mais sobre mim

subscrever feeds

links

tags

todas as tags

Quarta-feira, 28 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

O tema de hoje é: “A Cobertura C.E.G.”; “A Cobertura Creciendo en Gracia”. O que significa quando você diz: Eu estou debaixo cobertura? Esse é o tema de hoje.
 
Assim que, vamos ler a Romanos, capitulo 1, verso 5. E possivelmente, tenha que falar disto em duas mensagens porque é bastante amplo este tema. Mas, eu penso que você vai raciocinar comigo nesta noite e vai entender o importante que é este tema.
 
Romanos capítulo 1, versículo 5. Aí estamos todos? Sim? Diz: “E por quem recebemos a graça e o apostolado...”. Com que propósito? “Para a obediência à fé, em um povo, em todas as nações por amor de seu nome”. Este verso ninguém o havia explicado em 2000 anos. Eu trabalhei muitos anos com as denominações, conheço bastante, tenho bastante informação do que é o sistema religioso, e eu nunca ouvi a ninguém dizer: Graça e apostolado. Eu sim ouvi falar da graça, mas, sem o apostolado. E ouvi falar de apostolado, sem a graça. Mas como que ninguém havia unido essas duas: Graça e Apostolado.
 
Então, graça e apostolado, há uma versão que diz: “Por quem recebi o chamado de apóstolo e a graça, para obediência à fé”. Em outras palavras, isto foi posto como se fosse separado, como se pudesse haver muitos, mas, em si, isto é um composto. Olhe, a sombra falou disto. No velho pacto, pois havia, o povo de Israel tinha uma arca. Quantos viram aqui aquele filme de “Caçadores da arca perdida?” Lembram-se daquele filme que saía fogo, e matava, e destruía? Esse é um filme interessantíssimo. Eu me recordo quando o vi, imediatamente fui à Bíblia, me levava à Bíblia constantemente, porque os que fizeram esse filme o tiraram da Bíblia.
 
Agora, o povo de Israel tinha uma arca. Agora, essa arca era feita de madeira. Deus lhe disse: Faça uma arca, era bastante grande, com madeira de acácia. Tinha que ser uma madeira muito boa, e tinha cobertura de ouro, e uma porção de coisinhas. Agora, o importante não era essa madeira, era o que iriam pôr ali. Ali iam duas coisas, estamos falando de graça e apostolado; ali iam dias coisas, ali ia a vara que reverdeceu e as tabuas da lei.
 
Então, quando isso estava ali, essa arca era de beneficio ao povo de Israel, especialmente, a arca era para a carne, para benefícios pessoais. Por exemplo: Não adoeciam, vinha maná do céu, caía pão do céu. Não tinham que ir a Publix (Supermercado); anuncio não pago. Descia o pão do céu e comiam, e os sapatos não se gastavam. Estiveram quarenta anos com a mesma roupa, com os mesmos sapatos. Era uma provisão essa arca, que quando os inimigos, os filisteus viram o que isso produzia, os benefícios, quiseram roubá-la. Agora, havia um problema, e é que aquilo não funcionava com outra gente, era somente com o povo de Israel.
 
Uma vez eles a roubaram e eles ficaram contentíssimos. –Rapaz, temos aqui Aladim, a lâmpada de Aladim. Com isto nos salvamos-. Mas, o que acontece? É que começou a dar ulceras neles, epidemias, e quando se deram conta de que era por causa daquilo, enviaram um correio eletrônico a Israel, chamaram por telefone dizendo-lhes: Olhe, veja, tirem isto daqui, que isto é morte. Porque o que é vida, também é morte. Aquilo era um benefício para eles.
 
Agora, veja, graça e apostolado. A graça é de beneficio para a tua carne. Tira a tua má consciência, te faz reinar em vida, te tira as obras, a graça. Agora, o apostolado é quem dirige. Lá, a arca era os benefícios, mas a coluna de fogo era para guiá-los; esse era o apostolado, a coluna de fogo. Eles estavam no deserto e não podiam se mover. Quando aquilo se movia, então, os filhos de Israel olhavam e se moviam, moviam as tendas para onde aquela luz ia. Mas, a arca era para benefícios pessoais. Quando vinha o inimigo a atacá-los, com aquela arca ali, esqueça, ficavam liquidados, porque essa era a cobertura do povo de Israel.
 
Mas, o que acontece? Aquele pacto passou, aquele pacto terminou. Quando nós compramos este edifício aqui havia um símbolo daquela arca, estava ali detrás, onde está esse mapa. E então, isso para eles é... Para os judeus isso é... Imagine, uma réplica do mesmo de Moises. Naturalmente, eles tinham aquilo aí, mas isso já não funciona, porque o pacto mudou. Agora, a arca, Deus a pôs não em madeira de acácia, senão, em madeira José Luis. A pôs em um homem. (Aplausos).
 
A arca agora, esses benefícios já passaram, mas então, Deus escolhe um homem. Quem sabia que era eu? Imagine. Eu ainda vivo assombrado. Eu me levanto pela manhã, me olho e digo: Ai, Pai, que coisa é isto? Porque eu não entendi ainda, ou seja, eu vivo uma vida normal e estranha, e esquisita, e às vezes fico “eslembao” (ausente) assim pensando. Por exemplo, este tema. Este tema, pois, eu me levanto e saio pensando nisso, e de repente digo: O que é isto? E as coisas me saem assim. Porque se eu tivesse por 17 anos que preparar um tema que combine, que entrelace tudo sem contradizer o que eu disse, se me tocasse a mim, eu teria que estar horas para preparar um tema. Porque teria que estar buscando. –Deixe, que não me desvie aqui e ali porque estão me olhando. E vão dizer: Veja, se contradisse-.
 
Então, eu não poderia fazer isso, isso seria uma carga para mim. Isso seria um problema, eu ter que quando chegasse a Terça feira começaria a tremer, porque então, imagine: -Não falem comigo. Não quero comer. Olhe, que problema tenho agora, as nações, a Internet. Essas câmaras, Deus meu, que essas câmaras me comprometem a mim mundialmente. E todos esses programas de rádio e de televisão. Mas, graças a Deus que ao vir essa cobertura, que é a que me possui a mim, com essa cobertura eu não passo trabalho. De fato, eu nem penso na Terça feira nisso. Eu não ando preocupado com o que vou dizer aqui às Quartas feiras.
 
Eu sei que depois que eu faço minhas coisas pela manhã, eu, isso sim, busco um momentinho por aí, como isso das 3 ou 4, e busco tranqüilidade. Pois, e me ponho a pensar, e eu digo: Bem, Senhor olhe, estás metido em tremendo problema porque todos esses pastores mundialmente estão esperando que eu lhes diga algo. Esse é o “tranque” (artimanha) que eu uso com ele, sabe? Resolva! Até aqui tu me trouxeste, assim que, ajuda-me e me dá. E às vezes não chega, e começo, você sabe, wauw, e são as 6, e Lázaro chamando para falar de segurança, que isto, que aquilo, que olhe; e me chama Carlos, e me chama Martín: Olhe, a semeadura, aquilo. Porque todos eles me perguntam tudo. Eles não fazem nada por sua própria conta. Aqui ninguém... Isso é um mistério.
 
Ou seja, tudo o que se está fazendo mundialmente passa por mim. Tudo. Por respeito, não porque eu o exija, pela unidade do Espírito. Porque se não, imagine. (Aplausos).
 
Então, o que acontece? A pessoa se pergunta: -Apóstolo, e o que é a cobertura? Porque aqui eu escuto falando, o que é isso de cobertura? Enquanto eu tiver uma cobertura tudo está bem-. E é verdade, enquanto você tiver cobertura tudo está bem. Por exemplo, veja bem, nesse deserto aí havia travessos, gente travessa, gente murmuradora, havia todo tipo de gente. Esses judeus são tremendos. Esses judeus são tremendos. Mas, o que se passa? Que enquanto estava a cobertura saem bem. Ainda lá se vivia por obras, mas a cobertura não é por obras, a cobertura é por pacto.
 
Por exemplo, quando Moises mandou pôr o sangue no portal das portas dizia: Olhe, o anjo da morte vem, assim que, todo lar que tiver sangue fica coberto, porque quando o anjo da morte que o Senhor envia, ele tem todo tipo de anjos, anjos científicos, ele tem de tudo, ele tem tudo coberto. Pois, esse é um anjo que viria a matar, mas o que obedecia com sangue de cordeiro, ALÔ! Com sangue de cordeiro, pintava isso aí e tranqüilo a ver TV a Cabo, que quando o anjo passa por aí não vá me tocar, porque havia cobertura.
 
De fato, eu tenho memória de que no sistema que se cantava um hino que dizia: ♫Quando Deus o sangue vê. Quando Deus o sangue vê. No qual, o pecador se lavou. Verá-lhe com favor, com graça. Quando Deus o sangue vê. Isso eles tiraram do velho pacto, quando Deus via sangue, o anjo não matava. E então, agora, quando Deus vê sangue, vê perdão, te vê coberto.
 
Agora, a cobertura esteve escondida por 2000 anos. Não havia cobertura. Porque a cobertura funciona com graça e, diga: GRAÇA E APOSTOLADO. Então, isso não existiu. O mundo esteve abandonado. Por isso é que há pobreza nos povos. Por isso é que há mentira na política. Você viu como está o mundo? Você viu a perdição, a mentira, a corrupção, a máfia? Todo o mundo tem isso. O único país do mundo que está melhor é este e aqui, ALÔ! Aqui também há de tudo. Mas, a graça e o apostolado não estiveram.
 
Por isso quando mataram a Paulo em Roma, por vontade de Deus, se escondeu a arca, a coluna de fogo. Por isso foi que ele disse: Olhe, depois de minha partida não vai haver mais graça. Os vão reduzir à escravidão. Ele profetizou, sim ou não? Pois, isso aconteceu. Houve escravidão. Até que um dia o Senhor se manifestou em minha vida e me levou ao paraíso.
 
Você sabe o que é eu vir ao Senhor na minha frente falando comigo, me explicando isto? Porque eu não o entendia. Há pessoas que pensam que eu sou tão inteligente que inventei isto. Olhe, então sim que sou inteligente para inventar uma coisa assim, que tem a todo o mundo falando do mesmo por todas as partes do mundo. Eu não posso inventar isso. Olhe! (Aplausos).
 
Mas, nos perguntamos: O que é a cobertura? O que é a cobertura? Porque, preste atenção. Há pessoas que vivem sem cobertura, e há outras que vivem com cobertura. Você não quer ser encontrado fora disso. Porque eu vou te mostrar biblicamente o que vai acontecer. O que é a cobertura?
 
Rapidinho, Hebreus capitulo 1, verso 14. Aí estamos todos? Essa é a cobertura que se ativou neste ministério. Ah perdoa-me. Há somente uma cobertura para todas as nações, não há muitas. Há uma, é verdadeira. Se eu a tenho, ALÔ! Que maravilhoso eu tê-la. Agora, se eu não a tenho, eu estou fora de cobertura, estou em um problema, estou em um problema, se eu não a tiver. Agora, se eu não a tenho, os batistas a têm e eu duvido que os batistas a tenham. Porque essa gente nem apóstolo tem, imagine. Graça e muito mal, com rudimentos e todas as coisas.
 
Eu fui batista. Eu trabalhei 7 anos, e os conheço por dentro. Eu trabalhei em Atlanta, nos escritórios principais. Conheço todos os lideres, desde Billy Graham para baixo. Nenhum serve! Isso é anátema! (Aplausos).
 
Digo, conforme ao que está escrito, se é verdade o que está escrito, e esta é a Bíblia deles, eu uso a mesminha; essa gente está em mentira. Número 1: não crêem em apóstolo. Assim que, já roubaram uma parte. Graça; com rudimentos, com diabo, com pecado. Assim que, eles não são. Bem, se os batistas não têm, então, os demais evangélicos o têm. E eu duvido disso, porque vocês mesmos saíram dali, muitos.
 
Ou o terão os mórmons, que lhes apareceu um anjo que se chama Joseph Smith e têm diabo, e têm a doutrina dos apóstolos, circuncisão. Assim que, já seu que os mórmons não são. Será os Testemunhas de Jeová os que a têm? Eu duvido, porque Jeová não necessita de testemunhas, ele mudou de nome. Ele se chama Jesus Cristo. (Aplausos). Olhe, e os limites deles são 144.000; e por obras. ALÔ! Que não se sabe se chagam. Estão como se estivessem em cima de uma escada dessas do aeroporto, elétrica, que você pensa que está avançando e subiu na escada contrária. Perdeu o vôo. Assim que, eu sei que os mórmons não são.
 
A menos que os espíritas ali da Rua 8, cortando os pescoços de galinha, a menos que isso seja a cobertura. Ou seja, Alá; ou seja, Buda. Eu penso que não, porque eu nunca ouvi falar de graça e apostolado.
 
Agora, dentro da cobertura há outra cobertura que você pode se colocar se não gostar da que eu te ofereço nesta noite. Há outra. Vamos a Mateus, que eu vou te mostrar. Livro histórico de Mateus, capítulo 5; primeiro livro de história depois da Escritura. Mateus capítulo 5, verso 45. Todos encontraram? Rapidinho, o tempo já está... Sim? ABA PAI! Não diga: Aleluia; nem brincando, que se vai fora da cobertura. Se disser: Aleluia, a cobertura pode te dar, rapaz, cale-se. Aleluia era para aquele caixão que tinham com as tabuas. Para Moises sim, mas para cá... Depois da cruz, não serve.
 
Há muitas coisas que mudaram depois da cruz. O termo Jeová, você vê que Paulo não menciona. Aleluia, Paulo não menciona. Um sem numero de coisas Paulo não menciona, porque depois da cruz mudou o pacto, imagine. Você não pode, imagine.
 
Então, diz o verso 45, “Para que sejais filhos de vosso Pai que está nos céus, que faz sair seu sol sobre maus e bons”. Olhe! Quando o sol te der em tua casa, e fizer crescer tuas plantinhas, e secar algo que esteja molhado, o do lado que é um criminoso, também recebe o mesmo sol. Isso é uma cobertura. Esses são benefícios marginais, se parecem a isto, a Mateus 15.
 
Olhe Mateus capítulo 15, verso 24. Esta era uma mulher que estava pedindo pão, tinha fome, e então Jesus lhe disse assim, olhe. Diz: “Ele respondendo, disse: Não sou enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel. Então ela, a mulher, veio e se prostrou ante ele dizendo: Senhor, socorre-me! Respondendo ele, disse: Não está bem tomar o pão dos filhos, e lançá-lo aos cães. E ela disse: Sim, Senhor; mas ainda os cães comem das migalhas que caem da mesa de seus amos”. Essa é a cobertura que você quer?
 
Porque você se pergunta: -Apóstolo, mas veja, eu conheço gente que nem vem à igreja e está bem-. Estão comendo migalhas! O que acontece é que aparentam estar bem. –Não, mas veja, se fulano no Domingo se vai para a praia, ou vai dançar, e vai para lá, e faz... E dízimos e ofertas? Que vá, rapaz, gasta tudo naquilo... Dizem: Eu, dar dinheiro a essa igreja? Não, eu não dou nada-. Estão comendo migalhas! Davi disse: Não te turbes com a prosperidade dos que não têm cobertura, que você os vê hoje em pé e depois os vê destruídos.
 
Então, há outra cobertura que é a do Salmo 139. Vamos buscar essa, vamos repeti-la, Salmo 139. Pegue sua Bíblia e na metade, busque os salmos. Esta cobertura era a que Davi queria, e é muito boa. Salmo capitulo 1, verso 18.
 
Vamos dividir isto em três partezinhas. Eu não sei se me dará tempo esta noite, mas, três partezinhas. Diga: DIREÇAO. Guia-me. Diga: ME CORRIGE, E ME RECOMPENSA. Ele vai guiar a tua vida. Quando você está debaixo de cobertura, ele faz pacto contigo. Diz: OK. Este homem foi iluminado, agora ele não é responsável por sua própria vida, agora eu vou guiá-lo. Agora me toca a mim com o quê? Olhe, eu não li a Hebreus 1:14. Mandei encontrar e não o li. Agora, viram? Faz falta a mim.
 
Os anjos são os que cuidam, então, quando você está debaixo da cobertura, os anjos começam a tratar contigo, e eles são bem bons e bem maus. Eles são de tudo, de tudo o que te faça falta, eles são. Se você necessita de problemas, eles vão te dar, te colocam e te disciplinam. Porque se eles vêem coisas que não lhes agradam, por amor a ti, começam a corrigir. Porque eles te guiam, diga: ME GUIAM, ME CORRIJEM, E LOGO, ME RECOMPENSAM. Isso se chama herdando no reino. Herdando.
 
Veja como diz o Salmo 139. “Oh Senhor, tu me examinas e conheces. Tu conheces meu sentar e meu levantar; entendes desde longe meus pensamentos”. Este homem se sente bem coberto. Diz: Rapaz, o Senhor pensa no que eu penso. Diz: “Esquadrinhas meu andar e meu repouso, e todos meus caminhos te são conhecidos”. ALÔ! O escolhido olhe, sabem tudo de ti. Tudo. Diz: “Pois ainda não está a palavra em minha língua, este é o culminante, e eis aqui, oh Senhor, tu a sabes toda”. Olhe, não chegou à língua, e diz: Vai dizer isto. Toma conta de ti. Às vezes tu fazes isso com teus filhos. –A que disse isto. Olhe-. Fulano!
 
“Detrás e diante, aí estão os anjos, detrás e diante me rodeaste, e sobre mim puseste tua mão”. Diga: ME GUIA, ME CUIDA, ME PROTEJE. Você não quer viver sem isso.
 
“Tal conhecimento é demasiado maravilhoso para mim; alto é, não o posso compreender”. Eu sim, o compreendo. Davi não, porque Davi não tinha informação da predestinação. Davi andava turbado. Os mistérios não estavam revelados. Isso foi revelado a Paulo no paraíso muito mais tarde. Por isso é que ele disse: A sabedoria oculta, a que Deus predestinou, a que nenhum dos príncipes deste século, incluindo a Davi, não a conheciam. Então, ele disse: “Alto é, não o posso compreender”. Eu o compreendo, por causa de que se revelou o conhecimento de Deus.
 
Diz: “Aonde me irei de teu Espírito?”. Não podes escapar. ALÔ! Não há escape. Que bom, que não há escape! Não olhe isso pelo lado negativo: Não há escape! Porque escapar é bom, sempre. Não. Escapar nem sempre é bom. Neste caso não é bom. Que bom, que não há escape.
 
Diz: “E para onde fugirei de tua presença? Se subir aos céus, ali estás tu; e se no Seol fizer meu estrado, eis aqui, ali tu estás. Se tomar as asas da alva e habitasse no extremo do mar...”. Se chegasse a saber que há aviões, mas não havia aviões para aquele tempo. Não tinha que pegar as asas da alva, o que tinha que pegar era um Boeing 747, rapaz, e o levaria bem longe. Por onde quer que se vá. “Ali tu estás”. “Até ali me guiará tua mão...”. Diga: ME GUIA, ME GUIARÁ TUA MAO.
 
“E me guiará tua destra. Se disser: Certamente as trevas me encobrirão; ainda a noite resplandecerá ao meu redor. Ainda as trevas não encobrem de ti...”. Você pode se meter, olhe, pode ir a South Beach (praia no sul de Miami), e curtir tudo o que você quiser, em trevas, toda a droga que vende, que venha, que sai, que põe, que cheira. Quando você é um escolhido, olhe, a noite, ele te vê, rapaz, clarinho ele te vê. Pode pular e saltar, fazer tudo o que você quiser, que ele diz: Esse escolhido é meu. Olhe, ele pensa que vai fugir de mim com droguinhas e com coisinhas. Eu o estou tomando conta. Deixe que perca um olho, que perca uma mão, que lhe dê uma ulcera, porque eles são bons podo ulceras.
 
Bem, uma vez um tocou a Herodes, assim, tat, e parecia uma chuleta debaixo do sol 5 dias, lhe deu gusaninhos imediatamente. Esses anjos são um fenômeno. Olhe, se chegam a tocar no teu bolso... Eles tocam muitas coisas. É questão de que você se enamore deste pacto. Olhe, enamore-te disto. Há um doutorado neste conhecimento, confesse a palavra ainda que debochem de ti. Faça o que você quiser. O que quiser. Você quer festejar? Com moderação. Você quer desfrutar? Com moderação. Quer se vestir bem? Vista-se bem. Quer um bom carro? Pegue o bom carro.
 
Que coisa você não pode fazer que não possas andar submetido a Ele? Por quê você tem que estar fora dos caminhos do Senhor? Por quê você tem que deixar de vir à igreja? Por quê você tem que deixar de dizimar, se isso não te convém? A você convém fazer essas bobagens, olhe, se ele o que te pede é um pouquinho. Dê-me e fique tranqüilo, que os anjos você tem a teu favor. (Aplausos).
 
Olhe, quando vier o dia mal, que o vizinho morreu, e o outro o estão velando, e o da frente está assim, e o outro, e você aqui reinando em vida: -Anjos-. Você sabe por quê? Porque quando eles guiam, os salmos mesmo dizem que a idade dos homens e das mulheres agora são 70 anos e os mais robustos 80. Vê? São 80, mas não enfermos. Imagine que você chegue aos 80, ALÔ! Mas em saúde, forte, olhe, desfrutando, herdando promessas. Santo! Olhe. (Aplausos).
 
Mas, para quê você quer chegar aos 80, olhe, assim todo...? E sempre estar... Não, isso não é cobertura. Não é somente conhecer a graça, é ter cobertura. Eu tenho visto as enfermidades subirem em cima de mim, e as tenho visto cair também, e como caem. Eu as tenho visto passar por mim, olhe, assim. É como quando a serpente vai pela areia, ela deixa os rastros. Você diz: Olhe, veja, veja as marcas. Porque a areia é branda, mas de repente sobe em uma rocha. Ali ela não deixa marcas, ali você não lhe pode seguir os passos. E assim, quando você tem esta cobertura contigo as coisas deste mundo, as enfermidades, as más noticias passam assim. Mas não te deixam marcas porque você está na rocha que é Cristo Jesus. Essa é a tua cobertura. (Aplausos).
 
Escreveu-me uma abençoada de Tampa e me disse: -Apóstolo, que estúpida eu fui. Eu o conheci a você quando estava na 36 (uma rua de Miami). Desliguei-me por estar ouvindo rumores, e não vim mais à igreja, e bem, olhe, todos os meus filhos usando drogas, meu matrimonio, tudo, destruído. Eu estou...-. “Chupando um cabo”, (passando um grande aperto) sabe? Como dizem aqui em Miami. –Mas, quero voltar-. É que quando você sai da cobertura começa a ir mal a você.
 
Olhe, aqui tem havido gente que disse: -Rapaz, que José Luis? Se isso está escrito aí. Eu levo isso e...-. E se foram, e disseram: -Eu vou abrir uma igreja para mim. E então, começam a chamar a alguns de vocês, os que estão meio, meio... Que estão meio, dizem: Esse é um bom projeto. Olhe, que José Luis que nada de José Luis, nem o outro. Não, se esse homem isto; e começam a te falar, e começam a te falar. Bem, uma vez três se foram, três pastores daqui, e um pegou 300, éramos como mil, nos reuníamos antes. Um pegou 300, outro 200, e outro 300, e estavam todos, e com os endereços e tudo, porque eu não caminho com isso. Você não vê que minha cobertura me impede que eu te governe?
 
Eu não necessito de teu telefone, nem: Anote o endereço para que se faltar mandar-te uma cartinha, olhe, para que venha. E diga que assine a um papel para atá-lo; como fazem por aí as igrejas que te dão carta de membresia. Isso é para te agarrar, para te meter na mente e te governar. Mas eu não necessito disso, porque eu tenho outra melhor, que é a cobertura. A que me diz: -Eu o dirijo. Eu o Guío. E os que eu quero que estejam contigo, estão; e os que eu não quero, não estão. Aqui você não convidou, quem convidou fui eu, José. Você pregue, não se meta em nada disso.
 
Ah, um pastor repousando assim, imagine, não envelhece. Você não vê que é fácil? Tudo é a cobertura. ALÔ! Olhe, ALÔ! Veja, ALÔ! Tudo está bem. Mas, um pastor que não entende isto, trata de pastorear, você sabe o que é pastorear carne? Começam as divisões, começa aquele deste, e este daquela, e este deste, e que a filha, que o pastor, que a esposa, e começam a entrar umas coisas. E se dividem essas congregações. Você já foi a uma igreja assim? Rapaz, isso é a morte em bicicleta. Isso é morte na panela. Ir a uma congregação dessas é ir lá para morrer. Sai daí, rapaz!
 
Aqui não, porque aqui não se permite isso, porque a cobertura não permite esse tipo de material. Quanto você tem visto aqui a Carlos dizer: -Irmãos-; ou a Martín, quando sobe, ou aos músicos: -Irmãos, hoje me foi tão mal. Orem por mim que a mim me está parecendo que tenho demônios me perseguindo-. Você já ouviu alguma vez isso neste púlpito? Olhe, ligue o rádio, esses programas cristãos dão pena. Ah, e então, pegam as chamadas telefônicas, se você quer, vá a um desses que pegam chamadas e o pastor começa a falar: Olhe, irmão, eu sei que você está passando a verde e a madura (épocas más e épocas piores). Olhe, eu sei que o diabo está te açoitando. E abre as linhas, e começam: -Olhe, pastor, você estava falando comigo, porque é que nesta semana as coisas me foram tão mal-. E tudo é o mesmo. Você já viu isso Efraim? Deixa disso. Você está cansado disso.
 
Você sabe o que é isso? Aqui não. Olhe, e que orar pelos enfermos aqui, se aqui não há enfermos. Orar pelos pobres. Aqui não há pobres! (Aplausos). ALÔ!
 
Veja, essas igrejas que o pastor diz: -Irmão, olhe, se você tem um problema, deixe-me saber que vamos orar por você. Quem tem um problema? Começam: -Olhe, pastor, eu já não agüento mais-. Como aquele que entrou a uma igreja em Los Angeles, que queria buscar a Deus e estava desesperado. –Eu necessito ouvir de Deus, necessito de uma igreja. Onde há uma igreja? E lhe disseram: Pois, veja, ali na esquina há uma-; e era uma Quarta feira, rapaz, que essas Quartas feiras são de más noticias. E então, o pastor pediu petições, tempo de petições. E veio um e disse: -Irmão, ore por mim porque o meu filho acaba decair preso. E minha esposa está que não agüenta, tenho um problema bem sério-. E o outro? –Perdi meu trabalho, irmão-. E o outro? –Vão me tirar a casa-.
 
Rapaz, quando o cara viu isso disse: Buscar a Deus? Rapaz, os deixou falar assim, e quando veio o pastor e disse: -Há uma visita aqui-. E ele disse: -Visita? Vou embora. Eu não quero estar nisso-. Olhe, esses são esconderijos de mortos. Essas igrejas por aí, que você as vê bem bonitas, com uma cruz assim? Isso é morte na panela, rapaz. Melhor que vá à praia, para lá, a tomar um banho, vá passear, não vá à igreja. A esse tipo de igreja? Aí não há cobertura. Como você vai se meter aí? Se essa gente está vazia, ali a coluna de fogo, aquela que havia no velho, ali Deus não se mete. Isso é perder tempo. E teus filhos, não os metas ali, muito menos ainda, isso os destruirá. Diga: EU ESTOU DEBAIXO DE COBERTURA.
 
Se você está debaixo de cobertura, olhe, há garantias de que esse que te rodeia por detrás e pela frente, você diz: Esqueça. Pergunte a Julio, o que conserta ar condicionados aqui, que ele disse: -Rapaz, estou até aqui de trabalho-. E quando vai lá comprar freon e vê os demais vendedores que lhe dizem: -Olhe rapaz, a rua está ruim. Rapaz, estou “chupando un cable”-. E Julio lá que não agüenta a lista. Diz: -Ao contrario, apóstolo, eu o que faço é dispensando trabalho de tanto que tenho-. Todos os empresários daqui não estão nessa queixa, porque eles não falam assim. E mais, ainda que não tenham clientes, dizem: Tudo está bem. Porque você está falando com a cobertura que está perto de você, que está te tomando conta. Como você vai dizer que tudo está mal? (Aplausos).
 
Olhe, uma vez Jesus disse aos discípulos: “Sem mim nada podeis fazer”. Você sabe o que queria dizer a eles? Vocês podem fazer muitas coisas, podem comer migalhas, e comem o mesmo que comem os bandidos injustos por aí. Agora, comigo é cobertura. “Horrenda coisa é cair em mãos de um Deus vivo”. Essa gente que se foi daqui. Você sabe que aqui não há quem divida esta igreja? E mais, eu te desafio a que formes uma congregação aqui e trates de dividi-la.
 
Olhe, e mais, vou te dizer mais. Aqui houve um homem que começou a dizimar U$100 dólares cada semana e começou a contá-los. E então, pegou um produto, e estava a ponto de ficar milionário, estava pela televisão, por todas as partes. E parece que um dia se pôs «gritty» (valente). Parece que disse: -Olhe, estou pegando-, e estava fazendo dinheiro. E se pôs a olhar tudo o que estava dando à igreja e caiu em tentação, e veio até a mim e me disse: Olhe apóstolo, eu venho dando aqui por tantos meses, eu dei U$1.500 dólares. Você pode me devolver esse dinheiro? E eu lhe disse: Ou seja, você não semeou? E me disse: -Não, não, não. Eu estou em necessidade, e necessito-. Ah, pois se você está em necessidade eu te devolvo o dinheiro, e mais, olhe, em vez de U$1.550 vou te dar U$2.000 com juros. Rapaz, não o vi mais na televisão nem no radio. Destruiu-se. A ultima vez que o vi, o vi com umas calças rotas, caminhando assim com os saltos gastos, ia todo assim.
 
Você sabe o que é você tirar o que você semeou aos anjos? Que dói a você o dinheiro que você dá aqui? Vais comer migalhas. Como vais fazer isso? Você tem que estar debaixo de cobertura. Não é José Luis. José Luis necessita de cobertura. Eu não, eu também uso essa cobertura para poder me curar, para poder prosperar, para poder estar bem, para poder estar em bom animo, para escutar a voz de minha cobertura quando diz: Este é o menu desta noite. Fala disto, que isto não é jogo. Você nunca teve cobertura.
 
Ah, e isso se vai manifestando, porque primeiro guia, logo corrige. Tudo o que está mal começa, tat, tat, e às vezes passa um aninho, e dois aninhos, e você diz: Olhe, entrei à graça e me vai mal. É que havia coisas torcidas, então a correção está endireitando. Há uns princípios que a Deus não agradam, e começa a tirar e a cuidar, até que pega toda a família e te pega a você. E uma vez que te tem, ele diz: Espere aí. Agora, recompensa. ALÔ! RECOMPENSA! ABA PAI! (Aplausos).
 
Rapaz, como você vai perder essa cobertura? Você está louco, ouviu? Eu te aconselho que você não perca esta mensagem de vista. Não te deixes debilitar por ninguém, nem por família, nem por nada, porque senão, estás ajuntando em saco roto.
 
Isso é como se eu dissesse a Carlos agora: -Olhe Carlos, vamos desistir de um programa de rádio, e um programa de televisão. Quanto é?- Bem, aí há U$3.000 papéis(dólares). –Três mil dólares? Waw! Em um mês temos quanto? Olhem podemos fazer um fundo para um plano dental para os pastores. Olhe, podemos aí... Hum! Olhe, pois, vamos fazer uma coisa...-. Na outra semana temos idéia de outro plano: -Vamos desistir de outro programa de lá, e que outro o ponha, depois de tudo os escolhidos vão chegar. Isso é questão dos anjos que eles cheguem-. Há gente que pega uns espíritos... Rapaz, entram em você ideiazinhas assim. Você diz: -Olhe, vou dar menos porque veja, eu vou mudar as cortinas, vou mudar isto, isso é para a igreja-. O que sobra. –Apóstolo, cem por um-, do que sobra. Ah, e a cédula feia, a amassada. (Aplausos).
 
Olhe, quando eu comecei este ministério, se lembra da parábola do homem que encontrou uma perola no mercado? E viu uma perola na vitrine assim, e disse: -Waw! Que perola enorme-. E disse: O que eu tenho que vender para aquilo? E foi e vendeu para comprar essa grande perola e possuí-la. Assim aconteceu comigo. Da mesma idade de Moises, igualzinho à sombra. Moises tinha 40 anos quando o chamaram e eu tinha 40 anos quando me chamaram. E quando eu recebi isto, imagine você, isto é uma cobertura que ninguém a queria. Os batistas estavam assustados, os pentecostais, todo mundo estava assustado, ninguém queria me ajudar. Até minha família, não quis me ajudar. Estava todo mundo: -O homem está maluco-. Rapaz, e eu contente com minha grande perola.
 
Então, como ninguém me ajudava, eu disse: Bem, quantos televisores há aqui? Três? Vamos vender dois. E quantos carros eu tenho? Três. Vamos vender dois. Você é testemunha disso, Juan Ramos? E então, eu tinha um Rolex e disse: Bem, tem que soltar o Rolex, porque aí me deram U$1.200 dólares pelo Rolex. E vendi o carro, e então, o ultimo que me restava era um apartamento que eu tinha e o vendi também. E peguei um terreninho que eu tinha, e disse: Vamos fazer uma casa ali de madeira. E mais, a vou fazer eu m esmo. E até isso, depois ele me pediu. E eu ali, e para adiante. E eu tão contente de investir nessa forma. Hoje não se aborreça se eu tenho um Rolex de U$8.000 papéis(dólares). Este vale 8, este não é de U$1.200. (Aplausos). Não se incomode, se eu semeei um Rolex!
 
“Tudo o que o homem semear isso também colherá”. Um presente. Eu não tenho que comprar jóias porque me dão de presente demasiado. Olhe, esta me deu de presente um cubano; o Rolex um colombiano, esta, um equatoriano; um colarzinho que tenho escondido por aqui que vale como U$5000 dólares com as cores do ministério, uma cubana. E para o dia dos pais me deram de presente um bracelete de corte italiano, vale U$14.000 dólares. Não o trouxe hoje porque imagine, podem me cortar a mão. (Aplausos).
 
Diga: A COBERTURA. “Timóteo: O lavrador para colher, primeiro tem que semear. Que Deus te dê entendimento em tudo o que te digo, Timóteo”. Mas, semeie. Não esperes colher acabando de chegar. Você semeie. Sofre penalidades, abençoado. Sofre por este evangelho. Agüente, que ainda você não sofreu até sangrar por este evangelho. E que a cobertura nunca te falte.
 
Olhe, você pode me faltar, pode faltar a Carlos, ao outro, podes falar o que você quiser, de banco, de coisas, que não gosta das cores, ou não gosta do som. Isso você não tem problemas, e não te recomendo, tampouco; porque eu não sei se há anjos que se molestam. Eu não sei, eu ando caladinho, você sabe? Tranquilinho. E vai se passar isto. Olhe, o tempo, hoje sim que não remi, Carlos. Cobertura. A cobertura me fez violar os princípios.
 
Vamos terminar com Segunda carta aos Corintios capítulo 6. Mas, olhe, isso que eu te disse dessas joiazinhas e bobagens. Eu tenho um carro a prova de balas, que me semearam, pago. O pagamento mensal é bem grande, olhe, assim: Zero. Essas são bobagens.
 
Eu tive um sonho, ouça este sonho, para o mundo inteiro. Eu estava abrindo uma igreja em Bagdá. Olhe isto. E me traziam tanto dinheiro, que eu tive que dizer a Carlos: Carlos, por favor, não quero mais jóias nem dinheiro, porque esta noite não pude dormir. Olhe, me dói as costas. Porque estava deitado em cima de colares de diamante. E tive que dizer a ele: Não quero mais. Não tragam mais nada. Neste quarto não cabe mais nada. Eram filas assim de dinheiro e de jóias. Não está vendo que todo esse petróleo que está ali levou esse dinheiro para lá? E esse homem tinha como 9 palácios? E tudo isso vem para a graça e o apostolado. Tudo. Tudo. Diga: TUDO. TUDO ME PERTENCE. (Aplausos).
 
Olhe, eu nunca menti a você. Eu estou a 17 anos aqui falando, e quando eu falo, porque eu primeiro penso antes de falar. Eu não falo aqui sandices nem besteiras. Quando eu falo, eu o tenho friamente calculado, o que estou dizendo. Nunca menti a você. Tudo o que te disse. Te disse: Em dez anos vou falar ao mundo, e no ano décimo inventaram a Internet, e estou falando agora mesmo com todas as nações, através dessas câmaras. Roberto não está parado aí, simplesmente para ver um programinha. Esse homem está controlando o mundo aí. Aí, está atento, como o querubim aí. Olhe, olhe, como está? Fixado aí com a câmara. Ele quisera estar olhando a mim e não pode. (Aplausos).
 
Segunda aos Corintios capítulo 6, verso 14, e com isso vamos. OK? Vais ver aqui um mistério. ALÔ! Cuidado! “Não os unais em jugo desigual com os incrédulos; porque, que companheirismo tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia tem Cristo, com a maldade, com Belial, com o gênero carne? Ou, que parte tem o crente com o incrédulo?”. O que não crê, dê-lhe tempo, mas se não chegar, eventualmente... Isto causa problemas, esta palavra chega e ilumina, e às vezes causa sérios problemas. “Ou que parte tem o crente com o incrédulo? E que acordo há entre o tempo de Deus e os ídolos? Porque vós sois o tempo do Deus vivente, como Deus disse”.
 
Agora vem profecia, dos profetas. Olhe, cumprindo-se agora. Para os tempos de Paulo não se cumpriu, é para os meus tempos que isto está se cumprindo. Ouça isso. Veja como diz: “Habitarei…” Deus disse o quê? “Habitarei e andarei…” Com quem? “Entre eles”. Tu tens visto a Deus andar entre você? Olhe, “Habitarei e estarei entre…”. Olhe isto. Veja. "E serei seu Deus, e eles serão meu povo”. Têm carne, porque para ser povo você necessita cabelo, roupa, necessita de corpo físico. Esqueça isso de por lá jogado em uma nuvem, é por aqui embaixo o assunto. “Eles serão meu povo”.
 
Diz: “Pelo qual, saí do meio deles”. Quantos já saíram do sistema? Quantos saíram de todo? Não voltem para lá nem a buscar notas de cem. E é mentira, porque lá nem a de um tem. “Saí do meio deles, e apartai-vos, diz o Senhor, e não toqueis o imundo; e eu os receberei”. Olhe isto. “E serei para vós Pai”. A quem vocês chamam de pai?
 
“E serei para vós pai, e vós me sereis filhos e filhas, disse o Senhor Todo Poderoso”. (Aplausos).
 
Olhe, não terminei. ALÔ! Espere aí. Olhe, veja, diz: “Assim que...”. Essa é a conclusão, e o escritor pôs o 7 aí, e você pensa que terminou. Não, agora é que isto começa. Olhe, “Assim que, amados, posto que temos tais promessas, limpemo-nos de toda contaminação de carne e de espírito…”. A cobertura, você não pode ter contaminação. Necessitas da mente clarinha no que estás crendo e confessando. Toda contaminação de carne e espírito, olhe isto: “Aperfeiçoando a santidade em…”. Em quê? Em que as mulheres não usem saias curtas? Em que não usem brincos de ouro?
 
Porque o sistema diz que a santidade está em como você se veste, ou aonde não vá. Não. “No temor de Deus”. Que você sinta um temor reverente pelas coisas do Senhor, que faça o que faça, sempre contando com teus anjos. Sempre. Saiu de férias? –Anjos, as melhores férias-. ALÔ! Foi comprar roupa? –Anjos, recebo que encontro a peça que busco a bom preço, remarcada, ou sem remarcar, mas, encontro o que eu estou buscando-. Eu faço isso. Olhe, eu levo tempo procurando uns sapatos Brown (marrom) faz tempo, e não os encontro. E na ultima vez, eu disse: Necessito de um par de sapatos Brown que eu goste.
 
Eu ponho tudo aos anjos. Para que se cansar, abençoado? Se eles estão aí para teu serviço? As mulheres: Recebo que me fica bem o penteado. Recebo que estas ruguinhas se submetem. ALÔ! Tratamento. Olhe, ouça isto, o apostolado te dá vida longa. A cobertura te abençoa. Para que você quer estar sem isto, se isto não te exige nada?
 
O que te exige é aperfeiçoar a santidade no temor de Deus, conhecimento de Deus. Não a porcaria de conhecimento esse das igrejas por aí. Isso não serve. Isso é alfarroba, o que comem os porcos. Isso não serve para nada. É o conhecimento da graça, do evangelho da incircuncisão. As catorze epistolas de Paulo, coma-as, e fale-as, que tua vida não será a mesma. (Aplausos). ABA PAI!
publicado por brasileiro às 12:39
Segunda-feira, 26 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

Vamos estar compartilhando o tema "Dois Fundamentos". Diga: DOIS FUNDAMENTOS. Os crentes, os cristãos se encontram em um destes dois fundamentos, dois fundamentos que se encontram biblicamente, pois vamos ver isso.
 
Vamos rapidamente, vamos a Gálatas, capítulo 2, versículo 7; Gálatas, capítulo 2, versículo 7 para dar início. Estas são coisas que nosso ministério, nosso Apóstolo, já vem tocando por muito tempo e vamos repassar. Porém é muito importante que entendamos que há Dois Fundamentos. Então, vamos aqui, vamos rapidamente, vamos identificar os dois fundamentos, Gálatas 2:7. Estamos todos aí? ABA PAI? Nem todos disseram: -ABA PAI! -. ABA PAI? Vamos rapidamente, vamos ler, diz: "Antes pelo contrário, como viram que me havia sido encomendado o evangelho da incircuncisão, como a Pedro o da circuncisão." Aqui devemos compreender que há dois fundamentos: há um fundamento de circuncisão, e há um fundamento de incircuncisão. Então, nós como crentes devemos compreender em qual fundamento estamos sobreedificando.
 
A você interessaria saber em qual fundamento você está sobreedificando? Obviamente nós, o Ministério Creciendo en Gracia sabemos sobre qual fundamento estamos edificando. Sem dúvida, para muitos cristãos que estão alheios ao nosso Ministério, ao nosso Apóstolo, ao nosso apostolado, não sabem em qual fundamento eles estão edificando. Nós temos visto a manifestação de Deus na vida do nosso Apóstolo, na vida do nosso ministério, e vemos que há dois fundamentos, há dois apostolados. É necessário que nós, você e eu, entendamos e recebamos em qual fundamento estamos sobre edificando. Aqui o apóstolo Paulo escreve dizendo: "Antes pelo contrário, como viram..." Quer dizer que se pode ver em qual apostolado você anda, em qual fundamento você anda.
 
Pois, vamos dar um pouco de base bíblica. Vamos rapidamente a Hebreus, capítulo 9, versículo 8 para repassar; Hebreus, capítulo 9, versículo 8. Vamos ver as bases do fundamento da circuncisão, Hebreus, capítulo 9, versículo 8. Diz: "Dando o Espírito Santo a entender com isto que ainda não se havia manifestado o caminho ao Lugar..." Quê? Observe, havia um caminho que era o Lugar Santíssimo, sem dúvida, antes de Cristo morrer na cruz do Calvário este caminho não estava aberto. Esse caminho estava ali, porém ainda não tinha sido aberto para que você caminhasse por ele; que é o caminho novo e vivo que Cristo nos abriu, assim é, através do véu. Então, nós como crentes, como povo da graça, devemos entender que estes dois fundamentos não podem ser misturados. Ou você anda no fundamento da circuncisão, ou anda no fundamento da incircuncisão; porque são duas leis, são dois apostolados, são dois pactos. A Bíblia se divide em dois pactos: um velho, e um novo pacto; circuncisão, incircuncisão; lei, graça; Paulo ou Pedro. Esses dois não se podem misturar.
 
Então observe, aqui o apóstolo Paulo escreve dizendo: "Dando o Espírito Santo a entender com isto que ainda não se havia manifestado o caminho ao Lugar Santíssimo, enquanto a primeira parte do tabernáculo estivesse de pé. O qual é símbolo..." Diga: SÍMBOLO. "...para o tempo presente, segundo o qual se oferece ofertas e sacrifícios que não podem fazer perfeitos, quanto à consciência, ao que pratica esse culto, já que consiste só de comidas e bebidas, de diversas abluções, e ordenanças acerca da carne, impostas até o tempo de reformar..." Quê? "...as coisas." Nós, através de nosso Apóstolo temos entendido que se Cristo já está presente, já fomos livrados daqueles símbolos e aquela sombra que está fundamentada sobre o fundamento da circuncisão. O fundamento da circuncisão se estabelece como "obras mortas"; obras que Cristo fez nos dias de sua carne, mas fez como substituto meu e seu. Ele não é nosso exemplo, ele foi o nosso substituto.
 
Então, os crentes hoje em dia por não entender estes dois fundamentos, se encontram num cristianismo onde dizem: -Cristo me salvou-. Porém seguem debaixo de um fundamento de obras mortas, seguem sacrificando, seguem ofertando, rendendo culto, seguem jejuando e fazendo vigília, e repreendendo o diabo, e fazendo e desfazendo. Tudo isso por não compreender os dois fundamentos. Você e eu temos compreendido estes dois fundamentos e ao compreendê-los temos nos livrado daquelas coisas que pertencem ao velho pacto, que pertencem a um velho fundamento.
 
Agora vamos rapidamente, vamos identificar esse velho pacto, vamos a Hebreus, capítulo 6, versículo 1. O fundamento da circuncisão se estabelece debaixo da vida e da religião de uma pessoa. Quando digo que o fundamento da circuncisão se estabelece debaixo da religião e da vida de uma pessoa, estamos falando de uma pessoa muito importante, uma pessoa muito controvertida, que foi o tema que nosso Apóstolo nos trouxe na semana passada: Jesus de Nazaré vs. Jesus Cristo. Observe, que para você entrar no fundamento da incircuncisão, você tem que deixar a vida e a doutrina e a religião de Jesus de Nazaré. Porque se estabelece como um fundamento de obras mortas.
 
Vamos rapidamente, vamos ler, diz. Estamos todos aí? ABA PAI? Diz: "Portanto, deixando já os rudimentos da doutrina..." Do diabo? "...deixando já os rudimentos da doutrina..." De Moisés? -Pastor, certamente, estamos edificando sobre o único fundamento e se chama Jesus-. Dependendo de qual Jesus você está falando. Porque Jesus teve duas manifestações, teve a manifestação que se chamou "filho de Deus" e teve a manifestação quando ressuscitou de entre os mortos e já não era filho de Deus, é Deus sobre todas as coisas. Então, depende de qual fundamento em que você se encontra. Pedro era um apóstolo de um fundamento de obras mortas, porque todo seu apostolado se baseava na religião de um homem. -Pastor, você continua falando da religião de um homem, ele não era homem, ele era Deus manifestado em carne -. Porém foi feito homem, e foi feito servo da circuncisão, segundo Romanos.
 
Então, se seguirmos a Jesus de Nazaré nos dias de sua carne, então vamos estar sobre um fundamento que o apóstolo Paulo chama, fundamento de obras mortas. Vamos ler, diz: "Portanto, deixando já os rudimentos da doutrina de Cristo, vamos adiante à perfeição, não lançando outra vez o fundamento do arrependimento de..." Obras vivas? De obras o quê? Diga: OBRAS MORTAS. Então, começa uma descrição do que são essas obras mortas: da fé em Deus, do batismo, do juízo eterno. Então, se fica preso em "obras mortas", tudo o que se vivificou no antigo pacto, hoje em dia é um fundamento de obras mortas. - Pastor, o que é uma obra morta -? O pecado é uma obra morta. Se você ler todo o antigo testamento, a palavra pecado era símbolo de temor, era algo que você não queria, havia medo. Por quê? Porque se estabelece debaixo de um fundamento de circuncisão. A primeira obra morta é o pecado, segunda obra morta é o batismo. João quando foi batizar disse: -Eu faço isto como símbolo de arrependimento -. Era um símbolo, não era a verdade mesmo, ele fazia com base em arrependimento. Você e eu não temos que nos arrepender, nós fomos reconciliados com o Senhor.
 
-Pastor, quer dizer que há dois fundamentos: um fundamento de obras mortas e outro de obras vivas, por assim dizer? -. Não é outro fundamento de obras vivas, é melhor, é um caminho novo e vivo que ele nos abriu através de seu véu. Então, são dois fundamentos nos quais você e eu temos que analisar em qual estamos sobre edificando. Se estamos sobre edificando sobre o que Jesus disse e o que Jesus fez nos dias de sua carne, ou se estamos seguindo o evangelho da incircuncisão, que é a palavra revelada, a sabedoria oculta, que ele nos deu depois que ressuscitou. Esta noite vamos compartilhar um pouquinho, vamos analisar um pouquinho, porque em nosso ministério se faz um juízo bastante forte, quando falamos do sistema, que anda em maldição.
 
Pastor, mas como você se atreve a dizer que o irmão da esquina, tão boa gente que é, anda em maldição -? Bom, que exemplo ele está seguindo? Em que fundamento ele está? Então observe, nosso Apóstolo nos falou o que é necessário para a transição de um fundamento de obras mortas. Para você poder entrar no caminho novo e vivo, tem que fazer uma transição, tem que deixar umas coisas. 
 
Vamos rapidamente, vamos a Romanos, capítulo 7, versículo 4. Vamos ver qual é o caminho vivo para poder deixar esse fundamento de obras mortas. Você sabe que cada um de nós tem tomado um caminho vivo? E esse caminho começou quando nós descobrimos que não somos de Jesus de Nazaré, que nós somos do outro, daquele que Ressuscitou de entre os mortos. Esse caminho novo e vivo, é a transição de um fundamento a outro fundamento, de um ministério de condenação a um ministério de justificação e começou quando você transpassou o véu. Vamos rapidamente, vamos ler aqui. Romanos, capítulo 7, versículo 4, diz: "Assim também vós, irmãos meus, estais mortos a lei mediante o corpo de Cristo, para que sejais de..." Quem? Eu sei que isto temos estudado sempre, mas como isso é importante! Quão importante isto é!
 
Você sabe que nestes dois fundamentos há um que te mata e outro que te vivifica? Se você se identifica com o apostolado da incircuncisão significa que você já não conhece a Cristo segundo a carne; significa que você vai atrás de instruções que já não são de Jesus de Nazaré; significa que agora você não anda em uma religião, agora você anda no fruto do Espírito. A religião de Jesus de Nazaré, o Apóstolo me enfatizava isto. Dizia: "A religião de Jesus de Nazaré". -Pastor, você está me dizendo que os que se encontram no fundamento da circuncisão estão em uma religião -? Sim. O sistema inteiro se encontra debaixo da religião de Jesus de Nazaré. Jesus andava, eles andavam; Jesus se batizou, eles se batizam; Jesus se crucificou, eles não se crucificam. Está entendendo o que estou falando? Isso é uma religião. Jesus jejuou, os cristãos de hoje fazem o quê? Jejuam; Jesus vigiou. E isso tudo tem a ver por causa de uma lei, isso tem a ver com um fundamento de obras mortas, que Paulo disse que tem que ser deixado, que tem que ser deixado esse fundamento.
 
E para você poder deixar esse fundamento tem que chegar a conclusão de um só apóstolo. Você não pode misturar Paulo com Pedro, porque Paulo e Pedro têm dois fundamentos totalmente diferentes. -Não pastor, Paulo e Pedro eram amiguinhos e logo...- Não, não eram amiguinhos. Viu-se contundentemente que a Paulo foi dado o evangelho da incircuncisão, como a Pedro o da circuncisão. Estes dois fundamentos são totalmente opostos; ou você anda no fundamento da circuncisão, ou você anda no fundamento da incircuncisão; ou você está com Pedro, ou com Paulo, você não pode é andar com os dois. -Pastor, quer dizer que este negócio de dois fundamentos é bem sério. É bem sério. É muito sério, porque debaixo do apostolado ou do fundamento da circuncisão você vai andar em diversidade. Se você andar debaixo do apostolado da circuncisão, você vai ter que andar juntamente com João, Tiago, Judas e o restante dos apóstolos. Tiago, era um que não suportava os gentios, João também não. Então, Deus chama a um só para os gentios.
 
Então vamos rapidamente ler, estou me desviando um pouquinho. Diz: "Assim também vós, irmãos meus, estais mortos à lei mediante o corpo de Cristo, para que sejais de outro, daquele que ressuscitou dos mortos, a fim de darmos fruto..." Para os homens? Para quem? Você sabia que seguindo a doutrina de Cristo, ou seja, a religião de Jesus de Nazaré você não dá fruto para Deus e sim para os homens? O que você vê hoje em dia são cristãos que seguem a religião de Jesus de Nazaré, carregam Bíblias bem grandes somente para serem vistos. E às vezes quando você vê você diz: -Veja, este é cristão, veja o tamanho da Bíblia que carrega. Veja o quanto jejua, o quanto que faz vigília, esse segue as pisadas do Mestre -. Então você pensa que isto dá fruto para Deus, mas não é assim porque isso dá fruto para os homens. Dá fruto para as aparências, isso é um fundamento de obras mortas, foi o que disse Paulo. Paulo estabelece que os que andam seguindo a doutrina de Cristo estão debaixo de um fundamento de obras mortas, que Paulo disse para não lançar outra vez. Porque Cristo fez isso uma vez e para sempre, para tirar a maldição do meio.
 
Então, é necessário você ser do outro? Bem necessário. -Pastor, quer dizer que quando eu reconheço que Jesus já não é de Nazaré, mas é Jesus Cristo, o Reis dos reis e Senhor dos senhores, e já não o vejo como filho de Maria, nem como filho de Deus, mas que agora o vejo como Deus mesmo -, é aí que começo a dar fruto para Deus? Isso mesmo, é aí que você começa a compreender as grandezas do evangelho. São bem importantes estes dois fundamentos. Eu sei que isto soa como loucura. -Pastor, quer dizer que vocês são antiJesus de Nazaré -? Sim. Com o maior respeito, com o maior respeito somos antiJesus de Nazaré. -Pastor, mas porque vocês são antiJesus de Nazaré -? Pois, especificamente porque entendemos que o que ele fez, o fez por nós, não para que fizéssemos também. Ele foi nosso substituto, não o nosso exemplo. ALÔ! Estes dois fundamentos são sumamente importantes. Não compreender estes dois apostolados vai levá-los a seguir outro evangelho.
 
Vamos a Romanos, capítulo 3, versículo 27 para ver quanto zelo você deve ter por esse evangelho. Porque observe a circuncisão e a incircuncisão ambas são bem demandantes. Você sabe que na lei de Moisés, no fundamento da circuncisão dizia que o homem que fizesse, viveria por isso, pelas coisas que fazia. Porém se de repente violasse um ponto da lei seria culpado de toda ela. Pois de igual maneira, o evangelho da incircuncisão exige tanto quanto o evangelho da circuncisão. Porque se alguém anunciar outro evangelho diferente do que Paulo pregou seja o quê? Anátema. Para que você seja fiel a este apostolado da incircuncisão, não pode misturar estes dois fundamentos. Você tem que respeitar para o que foram feitos esses dois fundamentos: um fundamento foi de morte, e se você quer optar estar debaixo de um fundamento de maldição e de morte, siga pois a doutrina de Cristo, a doutrina de Moisés.   Quantos querem estar debaixo de maldição? Diga: UIIIII! Não, ninguém quer andar em maldição. Quantos querem andar dando fruto para Deus? Todos nós.
 
Observe que tanto um como outro são leis. Vamos rapidamente, Romanos, capítulo 3, versículo 27, diz: "Onde, pois, está a jactância? Fica excluída. Por qual lei?..." Quando se fala de dois fundamentos são dois apostolados, são dois pactos, são dois povos e são duas leis. Uma lei de obras e outra, a lei da fé. Por isso Paulo vem e diz que sem fé é impossível agradar a Deus. E que tudo que não provém da fé, tudo que não provém do evangelho da graça é pecado. Porque veja, neste mundo não vai haver outros fundamentos, somente há dois: ou você está na graça, ou você está na lei. Mas não pode estar em outra coisa que não seja estes dois. Um primeiro pacto e um último pacto. Se você não se encontra guardando a incircuncisão, obviamente está guardando o quê? A circuncisão.
 
-Pastor, aqui não tem escapatória-? Não, não tem escape. Ou você está em um fundamento, ou está no outro. Diga: EU ESTOU NO FUNDAMENTO DA INCIRCUNCISÃO. Porque observe, diz: "Onde, pois, está a jactância? Fica excluída. Por qual lei?..." Paulo faz uma pergunta aqui. Em qual fundamento você anda? Debaixo de quais leis você anda? Ou anda no fundamento da circuncisão, ou anda no fundamento da incircuncisão; ou anda na lei, ou anda na fé. Porque não pode ser nos dois. Você sabe, não há um terceiro: é um, ou é outro. Ou é um fundamento de obras mortas, ou você anda no caminho novo e vivo. Ou anda abençoado, ou anda Deus te... Pip! Pip!, para que nenhuma palavra corrompida saia da vossa boca. Ou você anda no Deus te..., ou você anda no que estou abençoado.
 
Você e eu temos que chegar a uma conclusão nesta noite, porque eu não vou deixar você sair daqui sem conclusão. E temos que levar também uma conclusão às nações: ou você anda retamente conforme a verdade, ou anda em simulação, em hipocrisia, em maldição. Um dia abençoado, outro dia, Deus te... Pip! Você tem que chegar a uma conclusão se quiser dar fruto para Deus. Quantos querem dar fruto para Deus? Então você tem que chegar a uma conclusão. (Aplausos)
 
Diz: "Onde, pois, está a jactância? Fica excluída. Por qual lei? Pela lei das obras? Não, pela lei..." De quê? "...da fé." Uma das coisas que nosso Apóstolo tem nos ensinado é servir a Deus com a mente, não atentando para as coisas que se vêem, mas para as coisas que não se vêem. Então, o evangelho estabelece uma justiça, mas esta justiça você não vê, esta é uma justiça pela fé. Quando você diz: -Estou abençoado. Estou perfeito. Estou santo e sem mancha. Estou livre da potestade das trevas, o diabo foi destruído -. Para o sistema, eles não vêem isso, eles dizem: -Não, o diabo anda por aí-. Mas para você que está conforme o evangelho da incircuncisão, diz: "Porquanto os filhos participaram de carne e sangue, ele participou do mesmo, isto é, para destruir ao que tinha o império da morte, isto é o diabo". Então, você anda conforme uma palavra, você anda conforme a lei da fé que diz que o diabo foi destruído. E se o evangelho diz, eu creio. Então, por qual das leis? Pela lei das obras? Ou pela lei da fé? Ou você anda na lei das obras, ou você anda na lei da fé, crendo naquilo que Deus disse.
 
- Pastor, são dois fundamentos? Sim, dois fundamentos: obras mortas, e caminho vivo; Jesus de Nazaré, e Jesus Cristo o Ressuscitado; Pedro ou Paulo; o sistema ou Crescendo em Graça. (Aplausos)
 
Vamos ver várias observações e várias exortações que fez o apóstolo Paulo quanto ao fundamento que pregou. Vamos rapidamente, Gálatas, capítulo 1, versículo 10, porque o evangelho é exigente. Eu sei que o evangelho é fácil e leve, mas também é exigente. Uma vez que você tenha começado no caminho novo e vivo, já não pode parar na metade do caminho, você tem que seguir crendo naquilo que Deus disse. Gálatas, capítulo 1, versículo 10 diz: "Pois, busco..." Estamos todos aí? ABA PAI? Observe, o fundamento ou o apostolado da circuncisão busca o favor dos homens. Então o apostolado e o fundamento da incircuncisão não busca o favor dos homens, busca o favor de Deus. Você sabe, ou você serve aos homens ou serve a Deus. É por isso que o apóstolo Paulo estabeleceu que o evangelho é loucura para nós que cremos. Por quê? Porque para os homens, nós estamos loucos, sem dúvida para Deus nós estamos com o juízo perfeito.
 
Então veja o que diz o versículo 10, diz: "Pois, busco agora o favor dos homens, ou de Deus?..." Ouça, essa é uma pergunta que você deve fazer. Os pastores a nível internacional, você deve buscar, qual favor você está buscando? Porque se você estiver buscando o favor dos homens, pois veja, sobre edifique sobre o fundamento dos apóstolos, da circuncisão. Agora, se você busca o favor de Deus, pois então você está chamado a sobre edificar sobre o fundamento do apóstolo Paulo, que agora nosso Apóstolo José Luis, está pregando para nós. E por isso alguém busca para si perseguição. O selo deste apostolado é que você não busca o favor dos homens, você busca o favor de Deus. "Seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso". Deus disse, eu creio. Essa é a valentia que temos visto em nosso Apóstolo, é a que temos recebido. O primeiro para nosso tempo que vem anunciar uma palavra que não busca o favor dos homens, busca isto sim o favor de Deus. Ainda que seja contra tua lógica, contra teu raciocínio, de quem você está buscando o favor, dos homens ou de Deus?
 
Então, essa é uma pergunta, o apóstolo Paulo vem e contesta dizendo: "...Pois se ainda agradasse aos homens, não seria servo de Cristo." Versículo 9, observe o que diz: "Como antes já dissemos, também agora repito.: Se alguém vos prega diferente evangelho do que haveis recebido, seja..." Quê? "...anátema." Pergunta: O apóstolo Pedro pregava um evangelho diferente do apóstolo Paulo? Diga: Sim, mas diga: -Sim, convencido. Sim ou sim? Sim é "outro evangelho", pois é outro fundamento e se é outro fundamento, já não é o apostolado da incircuncisão, ou melhor, é o apostolado da circuncisão, como Gálatas 2:7 diz. São dois fundamentos. Você sabe que a autoridade de Pedro, a máxima autoridade de Pedro não era uma revelação que ele tenha recebido do Senhor. Simplesmente, o que ele pregava era o resultado de suas andanças com Jesus de Nazaré, era "outro fundamento". Porque quando Paulo fala aos Coríntios diz: "Se alguém vier pregando outro Jesus, ou outro evangelho, outro espírito".
 
Você sabe por quê? Porque Jesus de Nazaré viveu em debilidade. -Pastor, não. Jesus de Nazaré fez milagres -. Mas todo espírito que toma um corpo vive debaixo de debilidade. Então, Jesus de Nazaré, veja lhe davam em uma e ele oferecia a outra. Ele tinha a capacidade de suportar essas coisas, mas estava, veja, ele foi servo da circuncisão, foi servo da maldição, foi servo do cativeiro. Você não vê que os mandamentos, a lei de Moisés encerrou tudo debaixo do pecado? É impossível que você ande no fundamento da circuncisão e tenha a bênção de Deus. Lá não se podia dizer que você estava abençoado, nunca jamais poderia se dizer isso. Porque o apóstolo Paulo estabelece em Gálatas 3:10 que "todos os que dependem das obras da lei estão debaixo de maldição". Então, se você anda debaixo do fundamento da circuncisão, não pode me dizer que está abençoado. Você sempre dirá: -Que Deus te...- Pip! Porque isso é um fundamento de maldição.
 
Veja, é óbvio, é o que se vê. Ligue o rádio, escute os testemunhos, ouça as petições. Pastor, por favor, ore por mim para ver se Deus tem piedade de mim. Senhor. Pastor, por favor, ore por mim para ver se Deus me cura. Pastor, por favor, ore para que Deus desça fogo do céu, poder do alto. Quando no fundamento da incircuncisão diz que você está abençoado com toda benção espiritual, que está completo nele, que é Cristo em vós a esperança da glória. (Aplausos) Então, se você diz, se você confessa que está abençoado, é óbvio que você anda debaixo do fundamento da incircuncisão. É aí que nosso ministério brilha, é aí onde se distingue se alguém anda retamente conforme a verdade do evangelho.
 
Deixe-me lhe dizer, há muitos cristãos, que dizem ser salvos e ainda temos que salvá-los. Porque eles não estão debaixo do fundamento da incircuncisão, eles pensam que estão salvos porque confessaram a Jesus de Nazaré. Mas é necessário que eles conheçam, não a Jesus de Nazaré, que conheçam a Jesus Cristo, o Ressuscitado, Deus sobre todas as coisas. Esse não foi filho de Maria, esse não foi filho de Deus, esse é Deus mesmo. ALÔ!
 
Agora, qual é a garantia que nós temos de que este fundamento verdadeiramente nos leva a perfeição, que nos leva à estatura de varão perfeito? Vamos rapidamente, vamos à Segunda carta aos Coríntios e com isto já estamos concluindo. Segunda carta aos Coríntios, capítulo 3, versículo 7. Estamos todos aí? ABA PAI? Bom o versículo 6 diz: "O qual igualmente nos fez ministros competentes..." De um velho pacto? De um quê? "...de um novo pacto, não da letra, mas do espírito; porque a letra mata, mas o espírito vivifica. E se o ministério de morte..." Observe, o apóstolo Paulo estabelece que o velho pacto é um ministério de quê? De morte, um ministério de morte. Você sabe como é o trabalho do nosso Apóstolo para salvar os crentes? Você sabe como ele os salva? Levando-os de um ministério de morte para um ministério de justificação, para um ministério de vida. A maior transformação que você já experimentou, não foi que o Apóstolo tenha lhe ungido, ou lhe imposto as mãos, simplesmente ele o levou de um ministério da letra para um ministério do Espírito. O levou de um fundamento de obras mortas para um fundamento de um caminho novo e vivo, ele o introduziu ao caminho, a perfeição.
 
- Pastor, esse é o trabalho que temos que fazer com os crentes? Sim. Porque temos que livrá-los de um ministério de morte. A lei só te garante uma coisa, se chama "morte". Então, observe o que diz: "E se o ministério de morte gravado com letras em pedras foi com glória, tanto que os filhos de Israel não puderam fixar a vista no rosto de Moisés por causa da glória de seu rosto, o qual havia de..." Quê? "...de perecer, como não será com maior glória o ministério do Espírito? Porque se o ministério de condenação..." Aqui há outra característica do fundamento da circuncisão, que é um ministério de condenação. Veja, quando falamos destes dois fundamentos podemos fazer uma separação; ministério de morte, e ministério de vida; ministério de condenação, e ministério de salvação; ministério de maldição, e ministério de bênçãos; ministério de morte, e ministério de vida; um fundamento que mata, e um fundamento que vivifica.
 
- Pastor, são importantes estes dois fundamentos? Muito importantes. Muito importantes porque são dois apostolados. Você tem que identificar em qual apostolado você está. Todo pastor que justifica, depois de conhecer esta verdade, justifica o apóstolo Pedro, anda no ministério de condenação, no outro fundamento, nunca vai andar na unidade do Espírito, nunca vai andar na unidade do Espírito de Deus, não vai dar fruto para Deus. Pastor, e como você está certo disso? Muito certo. Você sabe que quando o apóstolo Paulo falou do apostolado da circuncisão disse: "a estes é preciso tapar-lhes a boca porque transtornam casas inteiras". Imagine uma casa cheia de morte, cheia de maldição, cheia de enfermidade. E isso, você pensa; - Ai, isso quem faz é o diabo! -. Não, quem faz isso é uma doutrina, quem faz é um ministério de condenação, quem faz é a lei de Moisés, quem faz isso é o evangelho da circuncisão. Você é testemunha disto.
 
É por isso que todas as pessoas que andam nesse fundamento estão em "aleluia". Eles não podem dizer: "ABA PAI!" Por quê? Porque estão em uma condição caótica, estão deteriorados espiritualmente. Até que cheguem ao ministério de vida, não vão poder reinar. Então, observe que aqui o apóstolo nos indica, dizendo: "Porque se o ministério de condenação foi com glória, muito mais abundará em glória o ministério da justificação." Veja, velho pacto, e novo pacto; ministério de condenação, e ministério de justificação; fundamento de obras mortas, e fundamento de um caminho novo e vivo; Jesus de Nazaré, e Jesus Cristo; morte e vida. Por isso Jesus disse: -Vejam, eu vim trazer vida, e vida com abundância.
 
Você sabe porque Jesus disse que veio trazer vida e vida com abundância? Porque a vida não estava presente quando ele estava ali. Se a lei tivesse vida, ele não teria descido, ele não teria se vestido de carne. ALÔ! Deus não faz as coisas por capricho, Deus tem propósitos. Então, você e eu temos que estar bem firmes, sobre qual fundamento estamos sobre edificando? Qual palavra nós estamos escutando? Qual é a confissão que está saindo da nossa boca? Em qual fundamento estamos estabelecidos? Qual apóstolo você está ouvindo? A qual apostolado você pertence? Isso porque você não pode estar aqui e lá. Você tem que chegar a uma conclusão. Veja, concluímos. O apóstolo Paulo disse: "Concluímos pois, o homem é justificado pela fé ". Concluiu.
 
Então observe o que diz: "...se o ministério de condenação foi com glória, muito mais..." Diga: MUITO MAIS. "...muito mais abundará em glória o ministério da justificação." Você sabe que estamos vendo essa glória? Veja, estamos vendo essa glória com o rosto descoberto. Veja, estamos vendo abençoados chegarem ao conhecimento desta palavra de graça e terem suas vidas transformadas. Eu fico encantado quando nosso irmão Rafael passa por aqui. Pastor, essa palavra é tremenda. Da mesma maneira, os testemunhos locais, como os testemunhos internacionais são países, Venezuela entrou em uma nova glória. Por quê? Porque passou de um fundamento de obras mortas para um fundamento de um caminho novo e vivo. Colômbia está reinando em vida por que passou de um fundamento para outro. Tem que saber, saber a qual fundamento estamos apoiando. Você está apoiando um fundamento glorioso, um ministério de justificação.
 
Vamos rapidamente e com isto concluímos, conforme as instruções de nosso Apóstolo. Romanos, capítulo 5, versículo 17. Agora vamos a um dos mistérios mais famosos que nosso apóstolo nos ensinou, que é o mistério "da mesma maneira". Quantos têm escutado esse mistério? Diz: "pois se pela transgressão de um só..." Estamos todos aí? ABA PAI? Diz: "Pois se pela transgressão de um só reinou a morte, muito mais reinarão em vida por um só, Jesus Cristo, os que recebem a abundância da graça e o dom da justiça. Assim que, como pela transgressão de um veio a condenação a todos os homens, da mesma maneira..." Diga: DA MESMA MANEIRA. "... da mesma maneira pela justiça de um veio a todos os homens a justificação da vida." Da mesma maneira. Um fundamento velho, um fundamento novo; um fundamento de condenação, um fundamento de justificação.
 
Diga comigo: EU ESTOU SOBRE EDIFICANDO SOBRE O FUNDAMENTO DA INCIRCUNCISÃO. EU REINO EM VIDA, EU SOU PARTICIPANTE DESTE MINISTÉRIO DA JUSTIFICAÇÃO.
 
 
publicado por brasileiro às 11:17
sinto-me:
Sábado, 24 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

Estamos entrando, Igreja, em uma etapa, onde o regime do Espírito, o Governo de Deus, será respeitado nas nações.
 
Nós estivemos falando de graça, estivemos falando do pacto, estivemos falando de predestinação por muitos anos, das duas sementes, da limpa consciência, anjos, confissão, salvação eterna, desejos enganosos, mas não nos temos dado conta que durante todos esses anos, o que Deus veio formando em nós é a MENTE de Cristo, ativando-a a um ponto onde queira ou não, o mundo terá que respeitar, queira ou não, o Governo de Deus na Terra.
 
Este não é um ministério a mais, esta não é uma igreja a mais. Este é o REGIME do ESPÍRITO. O Reino dos Céus. O Governo de Deus na terra.
 
Isso implica muitas coisas, isso implica que por meio deste apostolado se SANARÃO as nações. Por meio deste Apostolado virá prosperidade aos países.
 
E não sei se você já pôde perceber o auge que está causando este ministério a nível internacional e a nível mundial. E eu quero despertar teu claro entendimento e quero falar nesta noite também, aos que nos estão vendo internacionalmente por qualquer meio de comunicação; nesta noite quero trazer oficialmente a Declaração do Jesus Cristo homem, a Declaração do Governo de Deus para as nações.
 
Número 1:
O Apóstolo (José Luis de Jesús Miranda) e este Ministério fazem pública a sentença ou seu decreto, o que decidiu o Governo de Deus na terra. Depois de ver a palavra, depois de ser instruído pela verdade, haver entendido, serem iluminados nossos olhos do entendimento, esta é a Declaração da parte de nosso Apóstolo:
 
Todas as igrejas que baseiam suas doutrinas nos apóstolos da CIRCUNCISÃO (a lei) e nas doutrinas rudimentares do Jesus de Nazaré, são apóstatas e estão em adultério espiritual. Por tal razão são falsos irmãos.
 
O Governo os declara FALSOS IRMÃOS. Este governo sai da MENTE de Cristo. Isso é o que a mente de Cristo manifesta ao véu de Jesus Cristo homem.
      
Há outras violações:
 
Como resultado, TRANSTORNAM CASAS inteiras, famílias, cidades inteiras. Pisoteiam o sangue de Cristo em todas as suas reuniões, são inimigos da cruz de Cristo e por fim inimigos de Deus
 
Esta é a primeira declaração, a primeira sentença que faz já ao fim de 2006 o Governo de Deus na terra, por volta do sistema religioso de hoje.
 
Baseiam seus ensinos nos apóstolos da circuncisão, nos rudimentos da doutrina de Cristo, não têm AUTORIDADE para se chamar cristãos. São apóstatas da fé. São inimigos da Cruz de Cristo.
 
-Por que inimigos da cruz? Quem diria?- Não, eles colocam cruzes. Mas inimigos da cruz significa, inimigos do que aconteceu na cruz. A morte de Cristo representou o término e a conclusão do pecado. A destruição de Satanás, o fim da lei.
 
Mas por não respeitar o que sucedeu na cruz se constituem inimigos da cruz.
 
Por exemplo: Romanos capítulo 7, vamos lá, e o verso 4. Um verso que nosso Apóstolo (José Luis de Jesús Miranda) esteve usando nestes dias, bastante. Diz: “Assim também vós, meus irmãos, morrestes à lei mediante o corpo de Cristo,…”
 
-Como se chamou o corpo de Cristo? -(Jesus de Nazaré). Esse é o corpo de Cristo, Jesus de Nazaré. Jesus de Nazaré foi o meio para nos colocar MORTOS à lei.
 
Diga: Eu estou morto à lei.
 
-Qual foi o meio que te colocou morto à lei? -O corpo de Cristo, Jesus de Nazaré. Agora, para que foi que Ele te colocou morto à lei?
 
(Diz): “…para que sejais de outro, do que ressuscitou dos mortos, a fim de darmos fruto para Deus.”
 
Se não és do OUTRO, tu não podes levar fruto para Deus. Se não és do OUTRO, não agrada a Deus. Se não és do OUTRO, e ainda está com Jesus de Nazaré, não te podes chamar cristão. Porque Jesus de Nazaré não foi cristão.Nós somos cristãos. Jesus de Nazaré não foi cristão. Jesus de Nazaré foi judeu. Ele veio sob a lei, nascido de mulher; nascido sob a lei.
 
Agora, como ele não foi cristão, o que segue ainda casado com Jesus (com o corpo de Cristo, com Jesus de Nazaré), não é cristão.
 
Por isso é que o Ministerio Creciendo en Gracia, delata e denuncia e sentença a todo organismo religioso que ainda está baseado na doutrina do Jesus de Nazaré (do corpo de Cristo) que está em adultério espiritual. É um apóstata.
 
E o Apóstolo (José Luís de Jesús Miranda) me estava dizendo que ele instava aos EMPRESÁRIOS a nível mundial que este tema fosse transcrito e se publicasse esta DECLARAÇÃO nos jornais mais importantes de seus países.
 
Queremos que este comunicado saia como uma DECLARAÇÃO OFICIAL do Governo de Deus na Terra para esse sistema religioso.
 
Igreja, preparem-se, aqui não nos estamos gloriando em nós mesmos, aqui não é uma AUTORIDADE de carne, chegou o tempo onde esse sistema religioso, antes de ser destruído, vai ser sentenciado. vai ser desmascarado, não com armamentos carnais, com o poder do evangelho.
 
E ao lhe ensinar, ao lhe dizer que este sistema que está apoiado em Jesus de Nazaré, que está apoiado nos apóstolos da circuncisão não são cristãos, são apóstatas e são inimigos da cruz de Cristo e por isso são inimigos de Deus. Porque não andam na verdade.
 
O segundo verso, Gálatas capítulo 2, verso 4. Este é o segundo verso do primeiro ponto, que é a SENTENÇA.
 
(Diz): “…e isto apesar dos falsos irmãos introduzidos às escondidas, que entravam para espiar nossa liberdade que temos em Cristo Jesus, para nos reduzir à…” -quê? (Diz: À ESCRAVIDÃO).
 
-O que faz um FALSO IRMÃO? -Encontra-te na liberdade e te reduz outra vez a Jesus de Nazaré. À ESCRAVIDÃO. Quando um sistema religioso, leva a congregação à escravidão: Ao jejum, à vigília, à observância aos ritos, às cerimônias, aos mandamentos; Paulo o chama de um FALSO IRMÃO.
 
É um irmão, mas como está em FALSIDADE, constitui-se em um irmão falso.
 
Nós éramos falsos irmãos, até que fomos iluminados. Mas, escute bem, aqui não há emoções envoltas, (por exemplo dizer): -Não, é que é meu tio; é que eu o quero muito porque ele era o meu padrinho, desde criança, quando eu nasci.
Aqui não, não vale emoções nem boas roupas (que seja veludo cotelê, rodado). E mais, nem sangue nem carne. (Por exemplo): -Não, é que minha mamãe, nem meu amigo, nem minha esposa, nem minha avó. Aqui é a verdade de Jesus Cristo. (Temos que dizer): -Eu te amo muito, mas a verdade vai se pôr no meio.
 
E toda pessoa que não se rege pelo evangelho da Incircuncisão, e sim, pelo evangelho da circuncisão e que vive pela doutrina dos apóstolos e a doutrina de Jesus de Nazaré, não só é um INIMIGO da verdade, não só está em ADULTÉRIO, Paulo o chama de um FALSO IRMÃO.
 
Igreja, e isto, a bola de neve está crescendo. (Ou seja, está correndo a voz desta VERDADE). Vai chegar um momento na história, logo, como quando o repórter dizia: -Mas, quando, me diga, quando?
-Isso vem já, logo. Logo! A verdade vai prevalecer.
 
E vai ser tão clara a VERDADE de Deus sobre a Terra, que ninguém vai querer a MENTIRA, porque a luz vai dissipar as trevas.
 
Isso vem, igreja! Mas, Deus está formando seu GOVERNO, lhe está dando AUTORIDADE delegada. E você tem essa autoridade, porque todo o que está submetido a esta autoridade, tem essa autoridade delegada, porque isso é transferido. Se tu crês nela, quando tu abres tua boca, é como se Jesus Cristo homem falasse.
 
Diga: FALSOS IRMÃOS.
 
Número dois: O Sistema. Eles, o Sistema, (e me refiro ao sistema protestante, católico, qualquer sistema religioso), desconhecem -este é o DECRETO, declaração do Jesus Cristo homem, do Governo de Deus, oficial-, desconhecem o plano de Deus; e blasfemam contra Deus, ao impedir a perfeição de Deus em seus espíritos.
 
Ao impedir, ao RECHAÇAR, a graça de Deus, para poder aperfeiçoar suas mentes, para ir à transformação, então, BLASFEMAM contra Deus mesmo.
 
Por tal razão: Não conhecem sua IDENTIDADE ESPIRITUAL, e impedem a outras pessoas que a conheçam.
 
Para isso vamos à segunda carta aos Coríntios capítulo 11, versos 1 e 2. (Diz): “Oxalá me tolerásseis um pouco de loucura! Sim, tolerai-me. Porque estou zeloso de vós com zelo de Deus; pois vos tenho desposado com um só marido,…” -Para quê?
 
Qual era o PROPÓSITO, pelo qual Paulo queria casá-los, desposá-los com um só esposo e não com Jesus de Nazaré, senão com o que ressuscitou? Para quê? Para que Paulo queria isso? -Olhe para quê?
 
(Diz): “…para vos apresentar como uma virgem…” -o quê? (Diz: PURA).  
Se não te apresentas ao esposo que ressuscitou, então, tu não te vês como uma VIRGEM PURA.  Tu vais te ver em pecado, vais te ver SUJO. Vais te ver com MANCHAS.
 
Mas é a única maneira que te vais ver: virgem, porque teu espírito ninguém o pode tocar, ou seja, que teu espírito é virgem. Ou seja, ninguém pode tocar isso. Poderão ter te tocado a carne,mas seu cuidado guardou teu espírito (diz a Escritura). Ninguém pode tocar teu espírito. Mas há que te apresentar com um só ESPOSO. Há que te desposar com o que ressuscitou, para que tu te possas ver como uma VIRGEM PURA a Cristo, diz aí.
 
Em outras palavras: Se tu consegues entender e consegues casar com o que ressuscitou, pode chegar a ver que Cristo, te vê como uma VIRGEM PURA.
 
-E tu sabes a paz mental que é poder saber que Cristo te vê como uma VIRGEM PURA? Que não te condena? Que não te rechaça? Que tu podes te apresentar com a cara descoberta? Que não há condenação para os que estão em Cristo Jesus?
 
Mas é preciso que seja desposado com um só marido, com um só esposo. E não é com o corpo de Cristo (não é com Jesus de Nazaré), senão é com o que ressuscitou, com o OUTRO, para que possas dar fruto para Deus.
 
Então, segue dizendo a DECLARAÇÃO do Governo de Deus, falando do Sistema Religioso:
 
Suas reuniões, seus evangelismos e seus adeptos, são para multiplicar a MALDADE que há neles. A IGNORÂNCIA que há neles mantém-nos vedados.
 
São ASSASSINOS da humanidade.
 
-Estou lendo, igreja, a DECLARAÇÃO de Jesus Cristo homem- (ou seja, eu não estou acrescentando, estou lendo textualmente a DECLARAÇÃO do Governo de Deus na Terra para o sistema religioso, hoje, quarta-feira 27 de dezembro de 2006).
 
São assassinos da humanidade. Parecem inofensivos, seus reverendos, seus programas de televisão dizem: -Cristo te ama, Cristo morreu por todos… Mas impedem a mente de Cristo, impedem a perfeição.
 
Sujam o templo de Deus.
 
E escute o que me disse nosso Presidente (Apóstolo José Luis de Jesús Miranda): -O Evangelho é PODER de Deus, não só para abençoar, sanar e prosperar, como também é PODER de Deus para TAPAR BOCAS. E a este sistema religioso vai tapar a boca. Para isso se levanta o Governo de Deus. Para edificar, para consolar, mas também para DESTRUIR, tudo o que não está em linha com a palavra. Alguém tem que fazê-lo, Deus mesmo vai fazer. (Aplausos).
 
Diz, dizia nosso Apóstolo, (José Luis de Jesús Miranda): O Evangelho é PODER de Deus se crês nele, mas se não estiveres a favor dele, te DESTRÓI.
 
O mesmo evangelho, quando tu crês nele, se tu crês nele, trabalha em ti, mas se tu NÃO crês nele, o mesmo PODER te destrói.
 
Vocês se lembram da arca. que quando Israel a tinha, a arca prosperava o povo, mas quando o povo Filisteu a roubou, isso mesmo que era bênção para o povo, para eles era MALDIÇÃO.
 
-Igreja, você está visualizando onde está metido, ou onde o colocaram? Você não se convidou para estar aqui, você não chegou, o chegaram. o trouxeram. Os que são trazidos por mim, do VENTRE de minha mãe (diz a Escritura). Deus tem planos contigo, meu irmão, tu foste separado. (Aplausos).
 
Por isso os que são Dele, ouvem sua voz. Não podem ser enganados, tu não podes ser enganado. Movido sim, mas enganado não.  Movido sim, as tribulações, de repente sopra um pouquinho, mas voltas outra vez. Porque tu és dele, e tu tens crido nesta palavra. E tu tens crido nesta cobertura.
 
Igreja, escuta bem, quando este ministério começou, não se entendia a COBERTURA ANGELICAL, e se entendia que era uma doutrina… (Dizia-se):
-Tremendo eu estou na doutrina da graça! Na doutrina do salvo sempre salvo, na doutrina da predestinação, e eu sim, ele é meu Pastor, ele é meu Apóstolo, Tremendo! E eu confesso e eu sou dos da graça.
 
Mas, pouco a pouco, à medida que foram passando os anos, a igreja foi se concientizando de que esta palavra vem enviada por um APOSTOLADO. Por uma COBERTURA ANGELICAL. Que é que, ao tu creres nesta palavra, te colocaste debaixo dessa cobertura.
 
Por isso é que tu, enquanto outros choram, tu ríes. Tens que entender este dossel.
(Não dizer apressado): -Ai, que casualidade que me passou isto! 
(A resposta é): -Não é casualidade. É que onde está a graça,e nela se crê, há uma coberta angelical. Há espíritos ministradores, que são enviados para serviço, a favor dos que têm crido nessa palavra. (Aplausos).
 
E essa coberta angelical tem trabalhado em tua vida de uma maneira independente. E tem trabalhado em tua vida, Pastor, de certo modo, para a igreja, para a cidade, para o bairro, mas estamos entrando em uma etapa onde a nível de APOSTOLADO e não só para um bairro e uma cidade, para países inteiros. Para nações completas.
 
Jesus Cristo homem dará declarações que serão contundentes e veremos o resultado angelical em suas declarações. E isto não é para assustar, é para que respeitem o Governo de Deus na Terra.
 
Isto não é regime humano! Isto não foi levantado por carne humana! Isto não foi José Luís, isto foi Deus mesmo… na vida de José Luís de Jesús Miranda…  ABBA PAI! (Ovação).
 
Sim…Então, se isto é uma cobertura, espera-se de ti que a respeites. Porque a cobertura não se vê. Quando tu estiveres sozinho em tua casa, em tua recâmara, a uma da manhã, lembra-te da coberta. Lembra-te, que está aí!
 
Não, que nós somos… aqui nos saudamos Tremendo, abençoado!
Mas há uma AUTORIDADE que Deus mesmo delegou, não vê que este é o tempo que Deus mesmo destruirá com o Espírito de sua boca.
 
Igreja estamos nos tempos onde o que reinou por dois mil anos, desaparecerá. A apostasia desaparecerá. Mas a apostasia hoje está governada por um monstro religioso. E esse monstro religioso, que Deus mesmo profetizou que se levantaria, Ele mesmo o destruirá, com o espírito de sua boca.
 
E então há que se respeitar essa cobertura.
 
E se você a respeita, e você Pastor e Bispo, a respeitam, ela é eficaz em teus países.
 
E ela se mete em tudo. mete-se nas finanças, mete-se na política, mete-se no governo, na educação. Até em... em tudo. Tira e põe reis. Tudo. Mas há que ser fiel ao pacto. Terá que ser fiel ao pacto, à cobertura angelical.
 
E note o que me dizia nosso Apóstolo, nosso Deus e nosso Presidente (José Luis de Jesús Miranda): Hebreus, capítulo 10, verso 29: Falando da Declaração Oficial:
 
“Quanto maior castigo pensais que merecerá o que pisotear (ao Filho de Deus)…? 
 
-Como tu “pisoteias” ao Filho de Deus? -Não dando legitimidade ao que passou na cruz.
(Como dizer): -Ah, esse foi, morreu na Cruz. Está bom que morreu (como em semana santa), estamos celebrando a morte e ressurreição.
(Se dirá a ti ): -Sim, mas quê significou isso?
Essa morte, esse derramamento de sangue terminou com o pecado. E se eu não reconheço isso, eu estou PISOTEANDO (como diz o verso):
 
“…ao Filho de Deus, e tiver por imundo o sangue…”  
 
Tu sabes como se tem por IMUNDO o sangue? -Quando tu dizes: -Não, o sangue (o derramamento de sangue) não limpou todos meus pecados. Foi uma parte, os de hoje. Os de amanhã não me limpou ainda.
Ao não crer na EFICÁCIA desse sangue, tu o estás tendo por imundo. O sangue para ti está poluído.
 
(Diz): “…e tiver por imundo o sangue do pacto (olhe se tem poder) no qual foi (santificado),…” Já tu foste santificado, mas ao não creres, o tens por IMUNDO.
 
E não é só isso (diz): “… e fizer afronta ao Espírito de Graça? -Como se faz AFRONTA ao Espírito de graça?
 
-O que é o Espírito de Graça? -Uma fumaça? (por exemplo dizer): -Olha, por aí vai o Espírito de graça, agarra-o.
Não. (Ou dizer): -Aí, aí chegou a nuvem, está a nuvem do Espírito de Graça sobre essa seção.
NÃO. O Espírito fala. O Espírito fala. O Espírito de graça é o que está na vida de nosso Apóstolo (José Luis de Jesús Miranda), e quando ele fala a doutrina, se tu rechaças o que sai por sua boca, tu estás fazendo afronta ao Espírito de Graça e a palavra diz que maior castigo virá
 
Maior que o que viola a lei de Moisés. Porque isso não é nada, tu mataste, vais preso. Grande coisa! Isso não é terrível. Roubaste, pagas cinco anos. Mas tu segues roubando na mente. Estás preso, mas a mente segue… (Maquinando).
 
Mas fazer afronta ao Espírito de Graça…! Ou seja, ao Espírito que te santificou, que te apresenta perfeito, ao lhe fazer afronta, por isso diz: Horrenda coisa é cair em mãos do Deus (vivo, di-lo o verso 31).
 
Se Deus sempre esteve vivo, por que tem que enfatizar “Deus vivo”?Deus nunca esteve morto. Mas, por que diz Deus VIVO? -Porque ia haver uma etapa onde iam rechaçar, (iriam fazer afronta ao Espírito de graça) que era Deus mesmo VIVO em um corpo, pregando e alguns iriam ter a ousadia de escutar e dizer: -Isso é falsa DOUTRINA.
 
Cuidado! Cuidado! Não pisoteies o sangue de Jesús Cristo. (Diz): “…maior castigo…”
 
Olha, igreja, tu sabes, Deus se reservou para estes tempos. OCULTOU-SE da vista de seus filhos por dois mil anos, foi à luz INACESSÍVEL. Não falou, deixou escrito o fundamento, mas para se entender terá que explicá-lo. Imagina, ele o deixou escrito, mas quem o vai explicar? -Ninguém. Começaram, cada um a traçar e a trazer sua própria interpretação, então ele se afastou, e ao Deus afastar-se da Terra o que traz é CONFUSÃO. E veio a Apostasia. Diga: APOSTASIA.
 
Vieram as FALSAS doutrinas. Mas isso estava preparado, Deus GUARDOU isso, porque ele queria que a apostasia se propagasse para que a maldade e a mentira aumentassem, para que então quando ele chegasse, acharia fé na Terra? -NÃO.
(Ele disse): -Chegarei como ladrão na noite.
 
E ali começaria a fazer seu trabalho. Iluminando os olhos, CONSOLANDO, tirando as intenções dos corações, dando a cada um seu LOUVOR, trazendo recompensa a seu povo.
 
Mas igreja me escutem bem os que nos estão vendo através da Internet ou pela televisão: Tu que tens escutado esta palavra e tens gostado, mas está nas “GARRAS” de homens maus e perversos -porque há gente que ama isto, mas têm um COMPROMISSO social ou têm um compromisso moral, têm um compromisso, eu não sei que tipo de compromisso- mas estão “AMARRADOS pelo sistema humano.
 
Estamos entrando em um tempo que pela AUTORIDADE de Jesus Cristo homem, esse sistema religioso, como a estátua de Nabucodonosor, CAIRÁ ao chão diante de nossos olhos.
 
E ninguém poderá deter o impulso e a AUTORIDADE do Governo de Deus na Terra porque não é homem, é Deus mesmo na manifestação do Filho do homem, defendendo a seu povo e levando-o ao que ele profetizou que os levaria a delicados pastos, à sanidade das nações, à prosperidade dos povos, onde não haverá mais temor.
 
Igreja, isso vem. -Porque que ESPERANÇA é essa do mundo seguir como está? -Isso não é esperança.
 
Esperança é que um dia a mentira e a ignorância desaparecerão. E REINAREMOS com ele para sempre. Isso sim que é vida!
 
Segue dizendo a Declaração Oficial do Governo de Deus, sobre o sistema religioso:
 
Tu estás fazendo AFRONTA ao Espírito de Graça. Com Deus não se brinca. Este é o Governo de Deus sobre a Terra, isto é perigoso, não é uma brincadeira. Isto é uma Sentença!
 
E número três: Estas pessoas, ao mesmo tempo dão lástima, porque há muita gente sincera enganada. Isso sim traz DOR.
 
Porque este “sistema romano- Pedrino- de Pedro, ESCRAVIZOU e reduziu à escravidão as OVELHAS, que na verdade são do Senhor, amam a verdade. E eles (os religiosos) as enganaram. Diz (a declaração): E dizimam aos CRIMINOSOS da graça para que sigam com suas maquinações.
 
Agora o digo chorando -dizia meu Apóstolo (José Luis de Jesús Miranda)- são INIMIGOS da Cruz de Cristo. Paulo chorava. Por Jesus de Nazaré são dignos de LÁSTIMA.
 
Vejamos como diz primeira carta aos Corintios 15: 19. (Diz): “Se nesta vida somente esperamos em Cristo, somos os mais dignos de comiseração de todos os homens.” Somos os mais dignos de lástima.
 
Se você espera em Jesus de Nazaré, e mais, eu vou mais além, igreja: -Se você espera no ressuscitado, você segue sendo digno de LÁSTIMA.
 
Ouça isto. (Alguém dirá): -Pastor, mas se acabou de dizer que somos do outro, de que ressuscitou.
(Responder-te-á): -Claro, mas quem te leva ao que ressuscitou? Jesus de Nazaré não te levou ao que Ressuscitou. Tampouco o que falou com Paulo nesse tempo, nessa dispensação, foi o que te levou ao que ressuscitou. O que te divorciou de Jesus de Nazaré e te casou com o que ressuscitou se chama Jesus Cristo homem. Essa é a terceira manifestação de Deus.
 
Então, se tu ainda esperas em Jesus de Nazaré, és digno de lástima. E se esperas no que ressuscitou, está vivendo com dois mil anos de atraso. Também és digno de lástima.
 
Porque ele ressuscitou. Tremendo!...Mas, como entendo as epístolas? Tremendo! (tu não vais dizer): -Ressuscitado, me explique Romanos 6: 3.
E então, outro por lá (dirá): -Ressuscitado, explique-me isso também.
(A resposta a isso é): -Não, tem que haver uma doutrina, um APOSTOLADO, um REINO, um GOVERNO que o explique. E para explicá-lo, Deus mesmo tomou forma humana outra vez, e veio sem relação com o pecado.
 
Agora, se tu és de Jesus Cristo homem -do que morreu, ressuscitou e voltou a viver- então tu não és digno de lástima. Tu és espetáculo ao mundo.
 
Mas se não, segues sendo digno de LÁSTIMA. Se segues pensando que há pecado, ainda que penses que a salvação não se perde, mas pensas que há pecado, és digno de LÁSTIMA. Se pensas que a salvação não se perde, mas segues com os apóstolos da circuncisão, és digno de LÁSTIMA; tens que te divorciar de Jesus de Nazaré - já não o conhecemos segundo a carne-. Tens que te divorciar do evangelho da circuncisão (a lei).
 
(Há que) te situar nas quatorze (14) epístolas de Paulo, mas para entender essas epístolas de Paulo, Paulo disse: -Não a estudem, não tratem de julgá-las, esperem até que venha o Senhor o qual aclarará, o mesmo que eu escrevi, o Senhor o vai aclarar. Porque ainda que eu o tenha escrito é Graça, não se entende. Porque a fé é pelo ouvir.
 
Uma pergunta: A Bíblia que você tinha debaixo do braço por tantos anos, tinha as cartas paulinas? -(É correto). -E por que você não as entendeu? -Mas verdade que você as lia? -Claro!, eu as recitava de cor. Mas não as entendíamos. Porque não se entendem lendo, entendem-se ouvindo.
 
O Espírito de graça está na Terra hoje falando sua palavra, e NÃO se pode fazer-lhe AFRONTA.
 
Por isso você não pode, quando você escute a Papai (Apóstolo José Luis de Jesús Miranda), nada do que sua carne faça, você o pode interpor entre sua palavra.
 
Você não pode tropeçar com nada, porque aí foi que meteram o Espírito de graça.E a carne onde meteram o Espírito de graça, está feita à MEDIDA para esse trabalho. Não a mude, não trate de mudá-la. Deixa-a assim e ouve, e vais ser consolado. vais ser edificado.
 
Mas o sistema religioso diz: -E, como é possível que este "borícua" seja Jesus Cristo homem? Como é possível que este homem com o passado que teve seja Jesus Cristo homem?
(Nós a isso respondemos): -O mesmo disseram de Jesus: E pode sair algo bom de Nazaré? -O mesmo.
 
Hoje declaramos -o Governo de Deus declara- a todo esse sistema religioso em ORFANDADE (órfãos), porque o alimento sólido é para os que alcançaram MATURIDADE.
 
Hebreus 5: 14 (diz): “…mas o alimento sólido…” Aí não está falando já de doutrina de Cristo, nem da lei. É a graça.
 
(Diz): “…o ALIMENTO SÓLIDO é para os que alcançaram maturidade,…” E para alcançar MATURIDADE, tens que deixar os RUDIMENTOS, vamos adiante à perfeição… (Hebreus 6: 1).
 
(Diz): “…para os que alcançaram maturidade, para os que pelo uso têm os sentidos (exercitados)…” -O que fizeram aos SENTIDOS? Deram-lhe o quê? -Uso.
 
Por isso é que és maduro, porque lhes dado uso. -Você tem dado uso aos sentidos? -(ASSIM É). -Mas note, que Papai não te pôs para dar uso sem primeiro te dar ALIMENTO SÓLIDO. Ele te dá primeiro o alimento sólido.
 
 (Diz a ti): -Come, come, come, graça; vamos, come, come! 
E depois que comes (diz a ti): - Já? Você gostou? Estás satisfeito?
(Nós dizemos): -Que gostoso!
(Logo nosso Pai nos diz): -Agora, dá uso aos sentidos.   
 
(A referência diz): “…para os que pelo uso…” -Usando-os, dia e noite, usando-os. 
Que já um dia diz: -Uau! Já não, mais…
(Nosso Pai diz): -Segue mais…tu podes mais, dá-lhe mais uso…  
 
(Diz): “…para os que pelo uso têm os sentidos exercitados…”
-Quando tu estás exercitado, pelo uso, chega um momento que vem uma tribulação que outro se afoga em um copo de água e tu dizes:
-Como? Ah, ah, não me dei conta, perdão…
 
É como quando tu levantas pesos não, digo para os que o fazem; começaram com uma… (Fazendo-o com alguma facilidade): -Ayyyy…
Mas depois de seis meses (fazia-o sem dificuldade e se fazia fácil), porque têm o uso, já, certo?
 
Ou os que começam a "aeróbica”… Mas já aos três meses (lhes faz fácil), porque lhe deram uso. Igual aos SENTIDOS. Os que estão na graça (os que comeram alimento sólido), não o sistema religioso, não os que vivem de jejuns e de repreensões de demônios…
NÃO, os que comem alimento sólido. Diga: Alimento sólido.
 
Esses (diz): “…têm os sentidosexercitados no discernimento do bem e do mal.”
 
Os que têm os sentidos exercitados, cheiram a lei de longe. (Percebem o odor): -Ssssnif! Ummm, isso é lei. Sssnif!, isso é circuncisão.
Porque têm os sentidos exercitados.
 
Quero terminar com a última parte que me pediu nosso Apóstolo (José Luis de Jesús Miranda) da Declaração Oficial do Governo de Deus.
 
Lucas 17: 1-2. E isto é sério o que vamos dizer agora. (Diz): “Disse Jesus a seus discípulos: Impossível é que não venham tropeços;…”-Podemos parar os tropeços? -NÃO. É impossível que não venham.
 
Mas (diz): “…,mas, ai daquele por quem vêm! Melhor o fora que lhe atasse ao pescoço (diz Jesus, que é melhor que lhe atasse uma pedra ao pescoço) uma pedra de moinho e se jogasse ao mar, que fazer tropeçar a um destes pequeninos.”   
 
Agora, atente bem para o que vou dizer agora, e isto é para os líderes do sistema: O que você prega se não ser o evangelho da Incircuncisão (a graça), encontrado nas quatorze (14) epístolas do Paulo, e explicadas hoje por Jesus Cristo homem (José Luis de Jesús Miranda), se você não prega isso,
 
você –número um- está pregando um falso evangelho à sua congregação. Você está em adultério espiritual. Você está formando falsos irmãos, que são dignos de lástima.
 
E a Bíblia diz que se você faz tropeçar a um desses pequeninos -porque ao lhes pregar um falso evangelho, os está fazendo tropeçar, os está impedindo de ir à perfeição- se você os faz tropeçar, Jesus mesmo disse que é melhor que você ponha uma pedra de moinho ao pescoço e se jogue ao mar.
 
Eu creio que isso diz muito. Se você for um pregador –o que está dizendo é- se você for um pregador que NÃO está levando à congregação o verdadeiro evangelho que só é pregado hoje por Jesus Cristo homem; e você não dá esse alimento sólido à sua congregação, é melhor que MORRA. 
 
Isso é o que está dizendo aí. Quando tu te pões uma pedra de moinho ao pescoço e te jogas ao mar, o que significa isso? -Bom, a menos que tu possas respirar debaixo d'água. Pois olhe é melhor que cesse de respirar. É melhor que não pregues.
 
Vá vender carros (veículos), venda seguros, mas não pastoreie, porque há maior CONDENAÇÃO.
 
Eu quero falar…olhe, eu não sei, eu tenho zelo e às vezes tenho “mix feeling”, (sentimentos misturados) porque tenho zelo e às vezes choro por dentro; porque eu sei que há pastores que nos escutam semanalmente, e que indagam, eu sei, não têm que nos dizer seu nome, nem de que país, nós sabemos, sabemos que vocês já estão cansados do sistema religioso, estão machucados, os mesmos que vocês servem lhes têm ferido, lhes têm apunhalado pelas costas.
 
Mas você diz: -Aonde vou?, pois se aí é que tenho meu salário. O que Jesus está dizendo aí é que se você faz cair a um dos pequeninos, em outras palavras, se você é dos que tem uma congregação sob sua responsabilidade, e pelo que você prega, fizer tropeçar a um desses, você está em SENTENÇA….
 
 (Diz): “…horrenda coisa é cair em mãos do Deus vivo.”
Eu recebo, eu desperto teu claro entendimento. Eu sei que é difícil para você, você diz: -Não, eu aceito a graça, eu aceito todo o pacto e tudo o que você prega o aceito. O único é Jesus Cristo homem.
 
(Diz a ti): -Como tu podes aceitar tudo o que Jesus Cristo homem prega como de Deus, e não aceitar que quem o prega é Deus mesmo? Se o que Ele te pregou te tem feito bem, deu-te liberdade.
 
-Por que o separas da doutrina que aprendeste Dele?
 
Eu recebo que os humildes -porque há humildes que me estão escutando- os humildes, os amadores de verdades. Os que têm a certeza de que foram chamados por Deus e não por homem. Os que são servos de Deus, que se chamam servos de Deus e não servos de homens. Os que entendem que foram separados do ventre de sua mãe para pregar a verdade; e que você sabe que nessa denominação não está a verdade. Se você é humilde o convidamos para que se una ao Governo de Deus.
 
A este exército que não teme ao homem. E que foi levantado por Deus e que um dia governará o mundo inteiro. E todo sistema religioso, católico, ou romano, protestante, tenha o nome que tiver, CAIRÁ diante do PODER desta palavra, porque o evangelho é poder de Deus e vai contra toda MENTIRA dos homens. (Aplausos). 
 
Eu recebo, eu recebo, que se tu recebes esta palavra, esta cobertura angelical te alcança, te assiste, te livra de homens maus e perversos, para que reines em vida, com o Governo de Deus na Terra.
 
-Quantos reinam em vida, Igreja? -(Abba PAI!)
-Quantos não se envergonham deste evangelho? Fique de pé. -Quantos não se envergonham deste evangelho? -(Abba Pai).
 
Olha igreja, por isso é que na mesma congregação pode haver duas pessoas, e a um, a coberta lhes trabalha para bem, e a outro como que não para bem, porque ao final das contas é para o bem como queira; porque se tu te submetes a ela, te segue levando até que começas a desfrutar e saes da queixa.
 
Mas minha recomendação, para a Amada, para os Bispos, para os Pastores, para a igreja em geral nesta última quarta-feira de 2006: Você foi convidado a ser, a fazer parte do Governo de Deus na Terra, alto privilégio, você foi escolhido entre dez (10) mil.
 
Ou melhor, em sua casa havia outros mais qualificados à vista humana, com uma melhor preparação, com uma melhor aparência, mas Deus não julga pela vista, tu és AMADO por Deus e com todas tuas debilidades ele te necessita, ele necessita de tuas debilidades; porque com essas debilidades, Ele consegue que tu não te jactes em sua presença. Ele consegue que tu digas:
 
-Eu necessito de sua graça. Eu não posso depender de minha própria prudência. Eu não posso me vangloriar nem me gloriar a mim mesmo. Eu me glorio no Senhor. E minha competência provém de Deus. Ele me fez apto. Ele me fez competente para participar de sua herança nos santos em luz.
 
E quando você reconhece isso, não deixas de ser agradecido, e dizes graças Papai, porque me escolheste, me iluminaste e hoje reino em vida.
 
Dá um aplauso forte a Jesus Cristo homem. ABBA PAII!
Dá-lhe forte igreja, que lindo! (Ovação).
publicado por brasileiro às 12:42
sinto-me:
Sexta-feira, 23 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

                                         FORMANDO A CRISTO NO CRENTE - PARTE II

Você sabia que com a mente renovada você mesmo se CURA sem necessidade de curandeiros e falsos ministros de saúde?

Gálatas 4:19, aqui Paulo expressa as DORES de parto de um APÓSTOLO com relação a uma igreja, e que se dão até que CRISTO seja FORMADO (na mente). Uma vez Cristo formado, já não sofre mais.

Em seu ESPÍRITO, você é como Cristo, já que o que se une ao Senhor um espírito é com ele. Entretanto, esse ESPÍRITO –ainda que já esteja completo e igual a Cristo- tem que conhecer sua IDENTIDADE, tem que ser ENSINADO, e confirmado. E isso é um processo.

Para isso, Cristo tem que ser FORMADO em você, conforme está evidenciado:
Romanos 2:16, diz que Jesus cristo teria que julgar os segredos dos homens com um novo pacto, nesse tempo, quando a ciência aumentasse.

A religião NÃO chega aos SEGREDOS, já que trata com a “aparência”, (com o que se vê, como se veste…).

O ESPÍRITO do HOMEM, que está dentro do homem, sabe as coisas do homem.
(1ª Coríntios 2: 11). Esse espírito que está dentro, se não é educado, não nos cura. Há que se RENOVAR a mente. Necessitamos recordar ao espírito sua IDENTIDADE e ministramos SAÚDE ao corpo físico; curamos, com a palavra de graça, os traumas, complexos, sentimentos de culpa...
A RELIGIÂO vive de culpa, porque seu fim é levar à culpabilidade, à má consciência. É inútil dizer aos religiosos que não há CULPA, que o diabo ou que o pecado foi quitado; eles querem se ver em culpabilidade, e isso NÃO é do ESPÍRITO. Porque: Quem acusará os escolhidos de Deus, se Deus é quem os justificou?

A Graça é uma palavra VIVA (Hebreus 4:12), a palavra ATUA poderosamente em você. E não negamos a paternidade de nosso Apóstolo Dr. José Luis De Jesús Miranda, Jesus Cristo homem. Não podemos separar GRAÇA do APOSTOLADO (Romanos 1:5). Seremos provados em TUDO (na área de finanças, em nossa reputação, em nossa saúde, em nosso matrimônio…).

Por isso, há que se despojar do velho homem (Efésios 4:22), esse VELHO HOMEM não está “CONVERTIDO, está viciado (há desejos enganosos). Por isso guardamos a unidade do Espírito.

1ª Timóteo 4:16 diz que há que se cuidar de si mesmo e da doutrina.

Se cuidamos de nós e da doutrina, REINAMOS. Nosso pior inimigo, somos NÓS mesmos, já que a CARNE está viciada. Romanos 5: 1,2 diz que por fé estamos JUSTIFICADOS, e por esta mesma fé entramos nesta GRAÇA.

Apreciado Irmão: Declaramos que você está FIRME nesta graça e que sabe que é por GRAÇA por meio da fé.

Abençoados!

DEIXE SEU COMENTÁRIO POIS O BRASIL ESTÁ ACOMPANHANDO OS POSTS DESTE BLOG.

publicado por brasileiro às 12:05
sinto-me:
Quinta-feira, 22 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

"O MINISTÉRIO DA INIQUIDADE III"


Você sabia que Maria foi uma pecadora, e que a igreja Católica escondeu isso, enganando assim a igreja?


A DOUTRINA que apresentam as “igrejas Católica” e “Evangélica” é falsa, porque NÃO contém a VERDADE do evangelho.

Hoje cinco MENTIRAS que Jesus Cristo homem (Apóstolo José Luis de Jesús Miranda) destapou do falso sistema ROMANO e são:

Primeira mentira: Crer que MARIA foi concebida sem PECADO. Isso é FALSO, segundo Romanos 5: 12, já que “todos os HOMENS, pecaram”.

Simples: Um homem (Adão) PECOU, e pelo pecado todos os que nasceram depois de Adão até Cristo, nasceram em pecado; inclusive por essa transgressão de Adão, Romanos 5: 18. Maria nasceu PECADORA, ela disse: “Minha alma se regozija em Deus MEU SALVADOR”. Ela necessitou de um SALVADOR.Jesus não nasceu pecador, senão em “semelhança” de carne de pecado, porém NÃO pecou.

Segunda mentira: O CELIBATO: 1ª a Timóteo 4: 1 ao 3, diz que “proibirão de se casar, e assim o faz a Igreja Católica, isso é apostatar da fé do evangelho da graça. Há homens que nascem e têm o dom e não querem ter SEXO. Outros são eunucos porque os homens os fizeram eunucos (Mateus 19: 12).

Refere-se ao sistema católico, por isso ABUSAM das crianças em suas catedrais, porque os proíbem de casar. Paulo disse que se tem o dom de continência aos Coríntios 7: 1 e 8), não tocar em mulher, e era por causa do REINO. A “Igreja Católica” tirou é “DOUTRINA” do celibato, porém seu “primeiro Papa”, Pedro, se casou, tinha sogra Mateus 8: 14).

Terceira mentira: Os ÍDOLOS. A idolatria propagou a “Igreja Católica” por anos, violando Salmos 115: 4 ao 8, e Êxodo 20: 3- 5.
O ato da IDOLATRÍA afeta, não só sua VIDA; senão a de seus filhos, e os filhos de seus filhos.

Quarta mentira:O CONFESSIONÁRIO e uma MISSA”. O homem de pecado fala de pecado (1ª aos Tessalonicenses 2: 3). Em uma MISSA católica se recorda o pecado. E um confessionário é para “confessar” pecados e se arrepender. Isso é apostasia. Já o cordeiro (Cristo) quitou o pecado da terra, estamos reconciliados. João negava isso (João 1: 8), era mentiroso.

Quinta mentira: Obrigam a judaizar, segundo Gálatas 2: 14. Assim como Pedro, os sacerdotes católicos junto a Cristóvão Colombo OBRIGARAM os índios a crer na fé Católica. A inquisição foi produto disso.    
      

Apreciado irmão: Declaramos que seus olhos são iluminados e vê que o Vaticano veio  foder nossos povos e Jesus Cristo homem está desnudando sua falsa doutrina.

Abençoados!


publicado por brasileiro às 12:15
sinto-me:
Quarta-feira, 21 DE Fevereiro DE 2007

JESUSCRISTOHOMEM

SENTIDOS EJERCITADOS
       
¿Sabía que la religión de hoy no tiene los sentidos ejercitados por eso creen que hay pecado y que hay que conocer al Señor?
 
 
Hebreos 5:14, dice que debemos tener los sentidos ejercitados en el discernimiento del BIEN y del MAL dentro del REINO de los cielos (en la tierra).
 
El profeta dijo: Este pueblo a lo BUENO lo llaman malo, y a lo MALO le llaman bueno. Nos ejercitamos por causa de la “IGNORANCIA” religiosa de hoy. Ellos no tienen madurez; porque la circuncisión (la ley) no la produce. Lo que produce es IRA.
 
La madurez solo lo produce el verdadero evangelio de la gracia que predicó Pablo.
 
Tenemos que madurar, ejercitando los sentidos para entender sobre el PECADO. Zacarías 3:9 dice que el pecado fue quitado en un solo día. Dice en un día porque en un día ENTRÓ (por la desobediencia de Adán).
 
La Escritura dice que cuando viniera el cordero de Dios, quitaría el pecado en un día y desaparecería de la tierra. Con los sentidos EJERCITADOS, decimos: Si en un día ENTRÓ, en un día SALIÓ.
 
La Iglesia Católica , cuando celebra la MISA , recuerda pecados, INSULTANDO la conciencia, le falta el respeto a la iglesia; toma por inmunda y pisotea la sangre de Cristo. El pecado entró por un hombre, Adán (Romanos 5:12). Pero el postrer Adán (Cristo), murió, y QUITÓ el pecado de la tierra en un día.
 
Por uno vino la trasgresión y por otro la justificación (Romanos 5: 17,18). Si usted anda de OTRA manera, está en apostasía, en condenación y en FALSEDAD. Estamos MUERTOS al pecado (Romanos 6:11). No se puede enseñorear (Romanos 6:14).
 
Con los sentidos ejercitados, “ninguno dirá “conoce al Señor” (Hebreos 8:11-13).Eso no se dice, eso es ser malcriado y hablar mal dentro del REINO, y los religiosos lo dicen. Por eso Jesucristo hombre ha venido para abrir la puerta que ha “TRANCANDO” la religión.
 
Con los sentidos ejercitados somos agradables delante de Dios ( Corintios 5: 9), sea vivos o en la nube de testigos.
 
Esa nube está cerca, ya que fueron reconciliados el cielo y la tierra (Colosenses 1: 20); esa nube está alrededor nuestro (Hebreos 12:1). Estamos llamados a serle AGRADABLES.
 
El papel de Jesucristo hombre (Apóstol José Luis De Jesús Miranda) es importante para la Amada , ya que Dios murió y resucitó y volvió a vivir (manifestado como Jesucristo hombre) para ser Señor de los vivos, así como de los muertos (Romanos 14: 9).  
 
Apreciado hermano: Declaramos que sus ojos han sido alumbrados para saber que Jesucristo hombre es nuestro Señor, y ha venido a corregirnos.
 
Bendecidos.
publicado por brasileiro às 13:30
sinto-me:
Terça-feira, 20 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

"MEDIADOR DE UM NOVO PACTO"


Você sabia que o MEDIADOR do novo pacto já está na terra e nos
explica em novo pacto?


Em Hebreus 8:6, Paulo diz que há um MEDIADOR de um novo pacto com melhores promessas.

MEDIADOR” significa “uma pessoa que MEDIA entre duas ou mais pessoas para chegar a um “ACORDO” em um “assunto”. Um MEDIADOR tem que estar presente com outras pessoas para poder discutir. NÃO é mediador quanto ao SANGUE que derramou naquele então; não, é mediador de um NOVO PACTO.

Existiram dois mil anos de informação sobre a “segunda vinda” do Senhor, o associam ao final do mundo, quando o mundo ainda não vai se acabar. A terra está firme, o Senhor, a sustenta e a sustém apesar de todos os acidentes, guerras, o mundo vai SEGUIR de pé.

A religião pensa que o Senhor vem “em uma nuvem”, e que tomará a todos os “ELEITOS”, transformando seus corpos, e os leva ao mar de cristal e às ruas de ouro.  

Se fizer isso, NÃO pode MEDIAR. Tinha que mediar com um novo pacto em “lugares celestiais” (no céu), aqui na terra. A SEGUNDA VINDA do Senhor; é um trabalho que ele tem que fazer com a igreja. Hebreus 12: 24,25 diz que não tem que desprezar o que media, já que ele explica o novo pacto.

Jesus Cristo homem vem julgar a vivos e a mortos. Ainda na nuvem de testemunhas,
(os mortos) ele não pode ser desprezado.

2ª Coríntios 3: 9, diz que há DOIS ministérios: O de condenação e o de justificação. Na igreja o que há são dons ou talentos, porém não ministérios de louvor ou de pregação. Há um só ministério e é o do espírito. No ministério de glória, vem com um mediador explicar o novo pacto. Nesse ministério há dois apostolados: O dos apóstolos, (que foi de “CONDENAÇÃO”).

E o Ministério de JUSTIFICAÇÃO que o representa um só Apóstolo (José Luís De Jesús Miranda), Jesus Cristo homem. Nesses dois ministérios, um FOI, e o outro já NÃO É.

1ª Coríntios 2: 16 diz que neste MINISTÉRIO o que instrui é a MENTE de CRISTO, NÃO é José Luis, e é para guardar a UNIDADE do Espírito, falando o mesmo.

O Governo de Deus é Teocrático e DITATORIAL, não democrático. Guardamos a unidade em paz (Efésios 4: 3, 4). Somos a FAMÍLIA da fé, dentro do evangelho da incircuncisão (Gálatas 6:10).  

Por isso há um só MEDIADOR entre Deus e os homens: Jesus Cristo homem (1ª Timóteo 2: 5) que anda no meio de seu povo.

 

Apreciado Irmão: Declaramos que seus olhos foram iluminados para ver o MEDIADOR em nosso Apóstolo José Luis De Jesús Miranda.

Abençoados!

publicado por brasileiro às 12:20
sinto-me:
Segunda-feira, 19 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

Todo olho o verá. Esta profecia se dá pelos meios mais simples aos mais complexos. Desde um folheto, um CD,um DVD, um blog como este, um site, um fotolog, até por TELEGRACIA, um canal via satélite - 24 horas no ar. A exposição da imagem e da mensagem de Jesus Cristo Homem traz gozo à família da fé e revolta aos não iluminados. O "post" do dia 17 de janeiro - sábado - mostrou justamente isso. Foram feitos 8 comentários e entre eles vê-se claramente o ódio escapar pelas letras de mentes impregnadas de circuncisão, produto da apostasia. Abaixo estão os comentários que foram feitos no http://fotolog.terra.com.br/jesuscristohomem
--------------------------------------------------------------------------------
Comentários (8):

Em 18/02/2007, às 12:51:57, pastor sidney rocha de jesus disse:
estou submetido ao ensino da graça de papai-JESUS CRISTO HOMEM

ABA PAI-
--------------------------------------------------------------------------------
Em 18/02/2007, às 20:29:00, sergio disse:
vcs são uma raça de viboras
--------------------------------------------------------------------------------
Em 18/02/2007, às 20:32:41, sergio disse:
vcs estão fazendo lavagem celebral nas pessoa
--------------------------------------------------------------------------------
Em 18/02/2007, às 20:34:48, christiana disse:
não de credito ao anti-cristo jose
--------------------------------------------------------------------------------
Em 18/02/2007, às 20:38:47, luiz disse:
se paulo em sua espistola pediu oração quanto mais eu,vou orar para que Deus tire meus irmãos em Cristo deste engano que se chama jose luiz(falso apostolo)
--------------------------------------------------------------------------------
Em 18/02/2007, às 20:42:18, olga disse:
desconfio destes que dizem ter recebido uma nova revelação,pois foi assim com os mormons,testemunhas de jeova e outros
--------------------------------------------------------------------------------
Em 18/02/2007, às 23:45:01, PASTOR SIDNEY ROCHA DE JESUS disse:
QUANDO A CARNE PENSA NENHUM PROPOSITO SE EDIFICA-E JAMAIS EDIFICARÃO POR QUE NÃO FORAM CHAMADOS A ESTE TEMPO ENTÃO NÃO ENTENDEM E CRITICAM-MAS NOS QUE FOMOS CHAMADOS E EDIFICADOS POR PAPAI -JOSE LUIS DE JESUS MIRANDA -SABEMOS QUE SUA REVELAÇÃO E INCONTESTÁVEL ELE E O PROPRIO DEUS EDIFICANDO O SEU GOVERNO NA TERRA.

ABBA PAI.
--------------------------------------------------------------------------------
Em 19/02/2007, às 01:38:33, Natália Marques disse:
Estes que dizem: "não dê crédito" ou desconfiam de Jesus Cristo Homem, se estivessem presentes quando da manifestação de Jesus de Nazaré, certamente diriam como Natanael: PODE VIR ALGUMA COISA BOA DE NAZARÉ?(João 1:46)Felipe lhe respondeu: Vem e vê. E eu digo a voces: TODO OLHO O VERÁ! SUAS OVELHAS OUVEM SUA VOZ! VOCES CRITICAM LEVIANAMENTE, SÃO IGNORANTES VIVEM NA CIRCUNCISÃO, MAS SEQUER SABEM O QUE É ISTO, NÃO SABEM DIFERENCIAR ESCRITURA DE EVANGELHO, MESCLAM TUDO, PORQUE ESTAM SENDO ENGANADOS POR HOMENS MAUS E PERVERSOS QUE VOCES CHAMAM DE PASTORES. OS CRISTÃOS DE BERÉIA NÃO ERAM LEVIANOS, ELES EXAMINAVAM O QUE OUVIAM PARA VER SE HAVIA FUNDAMENTO, POR ISSO FORAM CHAMADOS DE NOBRES. MAS PODE ACONTECER DE ALGUÉM EXAMINAR, PESQUISAR, INVESTIGAR E CONTINUAR SEM ENTENDER NADA, SABE PORQUE? ESTE EVANGELHO QUE JOSE LUIS EDIFICA, ENSINA, NÃO É PARA TODOS, PORQUE NEM TODOS SÃO FILHOS, NEM TODOS FORAM CHAMADOS PARA ENTENDER. NÃO É PARA LOBOS E SIM PARA OVELHAS. É PARA OS ELEITOS! TE AMO PÁPI

publicado por brasileiro às 12:21
sinto-me:
Sábado, 17 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

"DUAS FORMAS DE ENSINO"


Você sabia que a FORMA correta de ensino é a de Paulo,
e não a dos apóstolos judeus?


1ª Coríntios 4:17 diz que há uma MANEIRA de ensinar; assim fazia Timóteo, ensinava como procedia Paulo.

Se Paulo dizia “a maneira”, é que havia outra “maneira” de ensinar. Ele recomendava uma FORMA de ensino. Por isso usamos suas catorze epístolas. Há uma FORMA de ensino (Romanos 6:7), se não se mete pela FORMA paulina seguirá sendo ESCRAVO do pecado.

Uma vez essa FORMA de doutrina nos alcança já não somos ESCRAVOS do pecado, nem de vícios ou da má consciência; essa FORMA tem um espírito de PODER, de amor e de DOMÍNIO PRÓPRIO.

Há outra FORMA de doutrina, a que Paulo diz em Gálatas 4:19, já que há uma doutrina que NÃO forma, senão deforma (a circuncisão, a lei). Os onze apóstolos que NÃO conheciam graça tinham una forma “DIFERENTE” de ensinar.

Essa doutrina NÃO forma a Cristo, e é necessário que Cristo seja FORMADO (o homem criado segundo Deus).

Por isso há dois pactos (Gálatas 2:7). A incircuncisão (a graça) e a circuncisão (a lei). Hoje as pessoas têm “MESCLADO” estes dois evangelhos, e é um só evangelho, a GRAÇA. Há dois apostolados: O de Pedro, e o de Paulo, o verdadeiro. Destes DOIS apostolados nascem DOIS JESUS (2ª Coríntios 11: 4).

Há duas MANIFESTAÇÔES: Está o Jesus de Nazaré que viveu debaixo da lei; ensinava conforme a Moisés, vivia como judeu. E está o Jesus o ressuscitado, que Paulo pregava depois da cruz. Os que pregavam outro Jesus, outro espírito, e outro evangelho, eram aqueles “GRANDES APÓSTOLOS”. O trabalho dos onze apóstolos terminou na cruz. NÃO se pode usar Paulo, e MESCLÁ-LO com os apóstolos, porque um pouquinho de fermento leveda toda a massa. Jesus de Nazaré terminou na cruz.

                                     DUAS FORMAS DE ENSINO:

             Circuncisão………...………………………………. Incircuncisão.

                1.- Carne……………………………………………… Espírito.
                2.- Moisés…………………………………………….. Paulo.
                3.- Os apóstolos…………………………………….. Um apóstolo.
                4.- O pecado…………………………………………. Sem pecado.
                5.- Com Satanás……………………………………… Destruído.
                6.- Batismo em água………………………………... Batismo / de sua morte.
                7.- Arrependimento……………………………………Reconciliação.
                8.- Obras……………………………………………….Graça.
                9.- Aleluia…………………………………………….. Aba Pai.

 

Apreciado irmão: Declaramos que seus olhos foram iluminados para entrar na única FORMA correta de ensino. Abençoados.

Abençoados!

publicado por brasileiro às 12:27
sinto-me:
Sexta-feira, 16 DE Fevereiro DE 2007

JESUS CRISTO HOMEM

El Hombre Que Dice Ser El Anticristo

Image

Ileana Varela
Reporting

(CBS4) DORAL Aunque le parezca irónico, el líder de una iglesia cristiana en el Doral se ha pintado un tatuaje con los números ‘666’, un número que muchos asocian con el diablo, y la explicación que da puede que le sorprenda aun más.

En septiembre del 2006, Jose Luis de Jesús Miranda le declaro a los miembros del Ministerio Creciendo en Gracia que él es la segunda venida de Cristo. Pero ahora de Jesús hizo una declaración que ha dejado a muchos con la boca abierta, enseñándoles un tatuaje en cada brazo en una ceremonia, de Jesús les dijo a los feligreses que el era el anticristo. Entre aplausos y gritos de alabanza de Jesús les enseño un tatuaje con el ‘666’ y uno con ‘SSS’ en el otro.

Pero de Jesús no dice que él sea Satanás. Él predica que el diablo no existe, porque con la venida de Jesús de Nazaret, el diablo dejo de existir.

El profesor de religión Daniel Alvarez, de FIU, dice que de Jesús puede estarse refiriendo a unas de las definiciones de la palabra anticristo que es ambigua. Como él afirma ser la segunda venida de Cristo, no cree en alabar a Jesús de Nazaret.

Su hija le comento lo mismo a la reportera Ileana Varela de CBS4, mientras que le hacían un tatuaje con el ‘666’ en una galería de la avenida Washington de South Beach.

“Cuando Jesús de Nazaret murió en la cruz, él mató al diablo,” dijo Joann de Jesús.

Más de 12 personas fueron al mismo sitio el martes en la noche para pintarse los mismos tatuajes en diferentes partes de sus cuerpos. Hay miles de creyentes que son parte de esta iglesia alrededor del mundo, y supuestamente muchos ya han prometido hacerse el mismo tatuaje.

Los que critican a de Jesús dicen que él simplemente estí atentando recibir más publicidad, pero el Profesor Alvarez dice que su movimiento religioso tiene todas la características de un culto peligroso.

(© MMVII, CBS Broadcasting Inc. All Rights Reserved

publicado por brasileiro às 20:44
sinto-me:

pesquisar

 

Fevereiro 2007

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
18
25
27

comentários recentes

Posts mais comentados

blogs SAPO


Universidade de Aveiro