LIVRES DA LEI, DO PECADO E DO DIABO PELA MORTE E RESSURREIÇÃO DE CRISTO

Vamos ler Hebreus 2.14:

“Por quanto os filhos participaram de carne e sangue (ele) –Jesus de Nazaré- também participou do mesmo, para destruir por meio da morte, ao que tinha...”  tinha, porque já não o tem “....o império da morte...”

 

Esse é o único que tinha: o império da morte. Isso de que Satanás ainda tem, se o único que ele tinha era o império da morte e o tiraram.

 

 “...isto é ao diabo…”

 

Agora, o diabo foi destruído. Aí diz: “...para destruir...”

 

Para um bom entendedor, a palavra destruir significa: aniquilação, desapareceu. Não diz que o feriu, que o esbofeteou, que lhe tirou um braço. Aí diz que o destruiu. Portanto, para os do Ministério Creciendo en Gracia o diabo deixou de existir.

 

Então, uma vez o diabo destruído e vamos verificar isso em Romanos 8:2. Se podemos buscar esse verso também.

 

“Porque a lei do Espírito de vida em Cristo Jesus...” –uma vez ressuscitou, essa lei que o levantou dos mortos, que venceu a morte…

 

Então diz: “...livrou-me...” Não é que te vai livrar, abençoado, “...livrou-me da lei do pecado...”

 

Então, não somos pecadores. Porque se te livrou da lei do pecado, então Paulo já não era um pecador.

 

Pablo escrevendo aí diz, disse à Roma, -Roma não suportou isso-; ele diz: “...livrou-me da lei...”, não de um pecado. Não das características do pecado, mas sim “...da lei do pecado e...” -por fim, “...da morte…”  Por quê? Porque isso era a única coisa que tinha o diabo.

 

Diz: “...ao que tinha o império da morte...”  Pois a lei do Espírito, digo se cremos em Jesus Cristo e honramos o que Jesus fez na cruz do Calvário; tu como bom entendedor tens que entender que …essa morte… era para te livrar da lei do pecado e da morte.

 

Coisa que a Igreja Católica nem os protestantes honram. Porque eles pensam que ainda há pecado. Dando a entender que a lei do pecado está em pé. E eles dizem que o diabo existe. Dando a entender que a morte também existe.

 

Então, se entendermos que isso é assim, que Jesus de Nazaré morreu e ressuscitou, então, livrou a todos os crentes da lei do pecado e da morte.

 

Pois, podemos dizer que estamos livres da morte. E de quê? Do pecado.

Não há pecado!

 

Isso foi o que disse João,  o batista: “Eis aí o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo...”  Bom, tirou-o ou não? Sim! Anos mais tarde.

 

Agora não falamos de João, o batista. Agora está falando o perito arquiteto, o Apóstolo Paulo diz, -ele experimentou que, e por isso o mataram em Roma, porque ele falava assim com os Romanos-; da lei do pecado e da morte, fomos livrados dessa lei. Abba, Pai.

 

publicado por brasileiro às 11:51
sinto-me: