calqueos que você tem ouvido, começa a deslizar. E que doloroso é lhe dizerem, olha, você tem tantos anos aí na graça e está nesse patinete? Vas en banda. Diz (verso 2), olha: “Porque se a palavra dita por meio dos anjos…” Aqui entram os anjos, esta é cobertura pura… (Diz): “Porque se a palavra dita por meio dos anjos foi firme, e toda transgressão e desobediência receberam justa retribuição, como escaparemos nós, se descuidamos de uma salvação tão grande”? Olha, se a tua salvação implica te levar por obras preparadas de antemão, existe um projeto para você, para cada um, porque tem obras preparadas de antemão para cada um. Ah, e você tem permissão para sair e se desviar. A idéia é que veja bem o caminho por onde se desviou, para que com a mesma paciência regresse. (Aplausos). Você sabe que às vezes você vai entusiasmado dirigindo (e de repente) olha, por onde (estou), por estar falando, uma ligação (diz): - Quantas luzes eu passei? Rapaz! E depois está em um labirinto e diz: - Digo, estou perdido... Sim, a idéia é PORQUE NÃO VAI ESCAPAR. Ou seja, se você aprecia que ser eleito, predestinado, não importa quem for, agora estou falando. Veja você pode ser Bispo, pode ser Pastor, pode ser Jesus Cristo homem... Pode ser o Bispo de bispos, pode ser... Quem seja, aqui ninguém se salva. Sabe por quê? Porque O PRÊMIO É MUITO GRANDE. E O AMOR QUE LHE TÊM É MUITO GRANDE. E AS OBRAS PREPARADAS DE ANTEMÃO SÃO MUITO GRANDES. Então, ele diz que TE ANELA COM ZELO, O QUE SE UNE AO SENHOR, UM ESPIRITO É COM ELE… E então, TE SALVOU; TE SALVOU, IGREJA. Você sabe QUEM DIZ ASSIM? O PAI COM O FILHO quando faz algo mal e diz: - TE SALVOU! Ja, ja, ja… Olha, e eu ainda não pude escapar de uma. E eu imagino que você tampouco. E de você for honesto vai me dizer: - Apóstolo, eu sei do que você está me falando, tranqüilo. Mas ele (o anjo) aperta as coisas. Começa a (e dizemos): - Espera, não estou gostando disso, isso está frouxo aqui, aqui tem parafusos frouxos, tem que firmar as estacas... Tem umas estacas aqui que o vento as está movendo, - imagine – dá-lhe mais duro aí. Bate com a marreta para que firme! Então, a idéia disto é aprender bem o caminho de onde se desviou, e com muita humildade, ainda que tenha de voltar de novo, comprar as passagens de novo, ou desempacotar de novo, ou se mudar de novo, ou dizer que não foi assim, que foi assa... A idéia é que você volte e ponha sendas direitas para vossos pés, que o coxo não saia do caminho. Essa é a idéia. Custe, o que custar. (Aplausos). A IDÉIA É QUE VOCÊ SINTA PAZ COM SEU ANJO. (Que diga): - Olha, me sinto em paz, me sinto leve. Estou fazendo o correto e veja... Ah e de repente tudo começa a... Se vão as nuvens, se destapam, o sol ilumina; falando tipo… (Figurativamente) Esqueça, ja, ja... Você sabe, é como que o caminho fica claro, e então, você volta a pegar força, se sente melhor, se sente mais iluminado, porque há um ‘body language’ há uma linguagem do corpo. Quando você não está em linha até... Rapaz!... Até o cabelo fala de você, você sabe... Algo, alguma coisa está acontecendo que (você diz): - Olha, você notou que fulano está como a la… Não, ninguém falou comigo antes de vir para cá. Eu não falei com ninguém, e mais, eu mudei até os telefones, assim que ninguém falou comigo. Se Papai está lhe dizendo algo, a mim não disseram NADA! Como diz a canção: -Yo no sé nada, yo llegué ahora mismo, si algo pasó yo no estaba…Ja, ja, ja, ja. (Aplausos). Então, escapar desta SALVAÇÃO é uma perda. Ou seja, como escaparemos? Não tem escape. O MELHOR É RETER A CONFISSÃO, SABER QUE VOCÊ (tem um anjo). Eu não sei como se chama seu anjo, o meu parece boa gente; porém, aparentemente e alegadamente, o meu se chama Gabriel, porque eu me encontrei com ele, e ele me disse assim, assim, assim... Ah, e vinha acompanhado de um que não disse seu nome. Parece-me que esse tem um joguinho com o outro… E então, agora veja, isto vai se patenteando e apertando. Veja. A idéia é, ponha-se a explicar que a competência não vem de você, e é ele fazendo em vós. E diz para que lhe faça apto para toda boa obra, fazendo sua vontade. Você o que tem que pensar é em anjo: - Bem, pois, Papai Deus não vai se meter nisto. Eu não creio em fantasmas e nem em coisas, quer dizer que tem que haver um anjo que vela por mim; que está designado para mim; que está se metendo comigo, eu noto coisas, me acontecem coisas, eu sei, essas coisas me advertem. E você tem que entrar nisso. E se não entra, lhe entram. Porque eu a você... Você tem sido, lhe advertiram. Diz: “Pelo sangue do pacto. Você foi comprado por preço de sangue.” E você já não se pertence. De fato “fostes comprado e adotado à família da fé”. Assim é isto (Aplausos). Assim que de onde saiu, recapacita e busca o caminho. Pergunte-se assim: - Olha, e onde foi que isto começou a se estragar? Digo, se puder voltar. Porque às vezes não se pode, mas enquanto tiver tempo ainda que seja uma ‘lanchita’, ainda que seja com as costas molhadas, ainda que seja sem papéis ou com papéis. Tem que estar onde Papai Deus quer que você esteja, isso é bem importante. Ah, eu não estou lhe apressando, eu estou lhe dizendo o que tem se passado comigo, para lhe consolar. Se você puder chegar num par de anos, chegue num par de anos. Se puder chegar hoje mesmo, esta noite, acerta esta noite. Se puder acertar em 2 semanas, a idéia é que você chegue. Veja, a Abraão foi dito: - Vais ter um filho. (Abraão perguntou duvidoso): - Sim? (O Senhor lhe disse): - Sim, Sara vai lhe dar um filho. (Foi específico). E então (Abraão) começou a logiquiar. Começou a (pensar):- Olha, ajuda-te que eu te ajudarei. Sara é estéril, está velha, eu... Como é que vou ter um filho? E aí começaram os erros. Então, o que Deus lhe diz, se o evangelho... Por isso o evangelho da incircuncisão É O EVANGELHO MAIS PODEROSO QUE HÁ SOBRE A FACE DA TERRA, PORQUE É O ÚNICO QUE ATIVA AOS ANJOS. Quer dizer que todo esse sistema evangélico que nos critica, toda essa gente que está órfã, em bancarrota, porque esses anjos não vão desobedecer a Papai Deus para eles porque são eleitos. VOCÊ PODE SER UM ELEITO, SE VOCÊ NÃO ESTÁ NO EVANGELHO DA INCIRCUNCISÃO, PARA VOCÊ NÃO TEM SERVIÇO (ANGELICAL). (Aplausos). Por isso é que todos esses pastores (religiosos) não nos entendem. Essa gente que não nos entende, quando nós aqui falamos claro, em preto e branco, clarinho. Nós falamos com versos bíblicos, e mais, eles até sabem que é assim. Mas como não têm serviço angelical e a carne é débil, eles não são competentes podendo ser competentes. Ah, o anjo não está produzindo o querer como o fazer, porque não os faz aptos para participar de boas obras. Então estão EM BANCARROTA. MAS VOCÊ E EU TEMOS ANJOS PARA NÓS, E SE CAMINHAMOS EM OBEDIÊNCIA AO PACTO TUDO NOS VAI BEM. (Aplausos).
publicado por brasileiro às 21:42
Segunda-feira, 24 DE Março DE 2008

CELEBRANDO A MORTE DA MORTE

Bem, quantos estão celebrando a morte da morte? (Aplausos). Olhe, que mau é esse papado católico, ah… MALÍSSIMO. Que assassinos são! E com todas essas pessoas que há, que dizem: -Ai, não fale mal do papa. -Não fale mal de quem? ESSA GENTE SÃO UNS ASSASSINOS. Você sabe o que é que à morte deram morte, então veio Pedro, Paulo ensinou a Pedro, lhe disse: -Estamos mortos ao pecado, porque deram morte à morte. E então, Pedro disse, disse a João: -Não digamos isso, porque então, não poderemos fazer novenário, o rosário cai em cima de nós, a missa desaparece, as orações a são Judas se vão. Porque, imagine, se tudo isto de missa e de purgatório, é que como a morte está em pé, esse espírito há que expurgá-lo, para qualificar a entrada no reino dos céus. Pois, então, ocultando a morte da morte, existe, todavia, essa mentira em Roma. Mas, se nós avisamos e alertamos que a morte morreu, o que vai acontecer? Que as pessoas, as ovelhas, vão despertar (dirão): -Me enganou, você é um enganador. (Aplausos). Vamos começar por aí, com Oséias 13: 14. Esse é tema: “CELEBRANDO A MORTE DA MORTE” Ontem, eu enviei um par de correiozinhos e me despedi assim: CELEBRANDO A MORTE DA MORTE. Carlos Juliá desde Guayaquil, Equador. Que lindo! Carlos, te amo muito. Hoje, temos visitas bem lindas, aqui. Gualbertico veio de Bogotá. Gualbertico, se não se podia saber na Colômbia que você estava aqui, te joguei, te lancei no meio. Ja, ja. Abba Pai. Então, Oséias, esse é um dos profetas menores. Você sabe que, conforme a história, são 5 profetas maiores; e, então, há 12 profetas menores. O velho testamento tem 39 livros. 5 de lei, 12 de história, 5 poéticos; 5 profetas maiores, 12 profetas menores. Se refere a eles como menores porque eram cartinhas de 3 páginas, 4 capítulos. Isaías, não, Isaías, que é o profeta favorito do Apóstolo Paulo, a quem eu honrei, verdade? A coroa de justiça eu dei a Paulo, porque a Paulo ninguém mencionava. Aqui é que se menciona, ele já se coroou, falta coroar a você. Olha, pois, Paulo era ansioso, Isaías lhe encantava. Você sabe por quê? Porque Isaías escreveu –olha, veja que montão de libros, 66 livros,- e, então, lhe faltaram umas coisas e eu as acrescentei. Então, agora, são seiscentos e sessenta e seis. Eu lhe acrescentei os outros 6 capítulos: 666. Mas a Bíblia tem 66 livros, porque são 39 do velho e 27 do novo, você soma isso e são 66 livros. Pois, então, depois de Apocalipse falta que eu escreva a verdadeira interpretação do Apocalipse. Você se lembra quando aquela mulher, diz que ia montada sobre uma besta e João a viu e disse: E a mulher é a igreja que vai montada sobre uma besta. E então, quando João a viu, disse: -Pois, eu conheço esta besta. (Jesus Cristo homem diz): -Pois, certamente, se esse é Jesus de Nazaré, você chamou de besta a Jesus Cristo homem, mas a primeira besta é Jesus de Nazaré. Então, depois, parace que ele disse: -Vi e não entendi, mas agora estou entendendo. Porque essa mulher, que é a Igreja Católica, a igreja que está em apostasia, montou sobre a besta Jesus de Nazaré, -a primeira besta- para ganhar adeptos por todas as partes do mundo. Então, quando João a viu, disse: Ah, pois, sim, eu a conheço. Pois, certamente, se esteve 33 anos contigo, cabeção. Pois, isso eu tenho que explicar depois, em seu tempo, a verdadeira história do Apocalipse. Isso tomará… em seu tempo, vem, não? É como eu, antes eu não me atrevia a falar da vinda de Cristo, sabe por quê? Porque era eu mesmo. Diziam a mim: -Quando você vai falar da vinda do Senhor? (Eu lhes dizia): -Olha, esse tema, deixe-o aí. Ja, ja, ja. -Abba Pai. Então, Oséias, o profeta –olha que desvio eu peguei aí- Oséias capítulo 13: 14. Diz: “Da mão do Seol os remirei, (futuro) os livrarei da morte”. De que MORTE estava falando aí? –A espiritual, a que te separou da glória de Deus, porque, todavia, os abençoados morrem. Ah, e perdoa-me, e essa morte que existe, todavia, Paulo disse que era lucro. Diz “para mim o morrer é lucro”. Quer dizer que Paulo não está falando dessa morte. Há dois tipos de morte: A morte que te separou da glória de Deus, que você não podia morrer em morte, porque então tinha que te enviar a um lugar de espera, até que viesse a redenção. Mas, então, diz (verso 14): “Ó morte, eu serei tua morte; e serei tua destruição,…” Esse é o “pecado” de Roma. Esse é o pecado de Roma, essa é a falsidade do Vaticano, por isso é que tem que cair. Veja, com o Espírito de sua boca será destruído, porque ocultaram isso às nações. Você sabe quanta gente agora mesmo (está) sofrendo, pagando votos e acendendo velas. Quando morrem, o que eles celebram, a missa de quê? Ah, os novenários. Isso é o que eles fazem para interceder por esse espírito que vai por aí com morte, quando a morte já foi destruída e para interceder porque o purgatório, as almas do purgatório… Então, ROMA MENTIU AO MUNDO, DESTRUIU O MUNDO, OBSCURECEU A MENTE, DEIXOU O MUNDO EM TREVAS. HOJE, NÓS AQUI, EM CRECIENDO EN GRACIA, ESTAMOS CELEBRANDO A MORTE DA MORTE. ABBA PAI! (Aplausos). Porque veja, há uma morte que é a de primeira carta aos Coríntios, por favor, 15: 54. Diz: “E quando este corruptível se tiver vestido de incorrupção, e este mortal…” Que, todavia, morre o físico, porque, ainda que te livrou da espiritual, a física permanece. Diz: “…e este mortal se tiver vestido de imortalidade,…” A primeira morte foi vencida, a segunda está, todavia, aqui, latente em nosso corpo, e há que vesti-la. Olha, se venceu a primeira, você crê que possa vencer a segunda? (Abba Pai). Essa é a transformação, essa é a tua transformação. (Verso 54): …se tiver vestido de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está escrita: Tragada (sffh!) foi a morte em vitória”. E, depois, diz o outro (verso 55): “Onde está, ó morte, teu aguilhão? Onde, ó sepulcro, a tua vitória? Já que o aguilhão da morte é o pecado…” E o que aconteceu ao pecado? O tiraram. (Diz): “…e o poder do pecado, a lei”. O que aconteceu à lei? A tiraram do meio, também. O fim da lei é o quê? -(Cristo). (Diz o verso 57): “Mas graças sejam dadas a Deus , que nos dá a vitória por meio…” Daquele véu naquele momento, deste véu em outro momento. Deus sempre usa véu. É ele próprio. Se meteu em Jesus de Nazaré, resolveu, venceu a morte (disse): -E, bom, já terminei com meu trabalho aqui, para… vou morar agora em luz inacessível, enquanto passam estes dois dias de, estes dois mil anos, enquanto passam estes dois dias e ao terceiro dial lhe dou vida… disse o profeta. Assim diz o profeta. E voltou a viver, para explicar o que aconteceu à morte. E isso é o que estamos fazendo aqui. (Aplausos). Porque há um só mediador entre Deus (e os homens), e os deuses: JESUS CRISTO HOMEM. Isso é o que eu faço, agora: MEDIANDO. (Aplausos). E, para Deus mediar através de Jesus Cristo homem, diz: -TENHO QUE ME PÔR NUM CORPO, PARA FALAR COM A BOCA, PARA QUE ME ESCUTEM, porque eu, desde o céu, não vou lhes falar com voz de trovão: HÁ UM SÓ MEDIADOR ENTRE DEUS E OS HOMENS, Oooooooh! (Aplausos). Deus busca um vaso, e buscou esta coisa que você vê aqui, um vaso de debilidade: JESUS CRISTO HOMEM. Que coisa maravilhosa, verdade? Eu me maravilho de mim mesmo, imagine. Eu me maravilho de mim mesmo. Eu digo: -Olha, que maravilha, ah. Que maravilha. Mas, se em algum tempo, a história teria que se cumprir, porque não poderíamos continuar esperando, não poderíamos continuar esperando por Jesus Cristo. Imagine, o sistema está esperando, não falam da transformação, porque, se estão esperando, todavia, que venham, que sejam transformados. Nós caminhamos para a transformação, porque cremos que ele já chegou. E esse é o nosso tema, mas eles estão esperando, e que venha nas nuvens, imagine! Nas nuvens, tal como se foi, igualzinho. E eu imagino que ele não media mais de 6 pés. E diz que todo olho o verá nas nuvens, e estão esperando que vão arrancar assim e se unir com ele nas nuvens. E o corpo o deixarão jogado aí e todos estes espíritos se vão para lá. Como vão fazer isso? Então, se vão, não chegou, porque, para eles, a chegada é saída. PARA NÓS, A CHEGADA É VINDA. VEIO, pois. Diz: -Caminharei, andarei, ensinarei, mediarei… ABBA! (Ovação em pé). Ja, ja, ja… À noite, eu estava visitando uns familiares meus (diziam): -Eu vou orar ..., porque eu lhes dei um CD, eu vou orar ao Senhor. (Jesus Cristo homem pergunta): -Para quê? (O familiar me diz): -Para saber se eu posso ouvir. (Jesus Cristo homem lhe diz): - Pois, se é ele mesmo que está te trazendo. (O familiar insistia): -Não, eu vou falar com o Senhor que está lá por cima. (Jesus Cristo homem lhe responde): -Mas, é melhor o de baixo, você não crê? Imagine…Segunda carta a Tessalônica, capítulo 2 versos 7 e 8. Esqueci este presentinho que tenho que… Ja, ja, não, não, já mesmo, tenho um presente… Estejam aguardando, Telegracia, que hoje vão ver um espetáculo aqui, hoje. Vamos ver se se atrevem a ver se vocês confiam em mim. Onde está Cachita? Cachita, encha-me esses vasinhos de água em que eu… alguém tem que ajudá-la, porque ela não vai poder carregar 5 vasos. Ah, em uma bandejinha. Está bem, mas rápido, que eu já vou… não, não, não, calma, Cachi, não corra… Vamos ao verso bíblico, diz (segunda a Tessalônica 2: 7 e 8): “Porque já está em ação o mistério da iniquidade; somente que há quem, no presente, o detenha,…” Era a vida de Paulo presente, ali. Ele o detinha. Enquanto Paulo estava vivo, ele o detinha. Diz: “…até que ele, por sua vez, seja tirado do meio”. Será tirado do meio? (Abba Pai). O mistério da iniquidade é como Roma ocultou ao mundo o que significou a morte de Jesus Cristo, aí é onde está a iniquidade. Então, te falam de Jesus Cristo e você os vê fazendo sinais (o sinal da cruz), mas estão te mentindo e dizem: -Isto é lixo o que estou te dando, olha piuh!, lixo, pegam lixo (fazendo o sinal da cruz)… E com toda essa bobeira e besteira e tudo… então, te falam de Jesus Cristo, não o Ressuscitado, te falam de Jesus de Nazaré, mas não te dizem a verdade, o propósito para o qual ele morreu; mas parece que amam a Jesus Cristo. Todavia, este mundo está enganado, pensando que o Papa ama a Jesus Cristo. Esse é um bandido. Isso é um mentiroso, pai de mentira, esse é o homem de pecado, todo o papado foi o homem de pecado. Me disse um familiar meu: -Veja, não se meta com eles, vão te matar, essas pessoas são muito poderosas. E eu lhe disse: -Matar-me a mim?, EU VOU MATÁ-LOS, COM A PALAVRA DA MINHA BOCA. (Aplausos). CERTAMENTE QUE SIM. (Aplausos). E o que diz o outro verso, para terminar? Verso 8, diz: “E então, se manifestará aquele iníquo, a quem o Senhor matará com o espírito de sua boca e destruirá com o resplendor…” De quê? (Diz: De sua vinda). Esse é o resplendor: A MINHA VINDA É O RESPLENDOR QUE VAI DESTRUIR ISSO, COM O ESPÍRITO DE SUA BOCA. (Aplausos). Olha, como…terminei. Bem, primeiramente quero lhes dizer que já o vinho “666 -SSS JH” este é o vinho oficial de nosso ministério (Aplausos). Agradecemos ao Bispo Poessy lá no Canadá e sua esposa Eliana, que sempre mantém um bom abastecimento em minha casa. Devia ter trazido mais para repartir com vocês, mas está lindo, verdade que sim? Vocês o veem bem? Câmeras, vejam, vejam nesta aqui. Olha, e é muito bom… é um Merlot dulzón (Abba Pai). Veja, como diz Efraín : -Ooolhha…Dá-meeee... Bem, eu quero uns voluntarios, agora, o que foi que fez Jim Jones na Guyana? Que lhes fez um suquinho (SIIIIMMM). Aqui, nós não trabalhamos com suco, nós trabalhamos com cápsulas de graça (mostra uma caixa com cápsulas) então, (diz): -Álvaro, passa por aqui e beba uma. Digo, se você confia em mim… não, não, aqui na frente (e toma em suas mãos o vaso com água que lhe oferece). -Martita (Roca) você bebe uma? -Myrna, você se atreve a beber uma? –Você confia em mim? -Mas, bem, como a primeira morte… -Iván, toma uma? -Venha, JoAnn? Estou tremendo…estou que tremo, veja… Bem, porque é que, como a primeira morte nós já liquidamos com ela, eles podem morrer agora e dizer é lucro. Esta cápsula…Não tenham medo… Você tem medo? Estou tremendo porque é que eu vou perder 5 membros… Vou mandar a eles, primeiro… (à nuvem de testemunhas). -Não bebas… Não a bebam, todavia. Ah? Não, quem está tremendo sou eu, que vou perder vocês. Os perco por um momento, por aqui. Me enviaram 100 cápsulas de graça da Colômbia… Bem, cem, cem cápsulas e, então, aqui, aqui está ele… aqui está o folheto descritivo, ou seja, os sintomas. Se ficares tonto, pois, te diz o que fazer. Sim… os efeitos… Ah, a doutora Myrna, os efeitos secundários, ja, ja, ja, ja, ja… Ok, então, há umas instruções em cada capsulazinha. Abre uma… antes de tomá-la, cuidado, que cai o pozinho! O que diz aí? (Álvaro lhe responde): -Diz, número 84 Você sabia que já não somos do Nazareno, senão do Ressuscitado? (Jesus Cristo homem diz): -Número 84. Olha, estes abençoados na Colômbia as trouxeram, -vai saber se tem gente na Colômbia que nem tem isso e eu já tenho, veja- olha, esse abençoado, veja, diz o 84: Já somos do outro, do Ressuscitado (Abba Padre). Então, cada cápsula que você abre tem um papelzinho dentro e pela manhã você o lê, grava esse… (Verso bíblico), ah… (O Pastor Álvaro introduz a cápsula na boca e Jesus Cristo homem lhe diz): -Ah, cuidado!, cuidado! Olhe, não bebam, que depois fico sem esses versos bíblicos, vem cá (Aplausos). Olha, mas, veja, confiaram em mim, ah, um aplauso a esses cinco mortos. (Aplausos). Olha, Iván estava tremendo, diz: -Coño!, não vou poder cantar mais… Iván estava tremendo, eu vi, estava dizendo a Joan: -JoAnn, isto é um jogo, verdade, JoAnn? Olhe, que tremendo ah, ele é que inventou isto. Veja, então, você abre assim, quando abre, sai um papelzinho e esse papelzinho você lê e aí está o verso bíblico. Você o abre pela manhã, não, a vitamina é pela manhã, é pela tarde. Olha, veja o que diz aí: -Você conhece a falsa ciência e a verdadeira ciência que aparece na Bíblia?, diz número 63. Então, você vai ao livrinho, então, e te diz o verso bíblico onde está. Um aplauso a esse abençoado, obrigado. (Aplausos). Em Bogotá devem estar arrebentando de júbilo. (Dirão): -Cooñoo!) Ja, ja, ja, ja. Ah, Álvaro de Armenia. Tremendo, vistes! Álvaro, te ficou bem isso. Tem que fazer muitas cápsulas mais, já. Bem, pois vamos estar em pé e celebrar A MORTE DA MORTE. (Aplausos). Ia ficar sem pastor, ja, ja, ja, ja… Hoje, temos abençoados da Venezuela, um empresário do ministério lá na Venezuela. (Aplausos). Percebi que vocês chegaram tarde, na metade (da conferência), por isso não os havia mencionado. Ja, ja, ja.
publicado por brasileiro às 23:18
Segunda-feira, 24 DE Março DE 2008

O DIA EM QUE A MORTE MORREU

DUAS REFLEXÕES APOSTÓLICAS: O livro histórico de João, capítulo 16, no verso 12, se pudéssemos pô-lo, por favor, no telão: Livro histórico de João, capítulo 16, no verso 12. (Diz): “Ainda tenho muitas coisas que dizer-vos…” Está falando Jesus de Nazaré (sua primeira manifestação) em termos de pactologia, não, carnal. (Diz): “Ainda tenho muitas coisas que dizer-vos, porém agora não as podeis suportar. Mas quando vier o Espírito da verdade ele…” não é uma pomba, porque vai trazer a verdade, nenhuma pomba traz a verdade. Está falando de um personagem. (Diz): “… ele vos guiará a toda verdade, porque não falará por sua Própria conta,…” Então, está falando de um personagem: “não falará”. (Diz): “… senão que falará tudo o que ouvir, e vos fará saber as coisas que haverão de vir.” REFLEXÃO: Essa é a última epístola que correspondia a Jesus Cristo homem escrever. Hebreus, ou melhor, (o livro dos) ATOS não teve final. Então Jesus de Nazaré que era Deus mesmo, profetizou de outra VINDA em que ele ia chegar, e nessa vinda ele ia escrever a última epístola. Porque esse Espírito da verdade ia se encarregar, de quê? - De aclarar o porvir. E quem está lhe aclarando sobre o que vem? - (JESUS CRISTO HOMEM). Pois nesse esclarecimento ele está escrevendo sua última epístola. Pegou o Corte? (Aplausos). SEGUNDA REFLEXÃO: Às vezes, ou não às vezes, nosso Pai se agrada muitíssimo do ministério de LOUVOR; e ele admira muito esse ministério. Por exemplo, aqui localmente, ele nota o proceder desse ministério, como por exemplo, os que ministram o LOUVOR são comedidos, se há um comentário é “direto ao ponto”, o proceder do louvor na música, tudo é um proceder com elegância e é glorioso. Verdade que sim? Que vocês têm glória no LOUVOR? (Aba Pai). Pois você sabe que esse ministério agrada ao Apóstolo e ele está muito satisfeito. De fato, tanto é assim que seu diretor, o diretor de nosso Apóstolo, de seu canal Telegracia na Colômbia usa constantemente esse ministério de LOUVOR como exemplo. Porque é um exemplo para todas as nações. Olha, por que não damos um aplauso a esse ministério de LOUVOR, nosso, localmente? Vocês RECEBAM SEM LIMITE. (Aplausos). Isso é digno de imitar, seu proceder, sua conduta, sua diligência, seu ânimo. Alô! Todos esses detalhezinhos são dignos de imitar porque é o modelo para o mundo. (TERCEIRO PONTO). Seguindo isso, é como também quando nosso Pai chega aqui, você nota que ele traz três anúncios, e os traz em seu caderninho e vai direto ao ponto; e os menciona: um, dois, três. Bem, é como nosso Pastor local Álvaro Albarracín, você nota que ele sempre vem com um ânimo, o ânimo do sentir de nosso Pai, bom que vai direto ao ponto. E logo você o vê com seu proceder e seus detalhezinhos nos anúncios. Direto a quê? – AO PONTO. Então, é o proceder que se deve ter sempre em uma igreja de graça, porque este é o modelo, esta é a igreja do modelo para o mundo. QUARTO: O quarto, você sabe que no sistema (religioso), eu me lembro que havia ministérios – por assim dizer – no sistema religioso (sinagogas), que quando você chegava como membro, lhe davam uma caixa de envelopes (de 52 envelopes) numerados. – Você sabe o que significava isso? Que lhe davam o envelope da semente semanal. Isso soa a quê? A ventre. Isso é ventre puro. Lembro também que havia outros pastores do sistema (religioso) que quando o membro não semeava, ou não vinha naquela semana. Você sabe o que faziam? Iam a sua casa, “visita pastoral”. Você sabe o que era a visita pastoral? (Diziam): - Lhe estranhamos grandemente no domingo, porque não vimos seu envelope. (Ao não ver você, não vimos seu envelope). Mas isso é, diga: SISTEMA. Em graça, isso não existe, porque em graça, um pastor da graça dá margem à amada. Aqui não se constrange a ninguém. Não vê que a amada é livre. VOCÊ TEM TODO TIPO DE LIBERDADE! Obviamente, como você é maduro, você sabe o que lhe convém e o que não lhe convém. Mas você é livre em Cristo Jesus. Alô! Em graça, não se oprime, verdade que não? Assim é! Essas eram as quatro reflexões. Mas há uns anúncios que Papi queria que eu lhes desse, um já escutei com o nosso Pastor que era que já tem abençoados que estão semeando seis mil seiscentos e sessenta e seis com 66; e Jesus Cristo homem dizia: - Meta-lhe todos os seis que quiser, ou seja, ponha seis aí rapaz, por um tubo e sete chaves, os seis que quiser. Ja, ja, ja. Segundo. O Apóstolo quis… Nosso Pai dar seu novo correio eletrônico e em dois dias tinha mais de 300 correios. Então, pois, ele o que quer dizer é que peguem leve, não? Ja, ja, ja, ja. Que se não lhes respondem não é porque não quer, é que simplesmente não pode responder a todos, mas sim a todos ele lê. Assim que se não lhe responde, saiba-se que é que a MENTE de Cristo, que está nele, simplesmente lhe disse que não lhe respondesse. Está bem? (Aba Pai). Por último. - Você sabe que o primeiro Natal é uma realidade, e nós o respeitamos, respeitamos o primeiro Natal, porém se esse foi certo, também é certo que existe um segundo Natal. Então, qual foi o resultado do segundo Natal? Pois veja: Número um: Começou o Cristianismo. O Cristianismo não existia, o Cristianismo começou com o segundo Natal. Também chegou a Mente de Cristo à Terra. Começou a edificação da igreja. Começou o evangelho da incircuncisão. Começou – escute bem – o Terceiro Dia e o Terceiro Milênio, onde se nos deu vida. A era dos gentios, a amada, também começou aí. Começou – ouça, o melhor – se inaugurou o reino dos céus; e começou o Governo de Deus. Isso foi no segundo Natal, e isso ocorreu em 22 de abril de 1946. Então, se no primeiro Natal se celebra das maneiras que se celebram e isso é certo, e o respeitamos; também é justo que se celebre o segundo Natal. (Aplausos). Agora, para quê celebrá-lo, ou como celebrá-lo? Jesus Cristo homem dizia: - A maneira mais excelente para fazê-lo seria levar estas verdades que tomaram lugar com esse nascimento, tomar esse dia para fazer um verdadeiro evangelho explosivo, que sejam conhecidas essas verdades. E o Apóstolo (José Luís De Jesús Miranda) dizia: - Seria um bom dia o último sábado de abril, celebrá-lo dessa maneira. E se logo, pela tarde ou pela noite... Você quiser, você quiser celebrá-lo, pois, obviamente dentro dos “conceitos de domínio próprio do Governo de Deus”, você pode celebrar. Alô! Além de tudo, estamos celebrando “o dia mais importante da história” onde o Desejado das nações foi manifestado. (Aplausos). E eu recebo, veja, você sabe o que eu recebo? Eu recebo um vaso escolhido no meio político ou onde seja, mas que seja um vaso escolhido na história – como houve no passado – onde se levantou um líder (eu nem lembro quem foi), mas se levantou um líder que propôs respeitar o “dia do nascimento de Jesus de Nazaré”, e dividiu a história e o estabeleceu; e as eras foram conhecidas: Antes de Cristo (a.C.) e Depois de Cristo (d.C.). Pois eu recebo que há um vaso, um anjo escolhido, predestinado que um dia também vai estabelecer no mundo um respeito para “a segunda vinda de Jesus Cristo homem”. (Aplausos). Aqui nesta nação a qualquer personagem lhe celebram um dia, e fazem o dia da festa de ‘fulano de tal’. Pois já eu recebo que vai chegar um dia quando vai se celebrar o NASCIMENTO DE JESUS CRISTO HOMEM, MUNDIALMENTE. Alô! (Aplausos). Bem, essas eram as reflexões e os anúncios. Ministração da PALAVRA: Agora, alô!... (Mostra a carta). Olhe... A carta de nosso Pai. A carta de Jesus Cristo homem. A temática que ele tem para o dia de hoje é: “O DIA EM QUE A MORTE MORREU”. Vamos à Escritura, o livro de Oséias. Ou seja, vamos a Oséias, capítulo 13, no verso 14. (Diz): “Da mão do Seol vos redimirei, vos livrarei da morte. Oh morte, eu serei tua morte; e serei tua destruição, oh Seol; a compaixão será escondida de minha vista.” Veja uma boa notícia, Jesus Cristo homem dizia: - Você sabe que a morte morreu? E de fato isso é o que se profetizou. Profetizou-se que o que separava o homem da glória de Deus, ia chegar um momento na história que ia morrer. Então, observe o detalhe, a “ata dos decretos” que eram contrários aos eleitos ia morrer. Essa Ata que culpava e que te levava... Levava um eleito à morte, que acusava, havia uma sentença sobre essa ata. Vamos ver isso em Colossenses, capítulo 2, versos 14 e 15. Carta do Apóstolo Paulo a Colossenses, capítulo 2, nos versos 14 e 15. (Diz): “… anulando…” O que significa anular? Ah? - Eliminando, tirando… (Diz): “… anulando a ata dos decretos que havia…” Contra quem? (Diz): “… contra nós, que nos era contrária, tirando-a do meio de nós cravando-a na cruz, despojando aos principados e as potestades, os exibiu publicamente, triunfando sobre eles na cruz.” Então, Jesus Cristo homem dizia: - Veja, em Oséias diz que Deus veio e profetizou que ele mesmo nos livraria de quê? - Da MORTE. Ia vir um dia na história em que Deus mesmo nos ia livrar da morte. Então, Colossenses diz que ele ia triunfar sobre eles, expondo-os publicamente, ou melhor, que ele triunfou sobre eles expondo-os publicamente na cruz. Então, de que morte está falando aqui? Porque é obvio – dizia Jesus Cristo homem - que as pessoas seguem ainda morrendo, as pessoas ainda seguem morrendo. Então de que MORTE está falando o profeta? Há uma morte física, mas também há uma morte espiritual. Então, aqui fala não da morte física, senão da morte que nos separava como eleitos da glória de Deus. Houve uma morte que nos separou da presença, nos destituiu da glória de Deus. E essa é a morte da qual o profeta está fazendo alusão, onde diz, que o Senhor mesmo ia vir um dia. Que ele mesmo nos livraria da morte. Qual era essa MORTE? Aquela ata que era contrária aos eleitos. Oh morte, eu serei tua morte; eu serei teu aguilhão... Deus mesmo ia dar morte a morte que nos separava de sua glória. De fato, veja o que diz Romanos, capítulo 3, no verso 23. Carta do Apóstolo Paulo aos Romanos, capítulo 3, no verso 23. (Diz): “… porquanto todos pecaram, e estão destituídos da glória de Deus…” Essa era a morte, sobre essa morte havia sentença. Agora observe, Jesus Cristo homem dizia: - Essa era a morte que nos separava de Deus. Fomos destituídos da glória de Deus. Agora, aí está falando o grande Apóstolo Paulo, mas Paulo não está pondo como em vigência que a morte está de pé, de fato, o sistema religioso utiliza este verso para fazer chamados ao arrependimento. O verso que o sistema religioso utiliza para chamar ‘pecador’ aos eleitos é este: Você vê que todos pecamos, estamos destituídos da glória de Deus. Aí Paulo não está dizendo que nós temos pecado. Se você notar o contexto e o verso seguinte, vai ver que está falando da comparação da lei com o resultado da justificação. Paulo não está dizendo: - Porquanto todos nós pecamos e estamos destituídos… Paulo está falando do que ocorreu. Porém, se você nota o próximo verso, lhe esclarece lindamente. Veja o próximo verso, somente para tocá-lo (Romanos 3: 24 diz): “… sendo justificados gratuitamente por…, quê, por sua graça…” Então, o sistema religioso diz “porquanto todos pecaram”, aplicando à igreja, que a igreja ainda está em pecado. Quando na cruz do calvário, Colossenses 2: 15 te diz que ele ali os exibiu publicamente triunfando sobre essa ata na cruz… O profeta Oséias disse: - Oh morte, eu vou ser tua morte… E na cruz do calvário quando Cristo morre, o que é que faz Cristo? Dá morte à ATA dos decretos que eram contrários aos eleitos, que nos separava da glória de Deus. Quer dizer que quando você, por exemplo, escuta o sistema religioso falando que há pecado, dá a entender que para eles, em sua doutrina, o pecado está vivo; portanto, é um sistema que não crê que o pecado foi tirado, que não crê que o diabo foi destruído. PORTANTO, ESTAMOS TRATANDO COM UM SISTEMA RELIGIOSO QUE É MEIO BRUTO. Porque quando o grande Apóstolo Paulo fala, Paulo NÃO ESTÁ ESTABELECENDO QUE O HOMEM É UM PECADOR. Sim, o sistema (religioso) utiliza os escritos de Paulo especialmente este em Romanos para estabelecer: - Sim, Paulo diz porquanto todos pecaram, quer dizer que há pecado. NÃO, Paulo NÃO ESTÁ ESTABELECENDO ISSO. Paulo ESTÁ FALANDO DO QUE A LEI FEZ versus O QUE CRISTO FEZ NA CRUZ DO CALVÁRIO. Paulo está dando o sentido ao ato na cruz do calvário. . E o sistema usa isto para dizer: - Veja o que diz o Apóstolo Paulo, que, porquanto todos pecaram… Isso não é o que está dizendo o Apóstolo Paulo. INSENSATO! NÉSCIO! O que você é? Um estúpido? Ah, que está cheio de estu… estu… de estupidez; está tapado. PORQUE ISSO ESTÁ CLARO! Ou seja, o grande Apóstolo Paulo é o que lhe diz que fomos justificados. Como é que o mesmo Apóstolo Paulo vai lhe dizer que somos pecadores! Veja o que diz Romanos 5: 21. (Diz): “… para que assim como o pecado reinou (passado)…” (Diz): “… o pecado reinou…” Implica que já o quê? Não reina mais. (Diz o verso 21):… para que assim como o pecado reinou para morte, assim também a graça reine pela justiça para vida eterna… Veja Romanos, capítulo 6, nos verso 2 e 3. (Diz): “Em nenhuma maneira. Porque os que estamos (vivos) ao pecado…” “… os que morremos…” A quê? (Diz: Morto ao pecado). Por que estamos mortos ao pecado? Porque ele matou o pecado. Ele matou a morte na cruz do calvário. O que o profeta Oséias disse daquele dia, foi executado na cruz do calvário. Então, quando Paulo continua falando sobre o ato do pecado, ele diz: “Em nenhuma maneira”. Porque os que morremos (morto) ao pecado, como viveremos ainda nele? (Verso 3): “Ou não sabeis que todos os que fomos batizados em Cristo Jesus, fomos batizados (no rio Jordão)…?” (Diz: Em sua MORTE). Onde fomos batizados? - Em sua morte. COM SUA MORTE ELE DEU MORTE À MORTE. (Aplausos). Ja, ja… E esse ato é o verdadeiro batismo. FOMOS BATIZADOS EM SUA MORTE. Portanto, o crente está morto à morte ou está morto ao pecado. (Diz Romanos 6: 1): “Por que os que morremos ao pecado, como viveremos ainda nele (pecado)? Sim, já estamos mortos ao pecado. Porque o profeta disse: - Que ele mesmo daria morte ao pecado. SE ELE DEU MORTE AO PECADO, ENTÃO NÃO HÁ PECADO. Essa foi a razão dele morrer, dar morte a quê? - À MORTE. E se ele já deu morte à morte, estamos livres da morte. Quer dizer que não há mais morte. Diga a quem está do seu lado: EU FUI LIVRADO DA MORTE, ENTENDA-SE DO PECADO. Essa foi a razão dele morrer. Então note, Jesus Cristo homem dizia: - Veja, se Paulo diz que o morrer é lucro, então como dizer que Deus vai dar morte a algo que é lucro. Paulo disse: - Para mim, o morrer é o que? - Lucro. Então, se o morrer é lucro, por que então o profeta disse: eu darei morte a algo que é lucro? Alô! PORQUE ESTAVA FALANDO DESSE MINISTÉRIO DE PECADO QUE NOS SEPARAVA DA GLÓRIA DE DEUS. Veja que o profeta vinha anunciando o que ia acontecer com relação aos eleitos, aos santos, vamos lá à Escritura: Isaías, capítulo 25, versos 8 e 9. (Diz): “Destruirá a morte…” Por quanto tempo? (Diz): “… para sempre; e enxugará o Senhor…” Vou ler com todo respeito o nome próprio, vou literalmente… (Diz): “… e enxugará Jeová o Senhor toda lágrima de todos os rostos (deles); e tirará a afronta de seu povo de toda a terra; porque Jeová disse. E se dirá naquele dia: Eis aqui, este é nosso Deus, lhe temos esperado, e nos salvará; este é Jeová a quem temos esperado, nos gozaremos e nos alegraremos em sua salvação.” Ja, ja, ja, ja, ja, ja, podem sentar, ja, ja, ja. (Aplausos). Veja, o profeta disse: - Isto é o que vai ocorrer naquele dia. Jeová... Ele mesmo é o que vai dar morte à morte. O problema é que quando olhamos o panorama bíblico nós não encontramos a Jeová dando morte à morte no aspecto, no aspecto de como ele se dava a conhecer. Por que a quem vemos dando morte à morte na cruz do calvário? Jesus de Nazaré. Então, não vemos o aspecto na forma em que ele se conhecia, mas no véu Jesus de Nazaré estava o Espírito que era a previa manifestação conhecida como Jeová. O detalhe é que quando vamos a Jesus de Nazaré, vemos em Jesus de Nazaré o cumprimento do aspecto da morte da morte; mas ficou aí, faltava uma faceta dentro do que o profeta estava estabelecendo para aquele dia. Que em um dia não somente ele ia destruir a morte, senão que também nos ia salvar porque haveria um povo que ia estar lhe esperando. (Aplausos). E Jesus de Nazaré não veio para os gentios, assim que é obvio que não era para… (os gentios). ALÔ! (Aplausos) Jesus de Nazaré veio para os judeus, não era para os gentios, é obvio então que não estava falando de Jesus de Nazaré, havia outra manifestação onde ele ia vir para salvar aos que estavam lhe esperando. ALÔ! (Aplausos) Ao nome de José Luís De Jesús, GLÓRIA. Ja, ja, ja. (Aplausos). Se dirá naquele dia que é o Senhor... Por isso, olha, você tem que aplicar este verso, Hebreus, capítulo 13, verso 8. Veja o que diz Hebreus, capítulo 13, no verso 8: “Jesus Cristo é o mesmo (ontem)…” como Jeová. (Diz): “… e hoje (como Jesus de Nazaré). (Logo diz): “… e pelos séculos…” (como Jesus Cristo homem).” (Aplausos). É o mesmo, o Espírito é o mesmo, o que mudou foi o véu, mas o Espírito era o mesmo. E nesse véu, ele destruiu a morte, mas acontece que a morte ainda estava na mente de muitos eleitos. Então, ainda que posicionalmente isto tenha sido executado enquanto você não houvesse entendido, para você não era realidade. POSICIONALMENTE ocorreu; porém se você não sabia, vivia como que fosse uma realidade de que estava em pecado, e que esse império estava de pé, e se conduzia e andava como se estivesse morto, ignorando o que significou Hebreus 2: 14. (Diz): “Assim que, porquanto os filhos participaram de carne e sangue, ele também participou…” de quê? (Diz: DO MESMO). Que é o mesmo? Como seus filhos participaram, ele disse: - Eu não vou deixá-los sós, o que acontece, são meus filhos. O pai ao filho que ama o que faz? –cuida dele, o acompanha, o leva como um bom Pai, onde leva os seus filhos? E está atento a eles. Pois então, ele (diz em Hebreus 2: 14): - Pois, “… porquanto meus filhos participaram de carne e sangue…” Como vou deixá-los sós? Eu vou cuidá-los. Quem vai cuidar melhor que eu? Eu vou participar do mesmo, para isso, veja, para quê? (Diz): “… para destruir por meio da morte…” Por meio de minha morte, por meio de sua morte. (Diz): “… ao que tinha o império da morte…” Dando a entender que já não o possuía, porque uma vez que ele tenha se manifestado em carne na cruz do calvário lhe destruiu, e ao destruir esse império, o único que o diabo tinha, era um triste e pobre império de morte. Isso era tudo o que ele tinha: um imperiozinho de morte, ele o que tinha era um quiosque ali, um negócio na esquina, ja, ja, ja. E então, como ele enviou os seus preciosos filhos à terra, ele disse: - Eu não vou deixá-los sós! Eu vou me vestir também como eles para destruir esse quiosque, esse aparato que está ali na esquina, um império de morte. (Diz): “… para destruir…” Com minha morte alô! O que dizia Oséias... Com veuzinho, vou resolver esse assuntinho; com veuzinho, uma viagenzinha de 33 anos, eu vou resolver o problema de todos os eleitos e com minha morte vou destruir o império da morte… E não somente isso, (diz): “… ao que possui o império da morte, isto é, o diabo.” Em uma viagenzinha, resolvo esse assunto. (Aplausos) Então, Jesus Cristo homem dizia: - Todo sistema religioso que se atreva – por favor - a falar de pecado, falar de diabo: NÃO CRÊ NO VERDADEIRO SENTIDO DA CRUZ, É UM BLASFEMO, ESTÃO NA APOSTASIA QUE FALOU O GRANDE APÓSTOLO PAULO da qual disse: ATÉ QUE CHEGUE O SENHOR! E obviamente, como hoje podemos realizar isto? Porque o Senhor já chegou. (Aplausos). E aqui é precisamente onde está conectado, encerrado o mistério da iniqüidade. O mistério da iniqüidade está encerrado em que o sistema religioso não honra a viagem que Jesus Cristo deu à terra em Jesus de Nazaré. Jesus Cristo homem diz: - Qual foi a mensagem a Roma? Qual foi o papel que joga Roma para o mundo, como jogou Roma com o mundo? Ou qual é o papel que Roma tem com relação ao mistério da iniqüidade? Diga: ROMA, A CIDADE QUE PERECE. Alô! Diga: ROMA, A CIDADE QUE PERECE. Que aconteceu em Roma? Pois veja, simplesmente, Jesus Cristo homem dizia: Que ali se anunciou catedraticamente, ortodoxamente o que aconteceu à morte.. Vamos ver isto, e lendo isto, saber o trabalho que o falso papado esteve ocultando. Veja Romanos, capítulo 8, no verso 2. “Porque a lei do Espírito de vida em Cristo Jesus me livrou (já me livrou) da lei do pecado e da morte.” Então, a lei do Espírito de vida nos livrou implicando: que se me livrou da morte, já não há império da morte. Que se me livrou do império da morte, já não há diabo. As prefeituras ou a prefeitura do pecado, o negocinho do pecado, o quiosque do império de morte FECHOU, DESAPARECEU, ENTROU EM BANCARROTA, já não tem clientes, OS ENCLAUSURARAM. Então, de que fala o sistema religioso? O sistema religioso está falando de algo que desapareceu, está falando de uma fantasia. Olhe, em nome de Jesus Cristo homem, ele pediu que lhes dissesse: - Que a babilônia já caiu em nossas mentes, mas logo cairá fisicamente. (Forte e Entusiasmado Aplauso de pé). A BABILÔNIA JÁ CAIU EM NÓS, MAS LOGO VEREMOS LITERALMENTE, FISICAMENTE, A DESTRUIÇÃO DESSE QUIOSQUE. PORQUE É UM NEGÓCIO DE PALHA E A PALAVRA VIVA E EFICAZ JÁ ESTÁ MOVENDO O MUNDO. LOGO VAMOS VER ESSE SISTEMA CAIR ANTE OS PÉS DE JESUS CRISTO HOMEM! (Aplausos). Concluo com isto, Jesus Cristo homem dizia: - E isto está na Escritura, Jesus de Nazaré disse “e a escritura não pode ser quebrantada”. Tome nota de que logo vamos ver em um dia o sistema (religioso) cair. Olha, mas você sabe o que diz o sistema? – que a lei – veja o que diz o sistema religioso – que a lei é mais poderosa. A lei do espírito de vida não pode te livrar da lei do pecado. Quando um sistema fala de pecado, o que está dizendo é que a lei do Espírito de vida não pode te livrar da lei do pecado e da morte. QUANTOS AQUI ESTÃO ABENÇOADOS? (Aba Pai). Quantos aqui reinam em vida? (Aba pai). Para quantos aqui tudo coopera para seu bem? Quantos aqui não temem ao diabo? Sim, foi destruído! Quantos aqui reinam em vida, que têm um governo poderoso? POIS A LEI DO ESPÍRITO DE VIDA QUE ESTÁ EM VOCÊ É MAIS PODEROSA QUE A MENTIRA DO SISTEMA RELIGIOSO. (Aplausos). Diga: JESUS CRISTO DESTRUIU A MORTE, NÃO HÁ MAIS MORTE, NÃO HÁ MAIS PECADO, NÃO HÁ MAIS DIABO, REINO EM VIDA. ESTOU EM SAÚDE, SOU UM REI PODEROSO QUE TUDO COOPERA PARA MEU BEM. GOVERNO NESTA TERRA, SOU UM DEUS QUE TUDO – olha – QUE TUDO SE SUJEITA A MIM. VOCE É UM DEUS ONDE EM TUA BOCA ESTÁ A VIDA. EM TUA PALAVRA, HÁ AUTORIDADE. EM TEUS LÁBIOS, ESTÁ A PROSPERIDADE; EM TEUS LÁBIOS, ESTÁ A CURA; EM TEUS LÁBIOS ESTÁ A VIDA. FALA A PALAVRA DE DEUS, PORQUE HÁ ANJOS ENVIADOS A SERVIÇO DOS QUE SÃO HERDEIROS DA SALVAÇÃO. (Aplausos). Estas são as instruções de Jesus Cristo homem para sua amada. Boa noite!
publicado por brasileiro às 00:06
Sábado, 22 DE Março DE 2008

A PLENITUDE DA DEIDADE

Abba Pai. boa noite. boa noite. Podem sentar-se. Obrigado. (Aplausos). Olhe, que tremendo, recebam saudações bem especiais de nosso Pai, Apóstolo e Deus, Jesus Cristo homem, Doutor José Luis de Jesús. Como de costume ele se encontra em suas gestões presidenciais do Governo de Deus, assim que envia uma saudação a todos vocês, à amada local e à amada internacional também. Ele me pediu que lhes desse dois anúncios: “Reflexões apostólicas parte dois." A primeira delas: A João -chama-lhe o sistema (religioso), “O Teólogo”. João quando esteve na Ilha de Patmos, ele teve uma visão onde um anjo se apresentou, e quando este anjo se apresentou ele se inclinou para adorá-lo. Imediatamente foi corrigido, porque só se pode adorar a DEUS. Assim que, olhe, sim…tenha muito cuidado. Seja um Bispo, seja uma profeta, seja quem seja, você não está chamado a adorar a ninguém, somente a DEUS, JESUS CRISTO HOMEM, mais ninguém. (Aplausos). Mesmo que seja um anjo, bom, o anjo quando o viu (a João) repreendeu-o imediatamente. Você não está suposto aqui a fazer isso. Assim que tome cuidado! Número dois: Muita gente fala com o Apóstolo, falam-lhe de negócios, e por exemplo, há pessoas que se têm aproximado e lhe dizem: -Apóstolo tenho um negócio tremendo, se me der 50 mil dólares, eu lhe devolvo um milhão. Então, se alguém se aproxima para lhe falar de um negócio que não tenha passado pelo Empresário de empresários (Álvaro Albarracín), porque o Empresário de empresários imediatamente vai a Jesus Cristo homem. Você, isso não o receba. Eu como Bispo, se vier alguém com um negócio que não passou ou alguém apresente um negócio que não passou por mim como Bispo, o negócio não vai. Se não tiver passado pelo Empresário de empresários o negócio não vai. Isso é tudo! Eram essas duas reflexões nada mais. Ai que ter cuidado com isso, porque em nome de Jesus Cristo homem vêm com negócios, mas se não tiver passado pelo Empresário de empresários e em meu caso aqui nos Estados Unidos não tiver passado (o negócio) NÃO VAI. Ministração da PALAVRA: (Mostra A CARTA)… (Aplausos). Ponto parágrafo. Vamos agora à CARTA de Jesus Cristo homem, nosso Pai. Cheira bem, aroma fragrante. A temática do dia de hoje, por instruções de Jesus Cristo homem é: A PLENITUDE DA DEIDADE. E nosso Pai dividiu esta carta em três pontos principais. O Primeiro deles é, precisamente A PLENITUDE DA DEIDADE. Vamos ali à Colossenses capítulo 2, o verso 9. (Diz): “Porque nele habita corporalmente, quase a plenitude da deidade…” Quanta? (Diz): “…toda a plenitude da deidade,…” Então, este primeiro enquadramento Jesus Cristo homem o dividiu em três pontos principais, o primeiro é este: Letra A: QUANDO DEUS HABITA EM UM VÉU, O FAZ EM PLENITUDE, ENTENDA-SE QUE ELE ESTÁ ALI. Entenda-se que se ele estava nos céus, os céus ficaram vazios. Abandona seu lugar e só se manifesta nesse véu. E não somente isso, senão que se humilha em semelhança de homem. Vamos ver este princípio, Filipenses capítulo 2 versos 7 e 8. (Diz): “…senão que se despojou a si mesmo…” E quando fala “se despojou”, de que se despojou? De sua glória. Ou seja, o Deus soberano (diz o verso): “…despojou a si mesmo, tomando, o quê? forma de servo, feito semelhante aos homens; e estando na condição de homem, humilhou-se a si mesmo…” Ou seja, quando Deus toma um véu isso é uma humilhação, porque está falando do Deus soberano que criou todas as coisas e agora se mete em um corpo que ele mesmo criou. (Verso 8, diz): “…fazendo-se obediente até a morte e morte de cruz.” Então, quando Deus habita em um véu o faz em plenitude; mete-se em plenitude nesse véu. E segundo, essa habitação deve ser uma HUMILHAÇÃO para o Deus soberano. Segundo ponto, B (dentro do enquadramento número um): OS VÉUS QUE ELE USA TÊM LIMITE DE CONHECIMENTO, LIMITE DE PODER e LIMITE DE ALCANCE. Por isso é que é uma humilhação. Quando Deus usa um véu tem limite de conhecimento, limite de poder e limite de alcance, porque o véu vem assumir um papel que se obscurece. Mas está a plenitude ali, a questão é que o véu assume um papel, mas a plenitude está ali. O detalhe é que quando estes limites se manifestam porque ele começa a prometer coisas que ele não as pode mostrar no momento. É DEUS SOBERANO, ele tem todo o plano na mão mas como está limitado, ELE TEM QUE MOSTRAR O PLANO, tem que falar do plano, mas pela limitação não pode mostrá-lo no momento. E o que acontece? Ao não poder mostrá-lo, se manifesta debilidade no véu que ele usa. Por exemplo, Jesus dizia: -A carne… para quanto? (para nada aproveita). Cada vez que Deus se mete em um véu, essa carne para nada aproveita. Olha o que diz segunda aos Coríntios capítulo 13, verso 4. (Diz): “Porque embora foi crucificado em debilidade, vive pelo poder de Deus”. Como foi crucificado? -(EM DEBILIDADE). Mas ali estava corporalmente TODA A PLENITUDE DA DEIDADE, mas foi crucificado como? -Em debilidade. PORQUE O VÉU VEM A SER DEBILIDADE. E obviamente quando, note o papel que assume o véu, que quando Jesus, em sua primeira manifestação Jesus de Nazaré, diz que “o menino crescia em graça e em conhecimento”; mas quem estava ali: A PLENITUDE DA DEIDADE. Mas ao estar em um véu de debilidade, o véu de debilidade obscurece e ao obscurecer tem a necessidade de voltar a ser recordado; que era o papel que assumiu María: -Lembra-te que tu não és qualquer menino; o anjo me disse. María assumiu um papel de lhe recordar quem era o menino, e crescia em graça e em conhecimento… E voltando para o ponto um: Quando Deus usa esse véu, habita corporalmente, é como quando Felipe se aproximou do Senhor e lhe disse: -Senhor, te temos escutado falando…que falas muito sobre o Pai, mostra-nos o Pai e nos basta. (Jesus de Nazaré respondeu): -Felipe, cabeção,tu não sabes que o Pai e eu somos o mesmo, ou seja, se eu estou aqui, eu não posso estar lá. Felipe, tanto tempo que estou contigo, Felipe. Se tu tens me visto …é que somos os mesmos. Não vê que se eu estou aqui em baixo em um véu, eu não posso estar lá em cima. (Aplausos). Ponto número C (do primeiro enquadramento): SEMPRE É MOTIVO DE BURLA, POR CAUSA DO QUE DIZ NO PROPÓSITO DO QUE VAI ALCANÇAR, PELA DEBILIDADE DO VÉU QUE É A CARNE. Por isso você nota que a Imprensa quando entrevista a nosso Apóstolo diz: -Bom, se você for Deus por que não faz um milagre aqui mesmo. Vamos, converta a água em vinho, mude a situação do mundo. Por exemplo, quando nosso Pai diz: -Pois EU vou já estabelecer o Governo de Deus na Terra e vou mudar o mundo. (A Imprensa diz): -OK, quando?Mostra-o! Sim, é motivo de brincadeira. Igual como nos dias de Jesus de Nazaré. Jesus lhes dizia: -Destruam esse templo, em três dias eu já vou resolver. -Que acontece contigo? Se tu o que tens são 50 anos, diziam eles. E Abraão, imagina… Ou, quando diziam: -Mas, tu não és o que viria a nos restaurar o reino? (Jesus dizia) –Isso não compete a vocês. Sim, Jesus era causa de brincadeira: -Este não é o Rei de…? Porque esperavam um rei político que libertasse o povo. Então, Jesus Cristo homem é causa de brincadeira: a imprensa, os pastores, a sociedade, se burlam. Por causa do véu no qual ele habita, que é debilidade. Vamos agora ao enquadramento número 2: JESUS CRISTO, O UNGIDO. Hebreus capítulo 13, verso 8. (Diz): “Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, (quando Paulo escreve) e pelos séculos.” “Jesus Cristo é o mesmo ontem, e hoje, e pelos séculos.” É O MESMO. Por isso é que quando falamos em termos de que é o mesmo, temos que entender que ele é o UNGIDO, é igual. O UNGIDO DO SENHOR. De fato, note que essa foi a experiência que aconteceu precisamente a nosso Pai quando ele teve aquela manifestação angelical, o anjo lhe disse: -Esteja atento, porque vem o Rei de reis e Senhor de senhores para te ungir para o ministério. E isso o que significava era que ia haver uma transferência. Ali o que estava era: O Ressuscitado que iria destapar quem era Jesus Cristo homem. O mesmo que ao ressuscitar habitou em luz inacessível. POR ISSO JESUS CRISTO (HOMEM) E O UNGIDO, são sinônimos. Quando ressuscitou esteve em luz inacessível e quando chegou o tempo, o cumprimento dos tempos, então se manifestou, encarnou-se novamente em outro véu, mas foi o mesmo, não foi outro. Ele é o mesmo ontem, hoje (e pelos séculos)… Dentro do enquadramento dois, ponto número um: ONTEM: Significou Melquisedeque; significou: Moisés e significou o varão de Josué. Olha quem foi o varão de Josué, vamos ao livro histórico, na Escritura, o livro histórico Josué capítulo 5, versos 13 ao 15. (Diz): “Estando Josué perto de Jericó, elevou seus olhos e viu um varão que estava diante dele,…” Viu um quê? Um varão? -Se for um varão é véu. (Verso 13, diz): “…o qual tinha uma espada desembainhada em sua mão. E Josué, indo até ele, disse-lhe: És tu dos nossos, ou de nossos inimigos? Ele respondeu: Não; mas como Príncipe do exército do Senhor vim agora. Então Josué, prostrando-se sobre seu rosto em terra, adorou-lhe; e lhe disse: O que diz meu Senhor a seu servo?” “E o Príncipe do exército do Senhor respondeu a Josué: Tira o calçado de teus pés, porque o lugar onde estás é santo.” Veio como Príncipe agora, nesse momento em específico, Deus se meteu em um VÉU de Príncipe do exército, mas era Deus mesmo porque recebia adoração. Deus mesmo manifestado como o Príncipe dos exércitos do Senhor. Então, no ONTEM, Deus é o mesmo ONTEM: Melquisedeque, Moisés e o varão que se apresentou a Josué. No HOJE, que Paulo está escrevendo, os tempos de Jesus de Nazaré: Jesus de Nazaré foi Deus mesmo manifestado em carne. E número três: OS TEMPOS DO RESSUSCITADO, QUANDO REVELOU AO GRANDE APÓSTOLO PAULO “OS MISTÉRIOS”. Obviamente, ele foi arrebatado diz ao terceiro céu, e o terceiro céu é sinônimo -dizia Jesus Cristo homem- é sinônimo, igual à luz inacessível. Por isso Pablo não lhe pôde ver. Paulo escutou sua voz, mas ele não pôde ver o Ressuscitado, porque o Ressuscitado habitava em luz inacessível -Que significa inacessível? -Que ninguém pode se relacionar com ele, ninguém lhe pode ver, ninguém lhe pode discernir. Vamos ver isto, em primeira aos Coríntios capítulo 13 verso 12. (Diz): “Agora vemos por espelho, claramente, obscuramente?, obscuramente; mas então veremos cara-a-cara. Agora conheço em parte; mas então conhecerei como fui conhecido.” Sim, quando Paulo fala dessa íntima relação, é o único que pode dizer: -Agora eu o vi, tu sabes, em uma luz inacessível aí que eu não pude discerni-lo bem, mas eu sei que eventualmente eu o vou conhecer cara a cara como fui conhecido, mas agora por espelho obscuramente. Olha em segunda aos Coríntios capítulo 3, verso 18. (Diz): “Portanto, nós todos, olhando a cara descoberta como em um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor.” Olhe, (diz): “…somos transformados de gloria em glória na mesma imagem,…” -Como? “…pelo Espírito do Senhor”. Que pena que Paulo não pôde dizer “e agora conheço como fui conhecido”; disse: “conhecerei…” E diz: “Cara a cara como se estivéssemos na mesma imagem…” Ele teve que dizer: “Como se estivéssemos na mesma imagem”. Que glória, que hoje nós não temos que dizer isso. HOJE NÓS TEMOS A ALTA HONRA E O PRIVILÉGIO de dizer: QUE SEI, FUI CONHECIDO E FUI CONHECIDO E ESTOU, ESTAMOS NA MESMA IMAGEM DE DEUS. (Aplausos). Conheço como fui conhecido e conheço quem é o Senhor. Conheço seu nome, conheço seu rosto, tem olhos, tem corpo físico. Não está já mais em luz inacessível. Está presente em um véu e sei quem é! Hello! (Aplausos). E SABEMOS QUE NESSE VÉU ESTÁ A PLENITUDE DA DEIDADE. TUDO O QUE É DEUS ESTÁ NESSE VÉU, O CÉU ESTÁ VAZIO, OS CÉUS AGORA ESTÃO NA TERRA. Hello! (Aplausos). Podem sentar-se amada… O grande Apóstolo Paulo teve que limitar-se a dizer: -Agora, vemos por espelho obscuramente. Ele profetizou de nós um dia, obviamente da nuvem (de testemunhas), porque na nuvem (de testemunhas) ele agora pode contemplar ao Senhor. A glória foi para nós que não o vemos das nuvens. (Aplausos). Habita e caminha em nosso meio… Abba Pai! Ponto número três: DEUS FALA PELO FILHO. Hebreus capítulo 1, versos 1 ao 4. (Diz): “Deus, tendo falado muitas vezes e de muitas maneiras em outro tempo aos pais pelos profetas, nestes últimos dias nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo,…” Mas, ele é um ente à parte? Não. Tu sabes por quê? Porque para constituí-lo HERDEIRO de tudo tinha que deixar de ser conhecido em sua primeira manifestação. Para que sejas herdeiro de teu pai, teu pai tem que morrer. Está falando do Filho. (Alguém perguntará): -Está falando do Filho? (Se dirá): -NÃO, está falando de Deus. O verso começa: “Deus”; ali está falando de Deus, não do Filho. (Diz): “Deus, tendo falado de muitas maneiras (a outro) aos pais pelos profetas”. Está falando de Deus, não está falando do Filho: “Deus, tendo falado em outro tempo aos pais pelos profetas, agora…” quem? “Deus, agora fala por meio do Filho. Quem? “a quem constituiu herdeiro de tudo”. Em outras palavras, de agora em diante você não pode conhecê-lo na manifestação de Pai porque agora é FILHO. Então, DEUS como FILHO. Por quê? Porque JÁ NÃO É PAI, está em um véu chamado FILHO. E quem era o Filho? -Por quem do mesmo modo constituiu o universo. QUEM ERA O FILHO? DEUS MESMO o que fez o universo. (Aplausos). (Diz): “E por quem deste modo sustenta todas as coisas com a palavra de seu poder. QUEM FAZ ISSO? DEUS MESMO. (Aplausos). Então, Deus fala por ele, porque o Filho é um véu. Olha se é assim, olha o que diz o verso 12 desse mesmo capítulo. Verso 12 e o verso 13 (Hebreus): “E como um vestido os envolverás, e serão mudados; mas tu és o mesmo; e teus anos não acabarão”. Não está falando do Jesus de Nazaré porque os anos de Jesus de Nazaré terminaram; está falando profeticamente, (diz): “…teus anos não acabarão. Pois a qual dos anjos disse Deus jamais: Senta-te à minha destra, até que ponha teus inimigos por estrado de teus pés?” A QUAL? A NINGUÉM. Porque esse era um véu que ele havia reservado para sua última etapa e manifestação aqui na terra. Deus sempre se tem metido em véus. Veja se não era assim: por isso conclui no capítulo 3 verso 1 dizendo, aí mesmo em Hebreus capítulo 3 verso 1. (Diz): “Portanto,…” E esta é a conclusão. “…irmãos santos, participantes do chamamento celestial, (usa teus sentidos) considerai o apóstolo e sumo sacerdote de nossa profissão, (o Filho) Cristo Jesus;...” Que é o mesmo. O Filho é o véu. Cristo Jesus é o Espírito que está dentro desse véu, que é Deus mesmo, a plenitude da deidade. (Aplausos). Jesus Cristo homem dizia: que converteu-se em apóstolo para poder te aclarar tudo. Quem te ensinou a confessar? Quem te ensinou o que tu sabes, se tu não sabias nada? (Papai, Jesus Cristo homem) SÓ O FILHO QUE SE VESTIU DE CARNE PARA TE ENSINAR A CIÊNCIA QUE HOJE TU CONHECES E QUE POR MEIO DELA TU REINAS EM VIDA. (Aplausos). Converteu-se em apóstolo e sumo sacerdote de nossa confissão, DEUS mesmo manifestado em carne, na vida de nosso Pai e Apóstolo José Luís de Jesús. Ele é JESUS CRISTO HOMEM ele é A PLENITUDE DA DEIDADE e está em nosso meio. (Aplausos). Igreja, estas são as instruções de nosso Pai e Apóstolo Jesus Cristo homem para sua amada.
publicado por brasileiro às 16:06

pesquisar

 

Março 2008

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
15
16
21
23
28
30

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro