mais sobre mim

subscrever feeds

links

tags

todas as tags

Segunda-feira, 20 DE Agosto DE 2007

SAIBA O QUE É O EVANGELHO

E por instruções, é uma temática que ele queria que compartilhássemos hoje debaixo do tema: O QUE É O EVANGELHO? E ele me dizia como forma de introdução, que o EVANGELHO é como um pai de família que ao partir deixa um estatuto, um testamento para seus filhos, para sua família... Você pode saber o que estaria no pensamento dos filhos ou da esposa? A pergunta lógica: - Bem, ele já morreu, já se foi. Por isso, não se pode fazer nada. Agora, o que será que me deixou? Essa é a pergunta natural, digo, se você é um ser humano, a primeira coisa que pensa: - O que Papi deixou para mim? Porque já não se pode fazer nada por ele. Ele já entrou na nuvem de testemunhas, isso já são outros quinhentos. Agora o que estamos falando é: - Eu ainda estou aqui na terra, o que Papi deixou em meu nome? Que benefícios ele deixou estabelecidos para mim no testamento? Então, nosso Apóstolo dizia que quando se lê esse testamento não se pode VIOLAR. Isso é a nível de advogados, e tem que ir linha por linha e é honrado tudo o que está estabelecido nesse testamento para os filhos. (Aplausos). Então, da mesma maneira, se quisermos estar em linha com o testamento, temos que ir como dizia o profeta: “Letra após letra, regra após regra”, para ver o que ele em seu testamento deixou para nós a igreja. Pois vocês gostariam de ir ao TESTAMENTO? - (Assim é). Pois vamos então ao testamento para ver, olha, vamos enfrentar então as Escrituras para ver o que foi que nosso Pai deixou para nós. E isso não se pode violar. Vamos começar com um verso que se encontra na segunda carta do Apóstolo Paulo a Timóteo, capítulo 1, no verso 10. E vamos dividir a temática em três pontos principais: O Primeiro deles: A Morte. Segunda a Timóteo 1:10: “…mas que agora foi manifestada pela aparição de nosso (Senhor) Jesus Cristo, o qual tirou …” Diga: Tirou. (Diz): “…tirou a morte e trouxe à luz a vida e a imortalidade pelo evangelho…” Então, o grande Apóstolo Paulo apresenta que antes da aparição de nosso Senhor Jesus Cristo havia uma incerteza no mundo. Antes que Jesus Cristo aparecesse, o mundo NÃO sabia o que estava acontecendo. Agora, com sua aparição foram manifestados uns benefícios para nós. Coloquemos por favor, o verso. Veja novamente o verso como diz: “… mas que agora foi manifestada…” Por quê? (Diz): “… pela aparição de nosso (Senhor) Jesus Cristo…” E essa aparição trouxe como resultado: “… o qual tirou a morte e trouxe à luz a vida e a imortalidade…”. Quer dizer que se essa APARIÇÃO, a aparição de Jesus Cristo, não houvesse sido manifestada o que aconteceria? O mundo estava em ignorância, estava ausente desta VERDADE. Quer dizer que a aparição de Jesus Cristo trouxe uns BENEFÍCIOS para os filhos. Agora, observe que com sua morte e ressurreição se estabeleceram uns PROPÓSITOS. Deus é um Deus de propósito. Qual é o primeiro propósito marcado? Tirou a morte. Essa aparição diz que tirou a morte. Alô! O problema é que isto tem algumas implicações. Se o império da MORTE estava em pé, quer dizer que ele tinha um regente, um dono, um rei. Se é um império, quer dizer que havia alguém que estava governando esse império. Agora, aqui diz que a aparição de Jesus Cristo tirou… Diga: Tirou. Vamos ver isto um pouquinho mais claro. Hebreus, capítulo 2, verso 14. Se tirou a morte, vamos ver. (Diz): “Assim que, porquanto os filhos participaram de carne e sangue, ele também participou do mesmo para destruir por meio da morte ao que tinha…” Diz: Tinha. O que IMPLICA isso? Que já não tem… Diz: “… ao que tinha o império da morte…” Isso tem duas implicações. Diz: “… tinha o império da morte…” Significa que já NÃO o tem. Mas o fato de que já não o tem, tem que ir em linha com o contexto que lhe diz, “destruiu”. Não é que lhe tiraram. Não, não, olhe o que diz: “… porquanto os filhos participaram de carne e sangue, ele também participou (do mesmo),…” Dessa experiência. Com que propósito? Pois, com o propósito de DESTRUIR ao que era o governante da MORTE, isto é, o diabo. Então, essa vinda do Senhor trouxe como resultado que ele destruiu o diabo; e se destruiu o diabo, o império que ele possuía – que era o império da morte – não pode ter ficado de pé. Ao rei que matam, reino destruído. Por isso que a aparição que Paulo fala em Timóteo, diz que tirou a morte, trouxe à luz a vida e trouxe a imortalidade. Então, a morte, você tem que compreender que na cruz do calvário, o propósito principal – um dos PROPÓSITOS primordiais dessa morte – foi que Jesus Cristo ali tirou a morte. A morte não existe. Digo, se você está em linha com o testamento. Estamos lendo agora o testamento (O NOVO PACTO). Aí você não pode acrescentar e nem tirar. Porque isso foi o que o Pai deixou estabelecido. O testamento diz que ele tirou a morte; portanto, a morte não existe. (Aplausos). Então, se você crê no testamento, o diabo foi destruído. Esses são os benefícios que o Pai deixou para os HERDEIROS. Digo, se você está submetido ao testamento. Então, você sabe qual é o problema? O Apóstolo dizia que o problema é que temos muitos irmãos – falsos irmãos abençoados – através de todo o mundo que dizem: - Não, tremendo! Eu recebo a morte de Jesus Cristo, eu creio nesse sacrifício que fez com seu sangue… (Nós perguntamos a eles): - O que ele fez? (Eles remotamente dizem): - Bem, ele fez algo. Vês? Eles dizem “fez algo”. Mas então, quando lemos o testamento que diz: - Veja: sim, esse sangue, não é que tenha feito algo; esse sangue destruiu o diabo, tirou a morte, trouxe à luz a vida. - Mas isso não é assim. - Então, você crê no testamento ou não crê no testamento? Então, eles NÃO são “cristãos”, esse é o espírito da apostasia que diz ser “cristãos”, mas com seus feitos e confissão e sua doutrina o negam; porque se fossem realmente cristãos, honravam o que o testamento diz: Com sua morte e ressurreição, DESTRUIU o diabo e tirou a morte do meio. Então, se ele destruiu o diabo, temos que chegar à conclusão que ele tirou a MORTE. A aparição de Jesus Cristo trouxe como resultado isso, essa verdade. Por isso é que ainda que lhe doa lhe dizemos e seguimos repetindo: Somente os membros de Creciendo en Gracia são os verdadeiros cristãos. (Aplausos). Porque os demais o que fazem é pisar o sangue do pacto. O que fazem é ter por imundo o sangue do pacto, não honram o sangue do pacto. Portanto, uma pessoa que não crê, nem honra o sacrifício de Jesus Cristo na cruz do calvário, não pode ser cristão. Cristão é um que honra aquelas Escrituras que estão estabelecidas no testamento. Alô! Por isso é que nosso Pai dizia: - Estão em apostasia. Todo o sistema religioso, por toda parte do mundo, está em apostasia. E não somente isso, por essa doutrina, por crer e dizer: - Oh, sim, Jesus Cristo morreu, derramou sangue… Mas por não crer que o diabo foi destruído e que tirou a morte; portanto, tampouco crêem na nuvem de testemunhas, porque o que eles estão dizendo é que a morte está viva. Então, se a morte está vivia, o familiar que partiu deste mundo, para onde foi? Se para ele a morte está viva, a morte está governando sobre esse abençoado (segundo eles, os religiosos). Quer dizer que se morreu, aí ficou, porque a morte está governando sobre ele. Mas quando você crê no que diz o: Que ele tirou a morte, você sabe que há uma nuvem de testemunhas onde esse abençoado foi parar, e como a morte foi destruída, não poderá ter potestade sobre esse abençoado. (Aplausos). Ele TIROU a morte. Alô! Por isso é que você nota quando escuta alguém do sistema (religioso) falar - especialmente de um familiar que morre - diz: - Mas um chora e é um desconsolo tremendo… Certamente, se ele entende que morreu. Mas quando você vê alguém do ministério – da igreja, um cristão – que crê no testamento, quando alguém parte, bem, você sente um pouquinho em carne pelo carinho que lhe teve, pelo tempo que compartilhou aqui nesta terra; mas isso é um carinho à parte. Mas você sabe, que como ele tirou a morte, a morte não tem autoridade sobre esse abençoado. (Aplausos). Alô! Olha, então, abençoado, tem que chegar à conclusão, veja, o diabo foi destruído; a morte… diga: A morte foi tirada, o diabo foi destruído. Olha, contra tais coisas não há lei. Digo, o Apóstolo dizia, nosso Pai dizia: - Abençoado, se você quer ser transformado, tem que crer nisto. Porque se não crê nisto, como vai ser transformado, não vê que está pensando que a morte tem autoridade sobre você. Para você poder ser transformado, tem que crer neste testamento. Se essa é sua HERANÇA. Alô! Por isso é que o sistema (religioso), com sua doutrina, nega, pisa, tem por imundo o sangue de Jesus Cristo; por isso é que para eles, veja, não se vista que não vai, pois se não está crendo. O segundo ponto que nosso Pai queria tocar é: Trouxe à luz a vida: Ele tirou a morte (primeiro); e a segunda coisa que fez: “trouxe à luz a vida”. Romanos, capítulo 8, versos: 2 e 3. Carta do grande Apóstolo Paulo aos Romanos, capítulo 8, versos 2 e 3: (Diz): “Porque a lei do Espírito de vida em Cristo Jesus me livrou da lei do pecado e da morte”. Então, onde está o pecado? Se te livrou, o que implica isso? – Que ele já não está. Mas então, através da lei do Espírito de vida, estamos falando agora de outras leis. Ele tirou a morte, mas agora estabeleceu a lei do Espírito de vida dele. E essa lei de vida é mais poderosa que a lei do pecado e que a lei da morte. (Diz Romanos, capítulo 8, versos 2 e 3): “Porque a lei do Espírito de vida em Cristo Jesus me livrou da lei do pecado e da morte. Porque o que era impossível para a lei, porquanto era débil pela carne, Deus enviando a seu Filho em semelhança de carne de pecado e a causa do pecado, condenou o pecado na carne;…” Quer dizer, abençoado, se você crê que ele morreu e ressuscitou, tem que ENTENDER que para honrar esse sacrifício tem que chegar a conclusão que o pecado foi tirado; ele já nos livrou do pecado. Você não pode pretender se chamar cristão e dizer que ele morreu na cruz do calvário faz 2 mil anos e dizer que há PECADO. Você não pode pretender, honrar o sacrifício de Jesus Cristo e dizer que há pecado, porque estará tendo por imundo o propósito pelo qual ele veio morrer. Olhe, e pensar que todo o sistema religioso, no mundo inteiro, crê que Cristo morreu e ressuscitou e crê também que há pecado. Isso não tem nenhum tipo de sentido. Todo o sistema religioso, o comércio, o império carnal que se levantou mundialmente é baseado em uma mentira. Então, você sabe qual é o problema? Que por isso precisamente é que este governo, este Ministério é perseguido. Este governo é perseguido porque tem se atrevido a crer no testamento que ele deixou estabelecido, e a honrar o sangue de Jesus Cristo. (Aplausos) Por que você acha que todos os governantes da América Central e do Sul e internacionalmente se levantam contra nosso Pai? Simplesmente porque nosso Pai está lhes dizendo que com um sacrifício na cruz do calvário Jesus Cristo destruiu o diabo, tirou a morte e tirou o pecado. E disso os governantes – que estão envolvidos com a Grande Prostituta (A Igreja Católica) - não gostam. (Aplausos). Esse é o detalhe, veja, todos os presidentes namoram com a Grande Prostituta católica romana; que não são cristãos, que não honram o sacrifício de Jesus Cristo. Olha, diga: Já basta! Já basta. Porque a aparição de Jesus Cristo trouxe como resultado isto. Sua aparição foi que veio trazer os benefícios para seus filhos, para os herdeiros. Olha alô! Sua aparição trouxe à luz a vida, a lei do Espírito de vida, já nos livrou da morte, abençoado; e do pecado. Terceiro ponto: A imortalidade. A aparição de Jesus Cristo (primeiro) tirou a morte; (segundo) trouxe à luz a vida, e (terceiro) a Imortalidade. Se ele tirou a morte – não nos deixou à deriva – trouxe a vida. Mas então, como resultado, ele introduziu um aspecto novo na história: A Imortalidade. Alô! Diga: Tirou a morte. Mas não me deixou no ar, me trouxe vida. Mas não somente vida, trouxe-me com ‘up-grade’ (uma melhora): imortalidade. (Aplausos) Ja, ja, ja, ja… Olha, estamos lendo o testamento abençoado, herdeiro do Senhor, essas são as letras deixadas para você. Como você vai rechaçar isso se essa é sua herança? Um que pretenda ser cristão, veja, um pentecostal batista, católico que confesse isso e não crê nisto, o que está lendo é outra coisa, menos o testamento estabelecido. Vamos à Primeira carta do Apóstolo Paulo aos Coríntios, capítulo 15, versos 53 e 54. “Porque é necessário que este corruptível se vista de incorrupção, e este mortal se vista de imortalidade. E quando este corruptível tiver se vestido de incorrupção, e este mortal tiver se vestido de imortalidade, então se cumprirá a palavra que está (no testamento): Sorvida é a morte em vitória”. Alô! - (Aplausos). Diga: Eu recebo, eu creio. ABA PAI! Ja, ja, ja… (Aplausos de pé). Podem sentar-se. Então, olha, o Apóstolo dizia: - Esta é uma etapa que não chegou. Está, mas em manifestação ainda não se cumpriu. Porque ele já tirou a morte, ele trouxe à luz a vida e o que espera é o próximo. Então, essas são umas etapas na história. Se ele tirou a morte e apresentou a vida, e se da morte passamos à vida, a garantia que temos de que vai chegar o outro, é que se da morte nos levou à vida, da vida você pode estar seguro que nos vai levar à imortalidade. (Aplausos). Quantos aqui estavam em morte antes, em ignorância? Todos nós. Ainda que em posição, éramos o que éramos quanto ao conhecimento, estávamos em morte; e ele nos deu vida por meio do conhecimento. Então, se me deu vida estando morto em conhecimento, tenho a garantia que também me vai levar à imortalidade. (Aplausos). Mas abençoado, veja, primeiro tem que CRER no testamento; se você não crê no testamento, NÃO há transformação para você. Essas são as palavras de quem escreveu o testamento. É impossível que você pretenda receber o benefício da transformação e não crer no testamento que ele deixou estabelecido. ABA PAI! O Apóstolo dizia: - Todo aquele que não crê nisto está em apostasia. Aí é onde está a apostasia, toda aquela pessoa que não crê neste princípio que está estabelecido. Ah, e o Apóstolo dizia: - Não é como se diz por aí, é como se diz por aqui. Ja, ja, ja, ja…É como diz Jesus Cristo homem. (Aplausos). E também dizia: - Isto é sério, porque estamos falando agora matéria de transformação. Estamos agora, nosso Pai está nos levando nos pontos culminantes da transformação. Se você não crê nisto, você não vai ser transformado. Alô! Olha, quantos crêem nisto? (Aba Pai). Quantos se atrevem a crer? (Aplausos). Porque o detalhe, a chave, o código é este: - Porque para sermos transformados necessitamos poder. Mas o poder está centrado no testamento que é o evangelho. E se você não crê no evangelho ou no testamento, você não tem o PODER. O Apóstolo dizia - Romanos 1: 16. “Porque não me envergonho do evangelho, porque é poder de Deus…” Para quê? (Diz): “… para salvação (de todo aquele) que crê…” A salvação está centrada no evangelho. Mas se você não crê no evangelho, o evangelho não é poder para você ser transformado. O que vai trazer a transformação é o evangelho que é poder de Deus. Mas se você não crê no evangelho, como vai ser transformado? Abençoado, se você não crê que com uma só oferta, morte e ressurreição ele destruiu o diabo, tirou a morte, tirou o pecado, o evangelho para você não é poder. Portanto, o evangelho para você é vazio, não tem poder para transformá-lo porque a VIDA está no evangelho. O poder não é algo místico. O Apóstolo dizia: - O poder não é místico, que viria como algo místico ou falar em línguas ungindo com óleo. Isso não é poder, isso é jogo religioso com as pessoas. “Levanta-te”, “caia”, “sopra”. Nisso é o que você crê? Isso é poder? Sopro. (Muitos dizem): - Sopra-me... Pois o levanta, deixa-o cair de novo. (Outros dizem): - Óleo, Goya, vamos unge-o. Isso não é poder, falar línguas, dançar no “Espírito”, isso fazem também na discoteca da esquina. (Aplausos). Você não tem que ir a uma igreja para pular. Se você for à discoteca da esquina, também pula. Isso não é poder. A vida, diz o testamento, diz que o evangelho é PODER de Deus para salvação, mas tem que crer, ao que crê. Mas se você não crê no evangelho, o “poder” não é eficaz em sua vida. Não haverá transformação para você. Mas se você crê no evangelho, o qual é PODER de Deus para salvação, então, você tem as bases, tem garantia de que logo seu corpo vai ser transformado. Alô! Logo a transformação vem a sua vida. (Aplausos). Alô! Diga: Eu creio no evangelho que é poder de Deus. (Aplausos). Podem ficar de pé mesmo, como estão, e concluímos com isto, concluímos com isto: Por isso, o grande Apóstolo Paulo assentou umas bases. Escute bem isto, abençoado – o grande Apóstolo Paulo assentou bases no fundamento, isto é um código para nós que nosso Pai quer deixar estabelecido: Que é que quando o Senhor regressasse pela segunda vez, ele utilizaria exclusivamente o evangelho do Apóstolo Paulo. Porque é aí no evangelho onde está o PODER que transformará nossas vidas. Sua aparição: Tirou a morte, trouxe à luz a vida e – diga – a imortalidade. EU CREIO QUE O DIABO FOI DESTRUÍDO, QUE A MORTE FOI TIRADA, QUE O PECADO FOI TIRADO; PORTANTO, RECEBO A TRANSFORMAÇÃO, EU FALO, A VIVO, A CREIO. (Aplausos). ABA PAI! Um aplauso a Jesus Cristo homem (Aplausos).
publicado por brasileiro às 12:28
sinto-me:
Sábado, 18 DE Agosto DE 2007

ARTIGO PUBLICADO NA REVISTA MARCAPASOS EM VENEZUELA

. Esperan turno para tatuarse. Los integrantes de la agrupación religiosa
Creciendo en Gracia aguardan en ordenada fila para estamparse
con tinta indeleble el número 666 y sus tres iniciales, SSS. La
espera se produce en un pasillo de Galerías Capitolio, a un costado
del viejo Palacio Legislativo que alberga a la Asamblea Nacional.
Son las dos de la tarde del seis de marzo de 2007, y el local es tan
chiquito que no caben más de cuatro personas. Por eso, los que
están afuera, rodeados por los puestos de comida y ropa que dan
“colorido” al caótico casco histórico de Caracas, se pasan unos a
otros una suerte de catálogo con una variedad de diseños.
El culto, fundado en 1986 por el puertorriqueño José Luis de
Jesús Miranda, toma como única verdad las catorce epístolas de
Pablo (en el Nuevo Testamento) y profesa que Satanás fue destruido
y la humanidad está libre de pecado. Por eso las iniciales SSS (seis,
seis, seis) son también uno de sus mensajes: “Salvo, siempre salvo”.
Esa creencia y la convicción de que De Jesús es Jesucristo reencarnado
son los principales fundamentos religiosos de la agrupación,
que hoy tiene seguidores en más de treinta países.
En febrero, uno de los pastores de Creciendo en Gracia, Jairo
Hernández, fue detenido en el Zulia por denuncias de supuesto
abuso sexual de menores. Antes de ser apresado
quiso emular a su líder, quien un mes
antes se había tatuado su brazo derecho con
el 666 para asegurar de seguidas que era el
Anticristo, denominación que –aclaró– se
adjudica no por creerse Satanás, sino por
predicar una doctrina opuesta a la de Jesús
de Nazareth. Hernández, a su vez, se hizo
dibujar el número en la frente. Después de
ese acontecimiento, los dirigentes del culto
anunciaron que realizarían una jornada de
tatuajes –como hicieron en Costa Rica, en Colombia e incluso en
Estados Unidos– el seis de marzo a las doce del mediodía, en una
tienda del Centro Sambil. Ahí llegaron, puntuales, pero la presencia
del personal de seguridad del centro comercial, que los invitó
a marcharse, cambió los planes de los creyentes y los llevó hasta el
diminuto local de Galerías Capitolio.
Allí, con un pantalón ajustado y una franelita descotada, está Mary
Navas. De veintinueve años y cabellera larga y negra, es una de los
setecientos seguidores de Creciendo en Gracia en el país. Desde hace
once años –el movimiento tiene catorce en estas tierras–, ella sigue a
“Papi”, o a “Papá”, o a “Dios”, como también llama a De Jesús.
Navas fue evangélica desde los cuatro hasta los doce años, cuando
se rebeló: “No me dejaban montar bicicleta porque era de marimachos”.
A los quince volvió, por insistencia de sus padres, pero
a los dieciocho se hartó de que los pastores no la dejaran ponerse
polvo en la cara, rímel en las pestañas ni traje de baño hilo dental
en la playa. Así los Navas comenzaron a buscar otras congregaciones.
Estuvieron un tiempo en Renacer en Cristo, una ramificación
de la iglesia evangélica, hasta que escucharon en unos casetes el
mensaje de De Jesús.
Ahora Mary Navas se maquilla, usa ropa apretada y, desde hace
un momento, luce en el tobillo un tatuaje que entrelaza los dígitos
666 con las letras SSS en caracteres góticos. Pero no le agrada que la
gente piense que lo hace para rendirle honor al diablo o porque sea
satánica, “porque no es así”, afirma. “Yo soy como cualquiera. Me
gusta salir, tengo mi novio, y soy fanática de los Leones del Caracas”,
añade como muestra indiscutible de normalidad.
Mientras hablo con ella, un hombre vestido de blazer, cabeza rapada,
me dice: “Yo estoy aquí igual que tú, investigando”. Antes de
que pueda decir palabra, el hombre misterioso se va.
. Unos metros más allá, en el local de Galerías Capitolio, el obispo
Héctor Aguilar –un hombre de cuarenta y cinco años, que se mudó
de Texas para tomar las riendas de la organización– explica que
aunque el número los estigmatiza como una secta satánica, ellos
no lo son: “Somos un ministerio internacional y estamos inscritos
desde 2005 en la Dirección de Cultos del Ministerio de Relaciones
Interiores”. ¿Por qué se tatúan el número, entonces? “La cifra representa
sabiduría, lo dice la Biblia”. Se refiere a Apocalipsis 13:17-18:
“Aquí verán quién es sabio. Si ustedes son entendidos, interpreten
la cifra de la Bestia. Se trata de un hombre y su cifra es 666”. Admite,
además, que es una forma de darse a conocer. “Si no fuera por
ese numerito, no estaríamos hablando”.
Eso mismo, con otras palabras, dirá dos meses después José Luis
de Jesús Miranda, “el Papi”, en la sede principal en Miami. Este
sexagenario de rostro redondo, casi sin arrugas, fue en su juventud
un adicto a las drogas, y en Estados Unidos fue detenido por
conducir bajo influencia del alcohol. Ahora, mientras campanea un
whisky, razona: “Gracias al 666 salieron publicados ciento treinta
y cinco artículos de prensa”. El puertorriqueño explica que la cifra
representa “a la persona que venía a apartar a los cristianos de Jesús
de Nazareth y ponerlos junto al Cristo resucitado, que soy yo”. De
esta audaz revelación saca De Jesús la justificación para autodenominarse,
sin connotaciones satánicas o negativas, el Anticristo.
. Es domingo once de marzo –una semana después de la jornada de
tatuajes–, son las diez de la mañana y las ciento treinta y siete sillas
de la sala Margot Benacerraf del Ateneo de Caracas están casi todas
ocupadas. Va a comenzar el servicio que los seguidores del culto
realizan todos los domingos (por un tiempo se reunieron también
en Parque Central). Los compromisos religiosos más importantes
de los creyentes son este servicio litúrgico y ver por Internet, los
miércoles, la transmisión en directo que De Jesús realiza a través
del canal Telegracia (www.telegracia.com).
El obispo Héctor Aguilar está parado detrás de un podio que, a
manera de púlpito, muestra las iniciales SSS. Da la bienvenida a los
presentes con un “reciban un abrazo de nuestro Padre el Anticristo”,
y a quienes vienen por primera vez les pide que levanten sus
manos para entregarles material informativo (panfletos y discos
compactos).
La sesión comienza con una serie de anuncios: el éxito de las jornadas
de tatuajes, la convocatoria a una marcha en Valencia, para
el treinta y uno de marzo, y la apertura, el seis de mayo, de la nueva
sede en La Candelaria. A todas estas noticias los fieles responden
con un “Aba, Padre”, que equivaldría al aleluya de un católico, o con
un “lo recibo”, que significa “así sea”.
publicado por brasileiro às 20:43
sinto-me:
Sábado, 18 DE Agosto DE 2007

CARTA PUBLICADA EM "EL NUEVO HERALD - DE MIAMI/EUA"

No hay pecado ni diablo

Tanto yo como mi familia estamos muy dolidos y disgustados con el artículo del señor Raúl Benoit publicado el 11 de agosto [ver Arrepentíos, o disfrutaréis de placeres, Perspectiva]. El autor nos trata de ingenuos, además de fumadores, bebedores, y que hacemos el amor cuando queremos y con quien queremos, y que nuestras mujeres son provocativas... Además de delirantes y que nuestras miradas profundas le impiden ver con claridad nuestras pupilas...

Realmente, señor Benoit, usted me ofende, me maltrata a mi mujer y a mis hijos, sin conocernos usted nos acusa deliberadamente, sin pruebas, es muy doloroso leer eso de nosotros. Tanto mi familia como yo somos ciudadanos de este maravilloso país, mis hijos nacieron aquí, somos trabajadores, pagamos nuestros impuestos, educamos a nuestros hijos con amor y libertad.

Pertenecemos al Ministerio Creciendo en Gracia, estamos orgullosos de lo que ahí aprendemos y practicamos, espíritu de amor, de fe y de dominio propio. Somos libres y nos sentimos así, vivimos en paz, siendo solidarios con el prójimo, aceptando que no estén de acuerdo con nuestras creencias de creer en Dios, que no hay pecado ni diablo, que somos bendecidos, que a nadie miramos en carne. Usted mismo en su artículo describe la bondades y beneficios de esta ciencia.

Señor Benoit, usted firma su artículo como ''corresponsal internacional de Univision''. Le pido la rectificación de lo que usted ha dicho de mí y de mi familia. Si no es así, presente las pruebas de que nosotros somos y hacemos lo que usted afirma.

Usted dice en su columna que quisiera ser desterrado a una playa solitaria y disfrutar de algunos placeres que ofrece... Señor Benoit, si usted está confundido no es nuestro problema. Amén.

 

Familia Delburgo

 

publicado por brasileiro às 20:30
sinto-me:
Sexta-feira, 17 DE Agosto DE 2007

O SISTEMA RELIGIOSO DESCONHECE AS TRÊS MANIFESTAÇÕES DE JESUS CRISTO

Nesta noite o tema de hoje é:
“Três MANIFESTAÇÕES de Jesus Cristo”. 
 
Três manifestações. No velho testamento, Deus tinha muitas “manifestações”. Era: Jehová, Elohim, Yavéh, Jehová el Shaddai, Jehová Rafa, Jehová Jiréh. Ou seja, ele tinha MUITOS nomes porque ele se MANIFESTAVA conforme a necessidade.
 
E então, uma vez (…) Moisés teve que dizer:
 - Veja, Israel: O Senhor teu Deus, é UM...  
 
- Por quê? – Porque eles pensavam que eram muitos “deuses”.
(E Moisés disse): - Não, não, é UM só. O que acontece é que ele usa “diferentes” manifestações para falar ao POVO.
  
Como Melquisedeque que se manifestou, mas é uma MANIFESTAÇÃO, entenda bem a “palavra” REENCARNAÇÃO. Paulo NÃO sustenta a palavra reencarnação; os “grupos” de metafísica e outros “grupos” a sustentam para todo o mundo.
 
Agora, a REENCARNAÇÃO, Deus tem o controle absoluto disso. Ele sim pode reencarnar onde lhe der vontade, mas nós seus filhos, NÃO. Agora, ele sim pode; ele pode tomar e aparecer como Melquisedeque, que quando você lê de Melquisedeque diz: Sem pai, sem mãe, sem genealogia, sem começo de dias… (E você diz): - Pois, de onde saiu este aparato? Que não tem mãe, não tem pai, como nasceu?...
 
Então, há que entender que a REENCARNAÇÃO não é uma doutrina da graça, mas é uma DOUTRINA de DEUS. Ele a controla. Em casos específicos. Então, ele fez isso no velho pacto, agora, no novo pacto se manifestou no FILHO. Tudo é o FILHO…
 
E então, esse FILHO tem três (3) manifestações: As três manifestações de JESUS CRISTO.
 
Vamos falar rapidinho – porque este tema é bastante longo – mas aqui vamos fazê-lo rapidamente, (…). Mas, vamos começar, lembre-se (as três manifestações):
 
Jesus de Nazaré, Jesus o FILHO de Deus (depois que ressuscitou),e Jesus o FILHO do HOMEM.
 
Vamos falar de TRÊS MANIFESTAÇÕES de Jesus Cristo. Mantenha isso na mente; Jesus de Nazaré, Jesus Ressuscitado (o Filho de Deus), e Jesus o Filho de homem. Três MANIFESTAÇÕES de Jesus Cristo.
 
Vamos começar com Jesus de Nazaré. Vamos ver (…) Primeira aos Coríntios 15: 19 (é o primeiro verso).
 
Vamos usar vários versos bíblicos hoje, assim que, é como um “estudo bíblico” que vamos ter para enriquecer nosso conhecimento e assim poder EXPLICAR às pessoas o que nós cremos e por que cremos, com BASE bíblica. Você deve estudar esta noite comigo.
 
(Primeira aos Coríntios 15:19): “Se nesta vida somente esperamos em Cristo, somos os mais dignos de comiseração de todos os homens. Mas agora Cristo ressuscitou dos mortos; primícias dos que dormiram é fato”.
 
Vamos ver aí a Cristo em JESUS de NAZARÉ. Cristo, em Jesus de Nazaré, ele NÃO foi “cristão”; número um (1), ele foi judeu. E então, ele veio com um propósito, ele veio com o propósito de TIRAR a maldição da lei (que ninguém podia cumprir), e TIRAR o pecado.
 
Vamos ver Romanos 7:4. Rapidinho, são versos que você conhece, mas temos que tocar neles porque estamos falando de JESUS de NAZARÉ. (Diz): “Assim também vós, irmãos meus, estais mortos à lei mediante o corpo de (Cristo),…” Mediante o espírito de Cristo? - (NÃO, mediante o corpo). Divida (separe) o espírito e o CORPO.
 
Olhe, abençoado, nós estudamos a Bíblia, e não “torcemos” o verso; se você tem “dois dedos de frente” e você é amante da VERDADE, você se empacota bem com a verdade, porque nós damos a VIDA por isto. Mas é porque estamos ALICERÇADOS na palavra; NÃO em emoções nem em “revelações” que nos adormecem pessoalmente. Então, aí é que você tem que DIVIDIR. Se você NÃO sabe dividir isso, então você NÃO sabe nem estudar …
 
Veja o que diz (Romanos 7: 4): “Assim também vós, irmãos meus (falando o Apóstolo Paulo), estais mortos…” - A quê? (À LEI). “… à lei mediante o corpo…”– E como se chamou o corpo de Cristo? - Jesus de Nazaré.
 
- Para quê? “… para que sejais de OUTRO,…” - De qual? “… do que ressuscitou dos mortos, a fim de que levemos fruto para Deus”.
 
Quer dizer que se você está “IMITANDO” a Jesus de Nazaré, número um: Você NÃO está levando fruto para Deus, você está perdendo o tempo na igreja.
 
Você tem visto esses “evangelistas” (que dizem, presunçosos): - No “nome de Jesus de Nazaré”… E eles “oram” no nome de Jesus de NAZARÉorando no NOME de um morto, porque isso (o corpo) já morreu essa manifestação, Deus, a TIROU do meio. Porque ele já cumpriu para o que veio; ele veio livrá-lo você da lei, e ao livrá-lo da lei O LIVRA de MALDIÇÃO e lhe tira o PECADO. 
 
Mas essa manifestação já passou, porque diz:
“… para que sejais de OUTRO,…” – E qual é o seu dever? Ser de Jesus de Nazaré ou ser do OUTRO?... (Do OUTRO).
 
Olhe, que clarinho estamos falando por Telegracia, verdade?... Olha, qualquer pessoa que ame a VERDADE, imagine um católico bem lindo, diz (sinceramente): - Ai pai, eu que passo “orando” no nome de “Jesus de Nazaré” e que Jesus, e que eu quero “IMITÁ-LO”… E fazem procissões dele; e, na “Semana Santa”, o que falam dele …
 
Por isso, nós NÃO celebramos SEMANA SANTA aqui; porque (se o fizéssemos) estaríamos celebrando uma coisa que já caducou. (Isso é) um antibiótico vencido… Isso já não tem efeito porque já o livrou da lei, já tirou o pecado de você e o Apóstolo (Paulo) dá ordens (por exemplo, diria):
- Para que sejais de OUTRO José Luis…, abençoado, para que sejais de “outro”…
 
- Ou não queres ser de outro? Você sabe que há gente que se empenha (e diz):
- Eu não sou de outro nada… Eu sou de Jesus de Nazaré.
Eu digo: - Bom… Porque é que eles pensam que eu (José Luis) o digo. As pessoas pensam que são revelações pessoais minhas. (Por isso dizem):
- Não, é que ele ensina assim…
E eu digo: - Nãoooooo… A PALAVRA o ensina assim.
 
(Diz): “…para que sejais de OUTRO,…” Com o fim de levarmos FRUTO para quem? - (Para DEUS). Esse é o propósito.
 
Vamos ver agora Romanos, capítulo 15, verso 8. (Diz): “Pois vos digo, que Cristo Jesus veio a ser servo de…” quê? – Da CIRCUNCISÃO.
- Para que? (para mostrar a verdade de Deus). - Para MOSTRAR o quê? - (A VERDADE de Deus). Ou seja, que ele serviu à lei por 33 anos, para quê? (para mostrar a verdade de Deus).
 
Então, a VERDADE não estava? Ele veio para quê? - Para mostrá-la. E para MOSTRÁ-LA, o que teve que fazer? Viver 33 anos sem pecado. Teve que viver assim.
 
E veja o que disse: “… para mostrar a VERDADE de Deus, para confirmar as promessas feita aos pais,…” Isso vem de todos os PROFETAS, que viria essa promessa.
 
Então, nas “igrejas evangélicas”, imagine, olhe… Você sabe como eu cantava quando ia à igreja evangélica?... Eu cantava: ¯Quiero seguir las “pisadas” del maestro, quiero... ¯ Vê, então, eu queria seguir as “pisadas da circuncisão”…
 
Você não vê que, se imitar a Jesus de Nazaré, estará dizendo: - Tenho que te imitar, porque não conseguistes NADA(O Senhor te dirá): - Ah, eu não consegui?... por isso é que você vive, jejua, por isso é que se batiza, por isso é se veste desta forma … por isso não come carne na sexta-feira, por isso guarda todos esses ritos … Porque ele foi SERVO da circuncisão.
 
Eu tenho que extirpar de sua CABEÇA a Jesus de Nazaré, tenho que fazê-lo. -Para quê? – Para lhe mostrar a VERDADE de Deus. Ele foi servo da cir-cun-ci-são...E morreu, e uma vez morto (disse): - Já não sou mais servo da circuncisão, que bom que tirei isso de cima de mim …!
 
E então, estão os “bobos e néscios” por aí, IMITANDO-O ainda; chega a Semana Santa e você os vê com uma cruz aqui (no peito, e se benzem). E você vê as “freiras” e os “padres” (que chamam de padres); me dá pena! Eu não tenho ira em dizer isto… porque são pessoas que pensam que fazendo isso “amam” ao Senhor. Fazem isso de todo o coração… Andam com uma CRUZ bem grande assim … em têm uma cruz, eu não me atrevo a pôr uma cruz, veja rapaz …!
 
Isso é símbolo de MALDIÇÃO, e eles crêem que isso é “símbolo” de cristianismo…
 
Mas, assim pensam, e então para MOSTRAR A VOCÊ a VERDADE de Deus, ele passou 33 anos, morreu e ressuscitou, e para tirar o PECADO de você, então foi como CORDEIRO. (Como diz o verso em João 1: 29): “Eis aqui o cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo”.E o cordeiro morreu e tirou o pecado; seu CORPO (foi) para livrá-lo da lei. Seu SANGUE para perdoar seus pecados e ficou livre, totalmente, para Deus… Amém. (Aplausos).
 
Assim que se você seguir em OBRAS, nos rudimentos, então NÃO te mostram a VERDADE de Deus; e estamos falando de “milhares de evangélicos” aqui em Miami, milhares de evangélicos que nos vêem por Telegracia. Estamos falando de milhares de “igrejas” que têm o olhar posto em JESUS DE NAZARÉ. Milhares.
 
Isto é algo que te ocupa… porque eles NÃO estão levando FRUTO para Deus; porque o PROPÓSITO de você deixar a Jesus de NAZARÉ, e se fixar na manifestação depois da cruz, é que leve FRUTO para Deus… não para mais ninguém. Para o próprio Deus, direto. Leva fruto, agrada a Papai Deus…
E essa é a idéia.
 
Por isso é que Hebreus 6:1 e 2 é a aplicação. Vamos ver Hebreus 6: 1 e 2 que já conhecemos tão bem, mas nossos amigos por Telegracia têm que ver para que saibam por que nós somos assim, por que falamos como falamos. (Diz Hebreus 6: 1 e 2):
 
“Por tanto, deixando já os rudimentos da doutrina de Cristo, vamos adiante…” - Aonde? – À PERFEIÇÃO. – Deixando o quê? – Os rudimentos (da doutrina de Cristo). - Por que há que deixar os rudimentos da doutrina de Cristo? - Para que vejas a VERDADE. Se não deixa, então NÃO mostram a VERDADE a você, porque os rudimentos da doutrina de Cristo ele fez quando era servo da circuncisão; mas ele já PAGOU à lei. Ele já cumpriu, portanto, você NÃO pode fazer esses RUDIMENTOS.
- E quais são esses RUDIMENTOS? (A citação) enumera alguns, diz:
 
“…não lançando outra vez o fundamento do arrependimento de obras mortas…”- Por que um fundamento de arrependimento de OBRAS mortas? – Porque o pregador (do sistema) diz:
- Passem à frente e arrependam-se
 
Mas já o cordeiro tirou o pecado; o cordeiro já tirou o pecado faz 2 mil anos e então você PAGA – vem a fazer o pagamento – e o banqueiro te diz:- O carro (automóvel) já está pago, a última letra foi paga no mês passado … (neste caso a pagaram faz dois mil anos).
(Mas como você não sabe diz): - Sim, mas quero continuar pagando o carro.
(O banqueiro refutando lhe diz): - Sim, mas é que já está pago…
(Você néscio lhe diz): - Não, mas é que me acostumei …
 
É uma OBRA MORTA, está pago o seu automóvel. Você sabe o bom que é ter o seu TÍTULO do automóvel, (você diz): - Que alívio é já não ter que (seguir pagando)…! Mas você diz: - Não, mas é que eu já venho a cinco anos pagando isto todo o mês, e eu tenho que seguir enviando isso, porque já me acostumei…
Nãooooo…
 
Verso 2. (Hebreus 6). “… da doutrina de batismos,…”
 
(Muitos dizem): - Ai, não que eu me batizo com uma bata(uma veste longa usada pelo sistema religioso para batizar seus membros) branca, com isto, veja, com um pouquinho de água por aqui, ou por imersão…
 
Olha, nós estamos FALANDO claramente?... eu não entendo o que acontece a estes “EVANGÉLICOS”, que nos chamam apóstatas, hereges porque alguém lhes molha com “aguinha”, essa que NÃO lhes faz NADA.
Se o CORDEIRO já morreu e te tirou o pecado e com “água”, o que a água pode tirar?
 
Para isso, banhe-se em sua casa, um bom banho com sabão e (não) meter-se em uma igreja a “tomar banho”, mal tomado…
 
Em sua casa, você se esfrega bem no capricho, se mete ali… Mas na “igreja” dão uma molhadinha aí em você (…), je, je, je, isso é o que é isso…
Isso nos dá vontade de rir, porque nós entendemos isto e estamos com tanta CERTEZA que o usamos para brincar, je, je… Brincamos com isso.
 
Batismo, veja: (Segue dizendo o verso 2):
“… da imposição de mãos,…” Você já viu igrejas que dizem: - Passem à frente os que estão “enfermos” que eu vou ORAR por vocês…
E então, lhe impõe “as MÃOS”… (Dizem):- Em nome de (Jesus)…
E depois, veja em que nome: - No nome de Jesus de Nazaré, fora…
 
Ou seja, que isto se põe bem sério, interessante para nós, verdade? Porque nós já estamos iluminados e damos RISADAS com isso. Que fácil é para nós, isso, verdade?... E como DÓI quando você explica a outro (e este lhe diz na cara): - Não, isso NÃO é assim …
E você tem vontade de (agarrá-lo, e pô-lo no colo)…
 
(Diz, verso 2): “…da ressurreição dos mortos…” (Disso não quero falar agora, porque antes se batizavam pelos mortos e um sem número de coisas) “…e do juízo eterno. Você vê gente que diz:
 
- Vem JUÍZO de Deus…  vem o juízo…!
 
Aqui não, já o JUÍZO esse tomou lugar … Aqui já NÃO há mais juízo. Tudo já está, você pode dormir tranqüilo, já NÃO há mais JUÍZO. A menos que vivas ao lado das duas torres (de New York) e venha um avião e as exploda, então… assusta-se; e se lhe cair em cima, se vai para a NUVEM (de testemunhas). Mas JUÍZO, NÃO há...
 
Bom, então já terminamos com Jesus de Nazaré. – Haverá algo mais para falar de Jesus de Nazaré? Ele NÃO foi “cristão”, ele foi judeu; bom, se servia a circuncisão é que era JUDEU.
 
Então, agora vem a segunda manifestação, que é o Filho de Deus. Atos capítulo 1, verso 9 ao 11. Ele ressuscitou e levou o pecado, e ressuscitou para dar prova que venceu a morte, que ele não ficou morto, ele VENCEU a MORTE.
 
E então, diz: “E havendo dito estas coisas, e vendo-o eles, foi alçado,…” Depois que ressuscitou, ele estava frente a eles (os apóstolos) “…e lhe recebeu uma nuvem que lhe ocultou de seus olhos. E estando eles com os olhos postos no céu, enquanto ele subia, eis aqui se puseram junto a eles dois varões com vestiduras brancas,…” 
 
“… os quais também lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para o céu? Este mesmo Jesus, que foi tomado de vós ao céu, assim virá como o vistes ir ao céu”.
 
Veja, e ali desapareceu... Então, quando Paulo diz: Se nesta vida somente “esperamos” em Cristo, olhe isto, NÃO só em Jesus de Nazaré – porque ali você está perdendo tempo - mas ainda que seja no RESSUSCITADO … Porque o RESSUSCITADO, ressuscitou, provou a você que venceu a morte e (te diz):
- By (adeus), tchau… nos vemos, por aqui há caminho …
E se foi para o céu… E se você espera em Jesus Cristo o Filho de Deus (o ressuscitado) és digno de lástima porque você NÃO sabe nada.
 
Você não vê que ele NÃO ensinou? Ele fez uma promessa: “Quando vier o espírito da verdade, ele vos guiará a toda VERDADE”, mas NÃO era ele …ainda que ele fosse o espírito da VERDADE, mas NÃO era essa manifestação, vinha outra manifestação.
Então, ele RESSUSCITOU e desapareceu e habitou em luz inacessível (onde ninguém lhe podia ver).
 
Bom, e começam os “apóstolos” a pregar (e a dizer):
- Veja, que ele existe…! Que o vimos, o vimos subir (ao céu)….
(Os demais diziam): - De verdade?...
E começam (os apóstolos) a pregar isso para dar EVIDÊNCIA de que ele VENCEU a morte. Então, houve prova; por isso é que ainda dura a história, porque ainda que os JUDEUS tenham tentado OCULTAR isso, e tenham pago a guarda, pagaram (e persuadiram para que dissessem): - Diga, que não viste NADA, que essa pedra estava assim…
 
Mas, a VERDADE, você não a pode OCULTAR. Então, o que acontece é que nesse céu, Paulo, - nosso grande apóstolo – Paulo era um judeu da circuncisão, mais zeloso que qualquer um. Irrepreensível, o número um (o legalista número um), esse sim que era LEGALISTA… Quando ouviu dizerem que ele ressuscitou, então ele começou a persegui-los e a julgá-los e os OBRIGAVA a BLASFEMAR; e pegou Estevão (um jovem que era bem dinâmico na lei) mas que creu em Jesus, e então, mandou MATAR a Estevão…
 
E é nesse ZELO que vai Saulo (Paulo) para Damasco com uma permissão para MATAR e fazer desaparecer a estes “chamados do caminho”, porque não os chamavam cristãos ainda… Então, de repente aparece uma LUZ do céu e pega a Paulo e o atira no chão e fica CEGO. E então ele diz: - Quem és Senhor?... (Porque ele sabia que isso era algo poderoso)
 
E preste atenção na PALAVRA que recebe: - Eu sou Jesus, a quem você persegue…
 
E então, lhe diz estas palavras, deixa-me ver se as tenho aqui, Atos 26:26 “Eu então disse:…” (Quando caiu): “Eu então disse: Quem és Senhor? E o Senhor disse: Eu sou JESUS, a quem tu persegues”.
 
Mas então, veja o que lhe disse: “Mas levante-se, e põe-te sobre teus pés; porque para isto apareci a ti, para pô-lo por ministro e testemunha das coisas que tens visto,…” Olha isto: “… e daquelas em que aparecerei a ti…” Ou seja, que NÃO só foi essa manifestação, (lhe disse): Eu vou seguir aparecendo a Paulo...
 
Porque nesse momento não se pôde lhe dizer TUDO. Então, ali foi onde ele disse à igreja: - Cristo, a mim não mandou batizar, o batismo não vai…
(Mas a Paulo lhe encresparam): - Ah, mas você se batizou…
(Ele disse): - Bom, me batizaram porque eu de “torpe” fui aos apóstolos, acabando de me converter desta experiência, fui aos apóstolos e me “batizaram” e me “ungiram”, me impuseram as “mãos”, me meteram todos os rudimentos em cima… Mas como ele continuou aparecendo a mim, então aí…
 
- E porque tinha que ser assim? Por que não se lhe deu tudo (toda a revelação)?
- Por esta razão, preste atenção, Paulo escreveu quatorze (14) livros.
 
Esses 14 livros são uma experiência da CONDUTA HUMANA do “REINO de Deus”.
 
Porque o REINO de Deus é entre “vivos”, está vivo, tem corpo para poder entrar no REINO. Então o que acontece, ele passava pelos coríntios (cidade de Corinto) e então via uma CONDUTA ali, tinham relações sexuais no púlpito de suas congregações…e era uma cidade grande, mas muito deteriorada socialmente. E então, (Paulo, ao ver isso dizia): - O que está acontecendo? Dizia: - E o que acontece com isto? Então, ele ia e ali aparecia o Senhor (e lhe dizia): - Veja, escreve… (Por isso hoje, temos a Bíblia): Primeira carta aos coríntios e segunda carta aos coríntios.
 
E então, ele dedicava isso à CONDUTA dos coríntios; e seguia viajando, e então passa pela Galácia, vê outra conduta (neste caso era doutrinal). Então ali escreve aos gálatas (cidade da Galácia). Então, segue seu caminho e chega aos efésios (cidade de Éfeso) e quando vê essa comunidade lhes diz:
- Olhem, levantem-se dos mortos e te iluminará CRISTO… Cristo já ressuscitou.
E começa a falar: - Você já está assentado em lugares celestiais com Jesus Cristo.
 
Então, cada cidade que ele ia, ele dedicava uma carta; logo passou a filipenses (cidade de Filipo), e logo passou a colossenses (cidade de Colosso), e logo passou aos tessalonicenses (cidade de Tessalônica). E logo passa onde está Timóteo e logo vai onde está Tito (o menosprezado). E logo termina com a comunidade hebraica e lhe dá uns conselhos.
 
Diz-lhe: - Veja, deixem já os RUDIMENTOS da doutrina de Cristo, que não vão à perfeição, não vão ver a VERDADE de Deus, vão ficar no mesmo que ele esteve. Por isso é que ele apareceu pouco a pouco …
 
Agora, note isso que quem disse que ia EDIFICAR a igreja era o SENHOR, não Paulo. Perguntamo-nos: - Bom, e por que Paulo não ganhou nem a um? Porque, lembre-se que ele disse:
- Os da Ásia me abandonaram…
- E você sabe quem são os da Ásia? – Os terroristas, toda essa área, (Iran, Iraque...). Porque abandonaram a Paulo, se não o tivessem abandonado, haveria paz nesses lugares. Mas disse: - Todos os da Ásia me ABANDONARAM.
 
Todos lhe ABANDONARAM. - Sabe por quê? – Porque essa revelação ele (Paulo) as escrevia em papiros, não havia assim (mostra a Bíblia, impressa em papel), a imprensa NÃO havia chegado; mas Deus – em sua multiforme sabedoria – ele sabia que Paulo NÃO ia poder conseguir… por isso, vocês vêem que ele profetiza: - Vejam, todos me abandonaram. E depois de minha partida se acabou a GRAÇA, os vão reduzir a escravidão…
 
E você e eu temos evidências disso… Lá em Atos 20: 28, (29, 30) quando diz: - Veja depois de minha partida os vão reduzir a ESCRAVIDÃO. De vós mesmos se levantarão homens perversos que não perdoarão o rebanho. 
 
Agora, lembre-se que em Mateus, Cristo disse a Pedro (quando Pedro lhe disse). Ele perguntou a Pedro: - Pedro, o que dizem os homens que eu sou? (Pedro) disse:
- Tu és o Cristo, o Filho do Deus Vivente. (Cristo lhe disse): - Pois eu, o Cristo Filho do Deus Vivente, sobre essa confissão que você fez Pedro, (sobre essa pedra) eu mesmo vou EDIFICAR minha igreja.
 
Mas então, ressuscita e não faz NADA… Não diz nada, não edifica nenhuma igreja, dá o conhecimento a Paulo e ele sabia que Paulo não ia poder fazer NADA, porque a quem toca edificar é a ele. Mas o que acontece é que Paulo deixa um FUNDAMENTO. Imagine que agora o Filho do homem apareça com uns livros novos, não vão crer nele. Mas se o Filho do homem lhe diz:
 
- Estes livrinhos estão em sua Bíblia faz 2 mil anos. Então, essa é a EVIDÊNCIA. Amém. (Aplausos).
 
De fato, Paulo deu duas PROFECIAS. Vamos vê-las de modo clarinho, por causa de nossas amizades que nos esquadrinham. Atos 20:29 e 30. Veja o que disse Paulo antes de partir.
 
Além do mais, veja, naquele tempo permeava tanto a circuncisão (a lei) e depois Cristo praticou isso. Os apóstolos o que conheciam era isso. – Quem ia crer em Paulo? – Se fazia bem difícil. Por isso ele NÃO ganhou a NINGUÉM. Porque é que Moisés ainda estava latente no coração deles, e Cristo sabia disso… Mas ele precisava deixar um FUNDAMENTO de antemão, escrito para poder hoje capitalizar sobre esse fundamento.
 
- Está me seguindo?... Por isso é que quando os discípulos diziam: - Olhe, Paulo, mas em que ficamos, você não é o apóstolo, o grande perito?
(Paulo lhes dizia): - E o que está acontecendo?... Veja, não julgueis NADA antes do tempo até que venha o Senhor… Por agora eu não posso lhes explicar.
 
E não tinham bíblia, porque a Bíblia eram as epístolas, era Paulo. Não estava nada escrito assim, como para que todo mundo tivesse cópia.
E então, até Timóteo que ele (Paulo) disse: - Aqui lhes envio a Timóteo meu filho amado, fiel no Senhor...
Esse também saiu correndo na última hora (é como se dissesse): - Veja, eu, honestamente…
 
Saberá Deus, o que ele julgou (dizendo a Paulo):
- Paulo, veja o que é que está acontecendo? Eu estou te calcando em tudo, mas eu não vejo fruto nisto…
(Paulo diz): - Nem vai vê-lo... Deixa que venha o Senhor e ele te explica, porque veja, aqui não se pode fazer NADA. 
 
Primeira profecia do Apóstolo Paulo antes de partir (Atos 20: 29 e 30): “Porque eu sei que depois de minha partida entrarão…” - Onde? – Na igreja. “…no meio de vóslobos vorazes,…”(Esses são os apóstolos, sabe. Por si não o saberia). “… que não perdoarão ao rebanho”. Esse é João, que dizia: - Filhinhos meus, se alguém tiver pecado
 
- Como é que vai haver PECADO se ele o tirou? Mas, por isso até hoje as igrejas “pregam” pecado. (Segue dizendo o verso): “…não perdoarão ao rebanho. E de vós mesmos se levantarão homens que falam coisas perversas para arrastar atrás de si aos discípulos”. Essa é a primeira profecia.
 
Segunda profecia: Primeira carta aos Coríntios, capítulo 3, verso 10. Olha, levo 25 minutos, quer dizer que me sobra tempo para a terceira manifestação (…). Veja o que disse o Apóstolo Paulo, veja:            
 
“Conforme a graça de Deus que me foi dada, eu como perito arquiteto …” Veja o que fez, pus o quê?... (O FUNDAMENTO).
“… e OUTRO…” - Quê? (Edifica EM CIMA). - Veja, olhe o detalhezinho: “… e outro…”.
- Outro o quê? – (Edifica EM CIMA).
 
- O que disse JESUS CRISTO? – Eu EDIFICAREI minha igreja. – O que disse Paulo? - Para que sejais de “OUTRO”. E esse OUTRO é o “OUTRO” de Romanos 7:4; e é o OUTRO de Mateus que disse: “Eu edificarei minha igreja”…
- Está vendo?
 
Diz: “… e OUTRO…” – O que faz? -(Edifica EM CIMA). – E o que ele vai edificar, cimento com tijolo? – Ah…
- Mas quem foi que disse: “Se o Senhor NÃO edificar, em VÃO trabalham os que edificam”? E o Senhor disse: “Eu mesmo estarei ali, presente… Eu vou edificar minha igreja”. Então, esse OUTRO... (Aplausos).
 
Preste atenção, se o homem é “teimoso, obstinado” (preste atenção se eu sou teimoso, eu José Luis) por isso é que eu me convenço cada dia mais de quem eu sou, porque é que isto é uma coisa que eu não posso EXPLICAR; veja, Eu aceitei que eu sou o OUTRO (disse): - Pois, claro que eu sou o OUTRO, se o único que está fazendo isto no mundo sou eu…
 
Mas NÃO sabia que eu mesmo estava me apunhalando, (não entendia que) o OUTRO, o outro é o que EDIFICA… e NÃO podia me ver na DIMENSÃO total…ah, porque há gente que diz:
- Não, você é o OUTRO, mas Jesus Cristo homem, NÃO.
 
Bobo… é a mesma coisa, o que acontece é que Deus, você sabe, Deus vai lhe acomodando je, je, je…você sabe quando a criança, você dando comidinha assim, começa pouquinho e um leitinho e depois uma “compotazinha” e uma coisinha até que lhe enche com um prato de feijão, ja, ja, ja, ja, ja, ja… Olha…! Je, je, je…
 
Então, essa foi a segunda profecia: “…e OUTRO edifica em cima;…” Os demais – olhe isto – vejam como SOBREEDIFICAM, porém ninguém mais pode EDIFICAR. Por isso estes “pastores” que pensam que cada um “interpreta”, dizem:
- Não, não, não… aqui na Bíblia está escrito, esqueça José Luis, esqueça dele, a Bíblia está aí. Cada qual “edifique”…
 
(A resposta para eles é): É que é UM só, “OUTRO”, NÃO diz “OUTROS”… essa é a falta de unidade do Espírito que se “rompeu” quando Deus manifestou este ministério e eu compreendi que eu era o “OUTRO”. Porque antes não, antes todo mundo ensinava; antes (mesmo no ministério) servia para que “este” ensinasse, “outro” (…). Eu os deixava…
 
Mas quando apareceu OUTRO, então os demais que estão submetidos disseram: - Não, o único que EDIFICA é o OUTRO, nós SOBREEDIFICAMOS do que ele diz … Por isso é que você NÃO pode vir com “algo” (e dizer): - Não, eu sei mais que José Luis…
 
Pois, há gente que, eu às vezes viajo e há gente que me diz: (Por exemplo: Veja aqui tenho um estudo que tirei, leve-o …).
E eu digo (mas naturalmente, se usa proceder): - Me deixa estudá-lo, deixe-me ler… (O irmão, envaidecido diz): - Não, leve-o, eu depois lhe explico mais, qualquer coisa me (escreva…).
 
Porque eu não vou me pôr a dizer (com mal proceder): - Não, você não está autorizado a fazer isso … (Como alguns de vocês fazem, que NÃO têm o tato, repreendem e magoam). NUNCA MAGOE…
Se você crê que tem razão, faça-o com modéstia, com tranqüilidade, suavezinho. Você não está aí para estar (dizendo com ira): - Não, não, não, isso não é assim, o Apóstolo (José Luis) disse…
 
O Apóstolo nada, eu, eu sou o Apóstolo? Eu sou o outro? E eu NUNCA ofendo a ninguém para lhe dizer algo… eu prefiro a harmonia, eu prefiro esperar um mês, dois meses, três meses, mas lhe ofender não …
 
- E por que não me calca nisso?... (Aplausos)…
 
Há pessoas que querem ser tão fiéis ao ministério que OFENDEM ao outro… (Expressam-se assim): - Não, mas “primeiro” é o ministério…
- E o outro, quem é esse?... (O que está a teu lado) – É um abençoado. – E o que é o ministério? – Os ABENÇOADOS.
(Dizem alguns): - Não, porém o ministério é primeiro…
(A resposta sobre isso é): - Pois se o ministério é primeiro, o ABENÇOADO È PRIMEIRO…
 
Você não pode ROMPER a harmonia de uma igreja, de um grupo, de nenhum lugar; tão logo você rompa a harmonia, você está FORA do espírito. Porque o espírito sempre faz as coisas com detalhe, com luxo…
Veja, eu não me atrevo a “empurrar” NADA, ainda que seja na revelação, veja, ainda que uma pessoa me diga: - “Deus te abençoe”…
(Não esbraveje nem diga cheio de ira): - Não, isso NÃO é ASSIM…!
 
Caramba… é assim que você vai fazer…? – Acalme-seeeee... (Se alguém te saúda com um “Deus te abençoe”, com proceder diga-lhe):- Abençoado veja,recebo a intenção do seu coração, mas não o que disseste …
Vê, um jeitinho ali… suavezinho, mais do que nunca, temos que mostrar o amor do Senhor.
 
Você não vê que nós temos uma DOUTRINA demasiada... Veja, nós estamos tão longe das pessoas, cada vez nos distanciamos mais. Veja, as pessoas nos olham assim de longe... já nem nos vêem.
Porque é que o que nós ensinamos é tão forte que ter um REPUGNANTE ao redor…
 
Neste ministério eu tinha um diácono, rapaz, eu tinha um “medo”, e mais, eu mandava a segurança vigiá-lo, (Dizia à segurança): - Vigia-o para que não mate um dos nenéns (crianças)…
Tinha um tipo de gênio, olhe, tinha um gênio que quando uma criança dessas (que jogava papel na aula, iam dizer ao diácono):
- Veja rapaz… agüenta.
 
Uma vez, um menino pegou um pacote (um rolo de papel da toalete) molhou e jogou no cesto assim… por pouco ele não mata a família do menino, rapaz...
Eu lhe disse: - Veja quanto vale uma grosa, não um rolo, uma grosa dessas… e quanto vale subir e limpar tudo isso? Porque não podemos ofender a uma criança ou a um abençoado que venha (e faça algo…).
 
Veja, havia uma abençoada colombiana que vinha sempre, ela semeava mil dólares todas as quartas-feiras (mil dólares). E um dia chega e estacionou mal e este abençoado (diácono) a pegou (e lhe disse, gritando): - Tira esse carro dali que o Apóstolo disse…
A mulher levou um tão grande SUSTO, que não voltou mais. Assim que (o diácono) descontou do ministério 4 mil dólares mensais …
 
(O Apóstolo, brincando diz à Amada): - O que doeu em mim, ela? - Não, os 4 mil dólares… Veja, os dois doem, je, je, je, je…
Porque a abençoada, olhe… você sabe ofender a alguém por um principio:
 
Temos que ter nossas metas bem definidas, tenha CUIDADO como diz as coisas… use o tato, não tem que responder imediatamente; eu, às vezes, para responder a vocês, demoro dois ou três dias (digo): - Se lhe digo isto assim é melhor esperar um tempinho, você não acha?
O TATO é bem importante para sustentar a UNIDADE – não só do Espírito - a UNIDADE do CORPO; aqui não podemos diminuir, temos que somar.
- Estamos?... É bem IMPORTANTE isso.
 
Olha, que silêncio … ah, assim é como eu repreendia a meus filhos, eu não lhes dava... – e ali está Jo Ann (sua filha) de testemunha - nunca, bofetadas; eu simplesmente olhava assim... (As crianças lhe diziam): - Papi… (E eu não olhava). Rapaz, anda! (as crianças se davam conta do mal-estar do pai). Com isso e nada mais, eles sabiam que haviam violado um ponto por ali… e nem pediam dinheiro para o cinema (palavra em inglês) saíam silenciosos…
 
Bom, então, chegamos à conclusão, que, primeira manifestação: JESUS de NAZARÉ. Segunda manifestação: JESUS em FILHO de DEUS. Porque o que ressuscitou foi o que veio ao ventre de Maria, e esse NÃO era filho de José; portanto, quando RESSUSCITOU, é o FILHO de DEUS quem ressuscitou; NÃO o Filho do homem – porque esse não era FILHO do HOMEM - essa manifestação era o FILHO de DEUS.
 
Quando você lê Mateus, Marcos, Lucas e João (nesses quatro livros que fala do Filho do homem), NÃO estava falando do FILHO de DEUS… estava falando da manifestação que viria agora. E então, pois, naturalmente o que ele está dizendo é que esse Jesus que habitou em luz inacessível, ele ia buscar para si um CORPO, mas primeiro tinha que vir a APOSTASIA, o cumprimento dos tempos… Então, ele tinha que buscar para si um CORPO, fosse porto-riquenho, colombiano, brasileiro, de onde fosse…
Ele tinha a alguém para escolher, e então me escolheu; EU não sabia, levou anos para eu ENTENDER isto…
 
E EU SOU o Filho do homem, NÃO há outro Filho do Homem … (Aplausos).
 
Mas… o ENTENDIDO não se assusta; mas o que tem a MENTE, que NÃO foi “educado na graça”, ele pensa do Filho do Homem como algo “místico”. Sim, eles esperam que Jesus Cristo (apareça com luzes e coisas), mas veja, se você não crê na manifestação que há em mim, e se você tivesse VIVIDO no tempo de JESUS de NAZARÉ, teria metido um pontapé em Jesus de Nazaré também… porque ali sim era difícil, aqui NÃO, aqui é um “bombito al pitcher”(expressão que significa: uma pancada/rebatida na bola, quase sem força, suave, com a intenção de que aquele que a está esperando a agarre sem problema), como digo eu… aqui é um “pellizco de ñoco”, (beliscão de nada), porque isso, veja …
 
Com tanta Bíblia que você tem, me dá PENA dos que saíram daqui por isso … se isso é o mais SIMPLES que há. Naturalmente, o Senhor é o Espírito, NÃO é José Luis, não te equivoques… O Senhor é o Espírito, José Luis é outro pedaço de carne como você; naturalmente, tenho um privilegio porque me ESCOLHERAM para isto …mas você não pode olhar minha carnezinha, porque vai cair em uma IDOLATRIA carnal de José Luis.
 
(Algum abençoado poderá dizer): - Apóstolo, isso não lhe convém (dizer), deixe as coisas assim para que lhe sirvam com muitas coisas…
(A resposta é): - Não, não, nãoooooo, eu me jogo no chão com isto …porque o prejudicado serei EU. Você não pode IDOLATRAR esta carne; esta CARNE é igualzinha a sua, tem que dar banho, tem que perfumá-la, há que fazer …
 
Porque então, há pessoas, veja, às vezes nessas viagens que eu faço querem ME TOCAR, tocar o quê? – CARNE… está bem me saudar, uma saudação (se expressar com domínio próprio): - Abençoado, como está, como vai?, olha, que tremendo, a graça … Mas você NÃO pode idolatrar esta CARNE, porque vão atrasar o trabalho em sua vida … o Senhor é o ESPÍRITO, não a CARNE…
José Luis NÂO é nenhum Senhor, é o ESPÍRITO que está em mim, porque isso é fácil, isso até EU entendo, por isso eu aceito. Eu aceito, é bem fácil, se isso é fácil... (Aplausos).
 
Lucas, para terminar, Lucas, capítulo 17, versos 22 ao 25. Rapaz, há “ministérios” que “endeusam” as pessoas e eles defendem esse endeusamento … (Eles dizem): - Me convém, rapaz, assim manipulo a todo mundo e me eles têm temor, e vêem auréolas em cima de mim … Você sabe.
 
Tenha CUIDADO com isso, porque eu sou um pedacinho de carne e MÁ, tenho que estar lavando-a, porque demorei muito em CRESCER. Muitos de vocês cresceram mais rápido que eu porque suas carnezinhas eram diferentes e viveram em diferentes ÉPOCAS; mas eu perdi muito tempo com estupidez, não cresci. Depois de grande é que estou aprendendo (por isso me digo):
- Olha, que estúpido fui eu… E sou tão INTELIGENTE para umas coisas e tão estúpido para outras …e todos somos assim, mas essa é a REALIDADE, tal e como está.
 
Lucas (17: 22- 25), diz (…). Esse é Jesus de NAZARÉ, mas Jesus Cristo (naquela manifestação). (Diz o verso 22): “E disse a seus discípulos: Tempo virá quando desejareis ver um dos dias do Filho do Homem,e não o vereis”.
 
Veja, se fosse ele, (Jesus de Nazaré), eles teriam dito:
- Como é que não o verei, se estamos vendo
(Jesusresponderia): - Não, é que é outra MANIFESTAÇÃO que vem …
(Os apóstolos diriam): - Mas se lhe temos aqui…
(O Senhor diria): - Nãoooo, eu NÃO sou esse… nos dias do Filho do Homem, vocês não poderão ver porque isso vai DEMORAR.
 
Diz: “E vos dirão: Ei-lo aqui, ou ei-lo ali. Não vá, nem o sigais”. Você sabe que há gente que aplica isso a mim (expressando): - Veja, tenha cuidado que ele diz que é o Filho do Homem; a Bíblia diz que quando disserem: - Vede lá…
Pois certo, cheio de SINAIS como estão as pessoas…Aqui NÃO há SINAIS, aqui há EDUCAÇÃO.
 
Veja como diz: “Porque como o relâmpago que al fulgurar resplandece desde um extremo do céu até o outro, assim também será o Filho do Homem em seu DIA”. Preste atenção, que este ministério como um relâmpago, desde Porto Rico, fez assim (gesticula movimento de um extremo de seu corpo ao outro), olha, já está na Europa, Austrália…
 
Como um RELÁMPAGO assim… de uma parte - de uma ilha bem pequena (Porto Rico) – saiu assim e se foi aos confins do MUNDO e continua alcançando. – Você sabe o que são cem canais, 24 horas ao dia? Você se põe a PENSAR… cem (canais)…! Olha, com 15 minutinhos eu entro na rádio aqui, ou quando tinha uma hora diária, veja a gente que eu ALCANÇAVA. Olha, e esse canal (Telegracia) eu o vejo em minha casa e (digo): - Uffff, isso é demasiado…
(É como o Senhor dissesse) – E bom, você não me pediu que a palavra (corresse) (O Apóstolo diz ao respeito): - Está bem, não,não... 
(Como que o Senhor diz): - Veja, agora está correndo, o que você quer?
 
Olha, e você sabe as pessoas que ouvem isso, milhares e milhares; quer dizer que, de repente, as OVELHAS (os que têm o CHAMADO para isto), porque NÃO é todo o mundo... Lembre-se que há PRIMICIAS. É como quando há uma COLHEITA, você primeiro pega uma PARTE e logo depois vem a outra safra. Essa primeira é os que Deus iluminou e conhecem agora…
 
Olha, e você sabe o BENEFÍCIO quando você ver seu corpo TRANSFORMADO… ummm… eu te digo… isso é uma SUPER RECOMPENSA. E aqui na terra, isso é o maior, e se você vai para o céu, o que vai fazer por lá com um corpo assim?... (O não iluminado diz): - Não, é que lá vou “caminhar” em ruas de ouro…
Mas rapaz, para que você quer RUAS de OURO? É melhor uma “correntinha de ouro”, um “relógio de ouro”, e para que umas ruas…! É aqui com corpos glorificados.
 
Você sabe como estes “evangélicos” e todos estes “louquinhos” que estão nos ligando: - Veja, essa gente se tornou “louca”…
Bem LOUCOS que estamos, quando eles virem corpos glorificados aqui... Veja... (Aplausos).
 
Voltamos a Lucas (17), olhe essa parte (verso 25): “Mas primeiro é necessário que padeça muito, e seja desprezado por esta geração”.
 
Olhe, preste bem atenção, NÃO É PADECER como eles padeciam (a chicotadas, espada…), aqui o padecimento é RECHAÇADO, desprezado…
Eu padeço e você padece, porque te criticam, falam FEIO de você… sua família!, ah e veja, pode ser uma família muito “UNIDA” mas de repente você começa a falar isto, e se falas em mim …! Ai, ai, ai… Veja, se metem em cima de você dizendo: - Veja, você está bem mal, saber…
 
E ali começa a PADECER. Não EVITE, tampouco; digo pega suave mas PEGA-O… mas EVITÁ-LO não vai poder porque cedo ou tarde (lhe dirão): - A que ministério você vai? Uma vez que você diga CRECIENDO EN GRACIA
 
Veja, Alex León está trabalhando com a Sony, creio que levou o disco ali a (a emissora de rádio) Zol 95, e um dos líderes lhe disse (jogando o disco no chão):
- Esta “porcaria” não vai para lado nenhum …
Olhe, e lhe subiu a carnezinha, de Alex (León) “já o tinha”, me dizia: - Apóstolo, de repente, a primeira manifestação foi (dar-lhe um socaço, um soco)…
Estava lhe medindo a frente assim… (Faz gestos de luta). Mas a segunda manifestação foi:
 
- O que faria o Apóstolo (José Luis) aqui?...
 
(Após isso, Alex León disse): - Me acalmei e lhe disse “um dia você vai estar me procurando, sabe”… E um deles, dos que falavam de nós, foi que o chamou à parte (e lhe disse): - Olhe, eu sei que estive mal, mas pega suave, esqueça
 
Bom, vamos ler a primeira carta a Timóteo. NÃO de Timóteo, porque Timóteo não escreveu; foi uma carta de Paulo a Timóteo, para corrigir um pouquinho, não. Verdade, que sempre dizem: “Primeira de Timóteo”, como se Timóteo tivesse escrito a carta.
 
Pois, Paulo a Timóteo, capítulo 2, verso 5. – Estou no correto? – Sim, (primeira a Timóteo) 2: 5. (Diz): “Porque há um só Deus, e um só mediador entre Deus e os homens, JESUS CRISTO homem…”
 
Agora, preste atenção, o que fez a “igreja” antes que eu aparecesse com esta mensagem?... Ninguém estava MEDIANDO…o povo estava em TREVAS (mentes não iluminadas), o povo estava isento porque para MEDIAR há que ter 14 epístolas, há que ter uma doutrina para que se possa mediar entre Deus e os homens.
 
Deus, necessita se meter em um CORPO de homem para explicar a você que é homem – lhe explicar, veja, para você estar perto de Deus é isto o que tem que saber: - Você é um abençoado, você não é “Deus te abençoe”… então, Jesus Cristo homem é quem fez isso por todos estes anos, mediando, onde? No púlpito é onde se media…
 
Não estamos na CÔRTE (tribunal) porque você não fez nada mal – e quando fez – os outros o julgam … mas para MEDIAR entre Deus e os homens, pois Deus se meteu em um corpo chamado JOSÉ LUIS DE JESÚS e começou a mediar a partir do PÚLPITO. Para MEDIAR, há que EXPLICAR, e há que explicar com o EVANGELHO, não com questões pessoais nem idéias.
 
Agora, se eu tenho mediado por você e você diz: - Sim, você tem mediado porque, veja, agora eu entendo que sou abençoado, que sou um predestinado, que o diabo está destruído, que estou perfeito…
Se eu dei isso a você, EU tenho MEDIADO, então para você eu sou Jesus Cristo homem,porque tenho mediado. Os demais mediaram? – NÃO, estavam lhe mentindo, não estavam mediando legitimamente; estavam torcendo a palavra.
 
Assim que, três MANIFESTAÇÕES:
 
JESUS de NAZARÉ, JESUS o FILHO de DEUS e JESUS CRISTO HOMEM…
 
Abençoados com todas as bênçãos... (Aplausos).
publicado por brasileiro às 13:30
sinto-me:
Quinta-feira, 16 DE Agosto DE 2007

VOCÊ SABE O QUE PODE FAZER O EVANGELHO DO APÓSTOLO PAULO?

 Romanos 2:16 disse: "No dia em que Deus há de julgar os segredos dos homens por Jesus Cristo, conforme o meu evangelho." O evangelho que Paulo escreveu julga os segredos dos homens, pode tirar a medida, e a intenção de cada coração. Por isso em Hebreus 4:12 diz: "Porque a palavra de Deus é viva e eficaz e mais penetrante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma, e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração." O evangelho de Paulo também nos disciplina, nos ensina. Hebreus 12:5,6 disse que ao que Deus toma por filho, a esse disciplina. Deus nos disciplina por meio do seu evangelho. Uma pessoa que não conheça o evangelho, não tem sido disciplinada, educada; vive em sua própria mente carnal. E por último, o evangelho te disciplina, mas você não perde a salvação, não perde a tua posição de filho. Hebreus 6:4-6, fala de pessoas que depois de conhecerem a verdade e serem participantes dos poderes do século vindouro caíram. A estas pessoas é impossível renová-las novamente para arrependimento, crucificando de novo para si mesmo o Filho de Deus.

Abençoado, comece desde hoje a honrar o evangelho de Paulo, sobre o qual Jesus Cristo Homem está edificando,  pois por meio dele amadurecemos e crescemos.      

publicado por brasileiro às 12:11
sinto-me:
Quarta-feira, 15 DE Agosto DE 2007

OS ANJOS SÃO CHAMADOS A DAR SERVIÇO AO CRENTE

Vamos ler em Hebreus, capítulo 2 (do verso 1 ao 3) diz: “Portanto, é necessário que com mais diligência atendamos às coisas que temos ouvido, não seja que deslizemos. Porque, se a palavra dita por meio dos anjos…” A palavra dita por meio de quem? Você sabia que o pacto da lei foi dado por meio de anjos? A graça foi dada pessoalmente por Jesus Cristo, o novo pacto. Porém, como é um pacto que a Ele não agradou, porque era para dar a conhecer o mal, era um pacto com defeito, com promessas defeituosas. Então, Deus não se deu ao trabalho em tocar esse pacto de Moisés, senão, que enviou anjos; - Levem isso aí -, porque estava tratando com o departamento do mal. E então, Deus com isso, como isso era temporário, disse: - Vamos dar isso através de anjos -. Porém, diz aqui que ainda que tenha sido dado por meio de anjos, o que diz? Que foi o quê? Firme. Diz: “… e toda transgressão e desobediência recebeu justa retribuição…”. Agora, nos diz em relação ao novo pacto, “… como escaparemos nós, se negligenciamos uma salvação tão grande? A qual, tendo sido anunciada primeiramente pelo Senhor, nos foi confirmada pelos que ouviram, testificando Deus juntamente com eles, com os anjos, com sinais e prodígios e diversos milagres e distribuições do Espírito Santo segundo sua vontade”. Agora, sabemos que fala dos anjos pelo verso 14 do capítulo 1. Verdade? Que diz: “Não são todos eles espíritos ministradores, enviados para serviço…”. Não a dar mensagens, os anjos não são mensageiros, eles dão serviço. A mensagem Deus já deu através da boca de Paulo. Eu percebo que estas pessoas que falam dos anjos dizem: - Eles são mensageiros que vêm a nós -. Não, não, porque a mensagem já está clara, está escrita em catorze livros. Então, eles não têm que estar dando mensagens, o que eles dão, é serviço. Naturalmente, eles puderam te avisar; - Olhe, não vá nesta viagem -, porém, essa já é uma mensagem do tipo advertência. Ou eles podem te inquietar, ou podem pôr algo em teu caminho, especialmente quando você os reconhece que são eles que te livram de más compras, maus negócios, más amizades. Sim. Eles te livram de más amizades, quando por causa da educação que você tem neste conhecimento, os teus sentidos exercitados te advertem e te dizem: - Esta pessoa não me parece boa. Cuida-te! Não lhe dê muita confiança, afasta-te um pouquinho. Não a maltrate, mas, vá com cuidado -. Sim, porque as pessoas de hoje, o mundo de hoje está enlodado, está cheio de lodo, suas cabeças estão estragadas com má informação, nunca conheceram o evangelho. Assim, o que eles têm é religião, conceitos humanos, conceitos filosóficos e as pessoas estão enlodadas. E às vezes você se defrauda tanto com essa amizade que você não sabia que iria te pagar assim. Isso não aconteceu a você? Sim? Pessoas que de repente te entenderam mal, te ofenderam, ou se sentiram ofendidas e agora você não sabe o que fazer. Pois então, a pessoa aprende nisso e diz: - Espere. Parece que a sociedade está enlodada. É necessário limpá-la com o quê? Com a água pura da palavra do Senhor -. Diz: “Lavai vossos corpos com água pura”. Nós estamos nos lavando cada dia mais com esta palavra naquilo a que se refere ao entendimento. E então, o que acontece? É que estes anjos estão para dar serviço aos herdeiros da salvação, porém, eles têm uns regulamentos. E quando diz aqui: “como escaparemos se negligenciamos uma salvação tão grande”, irmãos, o mundo em dois mil anos está negligenciando essa “salvação tão grande”, os governos. As igrejas não têm desfrutado deste tipo de salvação, porque negligenciaram. Se aqui diz que, não nos descuidemos dela, é porque pode ser que se possa negligenciá-la. Uma vez que você se descuida, os anjos não te servem. Você fica vivendo à deriva. Então, deve haver um conhecimento, onde os anjos não temam em te servir, porque se você não tem o conhecimento eles temem te servir, porque o serviço deles vai te prejudicar. Então, eu quero te falar de três tipos de descuido que não devem ser cometidos. Isso, para quem se interessa pelos anjos. Para quem os anjos não interessam? Levantem a mão. Eu me interesso pelos anjos, estou interessado em todo serviço que possam me dar. E de fato, note bem se me interessa que em catorze anos eu tenho alcançado vinte e duas nações, mas não sou eu, são os anjos que estão me ajudando e me servem. Como eu pude dar quarenta e seis seminários no ano passado? Isso é cansativo, isso é para te destruir. Sentado em aviões, em aviões; em diferentes hotéis, diferentes comidas, diferentes gostos, diferentes temperos na comida, isso é exaustivo. Porém, como são os anjos que estão fazendo o trabalho, eles me livram disto, daquilo, me dão inteligência para que eu me cuide, até nos tipos de alimento. Assim que, eles estão para nos servir. Diga: PARA ME SERVIR. Eles estão para servir ao mundo que nos vê e há instruções muito especiais para todos aqueles que queiram desfrutar mais desse serviço. É muito importante. Então, o primeiro tipo de descuido, nós vamos chamar de ponto A, o primeiro, para os que anotam: A Bíblia Deve Ter Validade. A pessoa deve ter um peso, um patamar de conhecimento bíblico quanto a este tema. Por exemplo, este verso que acabamos de ler fala dos anjos, porém, olhe isto. Há oitenta e oito referências sobre anjos. Fala mais dos anjos do que de Satanás. Há oitenta e oito referências bíblicas. Você procura uma concordância e começa a falar de anjos e de anjos e de anjos e então aí, você vê mais ou menos o serviço. Há anjos de destruição, uma das referências que eu li, dizia: “E o Senhor enviou seus anjos destruidores. E também, o Senhor enviou seu anjo e cuidou de mim. O Senhor enviou seu anjo e foi comido por uma praga de gusanos”, como foi o caso de Herodes. Um anjo passou assim pelo lado dele e o tocou assim e se encheu de gusanos, como uma costela assada posta ao sol, depois de uma semana. Há anjos... Há todo tipo de anjos: Anjos destruidores, Anjos de todo tipo, para não omitir nenhum. Porque veja o que diz, preste atenção. Não pense: - Ah, então Deus é tão mau que usa a seus anjos -. Não, porque, se a palavra dita pelos anjos teve justa retribuição no velho pacto, então, agora também há justa retribuição. Quando há um terremoto em uma cidade, aí estão acontecendo coisas, estão violando coisas; os políticos estão violando coisas, as pessoas estão idolatrando, as pessoas estão em desconhecimento, as pessoas estão fazendo coisas que não agradam aos anjos. E os destruidores estão todos juntos e se começam no seu turno e dizem: - Bem, há destruição para este povo. Vem fome, o valor da moeda vai baixar, porque há muita idolatria -. Há coisas que Deus não suporta, a idolatria é uma das piores. E você dirá: - Porém, por quê isso não acontece nos Estados Unidos? -. É porque aqui quase não há idolatria, há outro tipo de idolatria, mas não a que o Senhor não gosta. Porque o americano tem a tendência a ser seco quanto a estar orando a estátuas e coisas, a eles nada disso importa. O que importa a eles é colocarem dinheiro nos bolsos e os anjos dizem: - Dêem a eles, dêem -. Se Deus estivesse a favor dos pobres enviaria dinheiro aos pobres. Deus envia para cá porque “ao que tem se lhe dará mais para que tenha. E ao que não tem, até o que tem será tirado”. Por isso é que tem que se ter este conhecimento para que não seja tirado de você e que você sempre tenha. Eu recebo que sempre terei. Você também? Olhe, todo mundo que nos escuta. Então, há muitos tipos de serviços: Número 1, no ponto A; Validade Bíblica. Número 2, Comunicação Sujeita ao Conselho Aprovado por Deus. Porque se eles são anjos de Deus, Deus tem instruções para eles, eles estão submetidos a Deus, eles não estão por aí a deriva fazendo o que lhes dá vontade. Eles estão sujeitos a Deus e temos Bíblia para mostrar isso. Vamos ver o Salmo 148, do verso 2 ao 6. Salmo 148 para que você veja como eles se submetem ao que Deus estabeleceu. Rapidinho, Salmo 148, vamos ler do verso 2 ao 6, para ver uma das características destes anjos e por que temos que estar alerta para não descuidar deste tipo de salvação. Diz: “Louvai-o, vós todos…” Quê? “… seus anjos; louvai-o, vós todos seus exércitos”. Os exércitos dos céus, você se lembra? Diz: “Louvai-o, sol e lua; louvai-o, vós todas, estrelas reluzentes. Louvai-o, céus dos céus, e as águas que estão sobre os céus. Louvem o nome do Senhor; porque ele mandou, e foram criados. Os fez ser eternamente e para sempre; lhes pôs lei que não será…” Quê? Pôs o quê neles? Mandamentos, regulamentos. Então, quer dizer que Deus pôs lei aos anjos. Você não está aqui para estar tratando com anjos, separado de Deus. Porque nós queremos o serviço deles, mas é porque eles estão sujeitos a umas leis que Deus deu a eles. Então, estes grupos que falam de anjos, mas não querem falar da Bíblia, crêem nos anjos, mas não querem falar do evangelho. Então, estão em uma desobediência e é aí que vem a confusão, porque se põem a buscar comunicações com eles e ficam encantados com as fotos e as velinhas e as coisas e começam a buscar experiências místicas. E então, o que acontece é que o nosso corpo, que é gênero diabo, este corpo tem muitas habilidades que estão escondidas, sujeitadas por Deus, porque Deus tem leis para os corpos terrenos. Uns saem um pouquinho mais inteligentes do que outros, porém, o uso máximo que se dá a mente é de 10%, dizem os cientistas e os mais inteligentes uns 15%, como os do Ministério Creciendo en Gracia, que eu digo que são assim. Mas, você não pode chegar ao uso de 100% de sua mente, porém, há uns poderes. Lembram-se de que Adão, quando tinha corpo, ele governava? Bem, tanto governava que enganou a Eva com uma serpente. Se os papagaios você pode ensiná-los a falar, então ensine, porque há diferentes tipos de serpentes. Há serpentes que não podem ser hipnotizadas ou encantadas, porém, há outras que são encantadas. Eu não sei o que ele fez com a serpente, porém, Eva a entendeu muito claramente. E então, o que acontece? É que quando você se coloca a buscar experiências místicas, você pode entrar em um tipo de misticismo onde ouve vozes. E então, essas vozes começam a te dar instruções; - Vai para lá e faça aquilo -, e então, se não está regulado pelo evangelho, aí é onde se chamam estes grupos, bruxos, espíritas. Pobrezinhos, uns abençoados que pelo desconhecimento saem da ordem decretada e então, entram em experiências místicas e então, a isso chamam de “demônios”, “espíritos que estão voando pelos ares”. Não, todo espírito está sujeito à uma lei que não pode ser quebrantada. Essas coisas que disseram a você que nós podemos ir ao encontro de uns espíritas para falar, com aquela tua avó que morreu porque ela vai te dizer umas coisas... E de repente sai a tua avó falando e você diz: - Olhe, a mesma voz -. Isso é porque Deus que envia um poder enganoso para que se pareça com a voz de tua avó, por estar metido nesse tipo de desobediência. Há leis. E então, o primeiro passo para você não negligenciar uma salvação tão grande, diga: GRANDE SALVAÇÃO. Porque Paulo o disse: - Olhe, como escaparemos? -. Vejam que o povo de Israel esteve quarenta anos com os mesmos sapatos, com a mesma roupa. É verdade isso? Isso é o que diz. E então, se moviam e havia uma bola de fogo, uma nuvem de fogo que estava em cima do povo, e eles viam isso. E então, quando a nuvem se movia, eles se moviam com a nuvem. Eram anjos dando salvação a eles. Iluminava-os de noite e quando havia fome lhes enviavam maná e daí se alimentavam e estavam saudáveis. Por quarenta anos estiveram dando voltas em um deserto, porém, os anjos lhes deram grande salvação, quanto mais neste pacto que é o coração de Deus, que agrada a ele. Como escaparemos? A igreja não vai escapar, quem está me escutando pela Internet, não vai escapar. Pode descordar de mim, que você não entenda ou que tenham te ensinado diferente. O importante é que você não se descuide desta salvação. E a autoridade máxima diz a mim que esses anjos estão regulados por leis e estão expressas neste livro. E há oitenta e oito referências bíblicas para que você não se confunda e ande bem informado. Verdade que sim? Nesta guerra em que vivemos neste mundo tem que se estar bem informado. Porque em guerra avisada não morre gente e esta sociedade aqui é uma guerra. Ah? Esta sociedade é em problema. Assim que, do ponto A, o passo #3 é: Supervisão do Arcanjo. Lá em cima há um apostolado e então, o arcanjo nos céus quando se veste de carne é apóstolo. E então, o que acontece? É que estes anjos trabalham na unidade do Espírito, eles não trabalham na diversidade que existe no sistema religioso de hoje. Que aquela igreja crê assim, esta crê nisto, aquela crê... Aí há diversidade. Porém, quando eles vêem um povo unido, falando uma mesma coisa, um mesmo sentir, um mesmo parecer, eles se submetem a esse serviço. Portanto, há três passos, olhe: Deve haver validade bíblica, informação bíblica; Comunicação sujeita ao conselho aprovado por Deus, como quem diz, você tem que aprender a falar com eles. E você fala com eles a esse respeito, por exemplo, você não diz: - Deus te abençoe -. Um anjo desses, te descuida totalmente, porque ele já sabe que você está abençoado. Um “Deus te abençoe” aqui, está violando o pacto, porque aí, o anjo, o mesmo anjo vai dizer: - Não creu naquilo que anunciamos. Não creu no anúncio -. Moisés disse que Jeová te abençoe, Cristo veio e o abençoou e ele continua com o Deus te abençoe. Então, tem que saber. Tem que ter um idioma. Tem que saber falar com eles para que eles manifestem esse serviço que eles querem fazer. Assim que, essa hierarquia angelical que atende à igreja está sujeita ao evangelho, está sujeita ao apostolado. Se vocês estão submetidos ao apostolado, em um mesmo sentir, eles também. Isso é o que agrada a eles, ver submissão, porque eles estão sujeitos à lei que não pode ser quebrantada nos céus. Há umas leis nos céus que não podem ser quebrantadas diz o Salmo 148, verso 6. Portanto, se eles estão submetidos na ordem angelical, onde eles estão, que não têm corpo, quanto mais os anjos que têm corpo têm que estar submetidos a ordem apostólica; lá é a ordem de arcanjo e aqui é a ordem apostólica. Vamos para o ponto B. Diz aqui, o ponto B: A igreja é a máxima autoridade, essa é a agência de Deus, esse é o governo de Deus, a autêntica igreja de Jesus Cristo. Vamos ver em Efésios, capítulo 1, verso 18. Tomem nota, vocês que estão nos vendo pela Internet, os pastores, porque os anjos estão a ponto de desatar um serviço à igreja. E é por isso que vêm estas instruções, Deus as vai conduzindo conforme o propósito dele. Estas instruções vêm porque eles já estão ansiosos por trabalhar, amém? E já entramos no milênio da graça. Amém? Assim é. E você tem que estar tão bem, a ponto de estar bem informado para que eles não tenham nenhuma dificuldade em te servir. Que você saiba que eles sabem e que eles saibam que você sabe. Diz: Efésios, capítulo 1, verso 18, “Iluminando os olhos do vosso entendimento, para que saibais, qual é a esperança a que ele vos chamou, e quais as riquezas da glória de sua herança nos santos, e qual a supereminente grandeza de seu poder para conosco, os que cremos, segundo a operação do poder de sua força, a qual operou em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e assentando-o a sua destra nos lugares celestiais, sobre todo principado e autoridade e poder e senhorio, e sobre todo nome que se nomeia, não só neste século, senão, também no vindouro; e submeteu todas as coisas debaixo de seus pés e o deu por cabeça sobre todas as coisas…” Quem? Diga: A IGREJA É A MÁXIMA AUTORIDADE. Sobre o quê? Sobre todas as coisas a quem? Por isso é que a igreja, ao se descuidar desse tipo de salvação, não operou no poder que tem que operar. O que acontece com eles são milagrezinhos; - É que o coxo andou, que o cego viu -, esses milagres físicos, porém, os olhos, eles os têm, apagados, os olhos não estão iluminados. Você se recorda de que Paulo disse aos efésios: “Desperta tu que dormes”. A uma igreja ele disse: - Você está adormecido, desperta tu que dormes e Cristo te iluminará -. Com o que Cristo vai te iluminar? Com a informação, para que você participe do poder de sua força, porém, isso é dado à igreja. Mas, como a igreja apostatou da fé faz dois mil anos, então, a igreja não tem desfrutado desse serviço angelical. Ou melhor, a igreja tem estado em descuido. E nós, como igreja do Senhor, estamos agora recuperando em catorze anos que já temos. O rapaz de catorze anos já está pronto, já está se encaminhando para viver essa vida de abundância. Entretanto, está debaixo de tutores ainda, não? Como se estivesse guardadinho, porém, a igreja já... O Ministério Creciendo en Gracia tem catorze anos, os cumpriu em Guatebella, em Guatemala, em Guatemala, lá os cumpriu. E então, está se capacitando agora e diz aqui, diz o verso 22, “E submeteu…” Ou seja, a Cristo, o assentaram em lugares celestiais, verdade? Entrou nos céus e logo se assentou em lugares celestiais onde está assentada a igreja. E diz: “E submeteu todas…” Diga: TODAS. “… todas as coisas debaixo de seus pés, e o deu por cabeça sobre todas as coisas à igreja, a qual é seu corpo, a plenitude d’Aquele que tudo o satisfaz em tudo”. O corpo de Cristo é a igreja e tem uma cabeça, porque Cristo é a cabeça, porém, nunca vimos a cabeça de Cristo falando. A cabeça de Cristo fala através de um homem na terra, tem uma cabeça e então, quando ele escolhe essa cabeça, através dessa cabeça ele lhe põe calqueos como: “Não se descuide da Salvação”. Põe mensagens como esta. Ele pega um ser humano, o escolhe e logo ele diz: - Pois veja, eu sou a cabeça, porém, em si, ele é a cabeça -, e dá as mensagens à cabeça. E a cabeça hoje está falando com todo o mundo. E você sabe por quê? Porque a Internet é um instrumento tremendo. Você sabe por quê? Porque uma das promessas que disse o doutor Lucas, o escritor de Paulo, disse: “Todo olho o verá”. Mas, as pessoas pensam que “todo olho o verá”, fisicamente. Imagine que você esteja em Porto Rico e ele chegue, por exemplo, a Jerusalém. Como é que você vai vê-lo desde Porto Rico até lá? E se você está em Miami e chega e como diz que será em Jerusalém, onde o sistema o está esperando, estão esperando que ele desça ali, bem, muitos americanos venderam as suas propriedades e se foram no ano 2000 para esperar a vinda de Cristo lá. E você sabe qual foi o alívio? Não, é em 1 de Janeiro de 2001, agora, se não chegar em 2001, aí então, nos suicidamos. Decepcionados lá, venderam todas as propriedades e se foram para Jerusalém porque esperavam que Jesus Cristo descesse para que todo olho pudesse vê-lo. Olhe, agora mesmo o mundo está cumprindo isto: “Todo olho o verá”, estão ouvindo e vendo a cabeça falando, (Aplausos), estão ouvindo. Isso é um pensamento em voz alta, porque alguém vai se renovando até chegar à estatura de um varão perfeito. Veja o que diz em Efésios, capítulo 2, já lemos no 1; veja o capítulo 2, verso 6 e 7. “E juntamente com ele nos ressuscitou e assim também nos assentou nos lugares celestiais com…” Quem? Para quê? “… para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas de sua graça em sua bondade para conosco em Cristo Jesus” Irmãos, onde Cristo está assentado? Estamos assentados juntamente com ele. A única coisa é que, como ainda temos corpo, nosso corpo não foi transformado à semelhança do corpo que ele tem. Veja, ele tem um corpo glorificado e está assentado no mesmo lugar onde você está assentado, porém, você está com corpo. E não o vemos, como canta Iván, “e ainda que meus olhos não te vejam, eu sei que você está aqui”. Ele está conosco, “Cristo em nós, a esperança de glória”. Ele está assentado em nosso espírito, na igreja, na unidade do espírito, ele está conosco reinando. O capítulo 3, do verso 9 ao 11 (Efésios), veja o que diz, aí mesmo em Efésios. “E de aclarar a todos qual seja a dispensação do mistério escondido desde os séculos em Deus, que criou todas as coisas; para que a multiforme sabedoria de Deus seja agora, agora dada a conhecer por meio de…” De anjos? De Anjos? “… da igreja…” Eles não são mensageiros, eles são servidores. “… por meio da igreja aos principados e potestades nos lugares celestiais…” No céu? Não. Nos lugares celestiais. E quais são as potestades. E quais são as potestades? A igreja do Senhor, as potestades, olhe, hoje está aqui o Pastor Emílio Gramajo de Guatebella; então, ele é uma potestade que estava em Guatemala, e então, eu lhe dei a conhecer, aclarei a Emílio, a idéia é aclarar a todos. Olhe, no Brasil eu vou aclarar centenas de pastores, aclarar qual é a dispensação. E Emílio escutou isso, creu e hoje há milhares de pessoas em Guatemala que foram iluminadas, os olhos foram iluminados. Então, a igreja está para aclarar às potestades. Veja como diz, diz: “… aos principados e potestades nos lugares celestiais…”, que é aqui, no primeiro céu. “… conforme ao propósito eterno que fez em Cristo Jesus nosso Senhor”. Veja o que diz o capítulo 6, verso 12, (Efésios). Este é bem importante, porque este é um verso que o sistema não consegue entender. Diz o verso 12: “Porque não temos luta contra sangue e carne, senão, contra principados e potestades…” Onde estão os principados e as potestades? Nos lugares o quê? E diga-me uma coisa. Esses principados e potestades são espíritos voláteis ou têm corpo? Têm corpo. Deus não permite que nenhum espírito divague pelo ar e faça danos ao ser humano a menos que tenha corpo. Note que ele teve que pôr Satanás em um corpo. Eles nos trazem luta, diz: “… contra os governadores das trevas deste século, contra hostes espirituais de maldade nas regiões celestes”. Nos lugares celestiais, não no céu, regiões do céu que é onde está a igreja agora. Eu estou na Internet e padres católicos devem estar me escutando, bispos, pastores, líderes religiosos de todos os tipos. Eu quero dizer a eles que eles são principados e potestades, porém, se não se submetem a este evangelho, são principados e potestades de maldade, não do bem. Porque o evangelho de Paulo é o que te coloca em bem. Para mim não importa quem seja, a mim não me importa quem seja, desde o Papado, olhe, desde o Papado até todo líder religioso que esteja me escutando na Internet: Se não se submetem a este conselho se constituem eles mesmos, não eu, eles mesmos se constituem em potestades de maldade. Estamos no bem ou estamos no mal. Nem tudo que brilha é ouro. Nem todo o que sobe em um púlpito a falar com você e te faz uma cerimônia e te faz mil coisas; - Ah, que bom! Que bonito ele falou! -. Pode ser uma filosofia, pode até te falar de anjos, se não está sujeito à autoridade escrita, está mal. Nem todos os que falam de Jesus Cristo estão bem. Cristo é utilizado de muitas formas. Porém, quando nos submetemos ao governo de Deus, quando nos submetemos às instruções escritas pelo apóstolo Paulo, o nosso apóstolo, o apóstolo aos gentios, que nos dá as instruções e estão aí, claras. E veja como diz o verso 13, diz: “Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau, e havendo acabado tudo, estar firmes. Estai, pois, firmes, cingidos vossos lombos com…” Quê? “… com a verdade e vestidos com a couraça de justiça, e calçados os pés com o preparo do evangelho…” Diga: EVANGELHO. “… do evangelho da paz. Sobretudo, tomai o escudo da fé, com que podeis apagar os dardos de fogo do maligno”. Onde é que funcionam os “dardos de fogo?” Na mente. “Dardos de fogo do maligno”. Pode haver alguém pensando que Satanás está por aí com um tridente atirando flechas ou atirando dardos em alguém. Isso está na mente. Essa foi a única coisa que Satanás deixou. Satanás através de Adão estragou nosso corpo físico, e então, a mente está corrompida, por isso é que este ministério, o que faz é que te comunica a mente de Cristo para te salvar da tua mente que está corrompida. Então, você tem que aprender este evangelho para levar cativo todo pensamento que sai de tua mente caída e o levar cativo à obediência de Cristo, da mente de Cristo. Você substitui tua mente com outra mente, com a mente de Cristo. E então, dos dardos de fogo do maligno, aonde eles vêm a ser depositados, é nos pensamentos: - Você não vai triunfar -, isso é um dardo, - Você não vai conseguir. As coisas estão mal. A coisa está piorando. Cuidado -, e começam aí, e então você se esquece do conselho. Paulo diz que Cristo sempre te conduz em triunfo, que ele sempre te conduz em vitória, que ele supre toda necessidade, que ele sempre estará contigo, que ele te enriqueceu, esse é o conselho de Paulo. Porém, existe também o conselho obscuro dos teólogos de hoje que não querem se submeter a este conselho. Por isso é que se diz: “Portanto, tomai o escudo da fé e vesti-vos com a palavra da verdade”. Aqui fala como se você tivesse uma dessas armaduras romanas, dos tempos antigos. E eu tenho visto teólogos que às vezes pegam e põem uma: - Olhe, isto é assim, o jejum e você jejua e isto, e guarda o sábado e guarda aquilo -. E te vestem, porém, não do evangelho da paz, porque evangelho da paz é algo que te mantém em paz, e não que te mantém obrando. Que te mantém em repouso. Então, vou repetir, há três tipos de descuidos. O primeiro que falamos foi: Validade bíblica e que os anjos estão sujeitos a umas leis que não podem ser quebradas e, portanto, para poder receber o máximo serviço deles temos que procurar a informação do evangelho para que eles nos sirvam. O propósito deste estudo, deste calqueo é que eles não se sintam intimidados em te servir. Porque, uma vez que eles saibam que você conhece esta informação, eles dizem: - Não vai causar danos a ele. Podemos lhe fazer todo tipo de milagres que não vamos lhe fazer danos, vai continuar submetido -. Sim, porque se alguém pudesse descobrir este serviço e separá-lo, tirá-lo da igreja: - Agora eu vou levar isso para minha casa, eu já sei a informação. Ah, não vou dizimar nem semear e não me reúno com ninguém, vou ficar em minha casa sozinho porque Deus está em minha casa e não preciso ir a quatro paredes porque a igreja, sou eu -. Há muitas pessoas que põem todo tipo de desculpa e se esquecem do que Paulo disse: “Não deixando de congregar como alguns têm por costume”. Você não pode deixar de congregar. Olhe essas cadeiras vazias, isso é uma vergonha para uma porção de abençoados aqui que conhecem esta palavra. Isto aqui deveria estar cheio e não começar às oito e quinze. Tem que começar na hora que se anuncia, porque os anjos não gostam desse mal proceder. Temos que, dizemos isto, o mundo está nos esperando e aí saímos, no horário correto. ALÔ! Vocês recebem o que falo? Isso é assim. (Aplausos). Então, todo esse trabalho de dardos funciona nos maus e em nós, os escolhidos também. Você tem que aprender a cativar, o teu chamado é cativar esses pensamentos e dizer: - Eu não vou me submeter a estes pensamentos -. – Não, que você vai se dar mal, que isto, que aquilo. Você vai ficar doente --. – Não, eu não recebo isso, tampouco -. E se por acaso me acontecer, quando acontecer, digo que isto é uma mentira temporária. Para quê vou me alarmar e esperar que venha mal sobre mim? Você não está vendo que esta sociedade está programada para te preocupar. Não para te ocupar, senão, para pre-ocupar você. Você tem que se defender. Digo, se você quer durar muito tempo, se você gosta de estar em saúde, se você gosta de se realizar como pessoa e se sentir bem. Agora, se você anda todo jogado por aí, que não se importa com nada assim, pois imagine, você está descuidando dela. Por isso é que está assim. Porque já está em descuido e não sabe. Está em descuido. Então, falamos do ponto A, ponto B, que a igreja #1: há umas instruções que eles se sujeitam, #2: o poder máximo Cristo o deu a igreja. Olhe, que tremenda é a igreja, ah? Há pessoas que dizem: - Não, é uma igrejinha que há ali -. Não, essa é a igreja do Senhor, os escritórios de Deus, imagine, a igreja do Senhor. E #3: A Destruição do Diabo. Não há serviço angelical se você pensa que o diabo não foi destruído, essa é a maior ofensa. E olhe isto: As igrejas, ou as sinagogas... Bem, uma chamada igreja que crê que o diabo ainda existe deixa de ser igreja e é sinagoga porque a igreja só existiu a partir do momento que o diabo foi destruído. No Velho Testamento não havia igreja, até que Cristo foi à cruz e morreu e ressuscitou, então, começou a igreja, porque a igreja é espírito. Portanto, antes não havia evangelho, o que houve foi um pacto de lei com exigências sobre a carne e Deus não iria fazer carne, uma igreja da carne. Ele fez sinagogas, porque as sinagogas são para a carne. A igreja é para o espírito, portanto, uma entidade religiosa que está me escutando agora, que crê que o diabo ainda existe, não sabe, está confuso, está em descuido total, esse não tem nem salvação. Digo, entendendo de que salvação nós estamos falando. Estamos falando da salvação que os anjos nos dão em nosso viver diário. Porque há três aspectos da salvação que está em Hebreus 10:14, que diz que com uma só oferta te fez perfeito para sempre. Teu espírito já está perfeito, porém, um espírito aperfeiçoado pode andar em descuido. Inclusive esta noite, aqui pode haver pessoas em descuido e são do ministério, e dizem: - Sou salvo sempre salvo, predestinado, escolhido, livre disto, livre daquilo -, porém, em descuido da salvação. Saberá Deus quantos abençoados através da Internet, de nosso ministério estão sendo corrigidos. Porque existe descuido no vocabulário, falar constantes queixas. Essas pessoas que sempre estão se queixando todo dia: - Ai! -. E procuram algo para se queixar, se não encontram não dormem nesse dia, tem que encontrar algo para se queixar. Alguém chamou a isso em vez de alabanza, (louvor) “quejabanza”. (Uma brincadeira usando a palavra louvor, mostrando que as pessoas vivem se queixando, em vez de louvar). Então, não podemos violar, por exemplo, vamos ver a Colossenses 1:13 para ver bem claro. Passemos por Efésios, Filipenses e Colossenses 1:13. Enquanto procuram isso, me perguntaram onde é a próxima convenção. E eu disse: - Há outra? -. Há outra? Eu espero que depois de catorze anos antes de setembro aconteça algo precioso à igreja. Verdade que sim? Para não dar mais convenções. Ah? Isso é pensando em voz alta, sabe? Eu não disse nada aqui. (Aplausos). Bem, está completo. Imagine, que aconteça algo assim à igreja. Você já não tem que se preocupar em fazer exercícios, teu corpo fica glorificado, você come se quiser. Bem, Jesus teve seu corpo glorificado por cinqüenta dias e andou por aí, em cinqüenta dias andou, fez coisas, comeu e tudo; comeu, sim, um par de peixinhos ali, comeu com eles. E então, andava com uns discípulos e então, quando ele se aproximava o coração deles ardia. – Olhe! Este homem está ungido. O que é que lhe acontece? -. E logo, - Olhe, com razão nos ardia o coração enquanto falava conosco -. Imagine a igreja, assim é que deve estar a igreja, essa é a igreja que vai reinar por toda a terra, a poderosa igreja. A única coisa é que há tanto ensino deteriorado, por dois mil anos tanto engano que fizeram com as pessoas, tanta mentira, que então, Deus usa seu tempo para fazer as coisas. Veja, catorze anos, catorze anos usou com Paulo, depois que reuniu Paulo com Pedro em Jerusalém, que esteve quinze dias falando com Pedro, catorze anos depois, “Depois, passados catorze anos”, voltou a ver Pedro e foi aí que chamou Pedro de diabo para baixo, chamou a Pedro. Disse-lhe: “Você está de condenar, Pedro, e não andas conforme ao evangelho da verdade. Nem você e nem os demais apóstolos”, o repreendeu cara a cara ali; Gálatas, capítulo 2, verso 11 ao 14. Depois de catorze anos. Quer dizer que em catorze anos... Nosso ministério tem catorze anos, verdade? Olhe, então já podemos subir de novo a Jerusalém para repreendê-lo diante de todos, através da Internet. Ah? Bem, então, Colossenses 1:13, olhe o que diz. “O qual nos livrou da potestade das trevas, e nos transportou ao reino de seu amado Filho”. Qual é o reino de seu amado? Qual é o reino de seu amado filho? A igreja, o reino que Paulo pregava. Você se recorda que Jesus Cristo nos dias de sua carne disse: “Os reino dos céus está próximo”, porém, não havia chegado porque ele não havia ressuscitado. Tão logo ressuscitou, se formou a igreja que é o reino de Deus aqui. Você sabe que há pessoas que ficam em confusão e dizem: - Olhe apóstolo, e você crê em salvo sempre salvo? Mas é que Paulo diz que os que praticam tais coisas não herdam o reino -. Pois é claro, os que praticam tais coisas sempre estão fora da igreja, os que praticam coisas más, então, não herdam a igreja. Eles crêem que é lá no paraíso. O paraíso e o reino são duas coisas diferentes. Os que praticam, ou seja, os que vivem um tipo de vida que sempre estão na maldade e em adultérios e fornicações. E um dia alguém o vê com uma mulher por aqui e outro dia o vê com outra mulher por lá ou com outro homem, essa prática, então esses não herdam o reino dos céus. Por quê? Porque não encontram maneira de como chegar à igreja, porque se sentem culpados e não herdam. Você não. Com você acontecem coisas, mas você não pratica coisas. Isso é diferente, praticar é um “modus vivendis”, ou seja, uma forma, um estilo de vida. Você não. Você é uma pessoa séria, de bom testemunho, uma pessoa que aprecia a verdade, que aprecia a ordem que Deus estabeleceu. Ainda que às vezes te aconteçam coisas, porém, está no caminho, não saiu dele. Diz: “que o coxo não sairá do caminho”, está coxo, porém, no caminho. O importante é que esteja. Então, diz aqui que ele te livrou, ele livrou a igreja da potestade de quê? E às vezes você vê igrejas por aí... Que acontecem na igreja, - Passem a frente os que estão mal, aqueles que sentem opressões -. Essas não são opressões. Esses são dardos que você tem, colocados, que você os tira levando cativo todo pensamento. E então, imaginem a blasfêmia, a apostasia que existe hoje nestes ministérios de libertação, que se propõem a: - Passem a frente que vamos ungi-lo com azeite porque você tem algo que te amarra -. Eu, algo que me amarre? Pelo contrário, a mim, já me libertaram, no dia que me iluminaram os olhos do meu entendimento, fiquei livre e entendi que sou livre da potestade do diabo. Então, que potestade tem o diabo sobre a igreja? Nenhuma. E você é parte da igreja. Não há potestade, não há tal coisa como espiritismo e maldades que venham contra você. Quando você está informado com esta informação, não há nada que venha contra você, porque você está informado. Você não tem medo, você não anda debaixo de conselhos filosóficos, você não anda debaixo dos signos do zodíaco; que se você é de touro, que se você é sagitário. Informações erradas, estupidez da filosofia que está fora deste evangelho. Você não tem que depender disso. (Aplausos). Há pessoas que vivem, se cai uma panela na cozinha a uma da manhã, diz: - Essa é minha avó que morreu, que apareceu para cozinhar algo -. Olhe, há pessoas que têm muitas tradições, muitas tradições. Faça como fazem em Honduras que quando um homem me entendeu o que eu pregava, disse: - Ouça esta, morto o cachorro, se acabou a raiva -. Então, Satanás já foi destruído. Estou falando de três tipos de descuido quanto a essa grande salvação que Deus dá. Se você quer se descuidar dela, pois então, se descuide dela, porque aqui tudo te é lícito. Você quer descuidar dela? Então se descuide dela, ande em descuido. Digo, não te convém andar em descuido, porém, se você quer... Nós te damos o conselho para que você o escute e fique firme nele, mas, se você quer andar descuidado “be my guest”(adiante). Não o receba, viu? Faça o que quiser, ande em descuido, ande como você quiser porque depois de tudo, tudo te é lícito. E a palavra lícito, vem de licença, lícito. A você é lícito dirigir quando você tem licença. Pois Paulo disse: - Você tem um corpo, tudo te é lícito, vá e faça, porém, nem tudo te convém -. Aí é onde entra o governo de Deus. É aí onde entra cativar os dardos de fogo que vêm contra tua mente, você os cativa e os leva cativo à obediência de Cristo. E começa então, a reinar em vida, porém, se não cativa, não reina em vida, ou melhor, sofre em vida e o convite é para parar de sofrer, para que você reine. Então diz aqui que “te livrou e te transportou”. Livrou-te do poder de quê? O verso 13, o que diz? “O qual nos livrou da potestade das trevas, porém, não te deixou livre, e transportou…” Te assentou em lugares celestiais com Jesus Cristo. E veja o que diz o 12, que primeiro te fez apto, “Com alegria dando graças ao Pai que nos fez aptos para participar da herança dos santos em luz”. Você já está apto e se você é apto, está qualificado. Você não é um miserável pecador; - Ai! Eu não mereço nada -. Há pessoas que dizem: - Porque a graça é um dom imerecido -. Não. Você é apto para isso. Você é apto. Você não vê que te fizeram apto desde antes da fundação do mundo, quando te escolheram, quando escreveram o teu nome no livro da vida? Antes de chegar a esta terra, você tem uma reserva para estar aqui e chegou, chegue, chegue, ilumine-se, eduque-se. Vamos ver em Mateus 8:28, para ver um exemplo onde a igreja entra em descuido. Mateus, capítulo 8, livro de história e vou lhes dizer porque é história; 8:28. Diz assim a palavra: “Quando chegou à outra margem, à terra dos gadarenos, vieram a seu encontro dois endemoninhados…” Dois o quê? “… que saíam dos sepulcros, ferozes de grande maneira, tanto que ninguém podia passar por aquele caminho”. Aqui diz que, quantos chegaram? Dois. Você vai até Lucas e Lucas diz que é um. Por isso digo que é história porque Lucas investigou bem e disse: - Olhe, não eram dois, era um. De onde Mateus tirou que eram dois? -. E disseram: - Bem, contaram a Mateus -. Todos diferem. Isso de que esses livros são sinópticos, que repetem exatamente, isso não é assim, eles estão em diversidade; Mateus, Marcos, Lucas, todos eles têm diferenças naquilo que pensavam. Aqui diz que há dois. O que importa, dois ou um? Porém, Mateus diz que eram dois. Porém, faço isso para que saibam que se lerem a Lucas, a referência que há aí de Lucas 8:26, se forem lá, diz: “E havia um endemoninhado que veio”, mas aqui diz 2. Agora, veja o que aconteceu, verso 29. “Eles clamaram dizendo: O que tens conosco, Jesus, Filho de Deus? Viste aqui para atormentar-nos antes de…” Quê? E o quê? Eles sabiam que vinha um tempo? E quando era esse tempo? Quando Cristo fosse à cruz. Cristo ainda estava em sua função de Jesus de Nazaré. Porém, esses endemoninhados, que eram espíritos, para aquele tempo sim, havia demônios e podiam possuir as pessoas. Porém, eles mesmos sabiam que haveria um “dead line”(linha final) havia um tempo de: - Não, eu sei que você veio nos liquidar, porém, está vindo aqui antes de tempo, o que está acontecendo com você? Por que você não ficou por lá fazendo outras coisas? -. Porém, eles sabiam que viria outro tempo. Vocês sabem o que pensa o sistema? Que o tempo é agora, depois de... Quando agora a igreja já está livre. Este é um erro capital que todo o sistema protestante, todo, o sistema católico, bem, todos os que crêem em Satanás estão, olhe, atrasados por dois mil anos. Veja que atraso. Você sabe o que é um atraso de dois mil anos? Têm receitas, remédios cancelados há dois mil anos, que estão velhos, secos, não funcionam, isso caducou. Então, veja o que eles disseram: “Por quê nos atormentas antes de tempo?” Ah, e veja o que pediram, olhe, diz, Ai Pai! Estou me estendendo hoje. Diz, verso 30, “Estava pastando longe deles uma manada de porcos”. Lucas disse que eram dois mil, porém Mateus, diz que eram muitos. Diz: “E os demônios lhe rogaram dizendo: Se nos lanças fora…” Fora! Ah? “Se nos lanças…” Você tem visto como o sistema gosta de dizer: Fora!? Porque eles andam detrás da cruz, você e eu já passamos para adiante da cruz e não temos que dizer: Fora! Porque esse “Fora!”, faz dois mil anos que tomou lugar. Assim que quando alguém por aí lhe diz: - Venha porque vou orar por você. Fora! -. E até lhe pergunta: - Identifique-se. Qual é o teu nome? -. E diz: - Legião me chamo, porque somos muitos -. Eles falavam assim, porém, quando estavam antes da cruz. Eu quero que você saiba isto. Internet, a igreja do ar e todos. Tenham claro estas coisas para quando lhe disserem: - Por quê vocês não crêem no diabo? -. Dizerem-lhes: - Não, nós cremos no diabo. Cremos que ele foi destruído faz dois mil anos atrás e leiam estes versos -. Olhem, eles mesmos, os demônios sabem mais do que a chamada igreja. Eles mesmos sabiam que seriam atormentados e destruídos. E veja o que pediram, verso 31, “E os demônios lhe rogaram dizendo: Se nos lanças fora, permite-nos ir àquela manada de porcos. Ele lhes disse: Ide. E eles saíram, e se foram àquela manada de porcos; e eis que toda a manada de porcos se precipitou no mar por um despenhadeiro, e pereceram nas águas. E os que os apascentavam fugiram, e chegando à cidade, contaram todas as coisas, e o que havia acontecido com os endemoninhados. E toda a cidade saiu ao encontro de Jesus; e quando lhe viram, lhe rogaram que se fosse de seus limites”. Não estavam contentes, disseram: - Rapaz, veja só, aí perdemos quantas chuletas e quantas... -. Por isso lhe disseram: - Vai-te daqui porque você está arruinando a economia -. Sim, porque eles deveriam era estar agradecidos; - Olhe, este homem lança fora demônios, libertou esses dois homens -. Porém, eles vejam, ventre, disseram: - Rapaz, dois homens, os porcos nos afogaram -. Agora, daqui, a igreja, atenção nisso porque não são igrejas, se constituem em sinagoga. Daqui é onde eles dizem: - Irmãos -. Vocês sabem essas pessoas que procuram o pastor para ter uma conferência? – E o que é que acontece irmãos? -. – Não irmão, é que eu quando me deito à noite, vejo como se fosse serpentes no quarto --. – Hum! E o que acontece? -. – Não, é que às vezes amanheço assim tremendo e tenho um filho que tem convulsões --. – Ah, claro. Em sua casa há demônios. Procure o comitê Força de Choque, os irmãos que jejuam -, então, os levam lá. Ah, e então, são tão ridículos, porque a ignorância nos põe no ridículo. Perdão, eu estive ali, eu era um desses ridículos. Então, usam azeite ungido, começam a regar as paredes, mancham as paredes, as cortinas estragam e se têm tapetes... Para tirar esse azeite, azeite de oliva desse... E então, começa, olhe, a ungir as paredes, - Fora! Fora! Fora! Fora! -. Sempre estão fazendo assim. Você tem visto essas pessoas que sempre estão fazendo assim? E então, depois te põem a mão; - Digo que... -. Bobagens, bobagens, informações erradas. Você sabe por quê? Porque eles têm um atraso de dois mil anos. Você vem até a mim e diz: - Apóstolo -, me diz o mesmo, que sonha com serpentes e sonha com isto... E eu lhe digo: - Quando foi a última vez que esteve em um zoológico? Eu sonho com serpentes, eu sonho com uns disparates, às vezes sonho com coisas. Sonhei que caía da cama assim e havia um precipício e nunca chegava e de repente despertei e disse: Ah que bom que despertei! Porque eu sei que isso é mentira. Você vai crer nos sonhos estúpidos que você tem? Se essa carne que você tem está contaminada, esta carne é gênero... Quantas tolices você sonha, isso é pura carne, pura chuleta. Isso é carne irmão. O que você tem que estar procurando aconselhamento? O que você tem é que procurar o evangelho paulino e dizer: - Eu sou mais que vencedor em Cristo Jesus. Eu estou completo, não me falta nada -. (Aplausos). Essas pessoas que encontram um bonequinho com alfinete no jardim de casa e dizem: - Aqui está, estão fazendo um trabalho para mim -. E então, você vai procurar conselhos e se mete com uma dessas mulheres que sempre estão sonhando, têm um espírito desses de adivinhação e te dizem: - Olhe, como você está com o teu esposo? -. – Bem, estamos brigando muito ultimamente --. – Aí é que está, olhe. Esse bonequinho agora, você tem que fazer outro trabalho, porque fizeram um trabalho para teu esposo -. Veja que estupidez, quando esses são os desejos enganosos da carne que as pessoas não sabem levar cativo todo pensamento e jogar essas mentiras para o lado. Então, se complica a vida e então, de um trabalho passam a outro trabalho e de outro trabalho passam a outro trabalho e continuam fazendo trabalhos toda a vida. Nunca entram em repouso. Ah? Então, já não é assim. Diga: JÁ NÃO É ASSIM. Você já não tem que lançar nada fora. Quem você tem que lançar fora é a você mesmo, pensamentos que te vêm. – Não, não, não, não, não te recebo. Eu estou completo. Eu estou perfeito. A mim não me falta nada. Cristo em mim a esperança da glória, o Espírito de Cristo. Estou selado com o Espírito Santo da promessa, tenho o poder do Espírito Santo em minha vida, que é o evangelho -. Eu espero ter pessoas firmes ao redor do mundo, pessoas que quando alguém lhes veja: - Aí, reinando em vida -. – Olhe, mas me disseram que houve um acidente em tua casa, que morreu uma filha, um familiar --. Isso é outro departamento Apóstolo, mas eu estou reinando em vida. Sim, que dívidas, dívidas. Andando aí agoniado todo o dia e sempre com queixas e sempre com coisas; aprenda a dividir, levante-se firme, divida, exerça seu sacerdócio. Pegue sua boca e a ponha a trabalhar: “Perto de ti está a palavra, perto de tua boca e de teu coração. Esta é a palavra de fé que pregamos”. - Ah pastor! É que você não sabe as provas que eu estou passando -. Exatamente. Deus as permite para ver se saca essa confissão de tua boca, é para isso, para que você pratique. Você está passando por provas? “Good for you”, é bom que você passe. Para que então: - Digo que isto não é assim -, até que veja que você se levanta e começa a confessar a palavra. Ou você é o único que tem provas aqui? Ah? Para eu estar parado aqui te falando com esta autoridade é porque a mim, me puseram a comer disto. O forno me disse: - José Luis, vamos um pouquinho mais, um pouquinho mais, um pouquinho mais -. E mais. Não queimei nem os pelos, porque o anjo do Senhor está aí protegendo. Porém, você sabe, quem te mandou ser o Apóstolo? Quem te mandou ser um predestinado? Ah? Escolheram-te, de maneira que se te escolheram, então, vamos adiante. Não fique na metade do caminho agora. Bem, então, em Hebreus, não o busquemos porque o tempo já passou. Porém, se violar Hebreus 2:14, que diz que “porquanto os filhos participaram de carne, ele participou do mesmo para destruir ao que tinha o império da morte, isto é, ao diabo”. Satanás está destruído. Então, há três tipos de violação. Se você vai exigir serviço angelical: Número 1: Você tem que ter conhecimento bíblico, confissão sujeita às catorze epístolas de Paulo, ao apostolado. Número 2: Tem que entender que todo o poder que vai se manifestar do mundo espírito para o mundo físico, vem através da igreja. Não se meta a buscá-lo por lá em um centro espírita, não se meta a buscá-lo por lá na nova era ou no novo movimento carismático que se levantou por ali, porque você escutou que se movem, que saltam, que pulam. Não se deixe levar por isso porque isso é carne. E, Número 3: Tem que ter bem claro que o diabo foi destruído, e que a igreja foi totalmente livre da potestade do diabo. Se você não se descuida dessas três coisas, eu digo nesta noite que, anjos, não temam servir a este povo que está escutando. Não temam em servir, recebemos todo serviço angelical para a igreja. (Aplausos).
publicado por brasileiro às 12:59
sinto-me:
Terça-feira, 14 DE Agosto DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM É A RAIZ DE JESSÉ

Bem, estamos prontos para o CONSELHO?
 
Antes de mais nada, recebam um abraço e uma saudação do Papai de teu espírito. O que te gerou (Apóstolo José Luis De Jesús)… (Aplausos).
 
Assim que, e que lindo saber que eu trouxe algo que NÃO é meu, senão Dele, do próprio Deus para sua AMADA. E recebo que entramos hoje em uma nova glória, a nível mundial. Porque estamos vivendo tempos proféticos.
 
Tudo que os profetas anunciavam, que você dizia: -Bem, e que raios diz esse profeta. Estamos vivendo isso. Sim, por isso é que tem que abrir os olhos. E estamos entrando, ouça isto, estamos entrando em uma ETAPA onde as profecias, as vamos ENTENDER, mas havia que entender primeiro o evangelho, para depois INTERPRETAR a profecia.
 
Você não pode interpretar primeiro a profecia sem entender o evangelho. Primeiro é o evangelho, depois então vamos às ESCRITURAS. Porque as escrituras profetizaram do evangelho, e profetizaram do que estamos vivendo nestes TEMPOS.
 
Assim que o tema de hoje leva por título: “A Raiz de Jessé”.
 
Ponha muita atenção naquilo que vamos falar. Romanos capítulo 15 e o verso 9. Diz:
“… e para que os gentios glorifiquem a Deus por sua misericórdia, como está escrito: Portanto, eu te confessarei entre os gentios, e cantarei a teu nome. E outra vez diz: Alegrai-vos, judeus?, gentios, com seu povo. E outra vez: Louvai ao Senhor...” -Quem? -(GENTIOS).
 
-Os gentios iriam louvar a quem? -(AO SENHOR).
 
“…e magnificai-o todos os povos…”
 
Aqui, escute bem, aqui está: “E outra vez diz Isaías:...” os gentios esperarão nele”.tudo isto que viemos falando, diz Isaías, então diz: “E outra vez diz Isaías: Estará a raiz de Jessé, e aquele que se levantará para reger os gentios;
 
Agora, escute bem, a profecia dizia que vinha a RAIZ de Jessé, e a profecia também diz, e Paulo repete, que essa raiz de Jessé, é o que se levantaria para REGER os GENTIOS.
 
Vamos ler outra vez, 2:12 diz: “…E outra vez diz Isaías: Estará, futuro, estará a raiz de Jessé, e aquele que se levantará, é a mesma pessoa, e ele é quem se levantará para reger os gentios;...”
 
Por isso é que nós dizemos que aquele que viria se chamaria o regente dos gentios. Porque diz: “…aquele que se levantará para reger os gentios.
 
Agora, escute bem: O sistema religioso está esperando esse regente dentre o povo judeu. E o regente, a segunda, que é o mesmo que a segunda vinda de Cristo. Ou seja, o regente dos gentios, que Paulo profetizou que viria, é sinônimo da segunda vinda do Senhor. Porque não vai haver um regente e depois a segunda vinda do Senhor. São a mesma coisa.
 
Esse regente aos gentios, ou a segunda vinda do Senhor, o sistema religioso o espera, como que tendo sido levantado entre o povo judeu. Mas aí diz que viria a reger os gentios, aí diz que os gentios cantarão a seu nome. Os gentios o chamariam “o Senhor dos gentios”. 
 
“…Louvai-o todos os gentios…” 
 
Quer dizer que uma das características da segunda vinda do Senhor, desse Regente, é que iria se levantar para reger os gentios. Não o povo judeu. Por isso é que o sistema religioso não pode encontrar a Jesus Cristo entre o povo gentio. Porque eles estão buscando no chamado relógio de Deus, lá em Jerusalém. Mas se ali claramente diz que os gentios esperarão Nele.
 
Até agora? Me faço entender? Está clarinho.
 
Agora, esse regente aos gentios, diz que é o mesmo que a raiz de Jessé. Quer dizer que a raiz de Jessé, o regente dos gentios, o Senhor, o Filho do homem, Jesus Cristo homem, o Edificador, a Segunda vinda é sinônimo, são a mesma coisa.
Mas essa chave, esse código de raiz de Jessé, há então que se entender e ir ao antigo pacto para entender de onde vinha esse regente dos gentios.
 
Vamos ver, vejamos de onde sai essa raiz. Vamos ao Primeiro Livro de Samuel capítulo 16 verso 1. Aí está: “Disse o Senhor a Samuel: Até quando chorarás por Saul havendo-o eu desprezado, para que não reine sobre Israel?”
 
Havendo-o o quê? Se estava chorando por um rei que Deus já havia desprezado. O povo continuava chorando por Saul, e Deus já o havia desprezado. Quer dizer que houve uma mudança de reinado aí. Tudo isso estava predestinado. Uma mudança de reinado.
 
Agora, vamos ver essa mudança, Capítulo 16 verso 10
 
Veja o verso 10: “E fez passar Jessé seus sete filhos diante de...”
 
De quem? Porque, como já se desprezou a Saul, então Samuel se pôs a buscar o rei e Deus o pôs a buscar, e quando Jessé soube disso. Diga: Jessé. Jessé, que tinha 7 filhos, quando soube que Samuel vinha a procurar o ungido, o eleito que Deus havia separado para seu reino. Imagine, Jessé pegou seus sete filhos, porque os tinha bem treinadinhos para a guerra, muchachos poderosos, fortes, corpulentos, já preparados, guerreiros.
 
Então, quando Samuel passou, ele pegou esses sete e diz, vamos ler o verso outra vez, no verso 10: “E fez passar Jessé seus sete filhos diante de Samuel; mas Samuel disse a Jessé: o Senhor não escolheu a estes. Então, disse Samuel a Jessé: Estes são todos os teus filhos? E ele respondeu: Resta ainda um menor, mas esse, esssee, o que faz é apascentar ovelhas, esse é fraquinho, esse não tem..., não é alto como os demais, não tem preparação de guerreiro, esse apascenta as ovelhas. E disse Samuel a Jessé: Traga ele, porque não sentaremos à mesa até que ele venha aqui.”
 
Quer dizer, escute bem, Jessé, quando lhe disseram que Samuel procurava o novo rei de Israel, imagino que Samuel lhe tenha dito: -Olhe, vou passar em tua casa, porque me disseram que você tem filhos lá. E lhe disse: Vamos ver se Papai assinala um deles. Se o Senhor o assinala. E ele preparou a sete, todos guerreiros, experientes no arco, e que já sabiam como ser..., bem, 7 bons protótipos, que sabiam como ser rei de Israel.
 
E quando viu os 7 com aquela musculatura, lhe disse: Olhe! Mas esses são os únicos filhos que tens? Imagine, ele nem pensou em Davi, porque Davi era um pastor de ovelhas, saberá Deus o débil e o debilucho, e o fraquinho que Davi era... Não sabia, ou seja, não tinha a mínima estatura, não tinha porte, aparência de presidente, ou de rei. É que Deus sempre faz as coisas ao contrário, verdade? Não tens visto isso? Que Ele não vê o que o homem vê.
 
E ele diz: Bem, eu tenho outro filho por aí, mas esse nem percamos tempo em trazê-lo, esse é pastor de ovelhas, esse apascenta ovelhas, não sabe nem pegar um... E parece que Samuel lhe disse: Pois, não vou comer até que esse não venha.
 
E veja o que diz o verso 12: “Mandou, pois, trazê-lo, e o fez entrar, e era ruivo, olhe para lá, de belos olhos, ou seja, esse nunca havia conhecido sol, e de boa aparência. Então o Senhor disse: Levanta-te e unge-o, porque é este.”
     
Veja que bárbaro, que tremendo, como rei de Israel. Então, aí é porque tudo isto é profético. Ou seja, Jessé, não podia ver em Davi, que ali estava a veia profética da descendência que viria a reger e governar o povo, porque Jessé olhava para a aparência, quando Deus não procura a aparência. O homem vê a aparência, mas Deus não trata com isso.
 
Então, quando olham para Davi, que não tem aparência, fraquinho, de boa aparência, que não se sabia... Imagine, se dizem tantas coisas de Davi. Até que gostava de homens, diz a Bíblia, tão bonito, tão lindo era. Esse não pode ser! Pode ser. Esse é o que eu quero. E então, ungem a Davi.
 
Agora, isso está profetizado. Olhe, isso está predestinado. Por isso é que há certos momentos, que quando falavam a Jesus, lhe diziam: “Jesus, tem misericórdia de mim, filho de Davi...” Porque era por essa linhagem que tinha que vir o regente dos gentios. Alô!! Ou seja, tudo que os profetas falavam tinha uma ordem, e os anjos, e todo o decreto de Deus respeita essa ordem.
 
Você não é, você não chegou ao ventre de sua mãe por acaso. Ou seja, tua vida está delineada pelo Senhor. Você não é um acidente neste mundo, tudo que acontece em tua vida é porque estava escrito no livro, e Ele sabia que você iria passar por isso, assim trouxe anjos à tua vida, para que te guiassem para aquilo que estava preparado para você. Por isso é que nós não temos que nos queixar. (aplausos)
 
Por isso é que não podemos negar ao Senhor em nada. Em nada do que nos acontece podemos negá-lo. 
 
Agora, vamos ver essa veia profética, vamos ver de onde sai isso de “filho de Davi”.
 
Veja Mateus capítulo 9 verso 27. “Saindo Jesus dali, lhe seguiram os cegos, clamando e dizendo: Tem misericórdia de nós, filho de quê, Filho de Davi!”
 
Porque Davi era filho de Jessé, e não era, não eram os sete, era através de Davi. Um homem com debilidades. Bem, sabemos a história dele, que premeditadamente maquinou por conseguir aquela mulher. E maquinou, imagine, tudo.
Nosso Apóstolo nos contou há alguns dias a história um pouquinho mais, o relato. Como ele procurou pôr o homem, o esposo daquela mulher, na frente da batalha, e o lincharam. E tudo foi feito para ele ficar com a mulher. 
 
Então, era um homem débil em carne. Entretanto, não há um que possa ser como o coração de Davi. Que tremendo! Porque é que Deus sempre mete uma medida de espírito tremendo em um vaso débil. Deus sempre faz esse balance. Quando você encontra alguém bem débil, ponha-le o sêlo, que é uma medida grande. Não, não julgue pela aparência!. 
 
Ou seja, se teu filho, se você tem um filho problemático. Digamos que você tenha 3 filhos, e um deles é que te dá vela; pois isso é em carne. Se o vês por dentro esse é que tem, porque é que Deus sempre os veste assim. Não vês que Ele veste aos que mais ama, com mais decoro? E o que é vesti-lo com mais decoro? Dar-lhe um corpo bem débil. Essas são as (o Bispo de bispos se toca nos ombros), esses são galões, as medalhas; que Papai te veste, com corpos débeis. É uma honra! Ter um corpo débil, não queiras ter um corpo não débil. Porque então, não necessitas Dele.
 
Que coisas, não? Às vezes, por causa da contaminação religiosa, fomos ensinados a julgar as pessoas por sua aparência, por como se vestem, por como se conduzem, por seu passado, por seu histórico de crédito, por quantos matrimônios teve. Não, esta pessoa é excelente, intocável na comunidade. Mas quando lhe falas da palavra: -Não! Que José Luis. Não pode tragar, nem predestinação, nem uma coisinha assim.
 
Mas procure um desses criminosos mafiosos, que cortaram a cabeça a dois ou três, e quando lhes falas da palavra: Recebo! Vistes? Rápido o anjo, sai a medida que tem por dentro. (aplausos)
 
Por isso é que não se pode jogar fora. Você não vê que o que sofreu muito, necessita mais? O que não sofreu, diz: Não sei por quê aquela derrama perfume de nardo aos pés desse. Está louco! Porque não sofreu. Mas ela o derramou porque ela foi consolada pelo Mestre. E ela saberá. Quantos maridos teve essa mulher? Não diz: Quantos diz aí? Bem, diz que era uma prostituta. Diz os sete demônios, Diz a história.
 
Saberá Deus o que aconteceu? Não se sabe. A violaram, a maltrataram, a obrigaram. E quando encontrou o Mestre, disse: Muchacho! Entreguei minha vida a ele! Por isso é que não julgue. Deus vai buscar a maneira de usar o vil, o menosprezado, o que a sociedade marginaliza. Papai diz: Esse é meu.
 
E com o quê você crê que Deus está fazendo a reforma neste mundo. Ah! Com gente de reputação? Não! We don’t need that people. (Nós não necessitamos dessas pessoas) Ja, ja, ja. Esses são perigosos. Os que tem reputação são perigosos. Primeiro há que matá-los, primeiro, antes que se tornem instrumentos úteis. Não vê que uma pessoa com reputação, passa por cima do outro, com o fim de manter sua imagem e buscar o seu, seu próprio ventre, para manter o status que construiu por 20 anos na comunidade.
 
Por isso é que neste reino, digo, a Reforma que Papai está fazendo –para te consolar um pouquinho- a Reforma que Papai está fazendo no mundo, Ele vai fazer com gente coxa, de perna quebrada, os que a família chama de “ovelha negra da família. –Todos, todos, todos prosperaram, menos você. Todos se casaram bem casadinhos, menos você. Todos tem sido homens de bem, menos você. E recebestes a zombaria e a crítica de todos. Pois esses mais débeis são os que Deus mais usa para manifestar seu poder, neste tempo, no mundo. ABBA PAI! (aplausos).
 
Por isso é que, de nós, se diz que em nosso Ministério, são pessoas muito débeis. E recebemos isso. Nós, não, não, não negamos isso. Muchacho! Não vês que aí é que está a glória? Oxalá que venham, mas dos bons. Dos bem débeis, porque todavia há pessoas por aí que são bem... Que não vieram ainda porque não estamos prontos para agüentá-los. Alô! Mas estão na fila, estão esperando que você amadureça. Estão esperando que amadureçamos. E são pessoas, olha, desde o primeiro instante que você lhes fala. Com um assobio, Já! Já entendeu. Muchacho! Isto é meu. 
 
Que lindo! Verdade? Que lindo, como Papai ama seus filhos, os recolhe de todos os confins da terra.
 
Pois este Davi, imagine, debilucho, não tinha aparência de guerreiro, era baixinho, mas o anjo, o profeta, disse: Esse é o que o Senhor quer.
 
Então, a Jesus, o chamam, “Filho de Davi”.
 
Agora, veja isto que aconteceu antes de Jesus ascender, veja o que diz Atos capítulo 1 verso 6. “Então, os que estavam reunidos perguntaram, dizendo: Senhor, restaurarás o reino a Israel neste tempo?”
 
O reino, o reino de Davi, o de Israel, o que estava profetizado que seria restaurado. E então, aí é que lhes diz: -Olha, a vocês não pertence ver os tempos e as estações. Tranqüilos, vocês o que vão receber é poder, quando vier o espírito de verdade, está falando de Paulo. Quando Paulo vier, é que vocês vão receber poder.
 
Mas, em outras palavras, quando Jesus lhes diz: -Olhe, não está determinado que nós entendamos. É o mesmo que dizer que “a restauração do reino de Israel e de Davi não é para o tempo de vocês”; isso não é para agora, isso é para quando vier a raiz de Jessé. Isso é para quando vier o regente dos gentios.
 
Então, vamos ver algumas características dessa raiz de Jessé, como identificar. Já sabemos que Paulo falou do Regente dos Gentios e disse que também seria chamado de raiz de Jessé. Então, já vimos de onde sai a raiz de Jessé, Jessé é o papai de Davi, a raiz de Jessé, o filho de Jessé.
 
Então, se descobriu que não era Saul, era Davi. E Davi não tinha um aspecto apropriado para ser um bom rei a nível humano, mas ele era o escolhido para restaurar e levantar o povo.
 
Agora, vamos ver algumas características, para identificar onde está essa raiz. Porque eu gostaria de saber onde está, que as pessoas entendam, onde, em quem está essa raiz de Jessé; para poder entender que sobre ele está apontada a profecia do regente dos gentios.
 
Isaías capítulo 11 verso 1. E ouça isto, Davi nunca terminou seu reinado. E mais, ele quis edificar o templo e não pôde. Toda a promessa. Deus começa sempre e, no melhor, termina a profecia, a visão, com outra pessoa, e não com a que começou. Por isso é que Davi não pôde terminar, mas seu filho, sim. E assim, através da descendência, essa promessa seguiu, que Deus fez a seu povo, de que restauraria o reino de Davi. Que restauraria o reino de Israel. Que governaria, que regiria as nações.
 
Veja como diz: Isaías 11:1. “Sairá…” Isto é profético, isto é uma profecia. 
 
“Sairá uma vara do tronco de, de onde, Alô! Esse é, esse é, eh! A raiz, do tronco de Jessé, e um rebento retornará de suas raízes...”
 
Agora, veja as características. E repousará sobre ele, sobre o rebento da raiz de Jessé, repousará sobre ele o Espírito do Senhor; espírito de sabedoria...” Essa sabedoria que estava escondida, essa predestinada que nenhum dos príncipes deste século conheceu.
 
“Espírito de sabedoria e de inteligência…” Esse espírito de revelação, que te aguça os sentidos para entendê-lo.  
 
“Espírito de conselho…” Olhe! Como essa palavra, quando Ele nos fala é conselho sábio e nos consola.
 
“E espírito de poder,…” Como disse Paulo: de poder, de amor e de domínio próprio. 
 
“Espíritu de conhecimento...”Como nos ensinou esse espírito, como nos deu conhecimento do bem e do mal.
 
“E de temor do Senhor.” Veja esse espírito do Senhor, que fala através de nosso Apóstolo nos faz temer sua cobertura. Nós respeitamos sua cobertura. As pessoas pensam que nós somos pessoas bem desrespeitosas. Não. Nós respeitamos a cobertura. O que não respeitamos são as doutrinas de homens. Isso sim, mas respeitamos, temos um temor reverente do Senhor em você. De teu anjo. De tua cobertura, de tua posição. A ninguém conhecemos segundo a carne.
 
Agora veja, esse verso fala do Espírito. Agora, são sete espíritos. Esses são os sete olhos. Veja, vamos contá-los.
 
Veja o verso 2, o verso 2: Repousará o espírito do Senhor: Um. Espírito de sabedoria: dois. Espírito de Inteligência: três. Espírito de conselho: quatro. Espírito de poder: cinco. Espírito de conhecimento: seis. Espírito de temor do Senhor: são sete. Sete olhos. Os sete espíritos do Senhor que estão sobre essa raiz de Jessé. Sobre esse rebento que retornará de suas raízes.
 
Agora veja o  verso 3. Estamos lendo o contexto e tudo. “E lhe fará entender diligente no temor do Senhor. Não julgará segundo a vista de seus olhos,...” Olhe, esse que viria da raiz de Jessé, não iria julgar, iria entender o diligente.
 
 
“Não julgará segundo a vista de seus olhos, nem arguirá pelo que ouçam seus ouvidos;...” Não irá julgar pelo que dizem por aí. Quantas vezes ao Apóstolo falam a respeito de uma pessoa. Mas eu não o julgo assim! Porque o espírito do Senhor está sobre ele. Ele tem o espírito de sabedoria e de conhecimento, de inteligência. Imagine que não pode violar nada disso.
 
 “Senão que julgará com justiça aos pobres,isso é o que procura a política, e argüirá com equidade pelos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o espírito de seus lábios matará ao ímpio...” Alôôô!  
 
Isso está claro, ou não está claro? Com o espírito de sua... Veja-o aí outra vez,  verso 4. “Senão que julgará com justiça aos pobres, e argüirá com equidade pelos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o espírito de seus lábios matará ao ímpio. E será a justiça o cinto de seus lombos, e a fidelidade o cerzidor de sua cintura...”
 
Veja, “Matará com o espírito,de quê, sua boca.
 
Então, o quê disse Paulo que o Senhor iria fazer em sua segunda vinda? Vamos vê-lo em 2ª. Carta a Tessalonicenses capítulo 2 verso 8.
 
Porque o profeta o disse, que quando vier o rebento, o que retornará, o rebento de Jessé, pois ele irá matar com seus lábios ao ímpio.
 
Diz: “E então se manifestará aquele iníquo, aquele ímpio, a quem o Senhor...”
 
Quem irá matá-lo? (O Senhor, responde a amada). Então, a raiz de Jessé, era quem?
 
 “….o Senhor matará com o espírito de sua boca, e destruirá com o resplendor de sua vinda;...” (aplausos).
 
E me dizia o Apóstolo: -Carlos, esse espírito do Senhor que viria, quando diz que mataria ao ímpio, é que também viria a ensinar que há duas sementes. Iria denunciar e a assinalar a semente de perdição, iria matá-la. Porque iria dizer que quando o ímpio morre não há mais memória dele. Esse é o filho de perdição.
 
Ninguém falava disso antes. Ninguém destapou aquele que era filho de perdição, ninguém. E mais, ninguém falou do iníquo, de Pedro. Isso estava escondido, porque isso estava guardado para o resplendor de sua vinda. Isso estava guardado para o Senhor, para que com o espírito de sua boca, que viria na raiz de Jessé. Me faço entender? Retornaria das raízes.
 
Igreja, estamos para entrar em uma etapa no Ministério onde as profecias irão se aclarar, os profetas, coisas que você leu e que não entendeu, o espírito e tudo isso. Agora as vamos entender. Porque estavam vedadas para estes tempos. (aplausos). 
 
Mas já vai se entender com o olho de Jesus Cristo homem, sabendo que o Senhor já chegou. Em base a isso é que você vai ler isso. Porque não era para entendê-lo antes, porque o Senhor não havia chegado.
 
Há profecias do antigo pacto, que quando lês o verso, por exemplo, quando diz: “Nascerá um menino...” Está falando de Jesus de Nazaré. Mas depois, diz: “E o dilatado de seu império.” Já está falando do Filho do homem.
 
Quer dizer que há profecias, que tem: A, B e C. Primeiro falam de Jesus de Nazaré, depois falam da manifestação do Filho de Deus quando ressuscitou. Mas todavia falta que se cumpra a outra parte da profecia, que é quando viesse o desejado das nações.
 
Ou seja, você não pode limitar a profecia à primeira parte da vinda do Senhor, somente. Há umas que são para isso, mas há outras que são, quando dizem, “as nações”, aí já não está te falando de Jesus de Nazaré, porque não haviam nações para aquele tempo, já está falando da função do Filho do homem, de Jesus Cristo homem. Mas, que esse Jesus Cristo homem que viria, que era o próprio Senhor, viria da raiz de Jessé.  
 
O que trato de dizer é o que Papai te traz esta noite, que o que viria, que é da raiz de Jessé, iria ser levantado dentro do povo gentio; não entre o povo judeu.
 
Por isso é que todos se perturbam, todos estão buscando o Oriente Médio. Não é lá. Então, todo o mundo diz que Israel é o relógio de Deus, assim o chama o sistema, o relógio. Estão buscando. São as 12 lá, doze menos cinco. Tem que estar lá. Tem que estar em algum lugar. Tem que estar em algum tabernáculo, em alguma sinagoga tem que estar metido lendo. NÃO! Chegou a eles como ladrão na noite.
 
Veja, é como Jesus, veja, quem é Jesus? Esse, que está comendo com os pecadores, com as prostitutas; esse é o Mestre. –Não, impossível!, Não pode ser! Porque eles imaginam que Jesus de Nazaré tinha que estar metido no templo, orando. Não o podiam ver tomando vinho com as prostitutas e os pecadores. Isso era impossível! Que Jesus de Nazaré poderia fazer isso. Je, je, je. É que Deus sempre se manifesta assim. E mais, aos mesmos religiosos, lhes disse, vejam, as prostitutas e os ladrões, esqueçam, vão adiante de vocês. Vocês estão atrás. Esta gente está mais adiantada que vocês.
 
Com razão é que Jesus estava tanto tempo aí. Je, je, je. Ele chegava ao santuário, ao tabernáculo, lia um pedacinho, “Hoje se cumpre”. E voltava para a festa, com os, com os... Que bárbaro, esse Jesus!. Já, já, já, já. Isso era na lei. Imagine a Jesus Cristo homem agora em Graça (aplausos).
 
Não, esse não pode ser o Senhor! Se esse fuma, se esse bebe, esse tem um, um, uma corrente de ouro. Chico, usa a mente! Jesus Cristo veio Uffffhum! Veio disfarçado. Sim, porque se Ele vem assim em uma azinha, com uma auréola, até os ímpios se prostram aí! –Tu és o Senhor! E ele não podia fazer isso, porque isto não é de todos. Assim, qualquer um crê. Até o ímpio crê assim! Qualquer um semeia, quando o vir assim, levantando-se dos pés! E transformando água em vinho, diante dos teus olhos. FuuuH! –Dê-me o talão de cheques, meu amor, que esse é Jesus Cristo homem. Assim, qualquer um.
 
Bem-aventurados os que creem sem tê-lo visto. Sem buscar sinal para ouvir sua palavra. Abba Pai! (Ovação, aplausos) Je, je, je.
 
Olhe, se Jesus, se Jesus em sua segunda vinda, chega a vir assim como ele, como o esperam, voando assim nas nuvens, todos estes católicos e protestantes, todos se teriam convertido convertido. Então, não haveria apostasia.  
 
Mas como, imagine, use a mente de Cristo, como havia que se cumprir que Ele chegasse como ladrão, alguns entenderam e outros não? Porque, se chega a ser demasiado óbvio, todos entenderiam. Pois então, Ele teria que chegar de maneira como que: Hum, não, não! Mas outros disseram: Mhum, é esse! E outros: Pois, não pode ser!, e outros: É esse, eh?! Porque vem camuflado.
 
Por isso é que eu te digo, não julgues pelo que... Ele mesmo diz, que não iria julgar pela aparência, pelo que seus olhos vissem. Mas é que senão, imagine, seria tudo tão chato nesta vida. E você não, Ahh! Esse não é. Ahh, esse sim! É Ele! Que chato!
 
Que interessante, interessante é algo que você... Interessante é que você conheça uma pessoa, que te cai mal, pelo que faça. Já, já, já. E de momento, você a conhece e diz: Ah, mas que tremenda pessoa de..., eu a julguei pela primeira impressão, mas que linda é essa pessoa. Isso sim, que é interessante.
 
Pois a vinda do Senhor era assim. Chegou assim, como ladrão, encoberto, olha. Mas haviam uns “chips”, uns códigos. Que iria matar ao iníquo, ao ímpio, com o espírito de sua boca. Iria julgar com equidade aos pobres. Não iria julgar pela aparência. Não se iria deixar levar pelo que se ouvia. Esses são códigos, irmão.
 
O sistema não cumpre esses códigos. Ninguém na face da terra pode calçar esses sapatos. Somente Jesus Cristo homem. E estamos vivendo esses tempos de Jesus Cristo homem. (aplausos).
 
Agora, o Apóstolo me dizia: -Carlos, a raiz de Jessé, David, é outro véu de Deus. O Apóstolo me dizia: -Carlos, você se lembra no Equador, quando eu disse (lembrem, o tema que o Apóstolo falou dos 4 véus). E Ele disse há um quinto, mas não vou falar dele agora, pois Carlos, é Davi. Esse é o quinto véu. Porque Deus usa, Deus usou esse véu para manifestar-se. Mas não terminou essa função, a linha continuava, a veia profética tinha que continuar.
 
Veja o que diz, veja o que diz Isaías 11:10. Porque veja, isto é interessante entender. Me dizia o Apóstolo: Deus reencarna quando Ele quiser. Em outras palavras, você não pode aplicar a reencarnação para cada um. Nós, encarnamos. Mas isso de que morri e agora voltei e me meti numa galinha; e morri outra vez e me meti num frango. Je, je, je. Não, porque isso, isso se ensina de cada ser humano.
 
Agora, Deus se reencarna. Deus, sim, se move. Ele se reencarnou em Melquisedeque. Depois, voltou a encarnar-se em Davi, usou a Davi. Depois, usou a Moisés, depois com Jesus de Nazaré e agora com Jesus Cristo homem.
 
Por isso é que Jesus dizia, veja que se se manifestou através de Davi, que o próprio Jesus disse: Por quê Davi disse: Disse o Senhor ao meu Senhor. Como que, como se Davi estivesse falando do que viria, mas por sua vez ele era Senhor do que... Me entende?
 
Ou seja, não há tempo para entrar em todos esses versos, mas o próprio Davi falava como se o que viria, Davi, fosse Senhor do que viria
 
Por quê disse o Senhor? Por quê Davi disse: Disse o Senhor a meu Senhor? Quê, que o Senhor tinha um Senhor? Era uma manifestação de Deus. Então, se você vê as profecias, tudo era: E quando se restaurar o reino de Davi... E quando o filho de Davi... E quando vier Davi... Quando se restaurar o reino de Israel...
 
Isso não se havia cumprido, até estes tempos porque se está, porque isso tinha que chegar com a vinda do Senhor. Mas isso iria a começar no povo gentio. Não! Aí é que está a chave! Deus o ocultou, olhe –Pag! Quantas vezes lemos esse verso e não sabemos que antes do regente dos gentios, era raiz de Jessé. Em outras palavras, esse regente dos gentios que viria reger ao povo gentio, viria pela descendência de Davi.
 
Você já notou, quando a Bíblia diz: E o filho de Enoque era fulano, e Fulano era filho de Zutano, e Zutano tinha o avô tal, e a genealogia segue porque é que havia uma linha profética a seguir. E quando falam de Jesus, Jesus filho de Maria, depois diz: E Maria, filha de quê sei o que... e depois... seguindo para trás até...
 
Mas quando Paulo diz, vejam: Deixem isso de genealogia, porque o que vem é apostasia, ninguém vai entender nem um pito, mas quando vier o Senhor, ele vai aclarar u oculto das trevas, e vai trazer à luz as intenções dos corações. Depois vai se entender isso.
 
E veja, se tem sido assim, que Jesus Cristo homem, não se ensinou assim rápido e o Senhor chegou. O que ensinou foi seu evangelho: Estamos mortos ao pecado, Abençoados, Perfeitos para sempre, Salvos para sempre, Predestinados, Assentados em lugares Celestiais, Justi… Tudo isso. 
 
Primeiro, o fundamento, depois que se estendeu todo o pacto, diz: -Ok, o que te ensinou é o Apóstolo, Ah! Tremendo. Esse Apóstolo que te ensinou, é o Outro. Uauuu! Que tremendo. Pois esse Outro que te ensinou é Voz de Mando, é Voz de Trombeta de Deus; desceu dos Céus. Sim, que mais? É o regente dos Gentios, o que te ensinou. Que mais? Esse é, o, o, o, o Juiz Justo, e depois? É Jesus Cristo homem. Mas primeiro, te equipou com seu evangelho, para que pudesses tragar o outro. (Aplausos).
 
E agora que você já sabe que o que te ensinou é o Senhor, Jesus Cristo homem, agora é ele que está te abrindo as escrituras, para que vejas que os profetas falaram Dele. Todos esperavam: Abraão, Moisés, todos os profetas anelavam uma cidade. Anelavam esta cidade, cujo arquiteto e construtor é Deus. (aplausos)
 
A seu nome, Glória! Que lindo, igreja!
 
Agora, sim, podemos entender a raiz de Jessé. Mas antes não, antes, se nos falavam disso, nos engasgávamos. Imagine, nos engasg... Muitos se engasgaram ao dizer que não há batismo. Uhmmm! Ja, ja, ja. Isso é do diabo, não pode ser! E saíram fugindo. Que santa ceia não vai! Este é um Ministério do diabo. Com uma coisinha tão simples, imagine, se ele chega a te soltar quem Ele era, o próprio Deus. Morrerias!
 
Mas como Ele te ama tanto. Olhe!, como nos tem suportado. Você sabe o que é ele saber quem é? Mas esperar, porque esperar 1000 anos, 2000 anos. Se já tinha esperado 2000 anos. Esperar 20 anos ou 2 anos por sua chegada. Porque Ele, o que queria, era que você aceitasse seu ungido o que te consolava, o que você podia levar para o seu trabalho, para seu colégio, para a loja, e usar isso para se equipar e para se vestir, com a armadura do evangelho, e usar isso para pelejar a boa batalha da fé.
 
Uma vez que Ele te equipou com isso, te pôs a reinar em vida. Pois olhe, eu sou quem te deu isso. O próprio eu sou de Abraão, é quem está te falando nestes momentos. (Aplausos)
 
Olhe! Isso é até lógico. Porque, imagine, que nos deixa com o impacto tremendo que: explica-me agora da vinda, como é isso? Bom, não sei. Não, não. Veja que lindo, guardou a vinda, a revelação da vinda do Senhor para estes tempos. Isso é uma classe de filme tão lindo.
 
Então, agora todo o mundo, os que não entendem, toda sua vida, orando: “Ai, Senhor, vem, eu quisera ver-te, eu quisera abraçar-te, ver-te quando baixares, quando chegares, eu quisera ser um dos que estejam em tua vinda. E Ele chega e agora não creem. Ja, ja, ja.
 
Então, que estás esperando? Pois como Ele chegou e nos apresentou o pacto. Agora, Ele vai nos dar evidências das escrituras, que elas falavam Dele.
 
Como dizia Jesus: Quando Jesus se detinha no templo e lia Isaías, e dizia: paparapapa! Hoje se cumpriu esta profecia diante de vossos olhos. Que bárbaro! Depois, se ia à festa, (ja, ja, ja) porque ali não ficava. Você pode estar, olha, entre esses chatos fariseus, ele não ficava. Nem eles mesmos se suportavam.
 
Olha, você sabe que Jesus ia a todas as festas que havia, mas chegava por último. É que não se podia suportar uma festa dessas por mais de um dia. Essas festas judias duram como sete dias e Jesus chegava, sempre no último dia. Eu não o culpo, é como se Ele se mantivesse por lá desfrutando e chegasse na última hora. Olha, esse sou eu, eu sou o vinho, eu sou a água. Esse é o pão. Eu sou o cumprimento disso que vocês estão tratando hoje.
 
Pois, Jesus Cristo homem, é igual. Não o procure na catedral. Não o procure na mesa. Não o procure na aparência religiosa, que aí não está.
 
Veja como se apresentou em El Salvador: com um gorrinho, com uns óculos e com a corrente por fora, de tênis, chegou de tênis, com uma Bíblia na mão. Ja, ja, ja. Abençoado, Abençoado, Abençoado, Abençoado. E eu atrás com outro gorro. Ja, ja, ja, ja. (Aplausos).
 
Chico, Jesus tem que ser assim. Ou você quer um Jesus, Amantíssimo Paaaiiii que estás nossss Céuussss! Ja, ja, ja, Vamos orar, irmãos, “Santo e Excelentíssimo Deus que estás nos céus” AH! Você quer esse Deus? NÃO!
--responde a  amada.---
 
Que quando você cometa um erro, Uhuuuu que aconteceu? Anjos, cortem-no! AH! Você quer esse Deus? Ou quer um Deus que sabe compadecer-se de tuas debilidades porque foi tentado em tudo? Ah!  Alô!
 
Jep! Alô! Ai, mas é que Ele voltou a se casar. Ele se divorciou e voltou a se casar. E é que Ele toma whisky. Pois isso é o que adorna, meu irmão. O próprio profeta dizia, alegrai-vos na vida, muchachos! Não sejam uns chatos! Ainda que tomem vinho para alegrar a vida.
 
Que aconteceu? Isso te escandalizou... Ah, não! Está bem.
 
Olha, esta vida é para nós. Que acontece, que não se pode desfrutar a vida? AH! Se não há nada mau, tudo é lícito. O mau é o que está em tua mente, isso sim, é mau. E para o que é puro, tudo é puro.
 
Vamos  terminar com Isaías 11:10 diz: “…Acontecerá naquele tempo…” E já estamos aí, igreja. Diga: Eu estou nesse tempo.  
 
 “…Acontecerá naquele tempo que a raiz de Jessé, a qual estará posta por estandarte aos povos, será habitada pelas pessoas; e sua habitação, será o quê?, será gloriosa…”
 
Está falando da raiz de Jessé, estandarte para os povos, apoio, firme âncora, dossel, cobertura, os povos, as nações, Jesus Cristo homem viria quando as nações estivessem descobertas, quando a ciência estivesse desenvolvida. Quando estivesse a apostasia em seu auge, aí chegaria o Senhor como ladrão na noite. Ah! E ninguém saberia que viria do povo gentio. Isso ninguém prega. Ninguém!
 
Todo sistema religioso que fale da vinda do Senhor, diz que vem judeu. Mas diz gentio, lemos isso, regente aos gentios. Os gentios cantarão para Ele. Os gentios o magnificarão. Louvai-o todos os gentios. Os gentios esperarão Nele. E aos gentios sempre foi dito que não eram povo. Pois, ao que não é povo, Ele os chamaria meu povo. Ele os chamaria meu povo. Minha amada. Minha santificada.
 
Quando entrar a plenitude dos gentios, então, o Israel escolhido será salvo. Mas eles também tem que entrar pela fé. Tem que abandonar esses rudimentos e entender que isto não é por obras, e aqui entender que isto é por fé. Porque há escolhidos aí, também.
 
Igreja, me sinto honradíssimo de ter sido parte desse povo gentio. Dos que cantam a seu nome. Dos que manificam a seu nome. Dos que entendem e ouvem o espírito de sua boca e são consolados por Ele. E somos aqueles que temos sido ensinados a não julgar pela vista. A não deixar-nos impressionar pelas coisas que escutamos. Nós repousamos. A ninguém conhecemos segundo a carne. A ninguém. Isso é um decreto, já. Se você vive por esse decreto, isso o livra de muitos problemas.
 
Igreja, termino com isto: Se o regente dos gentios é a raiz de Jessé, e a segunda vinda do Senhor seria através de um homem gentio e esse gentio, esse regente aos gentios, que era a raiz de Jessé, viria com espírito de conhecimento, de revelação, não chegou com sinais. Não com milagres e curando as pessoas de uma dor de dente. Viria com espírito de revelação.
 
Por isso, quando perguntam ao Apóstolo, bem, e que milagres você faz? Não, eu não. Os falsos Cristos, viriam com milagres e maravilhas. Eu venho com espírito de revelação. Eu transformo a ignorância em sabedoria. Quando esses 7 olhos, esses 7 espíritos estão sobre um homem, se cumpre a profecia e se tudo o que os profetas apontam para essa pessoa: Igreja, Jesus já chegou. E se esse é o personagem, estamos vivendo os melhores dias da Bíblia.  
 
Tudo o que se profetizou aqui, era para isto, entenda.
 
Vou te dizer uma coisa: Os melhores tempos, não era quando Jesus caminhou sobre as águas, porque eles queriam isto. Diz a Bíblia que todos os profetas e os antigo-testamentários, o que procuravam era uma cidade que tinha fundamento, mas não uma cidade física, era uma cidade, era a Jerusalém celestial, onde o próprio Deus iria habitar em meio a seu povo. As profecias diziam isso. Eles o diziam. Davi cantava isso: Oh! Eu quisera estar em tua presença, eu quisera dançar em tua presença. Não me tires de tua presença.
 
 
A todos eles havia sido ensinado que o Senhor lhes amava tanto que iria habitar em meio a eles. Ele guardou essa honra para um povo que não era seu povo. Povo desprezado. Um povo débil, o vil e menosprezado do mundo. E a ti e a mim, nos quis iluminar os olhos do entendimento, para entendermos que Ele chegou por segunda vez e para amarmos sua vinda. Se isto é falso, é o falso mais lindo, que pode haver sobre a face da terra. (aplausos)
 
Se isto é falso, é o mais Bíblico que há. Se isto é falso, os profetas falaram tanto disto, pois, se isto é falso para o sistema, fico com isto que eles chamam falso, e eles que fiquem com o que eles chamam verdade. Que com o falso vamos governar o mundo e vamos mudar as nações.
 
ABBA PAI!
 
Dê um forte aplauso a Papai.
 
Igreja, estamos nos melhores dias do Filho do homem. Diga ao que está a seu lado: “Creio que estou nos dias do Filho do homem”. Eu vivo esses dias.
 
Ouça agora, já há outro nome para Jesus Cristo homem, a raiz de Jessé é o mesmo que o Filho do homem. O regente aos gentios. Abba Pai!
 
Te declaro Perfeito, Te declaro Curado e Completo.
 
publicado por brasileiro às 12:15
sinto-me:
Segunda-feira, 13 DE Agosto DE 2007

LOS RUDIMENTOS Y LOS ANGELES - final

publicado por brasileiro às 12:09
sinto-me:
Segunda-feira, 13 DE Agosto DE 2007

El Vínculo Perfecto

¡Tan grande es tu amor!
Ya estas aquí, surgiste,
¿Nunca vistes mi indisciplina?

Ya aparecisteis por segunda vez, floreciste,
¿Nunca vistes mi crueldad?
¡Oh Dios! ¡Cuanta paciencia!,
Hemos sido cubiertos con tu gracia,
¿Tan grande es tu amor?
Hemos sido protegidos con tu gloria,
¡Cuan perfecto es tu amor!
Hemos sido elegidos con tu deleite,
Este es tu tiempo, tu día, tu cosecha,
Este es tu ciclo, tranquilidad, tu paz, tu reposo,
Ya aparecisteis por segunda vez, prosperasteis,
Tú eres el que siembra la buena semilla,
Apóstol se han conmovido las naciones,
¡Oh Dios!, las potencias agitaron,
Sacudidos los cimientos de la tierra,
Sentado en tu trono de gloria
Ya aflorasteis por segunda vez, ya surgiste,
¡Tan hermosísimo es tu amor!
Te he visto rodeado de tus Ángeles,
¡Tan magno es tu amor!
Amado, nos has confirmado hasta el fin,
¡Cuan perfecto es tu amor!
Nos has ceñido nuestros lomos con la verdad,
¡Bello es tu amor!
Nos has vestido con la coraza de justicia,
Aferrados de la palabra de vida,
Sujetos de la palabra de existencia,
Y has sacado a luz la vida y la inmortalidad,
Tú eres, aquel el cual es sobre todos nosotros,
Tú eres, aquel el cual por todos nosotros,
Tú eres todo, en todos nosotros
¡Cuan agraciado es tu amor!
Estamos ya vestidos de tu amor,
Tu amor que es Tu vínculo perfecto,
Tú eres el que labranza la buena semilla,
Y nosotros gemimos dentro de nosotros mismos,
Deseando ser revestidos,
De aquella nuestra morada celestial,
Sabiendo que tu obra en nosotros no es en vano,
José Luis De Jesús, no, no es en vano tu amor,
Tenemos, poseemos, ese mismo amor para ti.
Tu vínculo perfecto, Somos Tu Amada,
Tú el vínculo perfecto, Somos Tu esposa, tu ataviada,
Tu Piropeada, apresada, cautivada, por ti…


Donal Andino
Honduras (Alturas)
Agosto 2007

publicado por brasileiro às 12:03
sinto-me:
Sábado, 11 DE Agosto DE 2007

LOS RUDIMENTOS Y LOS ANGELES - parte 4

publicado por brasileiro às 12:10
sinto-me:

pesquisar

 

Agosto 2007

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
19
24
26

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro