JESUS CRISTO HOMEM

                OS QUE SÃO DE CRISTO

O tema de hoje é “Os que são de Cristo”. Diga: OS QUE SÃO… Parece que há uma exclusividade com os que são de Cristo. Agora, há pessoas que são de Cristo, mas não o sabem. Então, estão impedidos em relação aos que sabem que são de Cristo, porque não participam por falta de conhecimento. Mas, viemos falando do velho homem e o novo homem. Correto? Que esse foi o tema ultimamente? Vestir-nos do novo homem. E, como nos vestimos do novo homem? Através de…? A mente, de um conhecimento.
 
E então, se não nos vestimos do novo homem andamos no velho, e o velho está o quê? Viciado conforme a desejos enganosos. Por exemplo, quando Paulo entregava alguém a Satanás, esse é um termo que nem os profetas falaram disso, os onze apóstolos não sabiam. Paulo foi o único que subiu ao paraíso e recebeu essa comunicação, Cristo explicou a ele: -Olhe, quando alguém não se veste deste conhecimento, é como se fosse Satanás mesmo-. Porque quando entrou o pecado o homem faz o mesmo que o diabo, diz que o diabo é ladrão, é mentiroso, e mata. E um homem faz o mesmo: mata, mente e rouba, furta.
 
Ou seja, que Adão quando pecou, ele fez uma transferência. E toda a personalidade do diabo caiu nas mãos do ser humano. Por isso, os desígnios de nossa carne não se sujeitam à lei de Deus. Por isso, você sob uma ira, você pode matar; sob uma raiva. Aliás, alguns de vocês ainda possuem certos rancores com familiares que não sai de vocês, e é porque o velho homem possui isso. Alguns de vocês têm uns pesadelos tremendos, porém, ainda estando aqui. Alguns de vocês ainda padecem situações que herdaram nessa experiência de toda essa idade, essas coisas ainda ficaram.
 
Eu mesmo, às vezes descubro complexos, situações. Ao tratar a outras pessoas, depois me ponho a pensar por que eu reagi assim. E me dou conta que eu venho arrastando umas heranças do velho homem, de família da família De Jesús, da família Miranda. Tudo isso. Isso é de geração em geração. A pessoa vem arrastando situações. Então, o velho homem é um desastre. Você é um desastre em carne.
 
Então, a alternativa é te vestir do novo criado segundo Deus; que o novo homem diz que tudo está bem, que você está completo, que você é a imagem do próprio Deus. Então, isso te ajuda uma tonelada. Ajuda-te um montão. Por isso é que as pessoas deste ministério se sentem tão realizadas. Dizem: -Eu não sei o que se passou comigo. Claro. Estás crendo ao novo homem criado segundo Deus. Então, isso te faz se sentir melhor, te dá uma nova convicção, te dá novas formas de tratar aos demais. É uma tremenda bênção.
 
Vamos ver as características do velho homem, para que você veja quem és. Gálatas, capítulo 5. Para que você veja quem é o ser humano, não você, mas todo ser humano. Capítulo 5. Todos, por favor.
 
Quero dizer que este copo me foi presenteado na Bolívia. Clarainés me disse: -Apóstolo, eu pela Internet vejo umas tacinhas ali, bastante boas, mas esta é melhor-. Assim que, vou estrear o copo que Clarainés me deu.
 
Quantos presentes são dados ao apostolado. Verdade? E os que faltam. Eu os recebo. Você sabe por quê? Eu os recebo com todo a honra, porque, eu não sou o Apóstolo. Eu sou José Luis. O Apóstolo é um que vive dentro de mim. E eu, em nome desse que vive dentro de mim recebo aplausos, recebo ABA PAI! Recebo tudo o que vocês me dão. Porque eu já sei que você não quer saber da carne. Porque eu tenho um velho homem que está igualzinho ao que vamos falar agora. O meu é igualzinho ao teu.
 
Olhe aí, Gálatas 5, verso 19 ao 21. “E manifestas são as obras da…”. Quê? De quê? E quem tem carne aqui? Todos temos carne. Agora, manifestas são as obras da carne. Olhe, veja como está vestida tua carne. “Que são: adultério”. Você sabe que você é um adúltero em posição? Não em condição, mas em posição, você tem matéria. Ou seja, quando Deus olha tua carne a vê adúltera. Por isso é melhor que você se vista do novo homem, para que ele te veja bonito.
 
E isto não é por obras, isto não é pelo que você está lutando, -porque eu, que fui toda minha vida-. Tenha cuidado com essas lutas, porque um dia você pode se queimar. Há pessoas que se portam bem toda uma vida, toda uma vida e são inatacáveis. À idade de 65 anos, a…, a…, estragam tudo completamente. Então, de que vale toda essa conduta? As faíscas te pegam à ultima hora.
 
Então, olha o que diz: “E manifestas são as obras da carne, que são: adultério, fornicação, imundícia, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades…”. Você sabe que há pessoas que dizem: -Não, eu nunca fiz nenhuma dessas coisas que você menciona aí-. Mas, não fala com ninguém, inimizade. E diz que o que viola a lei num ponto se faz culpado por todos. Ou seja, que você pode se portar bem setenta anos e aos setenta anos violar um ponto, e se você for pela lei Deus diz: Culpado. Por isso, você não pode ir por lei nem por obras porque vais perder.
 
Então: “Inimizades”. Quem não teve inimizades, essa manifestação em algum momento de sua vida? “Pleitos”.  Quem não teve ciúmes às vezes? “Iras”. Quem não teve ira? ha! Sob uma ira, rapaz, você pode até queimar tua casa. Uma ira dessas bem manifestadas. “Contendas”. Você quer ver contendas? Entre a uma igreja dessas pentecostais ou evangélicas, uma igreja católica. Bem, qualquer igreja que não entenda a graça, que não sabe te vestir do novo homem, nessas igrejas o que vão é a criticar. –Olhe, veja como está vestida. Olhe a fulano-. Sempre estão...
 
Eu não sei. Eu nem me dou conta. Às vezes me dizem: -Você viu como veio fulano? –De verdade? Eu nem me dei conta. –Mas, você não viu que ele cortou o cabelo. -Nem me dei conta. –Mas, você não viu que ele estava… Eu, com ver a cara e ouvir a voz já... Estou parecido a Deus, viram? Já nem me dou conta. Olhe, você também, tens o dever...
 
“Iras, contendas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices…”. ALÔ! Cuidado agora no o natal! “Orgias, e coisas semelhantes a estas acerca das quais vos admoesto, como já lhes disse antes, que os que fazem tais coisas…”. Ah? Como diz tua Bíblia? Fazer e praticar é diferente, porque às vezes, uma ou outra, algum destes atributos se agarra a você. Agora, praticar é uma pessoa que está pendente disso, constantemente. Não, que vive para isso. Agora, que faz ou comete. Praticar é diferente.
 
Então, existe a alternativa de tua verdadeira personalidade. Ou seja, a tua verdadeira identidade está nos próximos versos, olhe, o novo homem. Diz: “Mas o fruto do Espírito…”. Quem você é? Um espírito que vive num corpo. Lembra-se quando Paulo disse: -Olhe, que já não sou eu quem faz essas coisas, senão o pecado que mora em mim-. Em si, você não é isso, digo você é responsável sobre isso, porque teu veículo, você é responsável por teu veículo, de mantê-lo fora de prática dessas coisas. Ainda que você não seja isso, esse automóvel que te foi dado que se chama tua carne, e esse automóvel está contigo para sempre. Esse você não pode mudar por causa de quilometragem alta, ou porque está velhinho. Esse é eterno contigo, e é tua responsabilidade mantê-lo o melhor possível. Dar bom testemunho. Isso é o que ele quer dizer.
 
Mas, diz: “Mas o fruto do Espírito é amor”. Quando você se veste do novo homem, você é um amor. Olhe, “gozo, paz, paciência, benignidade, bondade, fé, mansidão”. És manso. Atacam-te e és temperado. Temperança. Não respondes rápido, porque estás vestido. E o outro gritando e te acusando: -Que você, que isto, que aquilo, que essa tua igreja tua, que esse Apóstolo-. E você, com uma calma. Atacam-te e você está em temperança. “Contra tais coisas não há lei”
 
Agora, olha esse detalhezinho do verso 24. “Mas os que são de Cristo…”. O que aconteceu? Você sabe que Paulo, por causa da justiça tem que identificar as obras da carne e o fruto do espírito. Note bem que não diz: -As obras do Espírito. Diz: O fruto, isso nasce. A carne é por obra, tem que a trabalhar duro nela. Agora, aqui diz: -O fruto do Espírito. Mas, depois te diz: -Agora, os que são de Cristo-, não contam essas duas. Os que são de Cristo são gente muito especial, que Deus os trata com exclusividade. Os que são de Cristo.
 
Por exemplo, vamos prová-lo. Romanos 6:6. Vamos ao livro aos romanos, a Roma. Diz aí que os que são de Cristo têm… Terão ou têm? Já aconteceu. Você tem que tomar nota. Quero você com caderninho, teu lápis aí, anotando isto porque assim memorizas. Não só com Bíblia, uma caderneta, um lápis para que possa anotar. Porque estas são as aulas que você vai receber, e tudo o que você escreve, memorizas melhor.
 
Olhe, Martín, vamos ter que comprar umas cadernetinhas para tê-las... Aí há caderninhos? Há aí? Sim, porque isso ajuda a memorizar, e tudo o que você memoriza, te ajuda a se vestir mais rápido. É melhor ter a roupa passada do que amarrotada.
 
Verso 6. “Sabendo isto”. Se você não sabe, tua roupa está amarrotada. “Sabendo isto, que nosso…”. ALÔ! Nosso o quê? O que lhe aconteceu? Vai ser? “Foi crucificado juntamente com ele, para que o corpo do pecado seja destruído, a fim de que não sirvamos mais ao pecado”.
 
Olhe, veja bem, você não está suposto a se vestir do velho homem. Você sabe por quê? Porque esse foi crucificado. Preste bem atenção, abençoado, você tem que entender a Deus. Deus te vê já crucificado. Você sabe o que é um crucificado? Uma pessoa, o que está crucificado não pode se mover nem para coçar o nariz. Um crucificado não pode fazer nada. Deus o vê morto, o vê crucificado. Digo, assim é que Papai é, se você respeita a Papai Deus. Porque aqui está o detalhe da diferença que você vai fazer para com os de fora. Eu respeito a Papai. –Não, mas é que eu sinto, que eu experimentei, porque a mim minha mamãe-. A mim não me importa.
 
Olhe, você sabe quantas opiniões há, que as pessoas podem dar? Imagine, todos os que estamos aqui, se eu lhes pedisse uma opinião. Você teria uma opinião. Mas que bom, que você juntamente diga: -Apóstolo, eu voto para que nenhuma opinião seja levada em conta, senão a de Deus-. E então, Deus diz: -Bem, como levaram em conta minha opinião eu vou lhes dar fruto a isso que vocês fizeram. Isso é o que eu fiz. Eu não tenho opinião, “a mim não me importa um bledo”(Significa: as opiniões têm valor insignificante). A mim não me importa nada. Se você me pergunta: -Olhe, José Luis, o que você pensa?-. Eu posso te falar uma porção de coisas, mas a mim o que me importa é o que está escrito aí. Essa é a diferença que eu faço ao mundo.
 
Por que você acha que todos estes pastores não se atrevem nem a se aproximar daqui? Por que não se atrevem nem a me fazer um convite? –Vamos convidá-lo, fazer uma mesa redonda. Vamos confrontar a este falso, este herege, porque estamos perdendo ovelhinhas-. A ovelhinha para eles significa isto (faz sinal com a mão significando dinheiro). Nós somos milhares aqui, comparados com aqui que há duzentas ou trezentas pessoas, aqui somos milhares. O que acontece é que não podem chegar. Uns não têm automóvel, outros as crianças, a escola, e não chegam. Mas somos milhares, e esses milhares significam milhares e milhares de dinheiro que não lhes está chegando, e isso lhes incomoda. Eles não estão ocupados contigo, mas o que lhes ocupa é o dízimo que você dá a eles.
 
A mim é você que importas, porque esse é o meu chamado, a educar vidas e fazê-las livres. Não as manipular com: –Assinatura aqui. E, você é membro daqui. E, não vá para lá-. Não, não. Você pode fazer o que você queira nesse aspecto. Mas eles não podem me confrontar. Sabe por quê? Porque jamais em sua vida terão sofrido uma vergonha tão grande com um homem que depois do que eles opinarem, eu digo: -Olhe, minha opinião está escrita aqui. O que diz aqui? “Meu velho homem foi crucificado”. De quem vocês estão falando? Vocês estão falando com um crucificado. (Aplausos).
 
Gálatas 2:20. Para ver se é que há um verso bíblico somente, e eu o estou torcendo ou há matéria nos ensinos de Pablo para nós. Agarre bem estes ensinos porque isto, se você tem um chamado pastoral. Você não sabe onde você vai terminar. Aqui há pessoas que vieram e se sentaram uma vez e hoje são pastores, hoje são bispos. Mas você tem que aprender estes ABC’s, que são simples. Isto o que tarda são 30 minutos, e está tudo escrito, é uma ordem, se o escreves, aprendes e podes ensinar a outros.
 
Mas, se você sai daqui dizendo: -Não, não, é que o Apóstolo disse. Deixa-me ver. Bem, não. Eu sei que ele o disse, está por aí, eh, por Gálatas-. Assim você não vai conseguir. É, -Não, está em tal parte. Procure a Bíblia-. Isso é o bom, quando você diz: -Está aqui.
 
2:20. Que diz? “Com Cristo é…”. Quê? Estarei? Estou, o quê? “Juntamente…”. Como? “E já não vivo eu, mas Cristo vive em mim; e o que vivo na carne…”. ALÔ! “O vivo na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim”. Você está crucificado, meu amor? Ainda que alguns de nós às vezes desçamos, rapaz. Não desça daí. Digo, damos nossas descidinhas às vezes, viram? É como aquele que vai a escola, e por um momento ele sai, mas sabe que tem que voltar. O importante é saber onde você pertence.
 
“Com Cristo estou…”. Os que são de Cristo estão juntamente crucificados, e já não vive você. E o que te resta em carne, viva na fé de quê? Fazendo ele em vocês, fazendo ele em vocês. Mas isto é posicional.
 
Você sabe que ninguém tinha ensinado assim em 2000 anos? Ninguém. Há pessoas que pegam estes versos, lêem esse verso e ficam falando duas horas: -Porque a história disse que isso significa, que quando prendiam alguém no madeiro liam a ele todos os direitos da família, do avô, do tio-, e quando você vai ver não dizem nada. ha! ha! ha!
 
Eu vou ao cru: “Estou juntamente com ele crucificado”. Já. Posicional. Posição – condição. Condição, é que você às vezes desce. Às vezes você desce, umas descidinhas dessas longas. Mas, você sabe que tem que retornar para ali porque Deus te vê aí, e aí é que você tem que estar. Mm!
 
Colossenses capítulo 2, verso 12. Colossenses. Aí está Gálatas, Efésios, Filipenses e depois, Colossenses. Depois que te crucificaram, te sepultaram. Olha o que diz: “Sepultados com ele no batismo”. Isto não é água, este é o batismo em sua morte, conforme a Romanos, capítulo 6. “Sepultados com ele no batismo, no qual fostes também ressuscitados com ele, mediante a fé no poder de Deus que lhe ressuscitou dos mortos”.
 
O capítulo 3, verso 1. “Se, pois, ressuscitastes com Cristo”. Agora, você já ressuscitou. Estes são termos válidos para Deus. Deus te vê, olhe, ele te vê crucificado, te vê morto, te sepultou e te ressuscitou. E, agora te pergunta: “Se, pois, ressuscitastes com Cristo, procurai as coisas de cima onde Cristo está assentado à destra de Deus. Ponde os olhos nas coisas de cima, não nas da terra. Porque morrestes, e vossa vida está escondida com Cristo em Deus. Quando Cristo, vossa vida, se manifestar, então também sereis manifestados com ele em glória”. (Aplausos).
 
Não te convém descer da cruz. Com ele você está juntamente crucificado. Pense assim, e deixe que o fruto desta palavra... Porque lembre-se, Deus espera que isto, a fé é por… Isso causa em ti. Quanto mais você escutar o ouvir, se você está ouvindo a verdade. Se o que eu te digo é mentira, olhe, não vai te fazer nada. Mas, se esta é a verdade escrita, e você confia no que está escrito, o ouvir isto chega a teus ouvidos e eventualmente, começa a dar um fruto em tua vida. Essa é a tua salvação, o fruto que dá este conhecimento na vida nossa.
 
Assim que, neste dia eu te declaro abençoado, crucificado, sepultado, ressuscitado juntamente com ele; portanto, se você crê a isto, você tem direitos: Anjos, anjo de meu serviço, responda-me. Ativando anjos a nossa vida. Isso faz a diferença de uma religião à igreja verdadeira, que há anjos para te servir em meio a tua necessidade. ABA PAI!
 
publicado por brasileiro às 11:27
sinto-me: