JESUS CRISTO HOMEM

O tema de hoje é: “A Cobertura C.E.G.”; “A Cobertura Creciendo en Gracia”. O que significa quando você diz: Eu estou debaixo cobertura? Esse é o tema de hoje.
 
Assim que, vamos ler a Romanos, capitulo 1, verso 5. E possivelmente, tenha que falar disto em duas mensagens porque é bastante amplo este tema. Mas, eu penso que você vai raciocinar comigo nesta noite e vai entender o importante que é este tema.
 
Romanos capítulo 1, versículo 5. Aí estamos todos? Sim? Diz: “E por quem recebemos a graça e o apostolado...”. Com que propósito? “Para a obediência à fé, em um povo, em todas as nações por amor de seu nome”. Este verso ninguém o havia explicado em 2000 anos. Eu trabalhei muitos anos com as denominações, conheço bastante, tenho bastante informação do que é o sistema religioso, e eu nunca ouvi a ninguém dizer: Graça e apostolado. Eu sim ouvi falar da graça, mas, sem o apostolado. E ouvi falar de apostolado, sem a graça. Mas como que ninguém havia unido essas duas: Graça e Apostolado.
 
Então, graça e apostolado, há uma versão que diz: “Por quem recebi o chamado de apóstolo e a graça, para obediência à fé”. Em outras palavras, isto foi posto como se fosse separado, como se pudesse haver muitos, mas, em si, isto é um composto. Olhe, a sombra falou disto. No velho pacto, pois havia, o povo de Israel tinha uma arca. Quantos viram aqui aquele filme de “Caçadores da arca perdida?” Lembram-se daquele filme que saía fogo, e matava, e destruía? Esse é um filme interessantíssimo. Eu me recordo quando o vi, imediatamente fui à Bíblia, me levava à Bíblia constantemente, porque os que fizeram esse filme o tiraram da Bíblia.
 
Agora, o povo de Israel tinha uma arca. Agora, essa arca era feita de madeira. Deus lhe disse: Faça uma arca, era bastante grande, com madeira de acácia. Tinha que ser uma madeira muito boa, e tinha cobertura de ouro, e uma porção de coisinhas. Agora, o importante não era essa madeira, era o que iriam pôr ali. Ali iam duas coisas, estamos falando de graça e apostolado; ali iam dias coisas, ali ia a vara que reverdeceu e as tabuas da lei.
 
Então, quando isso estava ali, essa arca era de beneficio ao povo de Israel, especialmente, a arca era para a carne, para benefícios pessoais. Por exemplo: Não adoeciam, vinha maná do céu, caía pão do céu. Não tinham que ir a Publix (Supermercado); anuncio não pago. Descia o pão do céu e comiam, e os sapatos não se gastavam. Estiveram quarenta anos com a mesma roupa, com os mesmos sapatos. Era uma provisão essa arca, que quando os inimigos, os filisteus viram o que isso produzia, os benefícios, quiseram roubá-la. Agora, havia um problema, e é que aquilo não funcionava com outra gente, era somente com o povo de Israel.
 
Uma vez eles a roubaram e eles ficaram contentíssimos. –Rapaz, temos aqui Aladim, a lâmpada de Aladim. Com isto nos salvamos-. Mas, o que acontece? É que começou a dar ulceras neles, epidemias, e quando se deram conta de que era por causa daquilo, enviaram um correio eletrônico a Israel, chamaram por telefone dizendo-lhes: Olhe, veja, tirem isto daqui, que isto é morte. Porque o que é vida, também é morte. Aquilo era um benefício para eles.
 
Agora, veja, graça e apostolado. A graça é de beneficio para a tua carne. Tira a tua má consciência, te faz reinar em vida, te tira as obras, a graça. Agora, o apostolado é quem dirige. Lá, a arca era os benefícios, mas a coluna de fogo era para guiá-los; esse era o apostolado, a coluna de fogo. Eles estavam no deserto e não podiam se mover. Quando aquilo se movia, então, os filhos de Israel olhavam e se moviam, moviam as tendas para onde aquela luz ia. Mas, a arca era para benefícios pessoais. Quando vinha o inimigo a atacá-los, com aquela arca ali, esqueça, ficavam liquidados, porque essa era a cobertura do povo de Israel.
 
Mas, o que acontece? Aquele pacto passou, aquele pacto terminou. Quando nós compramos este edifício aqui havia um símbolo daquela arca, estava ali detrás, onde está esse mapa. E então, isso para eles é... Para os judeus isso é... Imagine, uma réplica do mesmo de Moises. Naturalmente, eles tinham aquilo aí, mas isso já não funciona, porque o pacto mudou. Agora, a arca, Deus a pôs não em madeira de acácia, senão, em madeira José Luis. A pôs em um homem. (Aplausos).
 
A arca agora, esses benefícios já passaram, mas então, Deus escolhe um homem. Quem sabia que era eu? Imagine. Eu ainda vivo assombrado. Eu me levanto pela manhã, me olho e digo: Ai, Pai, que coisa é isto? Porque eu não entendi ainda, ou seja, eu vivo uma vida normal e estranha, e esquisita, e às vezes fico “eslembao” (ausente) assim pensando. Por exemplo, este tema. Este tema, pois, eu me levanto e saio pensando nisso, e de repente digo: O que é isto? E as coisas me saem assim. Porque se eu tivesse por 17 anos que preparar um tema que combine, que entrelace tudo sem contradizer o que eu disse, se me tocasse a mim, eu teria que estar horas para preparar um tema. Porque teria que estar buscando. –Deixe, que não me desvie aqui e ali porque estão me olhando. E vão dizer: Veja, se contradisse-.
 
Então, eu não poderia fazer isso, isso seria uma carga para mim. Isso seria um problema, eu ter que quando chegasse a Terça feira começaria a tremer, porque então, imagine: -Não falem comigo. Não quero comer. Olhe, que problema tenho agora, as nações, a Internet. Essas câmaras, Deus meu, que essas câmaras me comprometem a mim mundialmente. E todos esses programas de rádio e de televisão. Mas, graças a Deus que ao vir essa cobertura, que é a que me possui a mim, com essa cobertura eu não passo trabalho. De fato, eu nem penso na Terça feira nisso. Eu não ando preocupado com o que vou dizer aqui às Quartas feiras.
 
Eu sei que depois que eu faço minhas coisas pela manhã, eu, isso sim, busco um momentinho por aí, como isso das 3 ou 4, e busco tranqüilidade. Pois, e me ponho a pensar, e eu digo: Bem, Senhor olhe, estás metido em tremendo problema porque todos esses pastores mundialmente estão esperando que eu lhes diga algo. Esse é o “tranque” (artimanha) que eu uso com ele, sabe? Resolva! Até aqui tu me trouxeste, assim que, ajuda-me e me dá. E às vezes não chega, e começo, você sabe, wauw, e são as 6, e Lázaro chamando para falar de segurança, que isto, que aquilo, que olhe; e me chama Carlos, e me chama Martín: Olhe, a semeadura, aquilo. Porque todos eles me perguntam tudo. Eles não fazem nada por sua própria conta. Aqui ninguém... Isso é um mistério.
 
Ou seja, tudo o que se está fazendo mundialmente passa por mim. Tudo. Por respeito, não porque eu o exija, pela unidade do Espírito. Porque se não, imagine. (Aplausos).
 
Então, o que acontece? A pessoa se pergunta: -Apóstolo, e o que é a cobertura? Porque aqui eu escuto falando, o que é isso de cobertura? Enquanto eu tiver uma cobertura tudo está bem-. E é verdade, enquanto você tiver cobertura tudo está bem. Por exemplo, veja bem, nesse deserto aí havia travessos, gente travessa, gente murmuradora, havia todo tipo de gente. Esses judeus são tremendos. Esses judeus são tremendos. Mas, o que se passa? Que enquanto estava a cobertura saem bem. Ainda lá se vivia por obras, mas a cobertura não é por obras, a cobertura é por pacto.
 
Por exemplo, quando Moises mandou pôr o sangue no portal das portas dizia: Olhe, o anjo da morte vem, assim que, todo lar que tiver sangue fica coberto, porque quando o anjo da morte que o Senhor envia, ele tem todo tipo de anjos, anjos científicos, ele tem de tudo, ele tem tudo coberto. Pois, esse é um anjo que viria a matar, mas o que obedecia com sangue de cordeiro, ALÔ! Com sangue de cordeiro, pintava isso aí e tranqüilo a ver TV a Cabo, que quando o anjo passa por aí não vá me tocar, porque havia cobertura.
 
De fato, eu tenho memória de que no sistema que se cantava um hino que dizia: ♫Quando Deus o sangue vê. Quando Deus o sangue vê. No qual, o pecador se lavou. Verá-lhe com favor, com graça. Quando Deus o sangue vê. Isso eles tiraram do velho pacto, quando Deus via sangue, o anjo não matava. E então, agora, quando Deus vê sangue, vê perdão, te vê coberto.
 
Agora, a cobertura esteve escondida por 2000 anos. Não havia cobertura. Porque a cobertura funciona com graça e, diga: GRAÇA E APOSTOLADO. Então, isso não existiu. O mundo esteve abandonado. Por isso é que há pobreza nos povos. Por isso é que há mentira na política. Você viu como está o mundo? Você viu a perdição, a mentira, a corrupção, a máfia? Todo o mundo tem isso. O único país do mundo que está melhor é este e aqui, ALÔ! Aqui também há de tudo. Mas, a graça e o apostolado não estiveram.
 
Por isso quando mataram a Paulo em Roma, por vontade de Deus, se escondeu a arca, a coluna de fogo. Por isso foi que ele disse: Olhe, depois de minha partida não vai haver mais graça. Os vão reduzir à escravidão. Ele profetizou, sim ou não? Pois, isso aconteceu. Houve escravidão. Até que um dia o Senhor se manifestou em minha vida e me levou ao paraíso.
 
Você sabe o que é eu vir ao Senhor na minha frente falando comigo, me explicando isto? Porque eu não o entendia. Há pessoas que pensam que eu sou tão inteligente que inventei isto. Olhe, então sim que sou inteligente para inventar uma coisa assim, que tem a todo o mundo falando do mesmo por todas as partes do mundo. Eu não posso inventar isso. Olhe! (Aplausos).
 
Mas, nos perguntamos: O que é a cobertura? O que é a cobertura? Porque, preste atenção. Há pessoas que vivem sem cobertura, e há outras que vivem com cobertura. Você não quer ser encontrado fora disso. Porque eu vou te mostrar biblicamente o que vai acontecer. O que é a cobertura?
 
Rapidinho, Hebreus capitulo 1, verso 14. Aí estamos todos? Essa é a cobertura que se ativou neste ministério. Ah perdoa-me. Há somente uma cobertura para todas as nações, não há muitas. Há uma, é verdadeira. Se eu a tenho, ALÔ! Que maravilhoso eu tê-la. Agora, se eu não a tenho, eu estou fora de cobertura, estou em um problema, estou em um problema, se eu não a tiver. Agora, se eu não a tenho, os batistas a têm e eu duvido que os batistas a tenham. Porque essa gente nem apóstolo tem, imagine. Graça e muito mal, com rudimentos e todas as coisas.
 
Eu fui batista. Eu trabalhei 7 anos, e os conheço por dentro. Eu trabalhei em Atlanta, nos escritórios principais. Conheço todos os lideres, desde Billy Graham para baixo. Nenhum serve! Isso é anátema! (Aplausos).
 
Digo, conforme ao que está escrito, se é verdade o que está escrito, e esta é a Bíblia deles, eu uso a mesminha; essa gente está em mentira. Número 1: não crêem em apóstolo. Assim que, já roubaram uma parte. Graça; com rudimentos, com diabo, com pecado. Assim que, eles não são. Bem, se os batistas não têm, então, os demais evangélicos o têm. E eu duvido disso, porque vocês mesmos saíram dali, muitos.
 
Ou o terão os mórmons, que lhes apareceu um anjo que se chama Joseph Smith e têm diabo, e têm a doutrina dos apóstolos, circuncisão. Assim que, já seu que os mórmons não são. Será os Testemunhas de Jeová os que a têm? Eu duvido, porque Jeová não necessita de testemunhas, ele mudou de nome. Ele se chama Jesus Cristo. (Aplausos). Olhe, e os limites deles são 144.000; e por obras. ALÔ! Que não se sabe se chagam. Estão como se estivessem em cima de uma escada dessas do aeroporto, elétrica, que você pensa que está avançando e subiu na escada contrária. Perdeu o vôo. Assim que, eu sei que os mórmons não são.
 
A menos que os espíritas ali da Rua 8, cortando os pescoços de galinha, a menos que isso seja a cobertura. Ou seja, Alá; ou seja, Buda. Eu penso que não, porque eu nunca ouvi falar de graça e apostolado.
 
Agora, dentro da cobertura há outra cobertura que você pode se colocar se não gostar da que eu te ofereço nesta noite. Há outra. Vamos a Mateus, que eu vou te mostrar. Livro histórico de Mateus, capítulo 5; primeiro livro de história depois da Escritura. Mateus capítulo 5, verso 45. Todos encontraram? Rapidinho, o tempo já está... Sim? ABA PAI! Não diga: Aleluia; nem brincando, que se vai fora da cobertura. Se disser: Aleluia, a cobertura pode te dar, rapaz, cale-se. Aleluia era para aquele caixão que tinham com as tabuas. Para Moises sim, mas para cá... Depois da cruz, não serve.
 
Há muitas coisas que mudaram depois da cruz. O termo Jeová, você vê que Paulo não menciona. Aleluia, Paulo não menciona. Um sem numero de coisas Paulo não menciona, porque depois da cruz mudou o pacto, imagine. Você não pode, imagine.
 
Então, diz o verso 45, “Para que sejais filhos de vosso Pai que está nos céus, que faz sair seu sol sobre maus e bons”. Olhe! Quando o sol te der em tua casa, e fizer crescer tuas plantinhas, e secar algo que esteja molhado, o do lado que é um criminoso, também recebe o mesmo sol. Isso é uma cobertura. Esses são benefícios marginais, se parecem a isto, a Mateus 15.
 
Olhe Mateus capítulo 15, verso 24. Esta era uma mulher que estava pedindo pão, tinha fome, e então Jesus lhe disse assim, olhe. Diz: “Ele respondendo, disse: Não sou enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então ela, a mulher, veio e se prostrou ante ele dizendo: Senhor, socorre-me! Respondendo ele, disse: Não está bem tomar o pão dos filhos, e lançá-lo aos cães. E ela disse: Sim, Senhor; mas ainda os cães comem das migalhas que caem da mesa de seus amos”. Essa é a cobertura que você quer?
 
Porque você se pergunta: -Apóstolo, mas veja, eu conheço gente que nem vem à igreja e está bem-. Estão comendo migalhas! O que acontece é que aparentam estar bem. –Não, mas veja, se fulano no Domingo se vai para a praia, ou vai dançar, e vai para lá, e faz... E dízimos e ofertas? Que vá, rapaz, gasta tudo naquilo... Dizem: Eu, dar dinheiro a essa igreja? Não, eu não dou nada-. Estão comendo migalhas! Davi disse: Não te turbes com a prosperidade dos que não têm cobertura, que você os vê hoje em pé e depois os vê destruídos.
 
Então, há outra cobertura que é a do Salmo 139. Vamos buscar essa, vamos repeti-la, Salmo 139. Pegue sua Bíblia e na metade, busque os salmos. Esta cobertura era a que Davi queria, e é muito boa. Salmo capitulo 1, verso 18.
 
Vamos dividir isto em três partezinhas. Eu não sei se me dará tempo esta noite, mas, três partezinhas. Diga: DIREÇAO. Guia-me. Diga: ME CORRIGE, E ME RECOMPENSA. Ele vai guiar a tua vida. Quando você está debaixo de cobertura, ele faz pacto contigo. Diz: OK. Este homem foi iluminado, agora ele não é responsável por sua própria vida, agora eu vou guiá-lo. Agora me toca a mim com o quê? Olhe, eu não li a Hebreus 1:14. Mandei encontrar e não o li. Agora, viram? Faz falta a mim.
 
Os anjos são os que cuidam, então, quando você está debaixo da cobertura, os anjos começam a tratar contigo, e eles são bem bons e bem maus. Eles são de tudo, de tudo o que te faça falta, eles são. Se você necessita de problemas, eles vão te dar, te colocam e te disciplinam. Porque se eles vêem coisas que não lhes agradam, por amor a ti, começam a corrigir. Porque eles te guiam, diga: ME GUIAM, ME CORRIJEM, E LOGO, ME RECOMPENSAM. Isso se chama herdando no reino. Herdando.
 
Veja como diz o Salmo 139. “Oh Senhor, tu me examinas e conheces. Tu conheces meu sentar e meu levantar; entendes desde longe meus pensamentos”. Este homem se sente bem coberto. Diz: Rapaz, o Senhor pensa no que eu penso. Diz: “Esquadrinhas meu andar e meu repouso, e todos meus caminhos te são conhecidos”. ALÔ! O escolhido olhe, sabem tudo de ti. Tudo. Diz: “Pois ainda não está a palavra em minha língua, este é o culminante, e eis aqui, oh Senhor, tu a sabes toda”. Olhe, não chegou à língua, e diz: Vai dizer isto. Toma conta de ti. Às vezes tu fazes isso com teus filhos. –A que disse isto. Olhe-. Fulano!
 
“Detrás e diante, aí estão os anjos, detrás e diante me rodeaste, e sobre mim puseste tua mão”. Diga: ME GUIA, ME CUIDA, ME PROTEJE. Você não quer viver sem isso.
 
“Tal conhecimento é demasiado maravilhoso para mim; alto é, não o posso compreender”. Eu sim, o compreendo. Davi não, porque Davi não tinha informação da predestinação. Davi andava turbado. Os mistérios não estavam revelados. Isso foi revelado a Paulo no paraíso muito mais tarde. Por isso é que ele disse: A sabedoria oculta, a que Deus predestinou, a que nenhum dos príncipes deste século, incluindo a Davi, não a conheciam. Então, ele disse: “Alto é, não o posso compreender”. Eu o compreendo, por causa de que se revelou o conhecimento de Deus.
 
Diz: “Aonde me irei de teu Espírito?”. Não podes escapar. ALÔ! Não há escape. Que bom, que não há escape! Não olhe isso pelo lado negativo: Não há escape! Porque escapar é bom, sempre. Não. Escapar nem sempre é bom. Neste caso não é bom. Que bom, que não há escape.
 
Diz: “E para onde fugirei de tua presença? Se subir aos céus, ali estás tu; e se no Seol fizer meu estrado, eis aqui, ali tu estás. Se tomar as asas da alva e habitasse no extremo do mar...”. Se chegasse a saber que há aviões, mas não havia aviões para aquele tempo. Não tinha que pegar as asas da alva, o que tinha que pegar era um Boeing 747, rapaz, e o levaria bem longe. Por onde quer que se vá. “Ali tu estás”. “Até ali me guiará tua mão...”. Diga: ME GUIA, ME GUIARÁ TUA MAO.
 
“E me guiará tua destra. Se disser: Certamente as trevas me encobrirão; ainda a noite resplandecerá ao meu redor. Ainda as trevas não encobrem de ti...”. Você pode se meter, olhe, pode ir a South Beach (praia no sul de Miami), e curtir tudo o que você quiser, em trevas, toda a droga que vende, que venha, que sai, que põe, que cheira. Quando você é um escolhido, olhe, a noite, ele te vê, rapaz, clarinho ele te vê. Pode pular e saltar, fazer tudo o que você quiser, que ele diz: Esse escolhido é meu. Olhe, ele pensa que vai fugir de mim com droguinhas e com coisinhas. Eu o estou tomando conta. Deixe que perca um olho, que perca uma mão, que lhe dê uma ulcera, porque eles são bons podo ulceras.
 
Bem, uma vez um tocou a Herodes, assim, tat, e parecia uma chuleta debaixo do sol 5 dias, lhe deu gusaninhos imediatamente. Esses anjos são um fenômeno. Olhe, se chegam a tocar no teu bolso... Eles tocam muitas coisas. É questão de que você se enamore deste pacto. Olhe, enamore-te disto. Há um doutorado neste conhecimento, confesse a palavra ainda que debochem de ti. Faça o que você quiser. O que quiser. Você quer festejar? Com moderação. Você quer desfrutar? Com moderação. Quer se vestir bem? Vista-se bem. Quer um bom carro? Pegue o bom carro.
 
Que coisa você não pode fazer que não possas andar submetido a Ele? Por quê você tem que estar fora dos caminhos do Senhor? Por quê você tem que deixar de vir à igreja? Por quê você tem que deixar de dizimar, se isso não te convém? A você convém fazer essas bobagens, olhe, se ele o que te pede é um pouquinho. Dê-me e fique tranqüilo, que os anjos você tem a teu favor. (Aplausos).
 
Olhe, quando vier o dia mal, que o vizinho morreu, e o outro o estão velando, e o da frente está assim, e o outro, e você aqui reinando em vida: -Anjos-. Você sabe por quê? Porque quando eles guiam, os salmos mesmo dizem que a idade dos homens e das mulheres agora são 70 anos e os mais robustos 80. Vê? São 80, mas não enfermos. Imagine que você chegue aos 80, ALÔ! Mas em saúde, forte, olhe, desfrutando, herdando promessas. Santo! Olhe. (Aplausos).
 
Mas, para quê você quer chegar aos 80, olhe, assim todo...? E sempre estar... Não, isso não é cobertura. Não é somente conhecer a graça, é ter cobertura. Eu tenho visto as enfermidades subirem em cima de mim, e as tenho visto cair também, e como caem. Eu as tenho visto passar por mim, olhe, assim. É como quando a serpente vai pela areia, ela deixa os rastros. Você diz: Olhe, veja, veja as marcas. Porque a areia é branda, mas de repente sobe em uma rocha. Ali ela não deixa marcas, ali você não lhe pode seguir os passos. E assim, quando você tem esta cobertura contigo as coisas deste mundo, as enfermidades, as más noticias passam assim. Mas não te deixam marcas porque você está na rocha que é Cristo Jesus. Essa é a tua cobertura. (Aplausos).
 
Escreveu-me uma abençoada de Tampa e me disse: -Apóstolo, que estúpida eu fui. Eu o conheci a você quando estava na 36 (uma rua de Miami). Desliguei-me por estar ouvindo rumores, e não vim mais à igreja, e bem, olhe, todos os meus filhos usando drogas, meu matrimonio, tudo, destruído. Eu estou...-. “Chupando um cabo”, (passando um grande aperto) sabe? Como dizem aqui em Miami. –Mas, quero voltar-. É que quando você sai da cobertura começa a ir mal a você.
 
Olhe, aqui tem havido gente que disse: -Rapaz, que José Luis? Se isso está escrito aí. Eu levo isso e...-. E se foram, e disseram: -Eu vou abrir uma igreja para mim. E então, começam a chamar a alguns de vocês, os que estão meio, meio... Que estão meio, dizem: Esse é um bom projeto. Olhe, que José Luis que nada de José Luis, nem o outro. Não, se esse homem isto; e começam a te falar, e começam a te falar. Bem, uma vez três se foram, três pastores daqui, e um pegou 300, éramos como mil, nos reuníamos antes. Um pegou 300, outro 200, e outro 300, e estavam todos, e com os endereços e tudo, porque eu não caminho com isso. Você não vê que minha cobertura me impede que eu te governe?
 
Eu não necessito de teu telefone, nem: Anote o endereço para que se faltar mandar-te uma cartinha, olhe, para que venha. E diga que assine a um papel para atá-lo; como fazem por aí as igrejas que te dão carta de membresia. Isso é para te agarrar, para te meter na mente e te governar. Mas eu não necessito disso, porque eu tenho outra melhor, que é a cobertura. A que me diz: -Eu o dirijo. Eu o Guío. E os que eu quero que estejam contigo, estão; e os que eu não quero, não estão. Aqui você não convidou, quem convidou fui eu, José. Você pregue, não se meta em nada disso.
 
Ah, um pastor repousando assim, imagine, não envelhece. Você não vê que é fácil? Tudo é a cobertura. ALÔ! Olhe, ALÔ! Veja, ALÔ! Tudo está bem. Mas, um pastor que não entende isto, trata de pastorear, você sabe o que é pastorear carne? Começam as divisões, começa aquele deste, e este daquela, e este deste, e que a filha, que o pastor, que a esposa, e começam a entrar umas coisas. E se dividem essas congregações. Você já foi a uma igreja assim? Rapaz, isso é a morte em bicicleta. Isso é morte na panela. Ir a uma congregação dessas é ir lá para morrer. Sai daí, rapaz!
 
Aqui não, porque aqui não se permite isso, porque a cobertura não permite esse tipo de material. Quanto você tem visto aqui a Carlos dizer: -Irmãos-; ou a Martín, quando sobe, ou aos músicos: -Irmãos, hoje me foi tão mal. Orem por mim que a mim me está parecendo que tenho demônios me perseguindo-. Você já ouviu alguma vez isso neste púlpito? Olhe, ligue o rádio, esses programas cristãos dão pena. Ah, e então, pegam as chamadas telefônicas, se você quer, vá a um desses que pegam chamadas e o pastor começa a falar: Olhe, irmão, eu sei que você está passando a verde e a madura (épocas más e épocas piores). Olhe, eu sei que o diabo está te açoitando. E abre as linhas, e começam: -Olhe, pastor, você estava falando comigo, porque é que nesta semana as coisas me foram tão mal-. E tudo é o mesmo. Você já viu isso Efraim? Deixa disso. Você está cansado disso.
 
Você sabe o que é isso? Aqui não. Olhe, e que orar pelos enfermos aqui, se aqui não há enfermos. Orar pelos pobres. Aqui não há pobres! (Aplausos). ALÔ!
 
Veja, essas igrejas que o pastor diz: -Irmão, olhe, se você tem um problema, deixe-me saber que vamos orar por você. Quem tem um problema? Começam: -Olhe, pastor, eu já não agüento mais-. Como aquele que entrou a uma igreja em Los Angeles, que queria buscar a Deus e estava desesperado. –Eu necessito ouvir de Deus, necessito de uma igreja. Onde há uma igreja? E lhe disseram: Pois, veja, ali na esquina há uma-; e era uma Quarta feira, rapaz, que essas Quartas feiras são de más noticias. E então, o pastor pediu petições, tempo de petições. E veio um e disse: -Irmão, ore por mim porque o meu filho acaba decair preso. E minha esposa está que não agüenta, tenho um problema bem sério-. E o outro? –Perdi meu trabalho, irmão-. E o outro? –Vão me tirar a casa-.
 
Rapaz, quando o cara viu isso disse: Buscar a Deus? Rapaz, os deixou falar assim, e quando veio o pastor e disse: -Há uma visita aqui-. E ele disse: -Visita? Vou embora. Eu não quero estar nisso-. Olhe, esses são esconderijos de mortos. Essas igrejas por aí, que você as vê bem bonitas, com uma cruz assim? Isso é morte na panela, rapaz. Melhor que vá à praia, para lá, a tomar um banho, vá passear, não vá à igreja. A esse tipo de igreja? Aí não há cobertura. Como você vai se meter aí? Se essa gente está vazia, ali a coluna de fogo, aquela que havia no velho, ali Deus não se mete. Isso é perder tempo. E teus filhos, não os metas ali, muito menos ainda, isso os destruirá. Diga: EU ESTOU DEBAIXO DE COBERTURA.
 
Se você está debaixo de cobertura, olhe, há garantias de que esse que te rodeia por detrás e pela frente, você diz: Esqueça. Pergunte a Julio, o que conserta ar condicionados aqui, que ele disse: -Rapaz, estou até aqui de trabalho-. E quando vai lá comprar freon e vê os demais vendedores que lhe dizem: -Olhe rapaz, a rua está ruim. Rapaz, estou “chupando un cable”-. E Julio lá que não agüenta a lista. Diz: -Ao contrario, apóstolo, eu o que faço é dispensando trabalho de tanto que tenho-. Todos os empresários daqui não estão nessa queixa, porque eles não falam assim. E mais, ainda que não tenham clientes, dizem: Tudo está bem. Porque você está falando com a cobertura que está perto de você, que está te tomando conta. Como você vai dizer que tudo está mal? (Aplausos).
 
Olhe, uma vez Jesus disse aos discípulos: “Sem mim nada podeis fazer”. Você sabe o que queria dizer a eles? Vocês podem fazer muitas coisas, podem comer migalhas, e comem o mesmo que comem os bandidos injustos por aí. Agora, comigo é cobertura. “Horrenda coisa é cair em mãos de um Deus vivo”. Essa gente que se foi daqui. Você sabe que aqui não há quem divida esta igreja? E mais, eu te desafio a que formes uma congregação aqui e trates de dividi-la.
 
Olhe, e mais, vou te dizer mais. Aqui houve um homem que começou a dizimar U$100 dólares cada semana e começou a contá-los. E então, pegou um produto, e estava a ponto de ficar milionário, estava pela televisão, por todas as partes. E parece que um dia se pôs «gritty» (valente). Parece que disse: -Olhe, estou pegando-, e estava fazendo dinheiro. E se pôs a olhar tudo o que estava dando à igreja e caiu em tentação, e veio até a mim e me disse: Olhe apóstolo, eu venho dando aqui por tantos meses, eu dei U$1.500 dólares. Você pode me devolver esse dinheiro? E eu lhe disse: Ou seja, você não semeou? E me disse: -Não, não, não. Eu estou em necessidade, e necessito-. Ah, pois se você está em necessidade eu te devolvo o dinheiro, e mais, olhe, em vez de U$1.550 vou te dar U$2.000 com juros. Rapaz, não o vi mais na televisão nem no radio. Destruiu-se. A ultima vez que o vi, o vi com umas calças rotas, caminhando assim com os saltos gastos, ia todo assim.
 
Você sabe o que é você tirar o que você semeou aos anjos? Que dói a você o dinheiro que você dá aqui? Vais comer migalhas. Como vais fazer isso? Você tem que estar debaixo de cobertura. Não é José Luis. José Luis necessita de cobertura. Eu não, eu também uso essa cobertura para poder me curar, para poder prosperar, para poder estar bem, para poder estar em bom animo, para escutar a voz de minha cobertura quando diz: Este é o menu desta noite. Fala disto, que isto não é jogo. Você nunca teve cobertura.
 
Ah, e isso se vai manifestando, porque primeiro guia, logo corrige. Tudo o que está mal começa, tat, tat, e às vezes passa um aninho, e dois aninhos, e você diz: Olhe, entrei à graça e me vai mal. É que havia coisas torcidas, então a correção está endireitando. Há uns princípios que a Deus não agradam, e começa a tirar e a cuidar, até que pega toda a família e te pega a você. E uma vez que te tem, ele diz: Espere aí. Agora, recompensa. ALÔ! RECOMPENSA! ABA PAI! (Aplausos).
 
Rapaz, como você vai perder essa cobertura? Você está louco, ouviu? Eu te aconselho que você não perca esta mensagem de vista. Não te deixes debilitar por ninguém, nem por família, nem por nada, porque senão, estás ajuntando em saco roto.
 
Isso é como se eu dissesse a Carlos agora: -Olhe Carlos, vamos desistir de um programa de rádio, e um programa de televisão. Quanto é?- Bem, aí há U$3.000 papéis(dólares). –Três mil dólares? Waw! Em um mês temos quanto? Olhem podemos fazer um fundo para um plano dental para os pastores. Olhe, podemos aí... Hum! Olhe, pois, vamos fazer uma coisa...-. Na outra semana temos idéia de outro plano: -Vamos desistir de outro programa de lá, e que outro o ponha, depois de tudo os escolhidos vão chegar. Isso é questão dos anjos que eles cheguem-. Há gente que pega uns espíritos... Rapaz, entram em você ideiazinhas assim. Você diz: -Olhe, vou dar menos porque veja, eu vou mudar as cortinas, vou mudar isto, isso é para a igreja-. O que sobra. –Apóstolo, cem por um-, do que sobra. Ah, e a cédula feia, a amassada. (Aplausos).
 
Olhe, quando eu comecei este ministério, se lembra da parábola do homem que encontrou uma perola no mercado? E viu uma perola na vitrine assim, e disse: -Waw! Que perola enorme-. E disse: O que eu tenho que vender para aquilo? E foi e vendeu para comprar essa grande perola e possuí-la. Assim aconteceu comigo. Da mesma idade de Moises, igualzinho à sombra. Moises tinha 40 anos quando o chamaram e eu tinha 40 anos quando me chamaram. E quando eu recebi isto, imagine você, isto é uma cobertura que ninguém a queria. Os batistas estavam assustados, os pentecostais, todo mundo estava assustado, ninguém queria me ajudar. Até minha família, não quis me ajudar. Estava todo mundo: -O homem está maluco-. Rapaz, e eu contente com minha grande perola.
 
Então, como ninguém me ajudava, eu disse: Bem, quantos televisores há aqui? Três? Vamos vender dois. E quantos carros eu tenho? Três. Vamos vender dois. Você é testemunha disso, Juan Ramos? E então, eu tinha um Rolex e disse: Bem, tem que soltar o Rolex, porque aí me deram U$1.200 dólares pelo Rolex. E vendi o carro, e então, o ultimo que me restava era um apartamento que eu tinha e o vendi também. E peguei um terreninho que eu tinha, e disse: Vamos fazer uma casa ali de madeira. E mais, a vou fazer eu m esmo. E até isso, depois ele me pediu. E eu ali, e para adiante. E eu tão contente de investir nessa forma. Hoje não se aborreça se eu tenho um Rolex de U$8.000 papéis(dólares). Este vale 8, este não é de U$1.200. (Aplausos). Não se incomode, se eu semeei um Rolex!
 
“Tudo o que o homem semear isso também colherá”. Um presente. Eu não tenho que comprar jóias porque me dão de presente demasiado. Olhe, esta me deu de presente um cubano; o Rolex um colombiano, esta, um equatoriano; um colarzinho que tenho escondido por aqui que vale como U$5000 dólares com as cores do ministério, uma cubana. E para o dia dos pais me deram de presente um bracelete de corte italiano, vale U$14.000 dólares. Não o trouxe hoje porque imagine, podem me cortar a mão. (Aplausos).
 
Diga: A COBERTURA. “Timóteo: O lavrador para colher, primeiro tem que semear. Que Deus te dê entendimento em tudo o que te digo, Timóteo”. Mas, semeie. Não esperes colher acabando de chegar. Você semeie. Sofre penalidades, abençoado. Sofre por este evangelho. Agüente, que ainda você não sofreu até sangrar por este evangelho. E que a cobertura nunca te falte.
 
Olhe, você pode me faltar, pode faltar a Carlos, ao outro, podes falar o que você quiser, de banco, de coisas, que não gosta das cores, ou não gosta do som. Isso você não tem problemas, e não te recomendo, tampouco; porque eu não sei se há anjos que se molestam. Eu não sei, eu ando caladinho, você sabe? Tranquilinho. E vai se passar isto. Olhe, o tempo, hoje sim que não remi, Carlos. Cobertura. A cobertura me fez violar os princípios.
 
Vamos terminar com Segunda carta aos Corintios capítulo 6. Mas, olhe, isso que eu te disse dessas joiazinhas e bobagens. Eu tenho um carro a prova de balas, que me semearam, pago. O pagamento mensal é bem grande, olhe, assim: Zero. Essas são bobagens.
 
Eu tive um sonho, ouça este sonho, para o mundo inteiro. Eu estava abrindo uma igreja em Bagdá. Olhe isto. E me traziam tanto dinheiro, que eu tive que dizer a Carlos: Carlos, por favor, não quero mais jóias nem dinheiro, porque esta noite não pude dormir. Olhe, me dói as costas. Porque estava deitado em cima de colares de diamante. E tive que dizer a ele: Não quero mais. Não tragam mais nada. Neste quarto não cabe mais nada. Eram filas assim de dinheiro e de jóias. Não está vendo que todo esse petróleo que está ali levou esse dinheiro para lá? E esse homem tinha como 9 palácios? E tudo isso vem para a graça e o apostolado. Tudo. Tudo. Diga: TUDO. TUDO ME PERTENCE. (Aplausos).
 
Olhe, eu nunca menti a você. Eu estou a 17 anos aqui falando, e quando eu falo, porque eu primeiro penso antes de falar. Eu não falo aqui sandices nem besteiras. Quando eu falo, eu o tenho friamente calculado, o que estou dizendo. Nunca menti a você. Tudo o que te disse. Te disse: Em dez anos vou falar ao mundo, e no ano décimo inventaram a Internet, e estou falando agora mesmo com todas as nações, através dessas câmaras. Roberto não está parado aí, simplesmente para ver um programinha. Esse homem está controlando o mundo aí. Aí, está atento, como o querubim aí. Olhe, olhe, como está? Fixado aí com a câmara. Ele quisera estar olhando a mim e não pode. (Aplausos).
 
Segunda aos Corintios capítulo 6, verso 14, e com isso vamos. OK? Vais ver aqui um mistério. ALÔ! Cuidado! “Não os unais em jugo desigual com os incrédulos; porque, que companheirismo tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia tem Cristo, com a maldade, com Belial, com o gênero carne? Ou, que parte tem o crente com o incrédulo?”. O que não crê, dê-lhe tempo, mas se não chegar, eventualmente... Isto causa problemas, esta palavra chega e ilumina, e às vezes causa sérios problemas. “Ou que parte tem o crente com o incrédulo? E que acordo há entre o tempo de Deus e os ídolos? Porque vós sois o tempo do Deus vivente, como Deus disse”.
 
Agora vem profecia, dos profetas. Olhe, cumprindo-se agora. Para os tempos de Paulo não se cumpriu, é para os meus tempos que isto está se cumprindo. Ouça isso. Veja como diz: “Habitarei…” Deus disse o quê? “Habitarei e andarei…” Com quem? “Entre eles”. Tu tens visto a Deus andar entre você? Olhe, “Habitarei e estarei entre…”. Olhe isto. Veja. "E serei seu Deus, e eles serão meu povo”. Têm carne, porque para ser povo você necessita cabelo, roupa, necessita de corpo físico. Esqueça isso de por lá jogado em uma nuvem, é por aqui embaixo o assunto. “Eles serão meu povo”.
 
Diz: “Pelo qual, saí do meio deles”. Quantos já saíram do sistema? Quantos saíram de todo? Não voltem para lá nem a buscar notas de cem. E é mentira, porque lá nem a de um tem. “Saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor, e não toqueis o imundo; e eu os receberei”. Olhe isto. “E serei para vós Pai”. A quem vocês chamam de pai?
 
“E serei para vós pai, e vós me sereis filhos e filhas, disse o Senhor Todo Poderoso”. (Aplausos).
 
Olhe, não terminei. ALÔ! Espere aí. Olhe, veja, diz: “Assim que...”. Essa é a conclusão, e o escritor pôs o 7 aí, e você pensa que terminou. Não, agora é que isto começa. Olhe, “Assim que, amados, posto que temos tais promessas, limpemo-nos de toda contaminação de carne e de espírito…”. A cobertura, você não pode ter contaminação. Necessitas da mente clarinha no que estás crendo e confessando. Toda contaminação de carne e espírito, olhe isto: “Aperfeiçoando a santidade em…”. Em quê? Em que as mulheres não usem saias curtas? Em que não usem brincos de ouro?
 
Porque o sistema diz que a santidade está em como você se veste, ou aonde não vá. Não. “No temor de Deus”. Que você sinta um temor reverente pelas coisas do Senhor, que faça o que faça, sempre contando com teus anjos. Sempre. Saiu de férias? –Anjos, as melhores férias-. ALÔ! Foi comprar roupa? –Anjos, recebo que encontro a peça que busco a bom preço, remarcada, ou sem remarcar, mas, encontro o que eu estou buscando-. Eu faço isso. Olhe, eu levo tempo procurando uns sapatos Brown (marrom) faz tempo, e não os encontro. E na ultima vez, eu disse: Necessito de um par de sapatos Brown que eu goste.
 
Eu ponho tudo aos anjos. Para que se cansar, abençoado? Se eles estão aí para teu serviço? As mulheres: Recebo que me fica bem o penteado. Recebo que estas ruguinhas se submetem. ALÔ! Tratamento. Olhe, ouça isto, o apostolado te dá vida longa. A cobertura te abençoa. Para que você quer estar sem isto, se isto não te exige nada?
 
O que te exige é aperfeiçoar a santidade no temor de Deus, conhecimento de Deus. Não a porcaria de conhecimento esse das igrejas por aí. Isso não serve. Isso é alfarroba, o que comem os porcos. Isso não serve para nada. É o conhecimento da graça, do evangelho da incircuncisão. As catorze epistolas de Paulo, coma-as, e fale-as, que tua vida não será a mesma. (Aplausos). ABA PAI!
publicado por brasileiro às 12:39